Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Benfica – Gil Vicente, 2-1 - Rescaldo, Fotos, Ficha de Jogo, Resumo com Relato (Vídeo)

26.08.13, Benfica 73

A equipa principal de Futebol do Sport Lisboa e Benfica recebeu e venceu o Gil Vicente, no Estádio da Luz, por 2-1, em jogo a contar para a 2.ª jornada do Campeonato Nacional, com golos de Markovic e Lima.

Dia de sol em Lisboa iluminou as bancadas muito preenchidas em dia de regresso do Benfica à sua casa em competições oficiais. Como manda a regra, na Luz impera o jogo da turma “encarnada” que, desde cedo, não deixou os créditos por mãos alheias, pegou no jogo e foi atrás da felicidade.

Por sua vez, o Gil Vicente percebeu esse facto com naturalidade, aceitou-o, mas, aqui e ali, espreitou o contra-ataque que pudesse levar perigo às redes benfiquistas.

 

Tanta pressão exercida teria de dar numa série elevada de oportunidades criadas. Aos 12’, após assistência de Lima, Salvio poderia ter sido feliz, mas a defensiva gilista cortou o esférico quando este levava perigo. O Benfica não desarmava e quatro minutos volvidos foi Rodrigo a tentar servir os companheiros na área, mas um corte da defesa minhota quase traía Adriano.

O avançado brasileiro, Lima queria marcar e tal ansiedade traiu-o na primeira metade. Aos 17’, Salvio endossou o esférico na meia direita com o camisola 11 a disparar, mas Adriano sacudiu para canto.

Metade dos primeiros 45 minutos estavam decorridos e quase que se poderia alugar meio-campo. O Benfica apoderava-se da bola, tentava encarreirar, mas a “redondinha” teimava em não entrar. Prova maior está no minuto 27 quando Gaitán, num livre directo, atirou a bola com um estrondo ao poste.

Perto do final da primeira parte, mais emoção a registar com Salvio quase a ser feliz e a aproveitar uma série de carambolas na área gilista (41 minutos). Dois minutos depois foi Lima a voltar a ser protagonista. Servido por Gaitán, de primeira, atirou um tudo-nada por cima.

O 0-0 ao intervalo penalizava um Benfica um tanto ansioso e que não soube aproveitar da melhor forma o número elevado de oportunidades que teve o mérito de criar. A segunda metade veio mostrar mais do mesmo, com o Benfica a pressionar cada vez mais e o Gil Vicente cada vez mais remetido à sua área.

 

Markovic mexeu com o jogo

Aos 56’, Matic assistiu de bandeja Rodrigo, mas Adriano chegou primeiro e evitou o golo. Poucos minutos volvidos foi Luisão que, de cabeça,

atirou muito perto do poste após assistência de Markovic (63’). A basculação ofensiva da turma da Luz não tinha fim e aos 66’ foi Garay a colocar na área para Rodrigo que esteve perto do golo.

A formação minhota já quase não atacava, mas aos 69 minutos caiu-lhe o golo do céu. Diogo Viana aproveitou da melhor forma uma momentânea desatenção de Maxi Pereira e bateu Artur Moraes.

O Benfica pareceu não sentir o tento sofrido e de seguida colocou-se ao ataque. À passagem do minuto 76, Bruno Cortez serviu Markovic e este, numa jogada de “regra e esquadro” atirou em arco muito perto do poste esquerdo da baliza minhota. A quatro minutos do término, Maxi Pereira com um remate acrobático obrigou Adriano a defesa pouco ortodoxa.

Na compensação tudo mudou. Aos 90’+1 Markovic – que exibição – empatou a partida e Lima – finalmente! – acertou em cheio e deu a vitória ao Sport Lisboa e Benfica que vai a Alvalade com três pontos no próximo sábado, pelas 20 horas.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Artur Moraes; Maxi Pereira, Luisão, Garay, Bruno Cortez; Matic, Enzo Perez, Salvio (Markovic, 60’), Gaitán (Sulejmani, 67’); Rodrigo (Djuricic, 67’) e Lima.

Fonte: SLB 

 

CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS DA FESTA “ENCARNADA”


Veja aqui a ficha do jogo