Março 31 2013
Gaitán acredita que a luta com o FC Porto pelo título será até ao fim. Argentino soube que os dragões estavam a vencer em Coimbra. Médio desvaloriza rumores sobre a saída da Luz.
Nico Gaitán não marcou qualquer dos seis golos, ontem, ao Rio Ave, mas foi um dos jogadores em destaque no Benfica. A goleada ante os vilacondenses deixou o Benfica mais perto do título e, novamente, com quatro pontos de vantagem sobre o FC Porto, segundo classificado. 

Os encarnados entraram em campo depois do triunfo dos dragões em Coimbra e, segundo Gaitán, sabiam que o adversário estava a ganhar à Académica. De acordo com o internacional argentino, de 25 anos, a luta pelo título será renhida e até ao final.
«Sabia que estavam a ganhar 2-0 e não soube mais. De certeza que será uma luta até ao fim, será um mano a mano com o FC Porto e queremos ficar à frente», afirmou Gaitán, ontem, na Luz.

Em relação à partida com o Rio Ave, o médio lembrou que não é fácil voltar a jogar depois de uma paragem de 15 dias. Para Gaitán, o primeiro golo, apontado por Melgarejo, foi determinante para a goleada final. Questionado sobre se foi uma exibição à campeão, Gaitán...rematou para canto.

«Exibição à campeão? Foi uma boa exibição. Estivemos 15 dias sem jogar e aquele golo cedo facilitou-nos a vitória», explicou o internacional argentino. 
Por último, Gaitán desvalorizou as notícias que dão conta da sua saída no final da temporada. O camisola 20 lembrou a época passada: «No ano passado, também falaram disso e continuei. A mim não me afeta.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 23:27

Março 31 2013

A equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica recebeu e venceu, este sábado, no Estádio da Luz, o Rio Ave, por 6-1, em jogo referente à 24.ª jornada da Liga portuguesa. Os tentos foram apontados por Lima (3), Matic, Melgarejo e Enzo Perez e deixam o Benfica na liderança isolada da classificação.

Destaque para os 45.862 espectadores nas bancadas que, em tempo festivo (Páscoa), disse “presente” e empurrou o Benfica para um triunfo inequívoco, mostrando que acredita em conquistas importantes em 2012/13.

 

A primeira parte foi de sentido único e o cerco à baliza de Jan Oblak começou logo aos 7’ com um forte remate de Salvio que passou bem perto do poste esquerdo da baliza. Nota para a excelente recuperação de bola de Matic.

O Benfica atacava muito e aos nove minutos, Gaitán centrou e Lima, em salto de peixe, chegou um tudo-nada atrasado. A avalanche ofensiva da turma da casa teria de resultar em golo e aos 11’, numa excelente jogada de entendimento entre Gaitán e Melgarejo, este último rematou potente sem hipóteses para Oblak. Estava instalada a festa na Luz!

Dois minutos depois do golo, poderia ter surgido o empate. Ukra, num livre directo, leva o esférico a embater na barra da baliza defendida por Artur. O Benfica respondeu da melhor forma ao susto e aos 15 minutos chegou ao 2-0. Gaitán marcou o pontapé de canto e Matic, de cabeça, livre de marcação, atirou a contar.

 

A vencer por dois tentos, os comandados de Jorge Jesus geriram e só aos 33 minutos voltaram a criar perigo através

de um remate de Lima. O avançado brasileiro ameaçou e aos 41’ marcou mesmo! Excelente jogada colectiva do líder, Enzo Perez centrou e Lima, de forma oportuna, fez o 3-0.

O Benfica ia para o intervalo em clara vantagem, algo que adquiriu a jogar de forma ligada, controlada, mas com alguma intensidade.

A etapa complementar iniciou da mesma forma como tinha começado o jogo. Aos 49’, Lima apontou um golo de belo efeito com o pé esquerdo, após combinação com Rodrigo. Volvidos dois minutos, Hassan desviou um centro de Tarantini e enganou Artur, fazendo o 4-1.

O Rio Ave não conseguiu parar os jogadores do Benfica a não ser com faltas e isso valeu duas expulsões. Wires aos 60’ e Edimar aos 72 minutos.

 

Com menos dois jogadores, de forma natural, os vila-condenses sofreram mais um golo. Triangulação entre Cardozo, Melgarejo e Lima, com este último a completar o “hat-trick”.

O Benfica não estava satisfeito e chegou à meia dúzia aos 81 minutos. Ola John trabalhou bem na direita, rematou ao poste e na recarga Enzo Perez juntou-se à lista de marcadores. Perto dos 90 minutos, o árbitro ainda expulsou, de forma forçada, Melgarejo.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Artur Moraes; Maxi Pereira, Garay, Luisão e Melgarejo; Enzo Perez, Matic, Salvio (Ola John, 46’) e Gaitán (Cardozo, 75’); Rodrigo e Lima (Aimar, 82’).

Veja aqui a ficha do jogo

publicado por Benfica 73 às 08:28

Março 31 2013
publicado por Benfica 73 às 08:06
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



29



subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...