Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Está de volta

20.03.13, Benfica 73
Quando o Benfica voltar a competir, dia 30 de março, na receção ao Rio Ave, para o campeonato, Jorge Jesus já poderá contar com aquele que já classificou publicamente como o jogador mais importante da equipa, por ser o líder da mesma no campo e no balneário: Luisão.

O capitão encarnado, de 32 anos, falhou os três últimos compromissos das águias, frente a Gil Vicente (Liga, em casa), Bordéus (Liga Europa, fora) e V. Guimarães (Liga, fora), devido a uma lesão muscular (adutor), mas a paragem competitiva ao nível de clubes (quase 15 dias) é suficiente para que Luisão seja dado como clinicamente apto, uma vez que o central brasileiro tem vindo a recuperar de dia para dia.

O camisola 4 é neste momento o único caso clínico no plantel, pelo que, se não surgirem entretanto outros problemas, nomeadamente em relação aos jogadores que vão participar nos compromissos das respetivas seleções, é possível que Jesus possa arrancar para a ponta final da temporada com o grupo na máxima força, numa altura em que ainda há três objetivos de pé: Campeonato, Taça de Portugal e Liga Europa.
Fonte: A Bola

Benfiquistas no limite

20.03.13, Benfica 73

As solicitações são muitas e pouco tempo resta para treinar. As ideias principais estão assimiladas e, nesta fase, a preocupação é gerir o esforço e afinar pormenores.

Salvio

Não ter sido chamado à seleção da Argentina pode permitir a recuperação física do extremo que, atualmente. é o jogador do plantel do Benfica com mais partidas oficiais disputadas (38)

Enzo Pérez

O médio tem sido uma pedra nuclear na equipa do Benfica, e também não esconde sinais de fadiga muscular. A paragem para os jogos relativos à qualificação para o Mundial do Brasil também pode beneficiá-lo

Melgarejo

Ao contrário dos dois companheiros de equipa foi chamado à seleção do Paraguai. Tem menos partidas disputadas que Salvio e Enzo Pérez mas já soma 2.879 minutos de jogo. O sul-americano não vai poder beneficiar de um plano de recuperação

Fonte: Record

Mudanças à vista

20.03.13, Benfica 73
A derrota em casa do SL Olivais, no último sábado (3-4), foi a gota de água. O Benfica está a praticar um futsal cuja qualidade está muito distante do esperado pela Direção e a diferença de 12 pontos de atraso em relação ao rival Sporting agudizou ainda mais a empatia com os adeptos - ainda que, diga-se, as águias possam reconquistar o título nacional e Taça de Portugal. 

Por isso, esta semana, haverá uma reunião com o staff técnico para analisar o que está a correr mal neste momento e aquilo que terá de ser feito para mudar, ficando claro que a margem de erro é cada vez menor e, ao Benfica, pela sua dimensão e história, pede-se mais, muito mais. 

Dessa forma, algumas mudanças terão de ser executadas sejam elas nos processos, na atitude ou mesmo no elenco atual do futsal encarnado.
Independentemente disso, o plantel treinou-se ontem normalmente, tendo em vista a preparação do jogo com o SC Braga, agendado para as 20 horas de sexta-feira. Adversário que, na quarta-feira seguinte, recebe o Benfica em jogo referente à Taça de Portugal.
Fonte: A Bola

«Temos vantagem importante mas o título não está no bolso»

20.03.13, Benfica 73
O site francês Topmercato publicou ontem uma pequena conversa com Ezequiel Garay, na qual o defesa argentino analisa com cautela a liderança do Benfica no campeonato, com mais quatro pontos do que o FC Porto, a sete jornadas do fim. 

«É uma vantagem importante mas não podemos declarar vitória ou pensar que o título está no bolso. Fizemos um excelente jogo em Guimarães, um dos mais complicados em Portugal, mas ainda temos jogos difíceis pela frente, como o derby com o Sporting e a deslocação ao Porto, na penúltima jornada. Temos de ter muita atenção a estes dois encontros, serão cruciais para nós», expressou, vincando que o objetivo da equipa «é chegar ao Estádio do Dragão com a maior vantagem pontual possível». O central acredita que o «título é possível», mas alerta: «Ainda pode passar-se muita coisa nos últimos sete jogos. Temos de continuar serenos e manter a boa dinâmica.»

O internacional argentino falou também da próxima eliminatória da Liga Europa, com o Newcastle, prevendo «dois jogos intensos» e lembrando que «defrontar adversários ingleses tem sempre grande impacto físico». Garay defende que «a equipa pode chegar à meia-final», mas para isso terá de «fazer um grande jogo em Lisboa», na primeira mão. «Seria fantástico conseguirmos chegar à final. A concorrência é forte mas daremos tudo para tentar conquistar este troféu», acrescentou.

A terminar, o defesa de 26 anos lançou os próximos compromissos da seleção argentina, com Venezuela e Bolívia: «São dois jogos importantes porque queremos manter o primeiro lugar na zona sul-americana de qualificação para o Mundial-2014.»
Fonte: A Bola

Ola John espera «aproveitar oportunidade»

20.03.13, Benfica 73
Ola John, jogador que tem estado em destaque no Benfica, voltou a merecer a confiança da seleção da Holanda para os jogos com a Estónia e a Roménia tendo em vista o apuramento para o Mundial 2014. 
Depois da estreia como internacional, no particular de fevereiro com a Itália (1-1), o extremo, em entrevista ao site holandês Voetbalprimeur, espera agora ter um melhor rendimento.
«A primeira vez é sempre a melhor, mas também a mais difícil. Espero fazer melhor nesta oportunidade. Conhecia os jogadores, mas nunca tinha jogado com eles nesse jogo. Agora tenho oito ou nove dias para demonstrar o meu valor e aquilo que sei fazer. Espero mostrar o suficiente», finalizou.
Fonte: A Bola

Mourinho fala em desvio de votos na Bola de Ouro

20.03.13, Benfica 73

José Mourinho falou de um desvio de votos na votação para a Bola de Ouro 2012, que distinguiu Vicente Del Bosque como melhor treinador do Mundo, à frente do técnico do Real Madrid.

“Se estou arrependido de não ter comparecido na gala? Não. Foi a decisão certa. Ligaram-me mais do que uma, duas ou três pessoas a dizer que votaram em mim e o voto apareceu noutro. Então, decidi não ir”, revelou o treinador português em entrevista exclusiva à RTP, que será transmitida esta terça-feira, às 21 horas.

Entretanto, a FIFA já reagiu e desmentiu a existência de qualquer irregularidade, garantindo que a lista de votos divulgada está correta.

Fonte: Record