Fevereiro 04 2013
Cristiano Ronaldo já se encontra no local de estágio da Seleção Nacional, tendo em vista o encontro particular da próxima quarta-feira, diante do Equador. 
O internacional português foi o último a chegar, se excetuarmos o lateral Sílvio - chamado à última hora para render Miguel Lopes -, tendo sido protagonista de episódio infeliz.
Um adepto começou a gritar pelo nome de Messi, desagradando naturalmente a CR7, que, ainda assim, prestou-se a ceder autógrafos a outras pessoas presentes. No entanto, não deixou de ter pequeno desabafo, como que lamentando o sucedido.
Recorde-se que nesta altura há ainda dúvidas sobre a condição física de Ronaldo, que poderá muito bem ser dispensado.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 20:03

Fevereiro 04 2013
Missão cumprida. O Benfica somou os três pontos em disputa no jogo com o V. Setúbal, e voltou a igualar o FC Porto no comando da Liga. Jorge Jesus diz que a vitória das águias por 3-0 poderia ter assumido contornos mais dilatados.

«Queríamos os três pontos, era esse o grande objetivo. O segundo objetivo seria conseguir uma vitória concludente, com muitos golos. Poderíamos ter feito mais golos. Sempre que acelerámos a equipa foi muito mais perigosa e fez os golos com mais facilidade», analisou o treinador dos encarnados.

«O mês de janeiro foi muito difícil, foram oito jogos, com este, nove. Notou-se hoje alguma quebra nos jogadores que foram chamados para todos os jogos, inclusive o Salvio. O importante era vencer e o objetivo foi conseguido», reforçou.

Jorge Jesus reconheceu que «nos últimos 10/15 minutos a equipa baixou um pouco de intensidade, quis controlar o resultado com posse de bola, mas sem ser muito objetiva».
«Há muitos jogadores que vão sair hoje para as suas seleções, para jogarem quarta-feira. Tenho a certeza que alguns pensaram nisso nos últimos minutos, o que nos tirou o élan para irmos com mais objetividade à procura do quarto golo», referiu.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:51

Fevereiro 04 2013
Autor de um dos golos no triunfo do River Plate sobre o rival Boca Juniors (2-1), o avançado uruguaio Rodrigo Mora, não pretende regressar ao Benfica, clube detentor do seu passe.
«Vou dizer ao presidente (Daniel Passarella) para partir o mealheiro. Vamos ver o que irá acontecer. Já o disse e torno a repetir: quero continuar a jogar no River», sinalizou o avançado citado pelo diário Olé
Caso queira contratar, em definitivo, Mora o River terá de depositar 3,5 milhões de euros nos cofres do Benfica.
Por seu turno, os adeptos dos milionários não poupam elogios às exibições do dianteiro. «Mora é do River e do River não vai sair», pode ler-se na rede social Twitter.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 15:44

Fevereiro 04 2013
Bryan Garcia, Diogo Rosado e Rui Fonte, jogadores contratados pelo Benfica no mercado de inverno, têm como destino a equipa B dos encarnados mas vão ser acompanhados de perto por Jorge Jesus.
«Dos 20 jogadores que faziam parte do plantel, saíram Bruno César e Nolito. Os jogadores que vieram vão para a equipa B. Vão-se valorizar e, se eu achar por bem, serão puxados para cima como fiz com os outros», indicou o treinador, que não viu chegar qualquer jogador para o plantel principal.
«Estamos contentes com o que temos», esclareceu Jorge Jesus. «Se não tiveres soluções tens de arranjá-las. Por isso é que o treinador tem de ser diferente. Uma das grandes qualidades do treinador é a criatividade, e isso não se aprende nos livros», assinalou.
Sobre Bryan Garcia, Diogo Rosado e Rui Fonte, realçou: «São três jovens em quem acreditamos muito».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 15:32

Fevereiro 04 2013
Regresso à vista? O Chelsea já encetou negociações tendo em vista a contratação de José Mourinho. 
O Daily Mail sustenta que tratou-se de um contacto exploratório, uma espécie de operação de charme, que serviu para aferir da disponibilidade do Special One de regressar, no final da presente temporada, a Stamford Bridge. 

A mesma fonte sublinha que treinador português já viveu dias mais felizes em Madrid (os merengues estão a 15 pontos da liderança da Liga espanhola, que pertence ao rival Barcelona), juntando-se a fome à vontade de comer – o Chelsea está a 16 pontos do líder Man. United -, tudo poderá conjugar-se para o tão desejado regresso de Mou aos blues de Londres. 
O único entrave nestas negociações poderá estar no alcance das funções que José Mourinho irá, eventualmente, ocupar no clube. O português quer ser uma espécie de manager, com plenos poderes para contratar e dispensar jogadores, algo que poderá chocar com o papel do dono do clube, Roman Abramovich.

Daily Mail recorda que este ‘choque’ de personalidades e funções -«Abramovich sentiu que Mourinho tornou-se muito poderoso quando foi demitido» - esteve na génese da saída de Mou em setembro 2007. 
Caso falhe a via de Londres, o futuro de José Mourinho poderá passar pelo milionário PSG. 
Certo, neste momento, parece ser a saída do português do comando técnico do Real Madrid.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:23

Fevereiro 04 2013
Ola John está feliz da vida. De não convocado a presença regular no onze de Jorge Jesus, o extremo holandês faz um balanço positivo dos primeiros seis meses no Benfica, apesar de reconhecer que o início da caminhada de águia ao peito não lhe correu de feição.

«Continuo feliz por ter vindo para o Benfica. Claro que é difícil quando somos jovens, mas é importante continuar a dar o meu melhor nos jogos e nos treinos, tal como fiz no Twente. Quando comecei a jogar, agarrei a oportunidade com as duas mãos. Nos primeiros tempos em Portugal passei o mesmo que no Twente», explica o jogador, em declarações ao site do clube holandês. 

«Apenas quero evoluir, isso é o mais importante. Espero que a segunda metade da época seja tão boa como a primeira, não desejo mais. Tentamos sempre fazer o nosso melhor», sublinha.

Os seis meses que leva no Benfica permitiram já a Ola John concluir que o Campeonato português «é subestimado». «Pode ser comparado com o holandês. Bem, os objetivos do Benfica não são os mesmos do Twente, isso é evidente na forma como jogamos. O Benfica tem de conquistar todas as competições em que participa, é uma grande diferença», realça o holandês.
Fonte: A Bola 
publicado por Benfica 73 às 12:10

Fevereiro 04 2013

A equipa de Futebol do Sport Lisboa e Benfica regressou ao contacto com o seu público após o jogo com o FC Porto. Diante do V. Setúbal, os “encarnados” triunfaram por 3-0, com tentos de Enzo Perez, Lima e Rodrigo.

No onze de Jorge Jesus, a surpresa pode-se considerar Luisinho que foi titular no lugar de Melgarejo no lado esquerdo da defesa. No lugar de Matic jogou André Gomes e Rodrigo ocupou o lugar, por norma, preenchido por Cardozo.

O encontro começou com forte avalanche de ataque benfiquista. Aos 4’, Rodrigo obrigou Kieszek à primeira grande estirada da noite, num livre superiormente marcado. Um minuto volvido, Enzo Perez inaugurava o marcador na Luz. Jogada de Salvio, pareceu fazer o passe para Maxi Pereira, este deixou para Enzo Perez, que, à entrada da área, colocou o esférico na “gaveta”.

 

Após o golo, a equipa da casa baixou ligeiramente o ritmo, gerindo a posse de bola, maioritariamente, no meio-campo contrário. Foi assim que aos 36 minutos, os da Luz voltaram, a ter mais uma oportunidade flagrante. Maxi Pereira assistiu de bandeja mas Rodrigo, com a baliza escancarada, atirou ao lado.

Ao intervalo, percebia-se que o Benfica poderia ter conseguido mais do que o 1-0 que o “placard” assinalava.

Tal como tinha começado a primeira parte, o Benfica iniciou a etapa complementar a marcar. Aos 48’, Lima, frente a frente com o guardião polaco do V. Setúbal, rematou cruzado sem hipóteses. Referência para o “passe de mestre” de Luisão para o avançado.  

 

O avançado brasileiro, Lima, estava imparável e após receber o esférico de Rodrigo, aguentou a carga e deu de novo a Rodrigo para encostar a contar (55’).

Com o resultado em 3-0, o conjunto da casa continuou a carburar em busca da goleada, mas a defensiva e o guarda-redes Kieszek foram evitando o quarto dos da Luz.

A quebrar a monotonia sadina, aos 86’, uma boa defesa de Artur, na única vez em que os homens de José Mota se acercaram com perigo das redes “encarnadas”. O disparo foi de Pedro Santos.

O jogo acabou por ser tranquilo para os comandados de Jorge Jesus e valeu o regresso à liderança do Campeonato ex-aequo com o FC Porto.

O Sport Lisboa e Benfica actuou com o seguinte onze: Artur Moraes; Maxi Pereira, Luisão, Garay, Luisinho; André Gomes, Enzo Perez (Urreta, 84’), Salvio (Gaitán, 64’), Ola John; Rodrigo (Aimar, 71’) e Lima.

Fonte: A Bola / SLB

Ficha de jogo: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=154005

publicado por Benfica 73 às 08:39

Fevereiro 04 2013
publicado por Benfica 73 às 07:58
Tags:

BENFICA 73
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


21
22
23

24


subscrever feeds
comentários recentes
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...
Fosse eu a tratar deste assunto e se este está a d...

contador visitante