Fevereiro 03 2013
Sem margem de erro. Com a luta com o FC Porto ao rubro, Jorge Jesus diz que só um desfecho serve os desígnios do Benfica na receção ao V. Setúbal: a vitória.

«A equipa sente-se bem, estamos a fazer uma boa época. No Campeonato nacional, que é o nosso grande objetivo, estamos na luta com o nosso rival FC Porto. Temos consciência de que não podemos perder pontos para mantermos a posição ex-aequo com o FC Porto», sublinhou, desvalorizando a penúltima posição ocupada pelos sadinos na classificação da Liga.

«O adversário não conta muito. Amanhã [domingo] é o V. Setúbal, mas se fosse outra equipa, de menor nomeada ou com mais valor em termos de classificação - depois, na prática, pode não ser -, para nós a história é sempre a mesma. Estamos sob uma pressão positiva, os jogadores e o treinador do Benfica sabem que neste clube temos de jogar sempre para ganhar. A pressão deixa de o ser, é normal para nós. Frente ao V. Setúbal, vamos tentar ganhar e, se possível, com qualidade, que é o que temos feito na maior parte dos jogos no Estádio da Luz», realçou Jorge Jesus.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:50

Fevereiro 03 2013
Óscar Cardozo não vai ser opção para Jorge Jesus no jogo com o V. Setúbal, da 17.ª jornada da Liga, agendado para domingo, no Estádio da Luz.
«Penso que Cardozo está clinicamente curado. Treinou-se sem limitações nestes últimos dois dias. Mas, ao contrário do que fizemos com outros jogadores, não vamos lançá-lo no jogo para termos uma margem de segurança», adiantou o treinador das águias, na conferência de Imprensa de lançamento da receção à equipa sadina.
O avançado paraguaio falhou as partidas com Paços de Ferreira e SC Braga, devido a uma lesão muscular.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 11:54

Fevereiro 03 2013
publicado por Benfica 73 às 10:46

Fevereiro 03 2013
Sem querer alongar-se nos comentários sobre o interesse que teria sido manifestado pelo Benfica na contratação de Emiliano Insúa, durante o mercado de inverno, Jorge Jesus reconhece que o lateral argentino «é um bom jogador».

«Não vou falar de Insúa, não tem sentido. Ele já não é jogador do Sporting, está no Atlético de Madrid. O que é que me importa falar do Insúa? Se me perguntarem se é um bom jogador, é um bom jogador», afirmou o treinador em conferência de Imprensa, em reação ao pretenso interesse dos encarnados no defesa argentino tornado público pelo presidente do Sporting, Godinho Lopes, e entretanto desmentido a A BOLA por fonte oficial do Benfica.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:52

Fevereiro 03 2013
Jorge Jesus desvaloriza as conclusões do estudo levado a cabo pelo Sindicato dos Jogadores, segundo o qual o Benfica foi o clube que menos portugueses fez alinhar na primeira volta do Campeonato. «Somos um País de emigrantes, deixem-se de tretas», reage.

«A mim preocupa-me é não ter jogadores de qualidade. Isso acabou, deixámos de ser nacionalistas nesse aspeto. O mundo mudou no que à globalização do direito ao mercado de trabalho diz respeito. E o futebol é igual. Em Portugal não há quantidade para formar só jogadores portugueses. Temos de formar jogadores portugueses ou estrangeiros, para sermos competitivos em Portugal e nas competições europeias. Essa questão pertence ao passado, não ao tempo de D. Afonso Henriques mas das nossas ex-colónias, quando havia a possibilidade de ir buscar jogadores nascidos em Angola e em Moçambique. Nos anos 80, o Benfica tinha a grande maioria dos seus jogadores portugueses por essa questão. Hoje, isso não existe. Se olharmos para as melhores equipas do mundo, têm um ou dois jogadores do seu país a jogar. A mim preocupa-me trabalhar com a intenção de formar jogadores, independentemente da nacionalidade deles», argumentou o treinador dos encarnados. 

«Benfica, Sporting e FC Porto não vão ter muitas possibilidades de ter a maioria dos seus jogadores portugueses. Quando começas a estar atento àqueles que começam a despontar, já eles estão no estrangeiro. Somos o exemplo da formação de jogadores. Os miúdos estão a sair de Portugal com 16, 17 e 18 anos e temos menos quantidade para recrutar», apontou, dando como exemplo os casos de Diogo Rosado e Rui Fonte, dois atletas portugueses que as águias fizeram regressar aos relvados portugueses.

«Nasceram em Portugal mas foram cedo para o estrangeiro, pois as pessoas entenderam que eles tinham qualidade. Nós entendemos recuperá-los e é assim que temos de trabalhar. Somos um País de emigrantes, exportamos trabalhadores para todo o mundo e em Portugal só os portugueses têm direito a trabalhar? Deixem-se dessas tretas», atirou.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:08

Fevereiro 03 2013
publicado por Benfica 73 às 07:21
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


21
22
23

24


subscrever feeds
comentários recentes
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...