Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Diogo Rosado emprestado ao Benfica

31.01.13, Benfica 73
O médio Diogo Rosado, que chegou esta tarde a Lisboa sem confirmar o acordo com o Benfica, é reforço garantido do clube da Luz, por empréstimo do Blackburn Rovers até ao final da temporada, à partida com opção de compra.
Diogo Rosado, que já terá assinado o acordo com o Benfica em Inglaterra, seguiu depois do aeroporto de Lisboa para o Estádio do Luz, onde irá assinar os restantes documentos necessários.
Fonte: A Bola

Deixa Benfica B e ruma ao Paços de Ferreira

31.01.13, Benfica 73
O avançado Duarte Duarte, que na primeira parte da época evoluiu na equipa B do Benfica, vai ser reforço do Paços de Ferreira, tendo acertado contrato válido por três anos e meio.
O jogador, de 25 anos, deixa assim o clube da Luz em termos definitivos, depois de ter sido contratado no passado verão ao Varzim. Ao serviço da equipa B dos encarnados, o esquerdino realizou 10 jogos na 2.ª Liga (492 minutos), sem marcar qualquer golo.
Agora é esperado em Paços de Ferreira para assinar contrato, devendo já treinar-se esta sexta-feira.
Fonte: A Bola

Em cima de Garay

31.01.13, Benfica 73
Fortemente tentado pela imaculada folha de serviços de Garay no Benfica, o Manchester United continua a acompanhar a par e passo a carreira do argentino no clube da Luz, na expectativa de ver a oportunidade certa para avançar pela sua contratação, depois de alegadamente declinada uma oferta de 15 milhões de euros. 
Distante dos números pretendidos pelo Benfica para libertar o jogador nesta reabertura do mercado, o United voltou a marcar presença no jogo frente ao Paços de Ferreira em observação, a fim de tornar mais fidedigna a avaliação do internacional argentino e poder ponderar uma investida mais forte no final da temporada, por valores mais sorridentes para o Benfica.
Fonte: A Bola

Arbeloa e Messi desentenderam-se no parque de estacionamento

31.01.13, Benfica 73
A Imprensa espanhola revelou que o defesa Arbeloa, do Real Madrid, e o avançado argentino Lionel Messi, do Barcelona, desentenderam-se no parque de estacionamento do Santiago Bernabéu, após o super clássico.
De acordo com o programa Punto Pelota, depois do jogo, quando os jogadores iam para os seus veículos, Messi terá ido ter com Arbeloa e discutido com o defesa «merengue».
Esta incidente será o prolongamento do que vinha acontecer entre os jogadores durante o super clássico, onde o defesa, do Real Madrid, impôs a sua marcação ao argentino, que não conseguiu marcar.
Fonte: A Bola

«Vantagem de dois golos dá confiança mas tudo pode acontecer»

31.01.13, Benfica 73
Jorge Jesus diz que o triunfo por 2-0 na Mata Real deixa o Benfica mais próximo do objetivo de disputar a final da Taça de Portugal, avisando todavia que o Paços de Ferreira tem ainda uma palavra a dizer na eliminatória.

«Não é por acaso que o Paços está no quarto lugar do Campeonato, a um ponto do SC Braga, e nas meias-finais da Taça de Portugal. Ainda só perdeu com o FC Porto e com o Benfica, e isto quer dizer alguma coisa», começou por afirmar o treinador dos encarnados, na zona de entrevistas rápidas, justificando o porquê de ser «difícil jogar na Mata Real». 

«O jogo é muito apertado, o campo é estreito e não é possível jogar apenas com aspetos técnicos. Os jogadores mais evoluídos tecnicamente têm dificuldades e nós sabíamos isso. Era importante não sofrer golos na primeira parte, na segunda haveria mais espaços e com a entrada do Rodrigo o jogo tornou-se mais fácil. Ganhámos a primeira parte da eliminatória, falta a segunda parte», realçou, rematando: «Vamos para o segundo jogo com vantagem de dois golos que nos dá confiança, mas no futebol tudo pode acontecer».
Fonte: A Bola

Jorge Jesus elogia Vítor e André Leão

31.01.13, Benfica 73

Vítor e André Leão, médios do Paços de Ferreira, mereceram os elogios de Jorge Jesus no final do encontro da Mata Real, relativo à primeira mão da meia-final da Taça de Portugal.
«São bons jogadores, mas não vamos falar nisso. O que importa é os jogadores que o Benfica tem», resguardou-se o treinador das águias, não se furtando, porém, a destacar a qualidade de Vítor.
«É muito inteligente a jogar nas costas dos médios. É um dos bons jogadores do Paços de Ferreira, é muito inteligente a jogar sem bola», analisou.
Ainda assim, lembrou Jorge Jesus «que amanhã [quinta-feira] é o último dia do mercado de transferências e no Benfica nada vai acontecer».

Fonte: A Bola

P. Ferreira – Benfica, 0-2 - Rescaldo, Ficha de Jogo, Resumo (vídeo) com Relato

31.01.13, Benfica 73

A equipa de Futebol profissional venceu esta quarta-feira no recinto do Paços de Ferreira, por 0-2. No jogo relativo à primeira-mão das meias-finais da Taça de Portugal, o Benfica cumpriu, assim, parte do caminho para a final do Jamor. O segundo desafio está previsto apenas para o dia 17 de Abril.

Tem sido uma época de caça muito produtiva até agora para a equipa comandada por Jorge Jesus. Na Mata Real, o Sport Lisboa e Benfica apresentou-se novamente com o intuito de imobilizar mais uma presa, sabendo antemão que essa tarefa não seria nada fácil, uma vez que o Paços de Ferreira tem sido uma das surpresas da presente temporada.

 

E foi, precisamente, isso que aconteceu nos primeiros minutos, com o desafio a ser pautado pelo equilíbrio no meio-campo. Nessa zona do terreno, André Gomes e Aimar constituíram as novidades por parte do técnico Jorge Jesus. Em termos defensivos, Ezequiel Garay regressou à titularidade após um período de ausência devido a lesão, enquanto André Almeida ocupou o posto habitualmente de Maxi Pereira.

A construção ofensiva começou a ganhar mais força a partir dos 20 minutos, com o primeiro aviso a surgir após um excelente passe de André Gomes. O número 89 desmarcou Gaitán, no entanto, o argentino não conseguiu contornar o guarda-redes pacense, Cássio (24’).

O crescimento da equipa fez com que os “castores” não ameaçassem tanto a baliza de Artur Moraes e as oportunidades também surgiram de forma mais evidente no ataque benfiquista, com Lima (29’ e 36’) e Aimar (32’ e 43’) a estarem perto do golo.

 

A toada do segundo tempo não mudou muito relativamente aos instantes finais dos 45 minutos iniciais, com a Gaitán a rematar logo aos 47’. Com o nulo a persistir, Jorge Jesus procedeu à primeira substituição, ao fazer entrar Ola John para o lugar de Aimar. Foi, então, com o holandês em campo que o Benfica abriu o activo na Mata Real.

Lima abriu caminho
Salvio entrou na área pelo lado direito e cruzou para a conclusão implacável do inevitável Lima, que contabilizou mais um golo para a sua conta pessoal ao serviço do conjunto da Luz (58’).

 

Em desvantagem no marcador, o Paços de Ferreira ficou igualmente com menos um jogador em campo, após uma entrada absolutamente fora de tempo de Vítor Gomes sobre Gaitán (69’). 

O treinador do Benfica apostou na entrada de Rodrigo e o avançado teve participação activa no segundo golo. O número 19 obrigou Cássio a defesa incompleta e Ola John aproveitou a situação para ampliar a vantagem benfiquista (74’). 

A noite podia ter sido ainda mais produtiva, no entanto, Rodrigo (78') e Salvio (89') não conseguiram acertar nas redes do conjunto da casa. 
Com esta vitória por 0-2, o Benfica ficou mais perto do Jamor, mas ainda falta o desafio da segunda-mão no Estádio da Luz.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com a seguinte equipa: Artur Moraes; André Almeida (Maxi Pereira, 85’), Luisão, Garay e Melgarejo; Matic, André Gomes, Aimar (Ola John, 57’), Salvio e Gaitán (Rodrigo, 70’); Lima.

Fonte: A Bola/ SLB

Veja aqui a ficha do jogo