Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Não vale a pena comentar a Rainha Isabel...»

22.12.12, Benfica 73
O líder do Benfica reagiu às declarações do homólogo do FC Porto, Pinto da Costa, que recentemente se mostrou indiferente em relação ao árbitro que será nomeado para o “clássico”, afirmando que o mesmo «até podia ser chinês».
«Árbitro quê? Chinês? Não vale a pena comentar a Rainha Isabel», disse Luís Filipe Vieira à margem de uma iniciativa na Megastore do Estádio da Luz, onde recebeu o Livro de Ouro pela "Missão Benfica".
Fonte: A Bola

«Se for como em Paris precisam mesmo de 3 guarda-redes...»

22.12.12, Benfica 73

Os "galhardetes" trocados entre Benfica e FC Porto dos últimos dias tiveram este sábado mais um episódio.

Depois do presidente do Benfica ter dito que havia equipas que jogavam com dois guarda-redes, e Pinto da Costa e Helton terem respondido, foi a vez de Luís Filipe Vieira... voltar aos comentários.

"Se for como em Paris, o FC Porto precisa mesmo de três guarda-redes", afirmou o dirigente dos encarnados à margem de um evento na Megastore do Estádio da Luz (recebeu o Livro de Ouro pela "Missão Benfica"), aludindo ao frango de Helton no jogo com o PSG para a Liga dos Campeões.

Questionado sobre a notícia que ontem dava conta de que a empresa de Paulo Pereira Cristóvão se preparava para instalar câmaras de vigilância no centro de estágio do Benfica, Vieira garantiu que nada tinha a temer.

"Não me compete a mim investigar essas situações. A nossa vida é transparente para todos. Podem filmar o que quer que seja", concluiu.

Fonte: Record

Salvio mata saudades do Atl. Madrid

22.12.12, Benfica 73
Salvio aproveitou a deslocação a Espanha, onde vai passar o Natal, para revisitar o Atl. Madrid, clube que o argentino representou antes de assinar em definitivo pelo Benfica, esta época.

O avançado foi ao centro de treinos da equipa ´colchonera` ver jogar um jovem familiar, aproveitando para confraternizar com os antigos companheiros. 
O brasileiro Filipe Luís publicou no Twitter uma foto com o jogador do Benfica.
Fonte: A Bola

«Quero seguir os passos de Fábio Coentrão» - Entrevista

22.12.12, Benfica 73
Era um desconhecido quando chegou a Portugal, em 2011, mas a excelente época no P. Ferreira, por empréstimo, abriu-lhe as portas da Luz. Chegou como extremo, mas, surpresa, tornou-se no novo lateral-esquerdo. A adaptação não foi fácil, mas hoje ninguém o questiona. O jovem paraguaio de 22 anos abriu o coração em entrevista a A BOLA e A BOLA TV.
Imagine que há um ano, quando brilhava no P. Ferreira como extremo, alguém lhe dizia que seria o futuro lateral-esquerdo do Benfica. Acreditava?
Confesso que não. Quando vim para o Benfica não imaginava que iria ocupar a posição de lateral-esquerdo, mas o técnico optou por me colocar nesse lugar e penso que tenho feito bem o meu trabalho. O treinador tem-me ensinado muito bem, e é por isso que tenho aprendido rápido. Os ensinamentos dele têm sido fundamentais para mim e penso que tenho evoluído. Só espero que as coisas continuem a correr da melhor forma.
Alguma vez tinha jogado como lateral-esquerdo, na sua carreira, ou foi sempre avançado?
Quando tinha 15 anos acho que joguei dois ou três jogos nessa posição, nada mais. Sinceramente nunca pensei que um dia acabasse por ser esse o meu lugar, pois sempre joguei a avançado, mas tenho procurado dar o meu melhor.
«Passo mais tempo 
no outro meio-campo»
Tem saudades de jogar a avançado?
A verdade é que, enquanto lateral-esquerdo do Benfica, ataco sempre muito, às vezes passo mais tempo no meio-campo adversário do que no nosso, por isso é quase igual para mim.
O que sentiu quando Jorge Jesus lhe disse que o queria testar a lateral-esquerdo?
Ele disse-me que queria testar-me nessa posição e eu disse-lhe para contar comigo porque estava no Benfica para jogar. Na pré-época trabalhámos de forma muito intensa, ensinou-me muitas coisas, e com o tempo, os treinos e as indicações dele fui melhorando e progredindo.
Quais as principais dificuldades que sentiu no início e que aspetos pode ainda melhorar?
No início senti algumas dificuldades na parte defensiva. Foi esse o principal foco do trabalho inicial, tive de aprender a defender melhor, mas também tenho procurado atacar melhor. O objetivo é fazer as duas coisas bem, mas não é fácil e é a jogar que se aprende. Espero continuar a melhorar e a crescer a cada dia.
Inspirou-se em algum modelo de lateral-esquerdo? Há quem lhe chame o novo Fábio Coentrão...
Quero seguir os passos de Fábio Coentrão, que fez grandes épocas aqui no Benfica e é um lateral-esquerdo espetacular. Um dia espero ser como ele aqui no Benfica, mas para isso tenho de trabalhar muito. Oxalá que tudo corra bem e consiga alcançar tudo o que ele alcançou.
Então acredita mesmo que pode ser o novo Coentrão?
[risos] Era bom, mas só o tempo e os jogos poderão responder a isso. Para já estou preocupado em melhorar e aprender em cada dia.
Viu vídeos dele ou de outro lateral-esquerdo, como base de trabalho?
Sim, vi alguns vídeos do Fábio Coentrão na época em que o Benfica foi campeão nacional [2009/10]. Queria ver a sua forma de jogar, defendia bem e atacava muito. Como já disse, oxalá possa seguir os passos dele e, um dia, alcançar o mesmo nível. Trabalho para isso.
Fonte: A Bola

«Querem que fique até junho, ou talvez mais»

22.12.12, Benfica 73
Cobiçado pelo River Plate, Pablo Aimar esclarece que não tenciona regressar à Argentina em janeiro. Adianta ´El Mago` que o Benfica pretende continuar contar com ele, pelo menos, até final da presente temporada.

«Ligaram-me do River para saber a minha situação. Demonstraram interesse em mim mas há qualquer hipótese de regressar agora, não penso nisso neste momento», afirmou o jogador, de 33 anos, em entrevista a um programa desportivo do país natal.

«Em Lisboa tratam-me sempre maravilhosamente e querem que eu fique até junho, ou talvez mais. Claro que pode haver sempre um desafio que me desperte a atenção, e isso decido na altura, mas, por agora, o mais seguro é dizer que fico em Portugal», indicou.

A cumprir a quinta temporada de águia ao peito, el mago não disfarça a admiração pelo Benfica. «Jogo num clube muito grande, num dos melhores estádios do mundo, com muitos adeptos. É um clube gigante», descreveu. 
«É muito difícil, num clube que te trata tão bem, que te dá tantas facilidades, dizer que vou embora. Gostam muito de mim», realçou.
Fonte: A Bola

«Jesus não quis atirar-me aos leões»

22.12.12, Benfica 73
Ola John revelou que o início do percurso no Benfica «não foi fácil», por estar forçado a aprender quando o desejo era estar em campo a ajudar a equipa. 
O extremo holandês, de 20 anos, contou, em entrevista à revista Voetbal International, que na Luz «deixaram bem claro» o que pretendiam dele. 
«O treinador não me quis atirar aos leões por considerar que não estava preparado. Isso seria perigoso por causa do preço da transferência e das expectativas. Precisava de tempo para adaptar-me. Claro que não foi fácil. Quero jogar sempre e disse-lhes isso. No Benfica riram-se e lembraram Di María, que chegou ao clube com a minha idade, na primeira época jogou 13 vezes e na segunda 12. Depois foi vendido ao Ral Madrid por 33 milhões. O Benfica faz 60 jogos por época, por isso há sempre hipóteses de jogar», disse, assinalando, também, outras diferenças: «Tive de adaptar-me ao nível de treino. Há tantos jogadores bons à minha volta. Dizem que Theo Janssen [n.d.r. - médio do Twente] tem a melhor técnica de remate na Holanda, mas deviam ver Óscar Cardozo. Está um passo à frente. Por outro lado, o treino é diferente, muito mais tático.»
Fonte: A Bola

Guarani tenta empréstimo

22.12.12, Benfica 73
O Guarani, clube do Paraguai, está a tentar o empréstimo de Derlis González, jovem avançado da equipa B do Benfica.
A rádio paraguaia Cardinal avançou esta sexta-feira que Derlis González pode voltar ao seu país, por empréstimo do Benfica, até ao próximo verão e o jogador confirmou.
«A ideia é voltar ao Paraguai durante o semestre e isso está a ser negociado», afirmou Derlis.
Fonte: A Bola