Novembro 30 2012

Um adepto aproveitou uma interrupção no encontro entre Maccabi Haifa e Beitar Jerusalem para invadir o relvado. Os seguranças logo se lançaram em perseguição ao invasor, que foi travado com uma entrada de carrinho, por trás, digna de... cartão vermelho.

Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 17:24

Novembro 30 2012
Poderá estar prestes a terminar a ligação de seis épocas (contabilizando o empréstimo por uma temporada ao Osasuna) do lateral português Nélson ao Bétis. 
Depois de um arranque auspicioso, que culminou com sucessivas chamadas à Seleção Nacional, o português perdeu gás no conjunto espanhol e é apontado por parte dos adeptos do clube como um dos principais responsáveis pelos últimos maus resultados da equipa. 
A Direção do Bétis está a par desta delicada situação e já começou a procurar futuros destinos para o lateral, porém o alto ordenado do jogador, que ronda o 1,1 milhão de euros por temporada, está a emperrar as negociações com possíveis interessados. 

Mas não é tudo, escreve o Diário de Sevilha, o Benfica terá uma palavra a dizer, sempre que surgir uma proposta inferior a oito milhões de euros. A mesma fonte afirma que o emblema das águias ainda tem a receber cerca de dois milhões de euros (1.687.499,98) do valor acordado com o Bétis na altura, 2008/2009 em que negociou o jogador. 
Caso o destino de Nélson seja um clube português, o Benfica terá a receber cinco milhões de euros. Se a proposta for superior a oito milhões de euros, os encarnados terão direito a 20 por cento da fatia do bolo. 
O vínculo do internacional luso com o clube espanhol cessa em junho de 2013 mas poderá ser automaticamente prolongado. Atualmente, Nélson é o jogador mais bem pago dos verdes de Sevilha.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 16:28

Novembro 30 2012
O Racing Avellaneda admite negociar a transferência de Ricardo Centurión, médio ofensivo de 19 anos que foi observado, na Argentina, por um emissário do Benfica. 
Roberto Ayala, manager do clube argentino, assinala, porém, que o «Racing não foi contactado oficialmente por qualquer clube», embora acrescente que «tem havido abordagens de alguns agentes», que pretendem conhecer as «condições para uma transferência». 
Em conversa com A BOLA, o antigo internacional argentino não revela quais os clubes que têm acompanhado a evolução do jovem, diz apenas que o Racing «recebeu gente de Inglaterra, Espanha, Itália e Portugal».
Ayala sublinha que Centurión «é um dos jogadores que mais têm dado nas vistas no Campeonato» e isso justifica que esteja a «chamar a atenção de tanta gente». O dirigente considera o médio ofensivo «um jogador importante para o Racing», mas abre as portas ao negócio: «Estamos sempre disponíveis para conversar e ouvir propostas, mas se não houver alguma coisas oficial é só falar por falar.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 16:25

Novembro 30 2012
publicado por Benfica 73 às 10:22
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



27
28
29


subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...