Outubro 03 2012
Apesar da derrota, o guarda-redes brasileiro salientou que o Benfica mostrou o seu valor diante do todo-poderoso Barcelona. 
«Tenho a certeza que todos saíram daqui a saber que o Benfica tem uma grande equipa, jogámos de igual para igual com o Barcelona. Acredito que vamos continuar nesta competição», afirmou Artur, que falava em pleno relvado, aos microfones da TVI.
Os encarnados somam apenas um ponto em duas jornadas no Grupo G da Liga dos Campeões. Seguem-se dois jogos com o Spartak Moscovo, primeiro na Rússia e depois na Luz. Artur considera que serão esses os jogos decisivos: «A partir de agora, todos os jogos são importantes e queremos vencer os próximos dois jogos com o Spartak para podermos seguir em frente na competição.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 22:21

Outubro 03 2012
O Benfica apresentou uma reclamação na secção de classificações do Conselho Nacional de Arbitragem sobre a atuação de Carlos Xistra no jogo com a Académica, segundo noticia a Renascença.
A atuação de Carlos Xistra no referido jogo recebeu nota positiva por parte do observador (3,9 pontos, uma das melhores da época até ao momento).
O Benfica, com a reclamação, pretende que sejam reconhecidos os erros atribuídos ao árbitro na partida, esperando que a nota seja retificada.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:22

Outubro 03 2012

publicado por Benfica 73 às 12:16

Outubro 03 2012
Enzo Perez, extremo do Benfica convertido a médio centro, diz que a estratégia frente ao Barcelona era jogar em contra-ataque e aproveitar as oportunidades que aparecessem.
«Tentámos jogar em contra-ataque. Sabíamos que íamos ter quatro ou cinco oportunidades durante o jogo e tentamos convertê-las. Tentámos fazer o nosso melhor, o futebol é assim», afirmou o argentino na zona mista do estádio da Luz.
Enzo Perez diz que ainda se está a habituar a jogar na posição que era de Axel Witsel.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:00

Outubro 03 2012
Lionel Messi lamentou a lesão de Puyol no jogo da Luz mas diz que o mais importante foi o Barcelona ter ganho. Elogiou ainda os jogadores do Benfica.
«Ganhámos hoje e isso é o mais importante. Sabíamos que o jogo frente ao Benfica ia ser duro, que ia ser um jogo de Champions. O Benfica tem jogadores muito bons, muito rápidos», afirmou o astro argentino na zona mista do estádio da Luz.
Desta feita Messi não marcou mas fez duas assistências, o que vai de encontro ao seu discurso de que o mais importante «não é marcar golos mas ajudar a equipa».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 10:56

Outubro 03 2012
Para Jorge Jesus, a eficácia do Barcelona fez a diferença no jogo. De resto, pelo menos até ao segundo golo dos catalães, o treinador do Benfica considerou que a sua equipa esteve muito bem.

«Não faltou nada. Jogámos contra uma equipa que na minha opinião é a melhor do Mundo, em qualquer jogo tem sempre 70 e tal por cento de posse de bola e normalmente comanda sempre o adversário. Além disso, tem só dois dos melhores jogadores da Europa...», começou por dizer Jorge Jesus, na flash interview no final do encontro.

«O Benfica fez excelente primeira parte, não merecia estar a perder ao intervalo. Tivemos nove remates, uma grande oportunidade pelo Lima e o jogo foi dividido. O Barcelona nem sempre é tão eficaz, mas hoje as poucas oportunidades que teve marcou e isso fez toda a diferença. Depois do 2-0, se já são fortes, a comandar o resultado ainda se torna mais difícil», considerou o treinador dos encarnados.

A finalizar, Jorge Jesus recusou a ideia que a sua equipa esteja agora com a situação complicada na competição: «As outras equipas também jogam com o Barcelona e perderam, por isso terão a mesma margem de erro que nós.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 10:23

Outubro 03 2012

A equipa de Futebol profissional do Benfica perdeu esta terça-feira, dia 2 de Outubro, com o Barcelona, por 0-2, em jogo a contar para a 2.ª jornada do Grupo G da Liga dos Campeões. Com várias oportunidades criadas, principalmente durante o primeiro tempo, o conjunto da Luz acabou por ser penalizado por não ter conseguido bater o guarda-redes visitante. Segue-se agora a deslocação a Moscovo.

 

Seis anos depois e o Estádio da Luz voltou a receber um Benfica – Barcelona. Tal como na temporada 2005/2006, o favoritismo era atribuído à equipa da Catalunha. Outrora com nomes como Ronaldinho Gaúcho, Samuel Eto´o, Deco ou Henrik Larsson, a formação “blaugrana” entrou em campo com as estrelas do presente, como Xavi, Fàbregas ou, aquele que para muitos é considerado como o melhor jogador da actualidade, o craque argentino Lionel Messi.
Perante aquela que é considerada a melhor equipa do Mundo, no que à prática de futebol diz respeito, o principal desafio que se apresentava ao Benfica era saber lidar com aquilo que o Barcelona gosta mais de fazer, ou seja, ter a posse de bola durante o maior tempo possível. Mas ter a posse de bola não é propriamente sinónimo de conseguir criar mais oportunidades de golo. Ora foi precisamente isso que aconteceu no encontro. Um Barcelona fiel ao seu carrossel, mas ao qual o Benfica procurou ter a paciência suficiente para não criar desequilíbrios no seu sector defensivo.

E não fosse o golo consentido aos seis minutos – finalização de Alexis Sánchez – e a primeira parte podia ter terminado com um desfecho mais positivo para os homens da Luz. A equipa orientada por Jorge Jesus esteve muito mais perto do golo, pelo que o resultado ao intervalo penalizava as oportunidades criadas, nomeadamente por Bruno César (2’) e Lima (11’), ambas travadas pelo guarda-redes do Barcelona Victor Valdés. Mais tarde foi a vez de Salvio (28’ e 36’), mas a bola continuou sem querer entrar…

 Veio o descanso e com ele uma alteração por parte do técnico benfiquista. Bruno César deu o seu lugar a Carlos Martins, no entanto, o Barcelona fez a diferença com um remate certeiro de Fàbregas (55’). No minuto seguinte, Salvio esteve muito perto de reduzir o marcador, mas o guardião do Barcelona fez uma excelente defesa.


Aimar e Nolito foram também chamados para tentar ajudar a inverter o rumo dos acontecimentos, mas a verdade é que isso acabou por não

acontecer. Nota ainda para a expulsão de Busquets, aos 87 minutos, mas que já não deu para tentar o respectivo aproveitamento da inferioridade numérica. 
Na próxima jornada, agendada para o dia 23 de Outubro, o Benfica vai jogar no recinto do Spartak Moscovo, equipa que perdeu esta terça-feira com o Celtic, por 2-3.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com a seguinte equipa: Artur Moraes; Maxi Pereira, Jardel, Garay e Melgarejo; Matic, Bruno César (Carlos Martins, 45’), Enzo Perez (Pablo Aimar, 60’), Gaitán (Nolito, 74’) e Salvio; Lima.

Fonte: SLB/A Bola

Veja aqui a ficha do jogo

 

publicado por Benfica 73 às 09:19

Outubro 03 2012
publicado por Benfica 73 às 08:37
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...