Setembro 24 2012
O Everton–Newcastle ficou ensombrado com um golo que não foi validado pelo árbitro da partida. Victor Anichebe cabeceou para o fundo da baliza e pelas imagens televisivas tudo indica que a bola terá ultrapassado a linha de golo. A equipa de arbitragem mandou... seguir.
No momento do polémico lance o marcador assinalava empate a uma bola. E os jogadores do Everton já se tinham queixado de uma outra bola que entrara na baliza do Newcastle, prontamente anulada por alegado fora-de-jogo a Fellaini (as imagens televisivas mostram também que o lance era legal).
A partida terminou com empate a duas bolas, como novo golo de Anichebe, dessa vez validado pelo árbitro da partida.
Fonte: A Bola
 
publicado por Benfica 73 às 23:58

Setembro 24 2012
A Imprensa turca continua a insistir no interesse do Benfica na contratação em Gustavo Colman, mas o empresário do médio argentino que milita no Trabzonspor desmente a existência de contactos oficiais.
«Não houve qualquer contacto oficial, apenas soube desses rumores pela Imprensa», disse Renato Cedrola, em declarações prestadas à Renascença.
Gustavo Colman tem 27 anos e vai na quinta época ao serviço do Trabzonspor. O empresário não tem dúvidas: «Estou certo que tem qualidade para jogar no Benfica. O ano passado fez uma época excelente pelo Trabzonspor, jogou a Liga dos Campeões e teve grande desempenho. Inclusivamente houve pessoas do Inter Milão que o elogiaram.»
Deixou, então, as características do jogador: «É um estratega com boa técnica, mas agressivo e com personalidade forte, ao bom estilo de um jogador argentino.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 22:01

Setembro 24 2012
Prossegue a contestação do Benfica à arbitragem de Carlos Xistra no jogo de domingo, diante da Académica. Através de vídeo publicado no site oficial do clube, os encarnados apontam outros erros ao árbitro de Castelo Branco em jogos anteriores, deixando a seguinte mensagem: «A tradição ainda é o que era.» 
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 20:42

Setembro 24 2012

Domingo, 23 de setembro

Pelas 20 horas pai e filho preparam-se para assistir ao Académica – Benfica. Assistir aos jogos juntos já se tornou num ritual mesmo considerando a tenra idade do pequenote.

Inicia o jogo e em poucos minutos o Benfica envia duas bolas aos ferros da baliza adversária, e nesse preciso momento o pequenote inicia, já sendo habitual, a sua série de perguntas e comentários.

 - Pai, hoje vai ser mais fácil, estamos perto do golo.

Os minutos vão passando, surge o primeiro ataque da Académica e o miúdo dispara:

 - Pai não era fora-de-jogo?

 - Era sim. - respondeu o pai.

Dois minutos mais tarde, penalty assinalado contra o Benfica, o pequeno incrédulo, vira-se para o pai e diz:

 - Foi falta? E não foi fora da área? Mas afinal o que é um penalty?

Em apenas uns 15 segundos o pai do miúdo tinha sido “bombardeado” não com uma pergunta mas sim com três perguntas de rajada. Nervoso, o pai, enquanto assistia ao golo da Académica explicava ao seu filho desta maneira:

 - Filho, falta existe porque o Maxi derruba o jogador adversário, mas foi fora da área. Para existirem penalties as faltas têm de ocorrer dentro da área.

Em cima do intervalo, Cardozo envia novamente a bola ao ferro da baliza e sai mais um comentário do jovem:

 - Fogo, já é azar a mais, uns jogam outros marcam.

Chegou o intervalo, a dupla aproveita para jantar.

Início da 2ª parte, passados 5 minutos, penalty assinalado a favor do Benfica e cartão vermelho para o defesa da Académica. O pequenote, de pé, diz:

 - Este é penalty, o cartão vermelho é bem mostrado?

 - É sim porque o defesa ao cortar a bola com a mão, impede o golo.

Cardozo marca penalidade, guarda-redes para um lado e bola para o outro, estava feito o golo do empate. Pai e filho sem grandes festejos mas com um outro ar nas suas caras.

  Os minutos passavam, os rostos começavam a fechar-se novamente e penalty contra o Benfica. Novamente confuso, o miúdo, reage assim:

 - Não pode ser, o Garay só cortou a bola.

O pai nem reagiu ao que estava assistir, o filho continuava:

- É incrível, só sabem roubar, não jogam nada e já marcaram dois golos ajudados por um ladrão.

Até ao golo do Lima, a 5 minutos do final do jogo, o pequenote de um lado para o outro ia comentando sempre no mesmo sentido, «roubo atrás de roubo» e «sempre os mesmos a serem roubados». Levantou os braços em sinal de festejo, a quando o golaço do ponta de lança encarnado mas nem uma palavra mais.

Aos 87 minutos, Maxi é agredido por um tipo ligado à Académica e imediatamente surge a pergunta:

 - Pai, mas agora já podem agredir os jogadores do Benfica sem ninguém fazer nada?

 - Começo achar que contra o Benfica vale tudo desde que seja em seu prejuízo. - respondeu o pai.

Fim do jogo, a dupla estava triste mas o melhor estava para acontecer para o pai do miúdo.

 - Pai, ao ver um jogo destes sinto que sou mais benfiquista que há duas horas atrás. Amo-te Benfica.

 

O Benfica não ganhou o jogo, mas ganhou um jovem benfiquista para o defender de todos os seus adversários e inimigos.

publicado por Benfica 73 às 19:21
Tags:

Setembro 24 2012
O defesa argentino do Benfica foi caustico ao abordar o empate cedido pelos encarnados em Coimbra diante da Académica, apontando críticas diretas à equipa de arbitragem liderada por Carlos Xistra.
«Foi um jogo muito complicado. O árbitro condicionou-nos muito, assinalando dois penalties que não existiram. No primeiro foi fora da área e no segundo jogou-se a bola», afirmou Garay, falando na habitual flash interview no final da partida.
«Na verdade foi uma vergonha. Temos de seguir em frente», atirou ainda o defesa argentino.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 17:19

Setembro 24 2012
O vice-presidente do Benfica, Rui Gomes da Silva, garante que os responsáveis do clube da Luz foram avisados para o que poderia acontecer em Coimbra, onde os encarnados contestam a marcação de duas grandes penalidades a favor da Académica por parte da equipa de arbitragem liderada por Carlos Xistra. 

«O Benfica foi avisado do que poderia acontecer em Coimbra e sabemos que essa mensagem chegou a Vítor Pereira [presidente do Conselho de Arbitragem]», começou por denunciar Rui Gomes da Silva, em declarações prestadas à Antena 1.
Perante este dado, o dirigente pede uma investigação aos incidentes da partida com a Académica: «Investiga-se tanta coisa em Portugal, por isso esperamos também uma investigação a esta matéria por parte das autoridades competentes.»

Rui Gomes da Silva fala mesmo em premeditação: «Vejam-se os últimos cinco anos de arbitragem. Pedro Proença, Olegário Benquerença, Carlos Xistra, Soares Dias, João Capela, Hugo Miguel e Rui Silva. Perguntem se é tudo por mero acaso. Nunca se enganam contra um determinado clube, o FC Porto.»
«Aquilo que se está a passar é o modelo de sempre: gerir para poder encomendar as faixas antecipadamente», vincou o vice-presidente dos Benfica.
Fonte: A Bola

Agora digo eu: Foram avisados e mesmo assim fomos comidos?
publicado por Benfica 73 às 16:09

Setembro 24 2012
O lateral uruguaio Maxi Pereira foi mais uma voz da revolta encarnada após o empate diante da Académica. 
«Sinto que foi um jogo em que fomos totalmente prejudicados», disse Maxi Pereira, já na zona mista do Estádio Cidade de Coimbra. 
As duas grandes penalidades assinaladas a favor da Académica estavam na mira do lateral uruguaio, que foi ainda mais longe nas suas críticas: «O campeonato não pode ficar marcado por decisões dos árbitros, tal como aconteceu no ano passado.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 15:30

Setembro 24 2012
O treinador do Benfica não calou a revolta com o trabalho da equipa de arbitragem liderada por Carlos Xistra, contestando a marcação das duas grandes penalidades a favor da Académica.

«Não vamos branquear nada. É verdade que o Benfica aos 15 minutos poderia estar a vencer por 3-0. A Académica não tem nada a ver com o assunto, mas o que se passou foi uma vergonha. Duas penalidades que não existiram: uma foi fora da grande área e a outra, se estivéssemos no basquetebol, deveria ter sido falta ofensiva», afirmou Jorge Jesus na habitualflash interview no final da partida, que terminou com igualdade a duas bolas.

«Jogámos o suficiente para sair daqui com três ou quatro golos de vantagem, mas a arbitragem condicionou-nos. Colocou-nos sempre numa situação desfavorável, de ter de correr atrás do prejuízo. Os factos são visíveis. O árbitro não esteve bem, ajuizou mal dois lances que nos impediram de ganhar», vincou ainda o treinador do Benfica.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:31

Setembro 24 2012

Para quem possa ter memória curta, o árbitro Carlos Xistra ajudou a fazer este domingo um exercício bem aprofundado, ao ter claramente influência no desfecho do jogo entre a Académica e o Benfica, que acabou com uma igualdade a dois golos. Os jogadores da Luz fizeram tudo para contrariar todos os obstáculos que encontraram, mas realmente há situações que são difíceis de superar. O jogo foi referente à 4.ª jornada do Campeonato Nacional.

 

Ferros! Foi este o primeiro obstáculo que os jogadores do Benfica encontraram no jogo desta noite em Coimbra. Com um início de encontro absolutamente fantástico, o Benfica esteve muito perto de marcar aos três e quatro minutos, respectivamente. Na primeira situação, Enzo Perez surgiu pelo lado direito e cruzou para o interior da área, onde surgiu Cardozo a desviar para barra da baliza. O lance seguinte aconteceu precisamente do lado contrário, com Bruno César a fazer cruzamento para Rodrigo. O desvio, desta vez, foi bater no poste.
Passaram cinco minutos e o Benfica voltou à estar muito perto da merecida vantagem. Rodrigo desmarcou Cardozo e este rematou para defesa de Ricardo.

Ao 22.º minuto apareceu o segundo obstáculo para o Benfica, com um fora-de-jogo claro da Académica que não foi assinalado pela equipa de arbitragem. O lance não deu golo, mas ficou registado. Mas o pior estava para vir. O árbitro Carlos Xistra vislumbrou uma grande penalidade contra o Benfica aos 24 minutos, numa jogada em que Maxi Pereira e Makekele estão preocupados apenas em disputar a bola. Mais do que isso é que o lance acontece fora da grande área. Sem comentários…

 

A Académica aproveitou a grande penalidade para se colocar em vantagem, através da conversão de Cissé (26’).
Para tornar a situação mais difícil, o primeiro obstáculo voltou a fazer a sua aparição. É que, aos 43’, Cardozo subiu nas alturas e cabeceou ao poste. A sorte não queria nada com a equipa e com o paraguaio, que acertava pela segunda vez nos ferros.
Na entrada para os descontos mais uma situação incrível na partida. Cardozo fugia para a baliza quando foi assinalado fora-de-jogo. As imagens mostraram que estava em posição legal…

 

Foi precisar esperar 48 minutos para aparecer uma decisão acertada de Carlos Xistra. Nolito, que tinha entrado ao intervalo para o lugar de

Bruno César, rematou e o esférico foi desviado ilegalmente por Rodrigo Galo no interior da área. Grande penalidade assinalada e ordem de expulsão para o jogador da Académica de Coimbra. Cardozo não perdoou e converteu o castigo máximo de forma irrepreensível (50’).

Com mais uma unidade em campo, a equipa comandada por Jorge Jesus prosseguiu com o assalto à baliza da Académica. Cardozo (64’) e Salvio (66’) bem estiveram perto de marcar, mas o desfecho voltou a não ser o desejado.

 

E não é que voltou…
Quando parecia que se já tinha visto tudo, eis que Carlos Xistra descortinou mais uma grande penalidade contra o Benfica, num lance em que Garay jogou a bola! Wilson Eduardo converteu o penálti e ficou, assim, em vantagem (68’). Do lado da área da Académica, o juiz já não viu Nolito ser empurrado (81'). Porquê?

Lima, com um excelente remate de fora da área, igualou depois a partida aos 85 minutos. Apesar do forcing final dos jogadores, o resultado não sofreu mais alterações.

O Sport Lisboa e Benfica praticou um excelente futebol durante os 90 minutos e não é, certamente, um árbitro de fraca categoria que vai abalar o trabalho desenvolvido pelo grupo de trabalho. Força Benfica!

O Sport Lisboa e Benfica apresentou a seguinte equipa: Artur Moraes; Maxi Pereira, Jardel, Garay e Melgarejo; Matic, Bruno César (Nolito, 45’), Salvio e Enzo Perez (Aimar, 64’); Cardozo e Rodrigo (Lima, 75’).

Fonte: SLB / A Bola

Ver Rescaldo Aqui: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=153906

publicado por Benfica 73 às 09:00

Setembro 24 2012

Minutos após o final da partida entre Académica e Benfica (2-2), alguns adeptos dos encarnados tentaram vandalizar a sede da Mancha Negra, claque oficial da Briosa, que se situa perto do Estádio Cidade de Coimbra.
Alguns dirigentes da claque dos estudantes estavam dentro das instalações da sede e acabaram por não se registar confrontos, mas a Polícia de Segurança Pública foi chamada ao local, serenou os ânimos, tendo identificado dois adeptos do Benfica.
De acordo com fonte policial, a tentativa de vandalização terá durado entre 10 a 15 minutos, mas os elementos da PSP de Coimbra destacados para o local colocaram termo à situação, impedindo assim males maiores.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:22

Setembro 24 2012
publicado por Benfica 73 às 06:56
Tags:

Setembro 24 2012
O encontro entre o Rayo Vallecano e o Real Madrid, inicialmente agendado para este domingo à noite, vai realizar-se segunda-feira às 19.45 horas (menos uma em Portugal continental) devido a problemas elétricos no estádio do Rayo.
O presidente do clube, Martín Presa, já disse ter-se tratado de um golpe de sabotagem. «Uns vândalos cortaram os cabos elétricos», afirmou em declarações ao Canal +.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 03:26

Setembro 24 2012

Depois da derrota na véspera ante o Asefa Estudiantes, por 81-85, o Benfica foi novamente derrotado este domingo, desta vez pelo Lagun Aro (70-80), no encontro de atribuição dos terceiro e quarto lugares do Torneio Internacional da Luz.
«Não ganhámos o Torneio, mas ganhámos outras coisas importantes para o futuro. Não gosto de perder, mas estou satisfeito por aquilo que já observei dos jogadores», afirmou o treinador dos encarnados, Carlos Lisboa, no final da partida.
A vitória no Torneio foi para o Asefa Estudiantes, que venceu na final o Cáceres, por 81-70.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 02:42

Setembro 24 2012

Não faltará, com toda a certeza, será gente a desculpar esta agressão a Maxi Pereira.

Os mesmos que viram a agressão de Luisão ao actor alemão serão os mesmos que agora virão dizer que afinal é Maxi que tentou agredir o Vice da académica.
Como não deram a pena máxima a Luisão, terão nova oportunidade para o fazerem.
Cuida-te Maxi, nesta semana alguns, até mesmo benfiquistas(?) irão pedir a pena máxima, dois anos de prisão por seres agredido à cabeçada.
publicado por Benfica 73 às 01:20

BENFICA 73
contador grátis
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...