Junho 28 2012

Na próxima temporada, os clubes não poderão emprestar jogadores a emblemas do mesmo escalão. A medida foi esta quinta-feira aprovada, no Porto, em Assembleia-Geral da Liga.

O impedimento consta na nova proposta de Regulamento de Competição dos campeonatos profissionais, hoje aprovado na reunião magna dos clubes, e resultou da iniciativa do Nacional, coincidindo com os propósitos do Sporting, que iria também propor nesse sentido.

À saída da AG da Liga, Rui Alves, presidente do Nacional, anunciou que a alteração que propôs (entre outras a anunciar mais tarde pela LPFP) teve o voto favorável de 19 emblemas contra nove contra e uma abstenção.

Luís Duque, administrador da SAD do Sporting, confirmou a aprovação da norma, ainda não anunciada oficialmente pela Liga, argumentando que a votação na proposta do Nacional tornou irrelevante a intenção do seu clube.

"Vai, sobretudo, dar mais transparência ao futebol português", disse o dirigente, recordando que a proibição de empréstimo de jogadores a clubes da mesma divisão "é um facto em campeonatos como o inglês".

Para Luís Duque, "o princípio está aprovado", mas caso apareça "quem saiba contornar a regra, isso fica para o julgamento de quem segue o futebol".

O dirigente sportinguista argumentou com as equipas B para justificar o fim desses empréstimos: "Os jogadores que precisarem de evoluir podem fazê-lo 'em casa', isto é, nos clubes que os contratam e em provas profissionais".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:34

Junho 28 2012
Portugal poderá, afinal, ter um representante na final do Euro-2012. O árbitro Pedro Proença deverá ser indicado pela UEFA para dirigir a final do Campeonato da Europa, caso a Itália vença hoje a meia-final com a Alemanha.

O inglês Howard Webb, apontado como principal candidato a apitar o jogo do título, foi designado quarto árbitro do Alemanha-Itália desta quinta-feira e está, ao que tudo indica, definitivamente afastado da final. Alterações de última hora suscitadas, ai que tudo indica, pela entrada em cena do turco Cuneyt Çakir no Portugal-Espanha, da outra meia-final, que causou algum embaraço nas altas estruturas da UEFA.

A confirmar-se a presença na final, Pedro Proença terminará o Europeu da Polónia e da Ucrânia com quatro jogos depois de ter dirigido o Espanha-República da Irlanda e o Suécia-França, ambos da fase de grupos, e o Inglaterra-Itália, dos quartos de final.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 21:42

Junho 28 2012

Hoje a Alemanha e a Itália enfrentam-se na segunda meia-final do Euro’2012 e têm as namoradas de Mesut Özil e Alessandro Diamanti como musas inspiradoras. Aída Yéspica (à esquerda) é a companheira do médio alemão do Real Madrid e tornou-se conhecida após o concurso Miss Venezuela de 2002. Contudo, não se sabe bem por que seleção a manequim, de 29 anos, está a torcer. Aída já foi namorada do italiano Matteo Ferrari, com o qual tem um filho em comum, Aaron, de 3 anos. Mas se a venezuelana pode ter o coração dividido, o mesmo não acontece com Silvia Hsieh, companheira de Diamanti, que pode estrear-se como titular na partida de hoje. Nascida em Taiwan, emigrou aos 4 anos para Itália e é hoje apresentadora de televisão. Silvia e Alessandro casaram-se em 2008, e desde então o médio tem vindo a subir de rendimento, tendo hoje a oportunidade de mostrar o seu valor no Euro’2012. Será a arma secreta para a vitória italiana?

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:10

Junho 28 2012
A comitiva da Seleção Nacional foi recebida, ao final da tarde desta quinta-feira, no aeroporto de Lisboa, em clima de total festa. Paulo Bento falou em «grande orgulho e satisfação» por parte de todo o grupo que esteve no Euro-2012.
Depois de espera de mais de uma hora, as várias centenas de adeptos lá vislumbraram os seus heróis na porta de desembarque do aeroporto. Os cânticos, que há muito preenchiam aquele espaço, subiram de tom.
Os jogadores corresponderam, deram autógrafos, posaram para fotografias e foram soltando algumas palavras. «É uma alegria imensa e estamos orgulhosos pelo que fizemos. Toda esta delegação foi fantástica», disse o vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Humberto Coelho. «Muito obrigado por tudo», atirou Miguel Lopes. «Sentimos grande orgulho e satisfação por esta receção», disse Paulo Bento, pouco antes de entrar no autocarro, que há mais de uma hora estava estacionado junto ao aeroporto.
Ao som de «A Portuguesa» toda a comitiva entrou dentro do autocarro e, após alguns minutos de espera, lá deixou o aeroporto rumo a uma unidade hoteleira na zona de Oeiras.
Fonte: A Bola
Os
Rui
Paulo
Antes,
Pepe
Ronaldo
publicado por Benfica 73 às 20:47

Junho 28 2012
O lateral esquerdo Joan Capdevila tem mais um ano de contrato com o Benfica, mas tudo indica que não permanecerá no clube da Luz. 
Segundo o seu empresário, «o jogador está pronto para deixar o Benfica». «Tem um valor de mercado que é um milhão de euros», adiantou também Horácio Gaggioli, em declarações prestadas ao site TMW.
Antes de assinar pelo Benfica, no verão passado, e mesmo depois de estar a ser muito pouco utilizado no clube da Luz, chegou a falar-se do interesse da Juventus. Porém, o empresário garantiu que nos últimos meses não recebeu qualquer contacto dos responsáveis do clube italiano.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:00

Junho 28 2012
Viveu-se um dia de pura emoção, sofrimento, esperança, ilusão, enfim, um sem fim de sentimentos naquela que foi a despedida de Portugal deste Europeu. De Norte a Sul do País, passando pela Polónia e Ucrânia, muitos foram os adeptos portugueses que não conseguiram esconder a desilusão da despedida da prova após as grandes penalidades.
Por outro lado estavam os adeptos espanhóis que viveram instantes de pura loucura após a grande penalidade de Fabregas que colocou a equipa espanhola na final da prova. A BOLA deixa-lhe aqui algumas imagens que provam alguns dos momentos que se viveram no Portugal-Espanha...
Fonte: A Bola
Adeptas
No
Mesmo
Do
Portugal,
Mediatismo
Após
Do
Portugal
Antes
Houve
publicado por Benfica 73 às 18:10

Junho 28 2012

O Benfica está firme na tentativa de contratar Jesé Rodríguez, o novo valor emergente da formação do Real Madrid. A SAD encarnada tem pressionado os responsáveis merengues no sentido de levar por diante os seus intentos, garantindo os serviços do atacante, campeão espanhol na última temporada.

Como Record noticiou, Jesé há muito que está na agenda dos encarnados. Luís Filipe Vieira, que esteve recentemente em Madrid, fez saber junto de Florentino Pérez e seus pares que Jesé é um dos jogadores que o Benfica gostaria de receber, como contrapartida pela saída de Witsel.

O interesse das águias vai mais longe e é mais sólido. O Benfica quer contratar o avançado espanhol, de 19 anos (26/2/1993, Las Palmas), mesmo que não se concretize a saída do internacional belga para a formação dirigida por José Mourinho. No entanto, e como há sempre um mas, os merengues não estão na disposição de abrir mão deste talento, descrito no site do Real como “dianteiro competitivo” e com “grande capacidade goleadora”.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:00

Junho 28 2012
O capitão da Seleção Nacional revelou que todos estão frustrados com a derrota frente à Espanha. Cristiano Ronaldo defendeu que Portugal merecia estar na final do Europeu.
«Acho que Portugal esteve muito bem e fez uma exibição conseguida. Não ganhámos porque não tivemos sorte. Saímos frustrados porque podíamos ter chegado à final», afirmou Cristiano Ronaldo.
O capitão da Seleção Nacional defendeu que todos estiveram em bom plano: «Deu o melhor, como sempre fiz. Estamos todos orgulhosos, jogámos mais e merecíamos estar na final, mas os penalties são assim».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 16:09

Junho 28 2012

O Azeiteiro-da-cabeça-d'unto e Dona Constança são almas gémeas. Nem um nem outro falham festa ou festança. O Azeiteiro vais às festas mesmo sem ser convidado; e se não há motivo para festejos, ele arranja. Desde que seja para ver feliz o Palhaço. Ultimamente, ainda mais que Dona Constança, tem-se visto como parlapatão de muita festança. Talvez, na sua intima estupidez, se convença de que é convidado pelos seus méritos histriónicos. Não é: é apenas obediente, subjugado. Um bobo de cócoras. Há dias untou de azul a sua cabeça oleosa e, respeitoso, dócil, sujeitou-se à mais tinhosa das vergonhas. Lá do alto, o Madaleno ordenava-lhe que beijasse mãos e lambesse pescoços. E ele, sem asco, encheu de saliva todas as mãos e pescoços que lhe passaram pela frente.

O Madaleno fazia esgares de satisfação e incontinência; o Azeiteiro-da-cabeça-d'unto fazia vénias. Já não via farejar pescoços daquela forme desde a primeira edição de um filme que tinha o Marlon Brando como protagonistas. E os farejadores tinham todos finais infelizes. Um ou dois imbecis, acompanhados por dois ou três intelectualmente desonestos, lavaram a teoria segundo a qual o Azeiteiro foi à Festa da Cerveja por dotes inquestionáveis e que isso é uma machadada fatal no discurso de quem lhos não reconhece. É esse o motivo porque não passam de imbecis e de intelectualmente  desonestos. Não percebem a simples teoria das festas e das festanças: requerem um bufão, farsante e chocarreiro, ao qual se possa largar um grito como quem lança uma matilha de cães para o ver esconder-se, por entre gargalhadas, debaixo da mesa dos bolos. O Azeiteiro-da-cabeça-d'unto presta-se a isso e a muito mais. Vocês vão ver...
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 15:15

Junho 28 2012
O selecionador de Portugal, Paulo Bento, defendeu que a Seleção Nacional fez um Europeu extraordinário e que apenas faltou uma pontinha de sorte para afastar a Espanha.
«Portugal fez um campeonato da Europa extraordinário. Defrontamos a Alemanha, Dinamarca, Holanda, República Checa e Espanha», realçou Paulo Bento.

O selecionador analisou depois a partida frente à Espanha: «Acho que estivemos melhor durante os 90 minutos do que no prolongamento, onde a Espanha teve mais posse de bola e nós revelámos algum desgaste. Não foi possível esticar o nosso jogo e isso permitiu um maior domínio da Espanha. Nas grandes penalidades a seleção espanhola foi mais feliz. Resta-nos continuar a lutar e a trabalhar, porque caímos com honra e orgulho».

Paulo Bento considerou que faltou uma pontinha de sorte a Portugal ao longo do Europeu: «Tivemos seis bolas à barra e o último penalty também foi à barra. O fator sorte, sem tirar mérito à Espanha, tem influência e nós não tivemos nesta competição».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:19

Junho 28 2012

Parece-me positivamente hipócrita – e, no entanto, absolutamente normal, dada a qualidade dos animais em questão – o folclore promovido pelos responsáveis da FPF e equipa da FPF, e pela abjecta imprensa desportiva bêbada de quatro de fervor nacionalista (que raia a xenofobia), relativamente às arbitragens e ao árbitro turco e ao raio que os parta naquela competição a que não ligo muito porque o Benfica não participa.

 

É ultrajante que, em casa, neste paraíso da corrupção à beira-mar plantado, a FPF, os responsáveis e o conjunto de avençados que pululam pelos jornais desportivos, convivam muito bem e varram para debaixo do tapete o cancro que é a arbitragem portuguesa e as arbitragens de escumalha da estirpe do Pedro Proença e do Olarápio Benquerença, e agora de repente assumam uma postura de virgens ofendidas com uma série de suspeições mal amanhadas (especialmente se comparadas com os factos – a que estamos sujeitos semana sim semana sim - que sustentam a canalhice e corrupção na arbitragem portuguesa) sobre a arbitragem ou um árbitro ou o raio que os parta naquela competição a que não ligo muito porque o Benfica não participa.

 

Quando o Benfica denuncia - apoiado em factos e em prejuízos demasiado sistemáticos e cirúrgicos para não serem deliberados - a corrupção a céu aberto na arbitragem cá do burgo e a vergonha que tudo isto é, o bando de hipócritas ridiculariza a questão e sustenta que são desculpas de mau pagador, que isso da influência da arbitragem não existe, e que os árbitros erram na mais perfeita inocência e que não, claro que não, existe um sistema que controla as arbitragens, as classificações, os observadores.

Agora de repente – e apenas com base em suposições um bocado infantis - parece que descobriram a pólvora e afinal pode ser que na arbitragem haja gente que não mereça ser beatificada.

 

Haja paciência. Que legitimidade é que gente da mesma estrutura deste escroque sem vergonha do Vítor Pereira tem para lançar suspeições sobre arbitragens fora de portas?

Autor: Carlos Miguel Silva (Gwaihir) 

Fonte: http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt/

publicado por Benfica 73 às 12:11

Junho 28 2012

O Benfica não desiste de Salvio. Jorge Jesus já manifestou o desejo em contar com o extremo que deixou grandes saudades na Luz e os responsáveis encarnados estão em campo com o intuito de garantir os serviços do internacional alviceleste, de 21 anos.

Na próxima semana, terá lugar uma reunião em Lisboa entre as águias e o representante do jogador, de forma a discutir as condições de uma possível contratação, sendo que o acordo com o extremo já está praticamente consumado, no que diz respeito a questões salariais.

“Ligaram-me, pedindo-me que viaje para Portugal nos próximos dias, para reunir-me com os dirigentes do Benfica. Há um interesse sério e o clube quer que o Salvio volte, porque deixou uma grande imagem quando esteve lá. Ainda assim não me falaram em números”, revelou, a Record, o empresário do futebolista, Agustín Jiménez, deixando tudo em aberto para um possível acordo.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:12

Junho 28 2012

Mais de 18 milhões de espectadores, concretamente 18,141 milhões, acompanharam através da televisão o desempate por marcação de grandes penalidades do jogo das meias-finais do Euro-2012 entre Portugal e Espanha.

A “lotaria”, que acabaria por sorrir a nuestros hermanos, foi a emissão televisiva mais vista de sempre no país vizinho, tendo obtido, de acordo com dados revelados pela agência Kantar Media, uma quota de 83,3 por cento.
Os 90 minutos regulamentares, transmitidos pelo canal Telecinco, tiveram uma audiência de 14,182 milhões de espanhóis, atingindo os 16,485 milhões durante o prolongamento.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 10:25

Junho 28 2012
Ainda de férias no Brasil, Bruno César fez o balanço daquela que foi a primeira época na Europa ao serviço do Benfica. Apesar de os encarnados apenas terem conquistado a Taça da Liga, o médio diz que o saldo foi positivo.

«Tivemos o título na mão, com cinco pontos de vantagem para o FC Porto, mas estávamos jogando quatro competições ao mesmo tempo, enquanto eles disputavam apenas uma. Isso gerou um desgaste maior na nossa equipa, que acabou por não conseguir manter a vantagem que tinha. Mas é importante destacar que chegámos aos quartos de final da Liga dos Campeões ficando em primeiro lugar de um grupo que tinha o Manchester United. Por isso, penso que o saldo da temporada foi positivo», disse Bruno César, em declarações prestadas ao sitebrasileiro Trivela.

chuta-chuta também se mostrou satisfeito a nível pessoal, mesmo que admita não ter sido titular na parte inicial da época: «Comecei devagar, entrando na equipa aos poucos para ganhar confiança. Foi importante para que pudesse ambientar-me ao clube sem sentir muita pressão.»

Questionado sobre o que melhorou no seu futebol, Bruno César aponta sobretudo a vertente física: «Na Europa, não adianta jogar só com a bola. É necessário estar bem fisicamente para poder contribuir defensivamente, e nisso acho que cresci bastante.»

Deixou também elogios a Jorge Jesus: «Após os treinos conversava com o treinador, perguntava em quais os aspetos poderia melhorar, e ele ajudou-me muito. Acho que esse crescimento físico me ajudou a melhorar taticamente também.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 10:00

Junho 28 2012
Portugal caiu no Euro 2012. Mas caiu de pé e só no desempate por grandes penalidades é que a Seleção Nacional foi eliminada do Europeu. Fabregas apontou o «penalty» que qualificou a Espanha para a final do Euro 2012.
Na marca dos onze metros, Portugal não teve a fortuna que o acompanhou no Euro 2004 e no Mundial 2006. Após um teimoso 0-0 no final do prolongamento, Rui Patrício até defendeu a primeira grande penalidade, de Xabi Alonso, mas João Moutinho, de seguida, permitiu a defesa de Casillas.

Bruno Alves atirou à trave na quarta grande penalidade. Fabregas não falhou e qualificou a Espanha para a final do Euro 2012, onde aguarda a Alemanha ou a Itália. Cristiano Ronaldo nem chegou a intervir...
Portugal nunca foi inferior à Espanha. Soube sofrer, soube aguentar o ímpeto atacante espanhol e só faltou alguma felicidade para chegar à final. Não foi dos melhores jogos do Euro 2012. Longe disso. Uma primeira parte com duas equipas mais preocupadas em não cometer erros do que em arriscar. Resultado? Muitas faltas e poucas oportunidades de golo.
Paulo Bento apostou na pressão alta para impedir o futebol apoiado de uma Espanha que incluiu Negredo na equipa titular. Uma opção que ninguém compreendeu. A Seleção Nacional foi um bloco coeso a defender, mas raramente criou perigo. 

A toada do jogo manteve-se na segunda parte. As entradas de Jesus Navas, Fabregas e Pedro Rodríguez tornaram a Espanha mais perigosa e Portugal só conseguiu responder nos livres de Cristiano Ronaldo.
A melhor ocasião de golo surgiu no prolongamento, com Rui Patrício a negar o golo a Iniesta, Na segunda parte do tempo extra, o guarda-redes português voltou a negar o golo espanhol, desta vez a Jesus Navas.
A lotaria das grandes penalidades não saiu a Portugal. A Seleção Nacional está fora do Euro 2012, mas sai pela porta grande.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:36

Junho 28 2012
publicado por Benfica 73 às 08:15
Tags:

Junho 28 2012

A imprensa espanhola divulgou imagens de Fábio Coentrão no Portugal-Espanha, onde o lateral português terá, alegadamente, provocado o banco espanhol, com Reina a responder.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 01:23

Junho 28 2012
No final da partida diante da Espanha, em que Portugal foi derrotado apenas nos penalties, o avançado do Benfica, Nelson Oliveira, garantiu que a equipa das Quinas tudo fez pela vitória, e que deve deixar o Europeu de cabeça erguida. 
«Queríamos vencer naturalmente, e estamos tristes mas temos de manter a cabeça levantada. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance, mas infelizmente não conseguimos chegar à final. Fomos uns dignos vencidos. Fizemos um grande jogo e jogámos de igual para igual com a Espanha», disse.
«Agora temo de olhar em frente e não esmorecer», terminou.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 00:07

BENFICA 73
contador grátis
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...