Maio 09 2012
j
Joan Capdevila, lateral-esquerdo espanhol de 34 anos, Campeão da Europa e do Mundo pela sua seleção, não deve continuar de águia ao peito na próxima temporada, mesmo tendo sido mais utilizado por Jorge Jesus neste final de temporada.

Clube e jogador parecem de acordo em relação ao futuro do futebolista, Capdevila está à procura de emblema para prosseguir carreira e os encarnados também já mandataram empresários para tentarem resolver o futuro do atleta, sempre numa perspetiva de transferência, de forma a tentar recuperar algum do investimento feito no jogador, que ainda tem mais um ano de contrato com o Benfica.

Capdevila passou uma temporada frustrante, vendo quase sempre Emerson assumir o lugar de lateral-esquerdo das águias, mesmo apesar das críticas às exibições do brasileiro, e perdeu o comboio para o Campeonato da Europa de 2102.
O Deportivo, que deve estar no escalão mais alto do futebol espanhol na próxima época, é hipótese para Capdevila.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 23:23

Maio 09 2012

Rojo e Siqueira são, nesta altura, os dois alvos dos encarnados para reforçar o flanco esquerdo da defesa. Quer isto dizer que a aposta na pista sul-americana mantém-se.

Depois do reinado de Fábio Coentrão, Emerson, contratado ao Lille, começou por agarrar o lugar, remetendo o campeão do Mundo e da Europa Capdevila para o banco. Antes do agora jogador do Real Madrid, a lateral-esquerda foi confiada a Shaffer (por pouco tempo), David Luiz e Léo, nos últimos cinco anos.

Aquele que ficou conhecido por Maradoninha, contratado em 2005 ao Santos, foi quem mais tempo se aguentou no lugar. Léo regressou ao Peixe em 2009, depois de Quique Flores ter prescindido do defesa brasileiro, em detrimento de David Luiz. Com a chegada de Jesus, Shaffer começou por ser aposta, mas depressa o técnico adaptou Coentrão ao lugar, com os resultados que se conhecem.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:37

Maio 09 2012
l
O guarda-redes Artur, um dos jogadores em destaque ao longo da temporada, defendeu a manutenção do treinador Jorge Jesus no comando do Benfica.

«Trocando de treinador daríamos um passo atrás», afirmou Artur, em declarações à rádio Renascença.
O guarda-redes recorda que chegaram muitos reforços esta época: «Já fiz uma retrospetiva da época e seis jogadores da equipa estão a cumprir o primeiro ano no Benfica», contabiliza. 

Artur, Garay, Emerson, Witsel, Bruno César e Nolito são, para além de Rodrigo e Matic, algumas das caras novas que esta temporada jogaram com regularidade no conjunto benfiquista.

Artur lamenta que não tivesse ganho o título, mas recusa que coloquem em causa a qualidade dos jogadores do Benfica: «Com o nível de jogo que apresentámos, durante a maior parte da época, jogar contra quem jogámos na Champions e da forma como saímos contra o Chelsea, que é finalista, não se pode dizer que a equipa não tem valor».

O guardião, de 31 anos, termina defendendo que as águias não falharam esta temporada: «Não se pode olhar para época e dizer que está tudo errado e que é preciso trocar tudo. Temos muito valor, mas para o próximo ano temos muita responsabilidade em conseguir conquistas».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 21:50

Maio 09 2012

O representante de Javi García garante que o médio “vai ficar muito tempo no clube”, descartando uma transferência no defeso que se avizinha. Manuel García Quilón sublinhou que o futebolista espanhol está “feliz” no Benfica e afirmou respeitar a decisão de Jorge Jesus, que tem apostado na titularidade de Matic.

O agente FIFA garante, a Record, “não haver qualquer oferta” pelo médio espanhol, mas apenas “interessados”, sem especificar quais. Como o nosso jornal adiantou oportunamente, o Chelsea, que eliminou as águias nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, juntou-se ao grupo dos que seguem Javi García, que no início de março prolongou a ligação ao emblema da águia até 2018.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:30

Maio 09 2012

Luís Filipe Vieira tem vindo a resistir a fortes pressões nas últimas semanas para proceder à substituição de Jorge Jesus no comando técnico dos encarnados. Neste momento, as críticas ao trabalho desenvolvido pelo treinador fazem-se ouvir tanto externamente como internamente, mas o líder benfiquista continua a pensar que a melhor solução passa por não realizar qualquer mexida nem avançar para a rescisão unilateral com o técnico.

Tal como o Record adiantou há cerca de um mês, a continuidade de Jorge Jesus na Luz iria depender de uma avaliação a fazer numa fase mais próxima do final da época e dependendo dos resultados conseguidos até então. Essa avaliação foi elaborada no momento imediatamente posterior ao FC Porto ter garantido o título de campeão e Vieira ouviu as opiniões da restante SAD benfiquista, onde ficou evidente a divergência de opinião.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 20:17

Maio 09 2012
Domingos Paciência deixou críticas implícitas ao treinador do Benfica, Jorge Jesus, por este não ter sido capaz de reconhecer o mérito de Vítor Pereira na conquista do título por parte do FC Porto.
«Entristece-me ver determinados colegas de profissão não conseguirem responder a algumas perguntas, de forma a classificar o trabalho feito por outro colega, no caso Vítor Pereira, que não deixa de fazer um bom trabalho e de ser campeão», afirmou o ex-técnico do Sporting, à margem do seminário da Associação Nacional de Treinadores de Futebol, na Marinha Grande.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:24
Tags:

Maio 09 2012
A partida entre o Santa Cruz e o Recife ficou marcada por um lance caricato. Tobi ao receber o cartão amarelo contestou a fazer um «moonwalk», imitando o rei da pop Michael Jackson.
O jogador, em declarações à Globoesporte, explicou o que aconteceu: «Fiquei muito chateado quando recebi o cartão e reclamei. Aí, ele mandou mostrar a camisa. Eu virei para ele e fiz aquilo. Mas não queria imitar o Michael Jackson. Não fiz nada para levar cartão e ele fez aquilo».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 19:03

Maio 09 2012
Giuseppe Marotta, administrador delegado da Juventus, diz que o clube não colocará entraves a uma eventual transferência de Eljero Elia no final da época, caso o jogador, que está na agenda do Benfica, manifeste o desejo de sair.
«Elia de saída? Parece paradoxal, mas a época de adaptação é muito importante para o crescimento de Eljero. [A Serie A] É um ambiente diferente da Bundesliga», argumentou o dirigente bianconero, em declarações à Sky Sport 24
«Estamos disponíveis para satisfazer as pretensões dos jogadores se eles quiserem sair, mas, neste momento, ainda não pensamos nisso. Estamos focados na final da Taça de Itália, com o Nápoles», esclareceu Marotta, admitindo, todavia, «que se o jogador solicitar a transferência, o clube vai procurar satisfazê-lo».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 17:47

Maio 09 2012
O presidente do Granada, Enrique Pina, revelou esta terça-feira que o Benfica terá prioridade caso manifeste interesse na contratação do lateral esquerdo Siqueira, uma das revelações da equipa espanhola na presente época.
O jogador, de 26 anos, tem sido apontado como alvo do interesse de vários clubes, mas Enrique Pina garante que o Benfica terá sempre prioridade. 
«A primeira opção para mim seria o Benfica, por respeito ao seu presidente. Temos um grande relacionamento. Só se não o quiserem é que falarei com outros interessados», assegurou o dirigente à Antena 1.
Recorde-se que no Granada atuam o guarda-redes Júlio César, o médio Carlos Martins e o avançado Jara, todos por empréstimo do Benfica.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 16:43

Maio 09 2012
Emprestado ao Granada até junho, Franco Jara, que ainda no passado fim de semana marcou ao Real Madrid, diz ter muita vontade de regressar ao Benfica, mas sempre para poder ser opção regular na equipa titular.

«Tenho muita vontade de voltar, mas se não tiver a oportunidade de jogar com regularidade prefiro procurá-la noutro lado. Não digo que seja para ser sempre titular, mas quero ter mais minutos, aquilo que consegui fazer no Granada», afirmou o jogador, à Renascença.

Jara, de 23 anos, tem contrato com o Benfica até ao verão de 2016 (cláusula de rescisão fixada em 30 milhões de euros). No Granada, até ao momento, atuou em 30 partidas (22 como titular) e marcou três golos. «A Liga espanhola é das melhores do Mundo e aprende-se sempre. Por isso, acho que voltarei ao Benfica com mais experiência», considerou.

O avançado argentino foi ainda confrontado com o alegado interesse do Benfica na contratação do lateral esquerdo Siqueira, que atua precisamente no Granada: «Siqueira é um lateral esquerdo que se destacou esta temporada, com grande qualidade. Creio que é um excelente jogador para o Benfica. Pediu-me conselhos e expliquei-lhe como era viver em Lisboa, mas ainda não tem nada claro.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:31
Tags: ,

Maio 09 2012
Desde que deixou o Real Madrid em conflito com José Mourinho que Jorge Valdano não perde uma oportunidade para elogiar o Barcelona.
Desta vez, o antigo diretor desportivo dos merengues diz que «é medíocre não admirar» a equipa catalã.
«Desde que comecei a ver futebol não vi algo igual a este Barcelona, que irradia talento, generosidade e hierarquia. Tem um grande nível de pragmatismo. O Barça joga sempre da mesma maneira e todas as variações de Guardiola foram um sucesso», diz Valdano, em declarações à televisão argentina TYC Sports.
Sobre José Mourinho, define o português como um treinador «pragmático e com uma relação indiscutível com o êxito».
Instado a pronunciar-se sobre Lionel Messi, Jorge Valdano diz que o compatriota «é um génio sem interrupções». 
«Demonstra em cada jogada que é diferente. Parecia impossível que surgisse alguém igual a Maradona, mas Messi nasceu no mesmo berço. Ele é uma maneira exagerada de ser um jogador argentino», argumenta.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 08:05

Maio 09 2012
publicado por Benfica 73 às 07:14
Tags:

Maio 09 2012

Vejo, na TV, um homem nervoso que, ao mesmo tempo que maltrata os jornalistas que polidamente o questionam, repete que o sucedido é “um caso de polícia”. Infelizmente, já nos vamos habituando a estes desabafos em todos os quadrantes da vida nacional – todos os dias somos enganados pelo “conto do vigário” da austeridade que não pára em todas as portas, somos roubados nos direitos, somos burlados nas nossas expectativas. Será o caso deste cidadão? Não, não é. Porque ele se chama João Bartolomeu, há alguns anos que dirige os destinos da União de Leiria e a sua indignação nasce daquilo que parece ser uma série de rescisões nos contratos de trabalho de jogadores profissionais.

 

Bartolomeu, à boa maneira daquele jogo infantil “passa a outro e não ao mesmo”, dispara em todas as direções – o Sindicato dos Jogadores, as forças das trevas que querem destruir a Liga e os pequenos e médios clubes, por aí fora.

Esquece-se este exemplo do pior dirigismo desportivo, corresponsável pelo divórcio litigioso entre uma cidade e um clube, que na base de tudo estão meses de ordenados em atraso, devidos a profissionais que não podem estar sujeitos a ouvir aquilo que alegadamente lhes foi dito pelo homem que os contratou ou caucionou a respetiva contratação – que só recebem se evitarem a despromoção. Bartolomeu, sempre ponderado e nada populista, vai mais longe, noutra ocasião, ao apontar o dedo acusador ao jogador Keita, que teria fugido com uma mala onde estariam 6 mil euros. No capítulo seguinte, já não foi nada disso – houve um equívoco e Keita não será, afinal, um ladrão mas um homem de bem, como o prova a sua disponibilidade para regressar ao seio do clube e da entidade patronal. Pelo meio, há processos que merecem ser postos em causa, tais como as generosas ofertas de um presidente de outro clube e do dirigente máximo da Liga, disponíveis para avalizar uma parte do pagamento devido aos jogadores leirienses. Fiúsa e Figueiredo, ambos “a título pessoal”. Mas o que significa isso se eles são as mesmas pessoas que detêm responsabilidades públicas no futebol? Bartolomeu fala num 25 de Abril dos clubes pequenos. E é nesse momento que coro, engulo em seco, mastigo um palavrão e desligo a televisão. Vergonha!

 

Quando ligo de novo a TV ouço um treinador de futebol dizer ao canal do seu clube que não se atreve a passar pelo meio dos adeptos porque uns gostam dele, mas outros… Tem medo, visível, da multidão. Faço contas para concluir que foi o técnico que perdeu o campeonato e receia o ajuste de contas? Não, afinal foi o “mister” que viu os seus ganharem, apesar da sua presença. Chama-se Vítor Pereira e, sabemos agora, sofre de agorafobia. Não vai ficar na História.

Autor: JOÃO GOBERN

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 00:24

BENFICA 73
contador grátis
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...