Maio 03 2012

Como no filme de Peter Jackson, os selvagens gritam histéricos pelo nome do macaco grande ao mesmo tempo que lhe oferecem jovens donzelas na tentativa de lhe acalmar as fúrias: KONG! KONG! KONG!

Os selvagens formam uma turba insana. Vomitam ódio e desespero. Cospem insultos e ameaças. As ordinarices são comuns a todos: homens, mulheres, crianças, velhos... Seguem a cartilha de Chefe Palhaço que admite tratar os melhores amigos como se fossem filhos das mais reles das rameiras. É uma (in)cultura. É uma escola. Quem nela andou não esquece mais. É a escola do sarrafo , do golpe baixo e traiçoeiro, da violência gratuita e injustificável. Os gestos infames repetem-se aqui e ali e os protagonistas são sempre os mesmos: filhos do Madaleno, que se alimenta a fel e a veneno. E de cada vez que os selvagens se laçam sobre os pobres inocentes obrigados a suportar a sua incivilidade, centenas de gargantas repetem o som escabroso: KONG! KONG! KONG!
Talvez, como dizia Mário Filho, a vitória seja uma doença que só a derrota cura. Mas esta é a única forma de vencer os selvagens, o macaco gigante e o omnipotente Palhaço. Ganhar, ganhar, ganhar sempre. Cada derrota, cada queda, cada falha, <levanta do outro lado da barricada um clamor estafado: KONG! KONG! KONG!
Por isso não há caminhos de retrocesso. Ganhar é o verbo! Repitam-no teimosamente, sobretudo no presente do indicativo e no futuro. Repitam-no e conjuguem-no. A toda a hora de todos os dias. Só assim o Madaleno se esfumará tão fatuamente como foi a sua existência e os selvagens tresloucados de raiva e estupidez calarão os seus gritos de KONG! KONG! KONG!

Mas, às vezes, o futuro que parecia ser já ali fica um pouco mais longe. É então que se torna necessário encher o peito de uma paciência infinita enquanto se alarga a passada por uma estrada em cujas bermas os selvagens se babam de ranço e esperam que alguém escorregue para lhe morderem o pescoço. 
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 22:10

Maio 03 2012
Jorge Jesus não vai fazer a projeção do encontro com o UD Leiria, agendado para sábado, às 20.30 horas, no Estádio da Luz, relativo à 29.ª e penúltima jornada da Liga.
A decisão fica a dever-se à indefinição sobre a realização da partida, motivada pela situação da equipa da cidade do Lis.
Entretanto, o treinador das águias agendou para sexta-feira, às 10.30 horas, o último treino antes do jogo. A sessão decorrerá à porta fechada, no Seixal.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 21:46

Maio 03 2012
Nélson Oliveira diz que Óscar Cardozo e Javier Saviola têm desempenhado um papel importante na sua primeira época como jogador profissional do Benfica.
«É fundamental estar rodeado de jogadores como o Saviola ou o Cardozo. Tanto eu como o Rodrigo estamos a beneficiar de trabalharmos com eles diariamente, e, apesar de sermos jovens, também aprendemos um com o outro», diz o avançado, em entrevista à revista Mística.
Natural de Barcelos, desde tenra idade que Nélson Oliveira, hoje com 20 anos, se convenceu de que «viria a jogar no Benfica».
Envergar o símbolo da águia, diz, não foi mais do que «cumprir um sonho».
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 21:22

Maio 03 2012
Em entrevista a A BOLA, Jorge Jesus admite ter cometido alguns erros na época que caminha para o seu epílogo, nomeadamente a aposta forte na Liga dos Campeões quando o Campeonato estava ainda em aberto.
Não obstante as falhas que possa ter cometido, diz o treinador que o Benfica tem razões de queixa de algumas arbitragens.
«A partir de determinado momento houve um vento contra que soprou muito forte», argumenta.

Disse, há umas semanas, que faria tudo igual e que manteria as mesmas opções que tomou, mas acaba de dizer que estão a analisar onde é que poderiam ter melhorado, portanto há coisas que faria de forma diferente?
- Quando respondi a essa questão, referia-me a opções técnicas e é evidente que na sua grande maioria as manteria. Se errei? É normal, só não erra quem não tem responsabilidades e já agora é muito fácil jogar ao Euromilhões ao sábado. Mas é evidente que mudaria algumas coisas nomeadamente algumas apostas que fiz em termos de Champions.
Ou seja, o plantel do Benfica não era suficientemente forte para aguentar duas frentes de batalha? Teria colocado menos ovos no cesto da Champions, salvaguardando a Liga?
- Teria efetivamente colocado, usando a sua expressão, menos ovos na Champions, mas não por não termos um plantel suficientemente forte, mas porque a nossa vantagem na Liga não era suficientemente confortável para fazer o que fizemos. 
Apostou de mais na Champions?
- Quando se joga a esse nível é evidente que temos de aspirar a chegar o mais longe que pudermos, até porque a questão financeira é fundamental para o clube e tudo isso pesa. A partir do momento em que ultrapassamos a fase de grupos, quando se colocou em causa a calendarização dos jogos, hoje possivelmente assumiria opções diferentes, mas lá está, há sempre o reverso da medalha: há jogadores que se valorizaram como não teriam valorizado se não chegássemos onde chegámos, houve muito dinheiro a entrar no clube e tudo isso pesa nas opções que assumimos no momento. E já agora, não é para nos desculparmos, até porque seguramente errei em alguns momentos, mas houve a partir de determinado momento um vento contra que soprou muito forte.
Está a referir-se às arbitragens?
- Efetivamente estou, mas não me peça para dizer o que penso de algumas porque senão não começo a próxima época no banco.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 20:51

Maio 03 2012
Ainda sobre Jorge Jesus, o treinador dos azuis-e-brancos admitiu ter errado quando, no início da época, dirigiu palavras menos simpáticas ao homólogo dos encarnados, nomeadamente acusando-o de ter «uma personalidade egocêntrica».
«Foi um momento mau da minha parte. Não tem a ver comigo nem com a minha natureza. É algo que está ultrapassado, não tenho questões pessoais com ninguém», esclareceu.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 17:19
Tags:

Maio 03 2012
Quatro anos depois da conquista do último título, os adeptos do Real Madrid voltaram a colorir as ruas da capital espanhola.
José Mourinho, no banco de suplentes, e Cristiano Ronaldo, com as suas cavalgadas e golos decisivos, foram dois dos principais obreiros do 32.º título de campeão do historial do emblema blanco.
A festa prosseguir noite dentro e promete atingir o clímax na tarde desta quinta-feira, quando os jogadores e restante staff merengue se deslocarem à Praça Cibelles, habitual palco dos festejos madrilenos. 
A festa, essa, não tem hora para acabar...
Ah, dentro das quatro linhas as tropas de José Mourinho despacharam o Ath. Bilbao, em pleno País Basco, por concludentes 0-3. Golos que tiveram a assinatura de Higuaín, Ozil e Cristiano Ronaldo.
Fonte: A Bola
Adeptos
Merengues
Festa
Cachecol
Um
Uma
Alliron,
Pepe,
Jogadores
Capitão
Relvado
José
publicado por Benfica 73 às 15:46

Maio 03 2012
Ola John, extremo do Twente que está na agenda do Benfica para a próxima época, diz que terá uma palavra a dizer na eventual transferência para o clube da Luz.
«Li que os clubes teriam chegado a acordo, mas isso também tem de passar por mim. Tenho os meus sentimentos e as minhas próprias ideias», afirmou o jogador holandês, de 19 anos, após o encontro com o Heerenveen.
«Ainda não falámos. A equipa está num período difícil. Vamos ver como as coisas correm até final», referiu.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:08

Maio 03 2012

O treinador do Benfica aceita que lhe apontem erros. Ele, de resto, aponta alguns. Garante, porém, ter a consciência tranquila relativamente às opções tomadas e caminhos percorridos. E diz-se, hoje, tão motivado para trabalhar no clube como em junho de 2009, quando chegou. Diz que, quando sair, sairá por cima.

- Três anos à frente do Benfica representam um longo caminho. Sente-se com condições para enfrentar a próxima época, quer do ponto de vista pessoal, quer do apoio dos adeptos, atendendo a alguns sinais exteriores de contestação que têm sido percetíveis desde a derrota em Alvalade?
- Quando se perde, o grau de desânimo é sempre grande, principalmente num clube como o Benfica e, portanto, esses sinais são naturais em momentos como este. Tenho de os considerar e compreender, porque eu próprio sinto essa frustração, mas posso garantir-lhe que tenho, hoje, a mesma ambição e a mesma vontade que tinha quando cá cheguei no primeiro dia. Podem acusar-me de muita coisa, mas há uma garantidamente de que não podem, de falta de dedicação e de não ter dado sempre tudo pelo Benfica.
- Sente um clima diferente, para pior, à sua volta, no universo dos sócios e adeptos, ou entende que os assobios vêm apenas de uma pequena franja mais radical, responsável pelas paredes pintadas na Luz e em Vila do Conde?
- Repito o que disse atrás, manifestações de frustração são naturais, principalmente quando tínhamos uma perspetiva bem diferente daquela que temos hoje. Como acham que vivi alguns dos dias que se seguiram a alguns jogos em que perdemos pontos? Mas alguém pode acreditar que não demos tudo para chegarmos ao fim em primeiro? Portanto, eu partilho dessa frustração e repito que temos de compreender a desilusão dos adeptos. Mas já não posso compreender, como também já disse no passado, as pinturas feitas, não se sabe por quem, e que colocam em causa a pessoa responsável por hoje existir o Benfica tal como o conhecemos.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:27

Maio 03 2012
k
O treinador José Mourinho ao sagrar-se, esta quarta-feira, campeão de Espanha pelo Real Madrid alcançou o feito de vencer quatro campeonatos diferentes, algo que apenas o italiano Giovanni Trapattoni e o austríaco Ernst Happel tinham alcançado.
Mourinho, de 49 anos, foi campeão pelo FC Porto em 2003 e 2004, campeão em Inglaterra pelo Chelsea em 2005 e 2006, campeão em Itália pelo Inter em 2009 e 2010. Por último, conquistou agora, em 2012, em Espanha e pelo Real Madrid mais um campeonato.
O «The Special One» conquistou ainda duas Liga dos Campeões com o FC Porto, em 2004, e com o Inter, em 2009. 
José Mourinho já conta no seu palmarés com 19 títulos: 
Liga dos Campeões, 2 (2003/2004, 2009/2010)
Taça UEFA, 1 (2002/2003)
Campeão de Inglaterra, 2 (2004/2005, 2005/2006)
Campeão de Itália, 2 (2008/2009, 2009/2010)
Campeão de Portugal, 2 (2002/2003, 2003/2004)
Campeão de Espanha, 1 (2011/2012)
Taça de Inglaterra, 1 (2006/2007)
Taça de Itália, 1 (2009/2010)
Taça do Rei de Espanha, 1 (2010/2011)
Taça de Portugal, 1 (2002/2003)
Taça da Liga de Inglaterra, 2 (2004/2005, 2006/2007)
Supertaça de Inglaterra, 1 (2004/2005)
Supertaça de Itália, 1 (2007/2008)
Supertaça de Portugal, 1 (2002/2003)

O treinador abordou as dificuldades que encontrou neste desafio espanhol: «Ganhei em Portugal, Itália e Inglaterra, mas em Espanha foi o mais difícil». 
O italiano Giovanni Trapattoni foi campeão em Itália pela Juventus em 1977, 1978, 1981, 1982, 1984, 1986) e ao serviço do Inter (1989). Na Alemanha pelo Bayern em 1997, no Benfica em 2005 e na Áustria pelo Salzburgo em 2007.
Ivic ainda continua à frente de José Mourinho, isto porque foi campeão na antiga Jugoslávia, Bélgica, Holanda, Grécia, Portugal e França.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:14

Maio 03 2012

Jorge Jesus quer permanecer no Benfica e cumprir o contrato que o ligaaos encarnados até ao final de junho de 2013. O DN sabe que o treinador já confidenciou esta sua intenção a pessoas próximas, apesar de não saber ainda qual a decisão de Luís Filipe Vieira.

Fonte: A Bola/DN

publicado por Benfica 73 às 11:43

Maio 03 2012
José Mourinho, Cristiano Ronaldo, Pepe, Ricardo Carvalho, Fábio Coentrão, Rui Faria e Silvino Louro são os portugueses que se sagraram esta quarta-feira campeões de Espanha, após o Real Madrid ter ido ao estádio San Mames bater o Athletic por 3-0. O treinador entra no lote dos que conseguiram ser campeões em quatro campeonatos europeus diferentes (Portugal, Inglaterra, Itália... e Espanha).
O Real Madrid beneficiou de um Athletic a meio gás, claramente com a cabeça (e corpo) na final da Liga Europa, dia 9 de maio em Bucareste, onde vai defrontar o Atlético de Madrid, para conquistar o seu 32.º título.
Entraram com garra os merengues, com Fábio Coentrão a deixar Iraizoz alerta logo aos dois minutos.
Cristiano Ronaldo começou o jogo sabendo que Messi tinha fugido na tabela dos melhores marcadores com três golos frente ao Málaga, mas não conseguiu converter a grande penalidade conseguida aos 12 minutos, após mão de Javi Martínez na grande área.
No minuto seguinte, Gonzalo Higuaín acalmou as hostes merengues ao marcar um grande golo de fora da área. Estava feito o primeiro da noite.
Logo a seguir, aos 16 minutos, Ozil aumentou o marcador, rematando ao segundo poste após cruzamento milimétrico de Cristiano Ronaldo. O título estava mais perto.
Começava aí o duelo entre o guardião Iraizoz e o ataque do Real Madrid, que só foi quebrado aos 46 minutos, num cabeceamento de Cristiano Ronaldo após canto da esquerda de Xabi Alonso. O português apareceu sozinho na área e só teve de encostar.
A partir daí o ritmo do jogo diminuiu, apesar das três bolas ao poste para ambas as equipas (duas para os bascos e uma para os madridistas). Javi Martínez ainda haveria de ser expulso aos 67 minutos.
Desta forma, Mourinho alcança Trapattoni e Ernst Happel como os únicos treinadores a vencerem campeonatos de quatro países diferentes.
Falta apenas Ronaldo tentar alcançar Messi no pichichi: o português tem 44 golos contra 46 do argentino.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 11:23

Maio 03 2012

Com o campeonato quase perdido, o Barcelona investiu esta quarta-feira no título de «pichichi» para Lionel Messi, que fez um «hat-trick» na vitória sobre o Málaga, em Camp Nou, e fugiu a Cristiano Ronaldo atingindo os 46 golos.
O Málaga, que luta com o Valencia pelo terceiro lugar da liga espanhola, queria mostrar serviço e foi o português Duda (Eliseu também foi titular) a assustar Pinto, com um livre ao poste, aos nove minutos.
Os culés começaram a construir o resultado logo aos 12 minutos, quando Puyol respondeu com um desvio a um cruzamento da direita de Iniesta, fazendo o primeiro da partida.
Aos 23 minutos, o empate para os forasteiros, com o venezuelano Rondón a antecipar-se de cabeça, dentro da área, a um cruzamento da direita de Portillo. O remate só parou no fundo da baliza.
O Barcelona reagiu sem se esforçar muito, e aos 29 minutos uma falta de Jesús Gámez sobre Iniesta, ficou a dúvida se teria sido dentro da área, deu direito ao primeiro golo de Messi.
Já na segunda parte, aos 58 minutos, Duda faz falta na área sobre Messi, e seria o argentino a converter o penalty, fazendo o 3-1.
Ainda houve espaço para mais um golo do «Pulga», que aos 64 minutos fugiu à defesa do Málaga, passou por Kameni e encostou a bola para uma baliza sem guarda.
O Barcelona venceu perante um Camp Nou cheio, com os adeptos a comparecerem no penúltimo jogo de Pep Guardiola pelo Barcelona para a liga espanhola.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:56

Maio 03 2012

Toni

"Melhor futebol que vi nos últimos anos "

O primeiro ano de Jesus foi do melhor futebol que vi nos últimos anos. E conseguiu empolgar os adeptos. Mas nesta altura, é natural que exista desencanto, pois o balanço que os adeptos fazem é sempre dos últimos minutos dos jogos. Se Jesus deve ficar? Acho que os contratos são para cumprir.

 

Pedro Ribeiro

"Um título em três anos é muito pouco"

Um título nacional em três anos é muito pouco para o maior clube português. O Benfica perdeu dois campeonatos de forma humilhante. Houve arbitragens escandalosas, mas também incompetência do Benfica. Estes três anos foram melhores que o passado, mas podiam ter sido ainda melhores.

 

Jaime Antunes

"O problema do Benfica é de gestão"

Não se pode dizer que o Benfica melhorou quando em três anos ganhou só um campeonato. E apenas dois em dez anos. O problema do Benfica é de gestão e dura há 30 anos: muitos gastos, má política de contratações, falta de estratégia. Só no primeiro ano de Jorge Jesus se viu um futebol entusiasmado.

 

José Capristano

"Jorge Jesus com trabalho meritório"

Jorge Jesus teve um trabalho meritório. Quique Flores tinha deixado a Luz com meia dúzia de adeptos e Jorge Jesus levou-os, de novo, a ver jogos. Além disso, é um fazedor de jogadores e deu muito dinheiro a ganhar à SAD. Só errou esta época ao apostar na Champions, devia ter-se concentrado só no campeonato.

 

Álvaro Magalhães

"Presidente deu todas as condições"

Nos últimos anos, o presidente do Benfica deu todas as condições aos treinadores para obterem bons resultados e sucessos. Nos últimos dois anos, a equipa não conseguiu ganhar o campeonato e isso é que é importante. Jorge Jesus tem de dar uma justificação do que falhou no Benfica.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 10:28

Maio 03 2012
O avançado argentino Lionel Messi assinou um «hat trick» na goleada ao Málaga (4-1) e atingiu os 68 golos numa temporada, tendo desse modo batido o recorde do alemão Gerd Muller, que na época de 1972-73, ao serviço do Bayern, atingiu os 67 golos.
Messi, que já contabiliza 46 golos na Liga espanhola, marcou, esta terça-feira, dois golos de grande penalidade e o terceiro após uma jogada em que ficou isolado.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 10:15

Maio 03 2012
Luís Filipe Vieira voltou a mostrar-se orgulhoso pelo trabalho de recuperação financeira do Benfica. «Quando cheguei há dez anos, o clube estava falido!», disse, em entrevista à TVL-Odivelas TV.

O líder encarnado falava sobre a necessidade de apostar no património. «Muita gente me acusa de investir demasiado na história do Benfica. Mas quem não olha para o passado e não cuidar do presente não consegue pensar no futuro», afirmou, acrescentando: «Se não tivesse este pensamento, o Benfica não teria chegado aonde chegou. Só foi possível recuperar uma instituição destas em dez anos, depois de esta quase ter desaparecido, trazendo ao de cima os valores que ela tem.»

Vieira deu como exemplo o futuro museu. «Vai ser inaugurado brevemente e os benfiquistas vão ter muito orgulho ao perceber que a nossa história está viva», informou o líder encarnado, de 62 anos.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:23

Maio 03 2012
publicado por Benfica 73 às 08:35
Tags:

Maio 03 2012

Primeiro: pior do que os “tabus” dos políticos, só mesmo esses mal amanhados jogos de reserva mental nos dirigentes desportivos, à espera “do momento”, da “vaga de fundo”, do “eu ou o caos”. Tudo familiar, infelizmente. Segundo: tão mau quanto um país democrático sem oposição é o aceitar da gestão de um clube sem ideias alternativas ou complementares, meio caminho andado para o autismo (passe a expressão e fique o conceito). Terceiro: um contrato de treinador de futebol é tão válido como as leis laborais portuguesas, e tão perene como os “direitos adquiridos”. Quer dizer: aplica-se até que se levantem “superiores interesses”, venham eles dos ditames de uma troika qualquer ou do bramido das massas ululantes.

 

Por estas três premissas quis chegar à atual situação do Benfica, que se deixou cair na asneira de marcar eleições para outubro, já em plena época. Pergunto: sendo legalmente inatacável, será eticamente defensável o sumário despedimento do atual treinador, com hipóteses de rumar a outra casa – sabendo-se, ainda por cima, que Pinto da Costa não desdenha a aproximação, uma vez que se verá obrigado a desfazer um nó chamado Vítor Pereira, para sossego dos adeptos e das finanças portistas – com pesada indemnização (sete milhões?), com recomeço de todos os processos ainda antes de solidificado um modelo de jogo, com perda das inegáveis vantagens que Jorge Jesus (a par das falhas, já lá vamos) já demonstrou, e dentro de campo? Da mesma forma, num momento em que a chamada nação benfiquista espera uma prova de força a valer – depois dos falhanços com as arbitragens, com a gestão do plantel, de Enzo Pérez a Ruben Amorim, com o “mandato dos êxitos desportivos”, com as outras modalidades – do seu presidente, será tolerável que este hipoteque parte do futuro do clube com a timorata assinatura de um desvantajoso contrato com a Olivedesportos?

 

São apenas duas questões das muitas que podem separar Luís Filipe Vieira da grandeza. O homem que teimou no novo estádio, que hoje não se discute, que credibilizou financeiramente o nome do Benfica depois de todas as aventuras, que voltou a edificar o clube em termos europeus e que – com a ajuda de Jesus – revelou a capacidade para os indispensáveis negócios da sobrevivência, que denunciou (sozinho) o Apito Dourado, já tem lugar na História. Sem oposição à vista, falta-lhe um passo para a grandeza: aceitar o diálogo, aproveitar sugestões, preocupar-se mais com o adversário externo do que com as reticências internas. Começar por não delapidar os poderes do sucessor – que até pode ser ele próprio – é um bom princípio. Fortalecer a estrutura é um imperativo. E não ouvir sempre os mesmos um sinal exterior de democracia. Será?

Autor: JOÃO GOBERN

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 00:54

Maio 03 2012
Hulk, Helton, Fucile, Cristian Rodriguez e Sapunaru vão mesmo ter de responder em tribunal pelo crime de ofensas à integridade física na forma simples, na sequência dos incidentes protagonizados no Benfica-FC Porto, disputado a 20 de dezembro de 2009.

Hulk, Helton, Fucile, Cristian Rodriguez terão de responder por um crime, enquanto Sapunaru vai responder por dois.
Caiu assim por terra a intenção do advogado que representa os dois stewards queixosos, Soares da Veiga, que tentou que os jogadores do FC Porto respondessem pelos mesmos crimes mas na forma qualificada.

A juíza Cláudia Pina entendeu que o estado emocional dos jogadores do FC Porto estava alterado devido à frustração decorrente do jogo, que terminou com a vitória do Benfica por 1-0, enquadrando assim o crime na moldura penal mais leve.
Os dois stewards não terão de responder pela acusação de injuria conforme era pedido pelo advogado de defesa dos jogadores do FC Porto, que viu ainda ser negado o pedido interposto para a nulidade das imagens das câmaras de vigilância do túnel, que assim constituem no processo prova de acusação, tais como: perícia hospitalar a Sandro Correia, as provas testemunhais da próipria policia e o relatório da Liga que já tinha estado na origem dos castigos desportivos aplicados a Hulk e Sapunaru.
Fonte: A Bola

 

publicado por Benfica 73 às 00:20
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...