Fevereiro 05 2012
publicado por Benfica 73 às 23:41

Fevereiro 05 2012
publicado por Benfica 73 às 23:27

Fevereiro 05 2012
publicado por Benfica 73 às 22:59

Fevereiro 05 2012
publicado por Benfica 73 às 20:14

Fevereiro 05 2012

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, usou um cheque sem cobertura para pagar uma dívida fiscal no valor de 130 mil euros. O presidente dos insulares já esta semana tinha expressado entre amigos a sua preocupação pela situação fiscal do clube.
Carlos Pereira pretendia um acerto de contas com o Fisco mas esse pedido foi-lhe rejeitado, o que redundou no pagamento com cheque sem previsão. 
«É incompreensível que uma administração fiscal, sabendo das grandes dificuldades que os clubes estão a atravessar, não seja compreensiva. Por isso, posso afirmar que passei um cheque sem cobertura, por um montante de 130 mil euros, depois de ter solicitado um entendimento à Direção Regional de Finanças, para fazer uma compensação de dívida e de a mesma não ter sido aceite», disse.
O presidente do Marítimo disse ter o seu nome em causa no Banco de Portugal e que há o receio de que no futuro ninguém aceite assumir cargos nas direções de clubes devido à difícil situação financeira, devido ao sucessivo incumprimento dos protocolos estabelecidos.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 19:43

Fevereiro 05 2012

Jorge Jesus aponta a revalidação do título conquistado nas últimas três edições na Taça da Liga como um dos objetivos do Benfica para esta época.
«A responsabilidade é sempre a maior, o Benfica joga sempre para vencer e conquistar os troféus das competições em que participa. O Benfica venceu as três últimas edições da Taça da Liga e quer defender o título. Para isso teremos de vencer o Marítimo, para seguirmos para as meias-finais», aponta o treinador, consciente do valor do adversário responsável pela única derrota da águia na temporada.

«O Marítimo é uma equipa que tem demonstrado qualidade no campeonato e que tem pretensões na Taça da Liga. O jogo de amanhã [domingo] vai decidir qual das duas equipas vai passar para as meias-finais. É uma das melhores equipas do campeonato e um adversário difícil, mas o Benfica também tem sido muito forte em todos os jogos, especialmente quando joga na Luz. Acreditamos que, com maior ou menor dificuldade, vamos passar esta eliminatória», vaticina.

Jorge Jesus vai promover «algumas alterações do ponto de vista estratégico do plantel» na receção à equipa do Funchal, «mas não muitas».
O objetivo, explica, é «ter sempre jogadores com intensidade alta» e um grupo de «17/18 jogadores» para formar o onze.
«Vão jogar alguns jogadores que não têm jogado tanto, para que estejam ao mesmo nível dos restantes quando precisar deles», refere.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 19:06

Fevereiro 05 2012

Yannick não compete oficialmente há 161 dias. E, curiosamente, o último adversário que defrontou, ainda com a camisola do Sporting, foi o Marítimo, equipa que hoje enfrenta as águias, na Luz, num jogo que vai decidir quem passa às meias-finais da Taça da Liga.

Nesse encontro, disputado no dia 28 de agosto de 2011 e a contar para o campeonato, os leões perderam em casa com os insulares por 2-3 e o extremo não teve uma atuação nada feliz. Foi aposta inicial de Domingos, mas as coisas não correram bem e o internacional português acabaria por ser substituído aos 54’ por Bojinov.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 18:16

Fevereiro 05 2012

Jorge Jesus escusa-se a antecipar um possível embate com o FC Porto nas meias-finais da Taça da Liga, lembrando que as duas equipas não garantiram ainda o apuramento.
«Teria todo o gosto em responder a esse cenário, mas primeiro temos de eliminar o Marítimo e só depois veremos quem será o nosso adversário. Não é que não queira responder, não o posso fazer porque no futebol não há ‘ses’», justificou, atirando: «Tanto nós como o FC Porto ainda não garantimos um lugar nas meias-finais».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:06

Fevereiro 05 2012

Manuel José chegou esta manhã a Portugal acompanhado da mulher Eugénia e dos adjuntos Pedro Barny e Fidalgo Antunes. Para trás ficou momentaneamente o Egito, país que o idolatra e pelo qual ainda e sempre continua apaixonado. Foi essa mística, essa ligação que, diz o treinador, não sabe explicar que o salvou em Port Said.

«Quando tudo começou a acontecer fui a passo e acabei por ficar no meio das pessoas, que estavam em transe. Não consegui chegar ao balneário, levei socos pelas costas, mas também recebi muitos beijos. Tenho uma relação com o povo egípcio que não sei explicar, as pessoas gostam de mim. Foi isso, foi graças a essa relação que mantenho com todos os adeptos que estou aqui a falar convosco», declarou Manuel José à chegada ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto. 

Para Manuel José é claro que o futebol no Egito está a ser politicamente instrumentalizado e que o se passou em Port Said parece ter sido delineado.

«Não temos prova de que aquilo foi organizado, mas que parece parece. Eles tinham um dístico em inglês, com letras garrafais escritas a verde, com a frase: hoje vocês vão morrer todos aqui. Aquilo não era para mim, para nós, com certeza. Eles sabiam que a imprensa internacional daria amplo destaque à situação. Eles estavam lá para matar as pessoas. O futebol está claramente a ser usado para fins políticos e tudo indica que isto foi orquestrado para matar os nossos adeptos. Havia um aparato policial incrível e ninguém fez nada. Percebi que as coisas iriam descambar numa batalha campal quando vi os nossos adeptos a fugirem bancada acima para fugirem às pedradas. Alguém fechou o portão de saída aos nossos adeptos e eles morreram esmagados...», recuperou o treinador os acontecimentos, ele que, tal como Pedro Barny, o seu braço direito, tem viagem de regresso ao Cairo marcada para o próximo dia 16.

«Vamos ver o desenvolvimento que a situação vai ter. Tenho jogadores que estão profundamente magoados, que querem deixar de jogar...Vamos deixar acalmar as coisas. O campeonato deve acabar, mas o futebol no país não pode parar, em homenagem aos que morreram», afirmou o treinador, garantindo que nunca se sentiu inseguro nas ruas do Cairo:

— Nunca senti essa insegurança. Os acontecimentos estão sempre circunscritos à Praça Tahrir. Houve outra situação de tensão a 800 metros do hotel em que vivo, entre cristãos e muçulmanos, por causa de uma igreja incendiada, mas apenas isso. Mas agora acontecem assaltos a bancos que nunca existiram e nas ruas que nunca houve. Porque a polícia desapareceu das ruas, ninguém protege as pessoas. Tenho uma relação fortíssima com o clube e com o país de que gosto. E o povo é generoso, simpático, não é um povo agressivo. De todos os povos dos países árabes que conheço o egípcio é o mais simpático.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:52

Fevereiro 05 2012
 
publicado por Benfica 73 às 14:03

Fevereiro 05 2012

O Real Madrid deslocou-se ao terreno do Getafe e venceu, por 1-0, num encontro relativo à 22.ª jornada da Liga Espanhola. 
O domínio do jogo foi dos merengues que, por intermédio de Sérgio Ramos, com um golpe de cabeça aos 18 minutos, inauguraram o marcador.
Os residentes tentaram responder mas sem efeito. Na recolha aos balneários, a equipa orientada por José Mourinho liderava o marcador. 
No segundo tempo, o Real Madrid entrou melhor na partida e mostrou vontade em aumentar a contenda. Mas ora por demérito dos seus avançados ora por mérito da defensiva contrária, o resultado perdurava. 
Do lado do Getafe, destaque para alguns arranques perigosos em direção à baliza de Casillas mas sem concretização desejada. 
Os merengues conseguiram assim a sexta vitória consecutiva no campeonato, somando mais três pontos rumo à conquista do título espanhol.
O jogo fica ainda marcado pelo excessivo número de cartões amarelos, seis ao todo, vistos pelos jogadores do Getafe. 

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 13:27

Fevereiro 05 2012

Javi García está na lista do Arsenal para reforçar o plantel de Arsène Wenger e apesar de blindado por uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros o clube londrino acredita ter argumentos financeiros suficientes para assegurar a contratação, caso opte por concretizar o seu interesse. Esta é uma garantia apresentada a O JOGO por Gilles Grimandi, olheiro do Arsenal, assegurando que a formação britânica "tem dinheiro" para convencer Luís Filipe Vieira. "Sabemos que o Benfica faz bons negócios e que são exigentes. Mas posso assegurar que temos uma boa situação financeira e se for preciso temos os milhões necessários para avançar", realça, explicando que "a política do clube é contratar jogadores com um bom compromisso custo-qualidade e que sejam capazes de evoluir ainda mais". Por isso, admite até que "o Benfica tem vários jogadores nessa situação".

O diário inglês "The Times" avançou ontem com o interesse do Arsenal em contratar Javi García para a próxima época, de forma a reforçar o meio-campo defensivo do conjunto orientado por Arsène Wenger - de quem Gilles Grimandi, chefe dos olheiros em França, é muito próximo. O observador dos gunners não confirma a intenção de avançar para negociações, até porque sublinha que "o mercado acabou de fechar, pelo que não há pressa nesse capítulo", mas admite que "Javi García é um jogador interessante" e que por isso tem merecido alguma atenção por parte do conjunto londrino. "Claro que o conhecemos bem. Há algum tempo que o seguimos e posso dizer que já o observámos por várias vezes", esclarece, frisando: "A nossa função é conhecer bem o mercado, por isso recolhemos informações detalhadas de jogadores que julgamos merecerem atenção, desde a Europa, até à Ásia ou à América do Sul."

Ainda de acordo com a publicação britânica, os responsáveis dos gunners terão contactado os congéneres encarnados de forma a perceber os rumores que apontavam para um pré-acordo entre Benfica e Manchester United com vista a uma transferência no final da época. E perante a resposta negativa dos dirigentes portugueses a confiança na possibilidade de garantir Javi García aumentou, apesar de como alternativa o Arsenal considerar já Claudio Yacob, médio argentino de 24 anos, que as águias terão também, segundo o "The Times", identificado como solução para a saída do camisola 6.

Gilles Grimandi garante que "a prioridade do Arsenal agora é conquistar um título e garantir pelo menos a qualificação para a Liga dos Campeões", pelo que "o mercado não é a prioridade". Mas reconhece: "Javi García é um excelente jogador de meio-campo e tem boas qualidades para o futebol inglês."

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 12:09

Fevereiro 05 2012

Jorge Jesus diz que a vaga de frio que se faz sentir em Portugal não vai prejudicar a prestação do Benfica diante do Marítimo. Temperaturas negativas previstas para o duelo com o Zenit, que se disputa no próximo dia 15 em São Petersburgo, suscitam alguma apreensão.

«O frio que sentimos em Portugal não afeta o rendimento normal dos jogadores. Pior é para os espetadores, que ficarão ainda mais frios se o jogo não os aquecer e não tiver interesse. Normalmente o Benfica tem um jogo apaixonado, emotivo e que faz vibrar os seus adeptos. Com frio ou sem frio vamos estar todos quentinhos porque o jogo vai proporcioná-lo», acredita o treinador dos encarnados, referindo-se à partida da Taça da Liga com o Marítimo.

Já a deslocação a São Petersburgo no próximo dia 15, para defrontar o Zenit na primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, levanta algumas interrogações.

«O que se avança para essa data são 20 graus abaixo de zero. Não tenho experiência sobre o que pode acontecer a um jogador nessas condições», reconhece Jesus, que, ainda assim, prefere desdramatizar: «Se tiver que ser, será. Com neve ou sem neve, com frio ou sem frio queremos passar essa eliminatória».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:39

Fevereiro 05 2012

Em declarações à Benfica TV, o guarda-redes de hóquei em patins, Ricardo Silva, falou sobre a importância da conquista de uma vitória no jogo do próximo domingo em casa do líder FC Porto.

“Era óptimo passarmos para o 1.º lugar e acabar a 1.ª volta do campeonato em 1.º lugar. Vamos lá para ganhar e esperamos que isso aconteça”, disse o hoquista.

Ricardo Silva falou também da importância que um guarda-redes assume: “Em quase todas as modalidades que inclui guarda-redes temos um papel importante, é normal mas para isso a equipa também tem de defender bem. Uma boa defesa é meio caminho andando para uma vitória.”

O guarda-redes “encarnado” está consciente das dificuldades que a equipa vai encontrar no pavilhão Dragão Caixa, mas garante que vão entrar no recinto para ganhar. “Estamos a preparar-nos da mesma forma, porque entramos sempre com o objectivo de vencer. Apesar de sabermos que temos pela frente um adversário teoricamente mais forte, vamos entrar na pista para ganhar”.

O jogo que coloca frente-a-frente o FC Porto e o Benfica está agendado para domingo, dia 5 de Fevereiro, pelas 15h05, no pavilhão Dragão Caixa, no Porto.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 10:55

Fevereiro 05 2012

Roberto Jiménez, que na época passada tanto deu que falar no Benfica, é o segundo guarda-redes da Liga espanhola com mais defesas nas primeiras 20 jornadas realizadas ao serviço do Saragoça.

De acordo com os dados estatísticos da competição, Roberto tem 89 defesas e é apenas batido por Roberto Fernández, habitual titular nas redes do Granada, com 90 defesas realizadas.

A este dado, porém, junta-se o facto de o Saragoça ser a segunda equipa com mais golos sofridos na Liga (36, apenas batida pelo Sporting Gijón, com 38), deixando perceber as fragilidades defensivas da equipa onde também alinham os portugueses Rúben Micael e Hélder Postiga.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:15

Fevereiro 05 2012

O Arsenal colocou Rodrigo numa extensa lista de 30 nomes de jogadores que atuam na Europa e na América do Sul e que o clube londrino está a monitorizar tendo já em vista a preparação da próxima época. 

A notícia é avançada pelo britânico Daily Mirror, que aponta como concorrente do avançado do Benfica o francês Olivier Giroud, ponta-de-lança do Montpellier.

O treinador dos gunners, o francês Arsène Wenger, aprecia as qualidades do hispano-brasileiro que na época passada jogou no Bolton, cedido pelos encarnados, assumindo-se como uma boa alternativa para o holandês Robin Van Persie, vinculado ao clube até ao verão de 2013 e que, por isso, poderá deixar o Emirates já este ano, permitindo ao Arsenal encaixar uma verba considerável.

Os desempenhos e os golos de Rodrigo, de resto, não têm passado despercebidos aos tubarões europeus, com Real Madrid, Manchester United e também os italianos da Fiorentina a colocarem-se em bicos de pés.

Quem quiser levar o avançado terá, porém, de abrir os cordões à bolsa para convencer Luís Filipe Vieira, nada dado a negócios fáceis e que, nesta altura, não abrirá mão do jogador por verba inferior a 20 milhões de euros, valor da cláusula de rescisão inscrita no contrato do jogador que poderá ser aumentada em caso de renovação.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:43

Fevereiro 05 2012

O lateral brasileiro Emerson revela que é com grande determinação que os jogadores do Benfica encaram cada jogo no intuito de, vitória em vitória, chegar ao ambicionado título.
«Quando começamos a época, é claro que os adeptos ficaram expectantes se este ano seria igual ao outro. Mas, este ano, a força da equipa para conseguir as vitórias é a determinação dentro de campo, a força de cada um ajudando o companheiro. Existe uma força coletiva. Com essa força e união, as coisas vão acontecer naturalmente», afirmou o brasileiro em declarações à revista Mística que hoje saiu para as bancas, destacando aquela que é a principal meta dos ‘encarnados’ para esta temporada.
«O Benfica joga sempre para vencer e o nosso objetivo aqui no Benfica é o título do campeonato. Vamos lutar e trabalhar firme para o conseguir.»
A cumprir o primeiro ano de águia ao peito, Emerson reconhece que não esperava facilidades na luta pela titularidade quando chegou ao Benfica: «Ao chegar a um clube grandioso como o Benfica, que já conquistou vários títulos, soube logo as dificuldades que iria ter. Sabia que o clube tinha vários jogadores experientes, sabia também da concorrência mas não me deixei levar por isso, continuei a fazer o meu trabalho porque é com empenho que conseguimos as coisas.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:05

Fevereiro 05 2012
publicado por Benfica 73 às 07:44
Tags:

Fevereiro 05 2012

A equipa de juniores do Benfica conquistou a primeira edição da Copa de Luanda, em Angola, ao vencer, na final, a Escola Norberto de Castro, por 1-0, golo de Bernardo Lopes.
Além de vencer o troféu, a equipa orientada por João Tralhão arrecadou também os prémios individuais de melhor jogador do torneio (André Gomes) e melhor marcador (Cafú, com sete golos).

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:24

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...