Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Cardozo e Rodrigo no ataque ao Gil Vicente; Aimar no banco (Onzes iniciais)

22.01.12, Benfica 73

O treinador do Benfica Jorge Jesus escolheu a dupla Rodrigo/Óscar Cardozo para iniciar o jogo desta noite frente ao Gil Vicente.
Pablo Aimar vai-se sentar no banco de suplentes no regresso depois da lesão enquanto Nico Gaitán regressa ao onze empurrando Bruno César para o banco.

Benfica: Artur, Maxi Pereira, Luisão, Garay, Emerson, Javi Garcia, Witsel, Gaitán, Nolito, Rodrigo e Cardozo.

Gil Vicente: Adriano, Daniel, Halisson, Cláudio, Júnior Caiçara, Luís Manuel, Pedro Moreira, André Cunha, Rodrigo Galo, Richard e Hugo Vieira.

Fonte: A Bola

Entrar a matar

22.01.12, Benfica 73

O Benfica gosta de solucionar cedo os jogos e... habitualmente consegue-o. A estatística não deixa muita margem para dúvidas: a equipa da Luz contabiliza 39 pontos no campeonato, 37 deles arrecadados até ao intervalo.

Jorge Jesus é um apreciador do futebol de ataque e o conjunto da Luz segue à risca a filosofia dele, ou seja, atira-se de cabeça em direção à baliza contrária mal o árbitro dá início à partida. O volume atacante é elevado e redunda, como seria de esperar, em golos. Acaba, assim, por ser natural que o vice-campeão nacional construa os resultados (no que toca aos pontos conquistados) nos primeiros 45 minutos – é o que sucede na grande maioria dos desafios na presente edição da Liga.

Fonte: Record

Jesus quer manter «futebol intenso» com o Gil Vicente

22.01.12, Benfica 73

Jorge Jesus quer ver o Benfica praticar um «futebol intenso, de muita pressão e qualidade» no jogo de domingo com o Gil Vicente, equipa que impôs empate a duas bolas às águias na jornada inaugural da Liga.

«Temos de fazer a diferença do ponto de vista desportivo, mostrando que somos melhores para somarmos os três pontos e continuarmos na frente da classificação», aponta o treinador dos encarnados, lançando um repto aos adeptos: «Gostaria de voltar a ver o Estádio da Luz com uma assistência idêntica à do jogo com o V. Setúbal, se possível acima das 50 mil pessoas».

«O Gil Vicente é uma das equipas que nos tirou pontos esta época, e digo tirou porque estivemos a vencer por 2-0. É uma equipa bem organizada e que nos merece respeito, mas não nos vai inibir de sermos iguais a nós próprios, com um futebol intenso, de muita pressão e qualidade», afiança, prosseguindo: «Todas as equipas que jogam contra o Benfica me causam preocupação. Se queremos ser melhores que o GiL Vicente temos de ser agressivos, taticamente fortes e criativos individualmente. Se a isto acrescer o valor da equipa, ficaremos mais próximos da vitória».

Para Jorge Jesus, os dois pontos de vantagem para o FC Porto são escassos e não permitem fazer qualquer gestão nesta fase da época. O segredo para preservar a liderança, esse, está identificado: «Querer fazer sempre melhor no próximo jogo».

Fonte: A Bola

«Eu já tive três acidentes esta época» - Jesus

22.01.12, Benfica 73

Jorge Jesus não atribui especial importância ao acidente de viação de Bruno César e Jardel, revelando que ele próprio já tem a sua conta na época desportiva em curso.
«Eu já tive três acidentes esta época, um deles na véspera de Natal. A parte lateral do meu carro está metida para dentro», conta o treinador entre sorrisos. 
«São coisas normais», desvaloriza, realçando que o acidente dos dois jogadores ocorreu «numa hora e local compatíveis com a responsabilidade de um profissional de futebol». 

Fonte: A Bola

Aimar, Cardozo e Rodrigo convocados - Lista de Convocados

22.01.12, Benfica 73

O treinador do Benfica anunciou a lista de convocados para o jogo com o Gil Vicente, na Luz, encontro da 16.ª jornada da Liga que está agendado para as 20.15 horas deste sábado.
O grande destaque vai para o regresso de Pablo Aimar, que falhou os três últimos jogos devido a lesão. Também de regresso está Óscar Cardozo, recuperado da lesão contraída em vésperas do jogo da Taça da Liga com o Santa Clara. Tanto o médio argentino como o avançado paraguaio deverão estar em condições para jogar com o Gil Vicente. 
Mais difícil será a utilização de Rodrigo, que fez um traumatismo na perna direita durante esta semana. Ainda assim, o jovem avançado integra o grupo.
Em relação ao jogo com o Santa Clara, destaque ainda para os regressos de Artur e Maxi Pereira, poupados na Taça da Liga, e Garay, também recuperado de problemas físicos. De fora ficaram Mika, Capdevilla, Miguel Vítor, André Almeida e Rúben Pinto.

Eis a lista de 19 convocados:
Guarda-redes: Artur Moraes e Eduardo;
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Garay, Jardel, Luís Martins e Emerson;
Médios: Matic, Javi García, Bruno César, Nolito, Gaitán, Witsel e Aimar;
Avançados: Cardozo, Saviola, Rodrigo e Nélson Oliveira.

Fonte: A Bola

Vieira quer renovar com Rúben Amorim

22.01.12, Benfica 73

Apesar de continuar suspenso e a trabalhar à parte do restante plantel, Rúben Amorim continua a ser um ativo de valor, aos olhos dos dirigentes encarnados, pelo que o Benfica pretende renovar contrato com o jogador, que já foi informado por Luís Filipe Vieira desse desejo, conforme noticiou hoje A BOLA.

Apesar do momento menos bom entre o médio e o clube da Luz, nas hostes encarnadas continua a certeza de que Amorim é um jogador de utilidade inegável, e que terá bastante mercado, pelo que se o seu contrato (que termina no próximo ano) não for renovado o atleta poderá acabar por sair a custo zero do clube.

O futuro de Rúben Amorim poderia até ser mais rapidamente desbloqueado, já que caso renove, a SAD encarnada aceitará emprestá-lo durante o resto da época, para que o jogador possa dar continuidade à carreira e lutar por um lugar nas escolhas de Paulo Bento, no lote dos convocados para o Euro deste Verão.

Rúben Amorim é que não parece muito inclinado a renovar pelas águias. Pelo menos, nesta altura, ainda não chegou à Luz qualquer resposta sobre a proposta apresentada.

Fonte: A Bola

«O Benfica tem muitos Hulks» - Jesus

22.01.12, Benfica 73

Jorge Jesus não se coíbe de elogiar o avançado brasileiro do FC Porto, fazendo notar que o plantel do Benfica «tem muitos Hulks».
«Com ou sem Hulk, o FC Porto pode ter um jogo difícil com o V. Guimarães mas acabará por vencer. Não tenho dúvidas de que o Hulk é um dos grandes jogadores a atuar no campeonato português, não nego a sua categoria. O Benfica tem muitos Hulks», argumenta o treinador dos encarnados.

Fonte: A Bola

Um mito chamado Eusébio

22.01.12, Benfica 73

Dele já tudo se disse mas dele continuará a dizer-se e a escrever-se perpetuamente. Afastado dos relvados há cerca de 35 anos, Eusébio é um nome eterno, porque é esse o destino dos fenómenos que marcam a vida dos povos e lhe alimentam a memória coletiva – permanecem no nosso dia-a-dia como refúgio de nostalgia, orgulho e felicidade. Esta é uma semana especial para Portugal, mas também para o Mundo, porque, na quarta-feira, o rei faz 70 anos, número redondo que alerta para o tempo que passa a correr e para as marcas profundas que deixa, mesmo aos mitos condenados a viver para sempre. Apesar das fortes investidas de Luís Figo e Cristiano Ronaldo, Eusébio da Silva Ferreira ocupa um trono inatingível no futebol nacional, pelo jogador que foi mas também pelo símbolo universal em que se tornou. O Pantera Negra caminha para os 70 anos com saúde periclitante, deixando a imensa corte que o venera com o coração nas mãos. Prova de que os súbditos de Sua Majestade sabem reconhecer quem lhes deu motivos para serem um pouco mais ricos e felizes.

Eusébio pode não ter sido o mais habilidoso ou o que assentava em mais classe; pode até ter havido, depois, outros jogadores com carreiras mais exuberantes – mas nenhum como ele conquistou o planeta com um cocktail tão completo e poderoso, composto por talento, genialidade, golo, carisma e peso social. Mais do que herói de um tempo restrito, ele é uma celebridade para toda a vida; mais do que a expressão máxima de um país, ele é um tesouro que o Mundo declarou como património da humanidade.

Fonte: Record

Matías Rodríguez quer futuro resolvido na próxima semana

22.01.12, Benfica 73

A gozar os últimos dias como jogador da Universidad de Chile, Matías Rodríguez espera saber na próxima semana se regressa à Argentina para jogar no San Lorenzo ou se embarca numa nova aventura e ruma à Europa para vestir a camisola do Benfica.

«Oxalá tudo fique definido na próxima semana. Ou vou para o San Lorenzo ou para o Benfica. O San Lorenzo é uma grande equipa apesar de hoje estar nos lugares mais abaixo da tabela. Já o Benfica é outro futebol, como é o Europeu, que é o sonho de qualquer jogador», disse em entrevista à TyC Sports.

O defesa de 25 anos deixou nas mãos do empresário a decisão sobre o seu futuro. Até lá, continua a trabalhar na Universidad de Chile: «Estou muito feliz aqui e pedi ao meu empresário para que não me dissesse nada até estar tudo tratado para não me desconcentrar no trabalho que estou a fazer.»
A Imprensa argentina revela que o Benfica está disposto a desembolar 1,6 milhões de euros para assegurar a contratação do jogador.

Fonte: A Bola

João Santos: “Serem internacionais é mais uma prova da sua qualidade”

22.01.12, Benfica 73

Depois da assinatura do contrato profissional de João Teixeira, Fábio Cardoso, João Nunes e Raphael Guzzo, o director do Futebol Formação do Benfica, João Santos, falou da política adoptada pelo presidente do Clube, Luís Filipe Vieira, em apostar na formação de jovens jogadores.

“Insere-se na política que a direcção e o presidente definiram, que claramente é apostar na Formação, dando-nos boa condições e apostando nos jovens. A intenção é, como já foi referido publicamente, tentar apostar na qualidade interna dos nossos jovens para que a equipa de Seniores do Benfica passe a ter mais portugueses. A assinatura do contrato com estes quatro jovens vem nessa sequência e no seguimento dessa política e esse grande objectivo que temos de colocar jovens jogadores, formados em casa, com a “Mística” do Benfica na equipa principal”, revelou, em declarações à Benfica TV.

João Santos falou ainda do facto de a qualidade destes jogadores se reflectir nas chamas às selecções nacionais. Apesar de nem todos os jovens da formação já terem passado pelas “quinas”, o director do Futebol Formação acredita que isso não tardará. “A questão de serem internacionais é mais uma prova da sua qualidade e da sua competência. Nós acreditamos no trabalho que fazemos. Também temos jogadores que ainda não foram internacionais, mas aos quais auguramos um grande potencial, portanto, o ser internacional é mais um dos reforços que nós temos. Neste momento estamos à frente ao ser o Clube com mais jogadores na selecção. Na formação trabalhamos nesse sentido: que eles sejam mais competentes, capazes e que tenham sempre esse objectivo que é representar o Benfica na equipa principal”, explicou.

Fonte: SLB

Huelva confirma proposta das águias por Fidel

22.01.12, Benfica 73

O Recreativo Huelva, pela voz do conselheiro Pablo Comas, confirmou este sábado a existência de uma proposta do Benfica para a contratação do médio-esquerdo Fidel.

«Há uma oferta e estamos a ver o que é melhor para o Recreativo», indicou aquele responsável, em declarações prestadas à Antena Huelva Radio à margem do jogo com o Cartagena, que o Huelva perdeu por 1-3 e no qual Fidel foi suplente utilizado (entrou ao minuto 64).

Pablo Comas aproveitou para esclarecer que o Recreativo «nada deve ao Benfica», adiantando, porém, que «o Benfica tem a chave de algum dinheiro» que é devido ao clube espanhol.

«Trata-se de uma operação em que está envolvido o Benfica, que, repito, nada deve ao Recreativo, e que implica muito dinheiro para o nosso clube», reforçou, indicando que as negociações terão de ficar concluídas «esta semana».

Fonte: A Bola

«Estamos no pico de forma da época» - Jesus

22.01.12, Benfica 73

Jorge Jesus diz que o Benfica atravessa o melhor momento da temporada. Exigência dos adeptos é o único perigo que poderá advir da liderança isolada da Liga e da qualidade do jogo da equipa.

«Estamos num pico de forma bom, não são apenas um dois jogadores mas muitos. O perigo de estarmos a jogar bem e sermos líderes? Satisfazermos o nosso ego e o dos adeptos, pois é para isso que aqui estamos, para lhes darmos alegrias. Há o perigo de eles poderem ir ao exagero de considerar que ganhar por 1-0 não chega e que é preciso golear. Mas, para a equipa não há perigo algum», esclareceu, destacando que o grupo que dirige está habituado a lidar com a pressão.

«O nosso lema é ganhar e a pressão é diária para quem trabalha no Benfica. Claro que tudo fica mais fácil quando as coisas estão a correr bem. Os jogadores estão bem, as vitórias tornam-nos mais fortes do ponto de vista emocional, tático e técnico. Neste momento, o Benfica está no patamar mais alto da época», indicou.

Fonte: A Bola

Treinador do Huelva diz que não recebe ordens do Benfica em relação a Fidel

22.01.12, Benfica 73

O Benfica prepara-se para contratar Fidel ao Huelva mas pretende emprestá-lo ao clube espanhol até final da época, com a garantia que o jogador terá mais minutos de utilização do que tem tido até este momento.
O treinador do Huelva, Álvaro Cervera, falou sobre o negócio à comunicação social espanhola e, pelas suas palavras, não se deixa pressionar pelo Benfica.
«Seria uma incongruência contratar alguém e dizer a outro clube que dê mais minutos ao jogador. Se o contratas dás-lhe tu mais minutos não? E com isto não quero parecer o mau da fita. Não me surpreende que o Benfica o queira (Fidel) mas a mim nem o Benfica nem ninguém me diz quem tenho de pôr a jogar. Nunca ninguém me obrigou a dizer isso, porque se alguém o fizesse eu já não estaria a dirigir esse clube», afirmou o técnico espanhol.
Fidel participou em 12 jogos esta época pelo Huelva. Em apenas três foi titular (470 minutos de utilização).

Fonte: A Bola