Outubro 05 2011

Ou marcas ou vais para o banco" ou "se quiseres ser titular no próximo jogo tens de marcar".

Obviamente, há uma boa dose de exagero nas expressões, mas a verdade é que tem sido esta a gestão que Jorge Jesus faz da utilização a titulares de Nolito e Bruno César - jogadores que habitualmente esgrimem argumentos pelo mesmo lugar. Sempre que um deles marca, tem lugar garantido como titular no jogo seguinte. Quando isso não acontece, tem à sua espera o banco de suplentes.

Evidentemente, Jorge Jesus fará a sua análise técnica/táctica e física dos jogadores num determinado momento. Mas coincidência, ou talvez não, são os golos que ditam quem entra a titular na partida seguinte.

Senão vejamos: Nolito teve um arranque de época fulgurante, tendo apontado cinco golos em outras tantas partidas. Esses golos validaram a sua presença na equipa principal até ao jogo contra o Nacional.

Uma noite menos inspirada do espanhol na Choupana e uma entrada genial (marcou um golo fabuloso), na segunda parte, de Bruno César valeram ao médio-ofensivo/extremo brasileiro o lugar entre os titulares na ronda seguinte.

César voou para o onze diante do Vitória de Guimarães, mas não conseguiu fazer balançar as redes de Nilson e na recepção ao Manchester United, para a Liga dos Campeões, tinha à sua espera o banco de suplentes - nesse jogo por imperativos tácticos, Nolito também ficou de fora, entrando Rúben Amorim.

A única vez em que ambos actuaram de início em simultâneo, foi contra a Académica. O Benfica venceu os estudantes por 4-1, com dois golos de Nolito e um de Bruno César.

As contas são fáceis de fazer: quem joga a seguir? Quem marcou mais... Ou seja, o ex-Barça ficou no poleiro e foi dos primeiros a pisarem o relvado do Estádio do Dragão na jornada seguinte.

No clássico, Cardozo e Gaitán apontaram os golos do Benfica e não será difícil adivinhar o que aconteceu no jogo seguinte, na Roménia, frente ao Otelul Galati para a Champions: Bruno César, claro, foi chamado ao onze. O remate que derrotou a equipa de Monteanu saiu do pé direito do brasileiro e à sua espera estava a titularidade diante do Paços de Ferreira. Nolito, esse, ficou no banco. Só que o jogador espanhol não se deu por derrotado e assim que foi chamado a intervir no jogo, tirou as medidas à baliza de Cássio e acertou em cheio ao cair na parte final do desafio. Portanto, seguindo a lógica de Jorge Jesus, o titular no próximo jogo será... Nolito.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 23:29

BENFICA 73
contador grátis
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...