Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Estreia europeia de Eusébio foi há 50 anos

01.11.11, Benfica 73

A 1 de Novembro de 1961 nascia... uma lenda Eusébio, a pouco menos de três meses dos 20 anos, mostrou-se em Viena. «Foi fantástico, fomos campeões!» recorda o pantera negra. 
«Santana é um fora-de-série, mas onde vou metê-lo? Já experimentei Águas, outro fora-de-série, a extremo, mas ele não tem essas características. Tiro quem, para ele entrar?»
«Ele» era Eusébio da Silva Ferreira e a dúvida pertencia a Béla Guttmann, treinador húngaro que em 1961/62 conduziu o Benfica à conquista da Taça dos Campeões Europeus, ganha numa final épica em Amesterdão, ao poderoso Real Madrid, por 5-3. 
Antes, a 1 de Novembro de 1961, em Viena, frente ao FK Áustria, Guttmann decidiu deixar Santana de fora do jogo e lançar um menino que nem 20 anos tinha. 
Nem o treinador sonhava o quanto tinha acertado na opção e como isso iria, ou pelo menos ajudaria, a marcar o futebol português, europeu e mundial. 
Os quinze anos seguintes iriam transformar Eusébio no mais espantoso jogador português de todos os tempos.
Eusébio fez assim a sua estreia europeia, com a camisola do Benfica, há precisamente 50 anos. E na ronda seguinte, na Luz, novamente com os austríacos, Eusébio marcaria o seu primeiro golo europeu, num esclarecedor 5-1 que lançou a equipa encarnada para uma época triunfal. 
Como impressionante foi a carreira de Eusébio na Europa pelo Benfica: 75 jogos e 57 golos marcados, o maior goleador de sempre português e o terceiro melhor internacional durante muito tempo. 
Actualmente o oitavo, com bem menos jogos que aqueles que lhe ficam à frente: Raul (73), Inzaghi (70), Shev-chenko (67), Gerard Muller (62), Nistelrooy (62), Henry (59) e Larsson (59).

Fonte: A Bola

Javi falha treino - Com Fotos

01.11.11, Benfica 73
Javi García foi ausência notada, esta terça-feira, no treino do Benfica para o jogo com o Basileia, que, em caso de vitória das águias, vale o apuramento antecipado para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. 
O médio espanhol, a contas com um traumatismo na perna esquerda, não foi visto no campo N.º 3 do Caixa Futebol Campus, nos 20 minutos da sessão abertos à comunicação social.
Jorge Jesus, que vai cumprir castigo na partida da quarta jornada do Grupo C da Champions (foi expulso em Basileia), surgiu no relvado acompanhado de Saviola, detendo-se posteriormente à conversa com Garay.
O treino, onde sobressaiu a boa disposição dos jogadores, contou com as presenças dos juniores Samuel e Ismael. 
Enzo Pérez, que recupera de intervenção cirúrgica a que foi submetido em finais de Setembro, não subiu ao relvado.
Para as 17.45 horas, no Estádio da Luz, estão marcadas as conferências de Imprensa de Jorge Jesus e de um jogador, para fazer a antevisão ao jogo com o Basileia.
Fonte: A Bola
Águias preparam jogo com Basileia
Pietra e Jesus atentos
Raúl José vai orientar a equipa no jogo com os helvéticos
 

Neymar arrisca seis jogos de suspensão (com vídeo)

01.11.11, Benfica 73

O jovem avançado brasileiro poderá ser suspenso por seis jogos, na sequência da expulsão no jogo com o At. Mineiro, disputado no passado dia 13. 
Neymar já cumpriu um jogo de suspensão automática, mas será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na próxima segunda-feira por conduta inadequada para com o árbitro da partida.
Em causa está o facto de o avançado ter aplaudido de forma irónica o árbitro Wilton Pereira Sampaio no momento da expulsão.

Fonte: A Bola

Ferguson torce pelas águias

01.11.11, Benfica 73

Cabeça em Old Trafford, ouvidos no Estádio da Luz. Vai ser assim, amanhã, em Manchester, por altura dos confrontos do Grupo C da Liga dos Campeões.

A equipa de Jorge Jesus joga com o Basileia, adversário que conseguiu empate (3-3) em Inglaterra, complicando as contas de um grupo onde à partida Manchester United e Benfica eram favoritos à passagem à fase seguinte. Para já os encarnados de Lisboa estão bem posicionados, podem garantir já amanhã a qualificação para os oitavos, e os encarnados de Manchester torcem precisamente para que isso aconteça, para evitar uma complicação ainda maior das contas finais. 

Foi, pelo menos, esse o sentido das declarações ontem proferidas por sir Alex Ferguson, treinador do Man. United. 

«Temos de ganhar esta quarta-feira. Jogamos em casa (com o Otelul Galati) e se o conseguirmos a qualificação estará nas nossas mãos quando jogarmos com o Benfica», disse o técnico escocês, reforçando: «Espero que o Benfica vença o Basileia. Os suíços têm alguma desvantagem face à saída do treinador, Thorsten Fink, para o Hamburgo, e se ganharmos o nosso jogo, então aqui quando jogarmos com o Benfica irá decidir-se quem fica em primeiro no grupo», destacou o treinador.

Fonte: A Bola

Rui Costa não pensa deixar a Luz

01.11.11, Benfica 73

«Servirei o clube enquanto me sentir útil», diz, mas avisando que não quer fazer carreira como director desportivo Elogia o plantel e Jorge Jesus e sublinha que agora é preciso lutar ao mais alto nível pelo apuramento na Champions.

Rui Costa, director-desportivo e administrador da SAD do Benfica, falou, em entrevista ao site Notícias do Futebol, sobre a sua situação no clube. «Se me perguntarem se pretendo fazer carreira como director-desportivo direi que talvez não. Mas hoje não aceitaria sair do Benfica e ir para outro clube. Para já, a minha carreira durará aquilo que eu e o Benfica entendermos. Servirei o Benfica enquanto me sentir útil», explicou, antes de avançar para o futebol profissional: 

«É preciso criar planteis e uma estrutura atrás dos planteis que permita o sucesso de todos. A qualidade dos jogadores é claramente fundamental, a qualidade das pessoas que trabalham com os atletas mais fundamental é. Não há uma equipa que ganhe sem ter talento, não se pode ganhar sem uma grande equipa, sem um grande plantel, sem um bom treinador, sem uma boa estrutura atrás, sem boas condições de trabalho e isso tudo somado faz com que uma equipa tenha muito mais possibilidades de ter sucesso.»

Depois, uma passagem pela Champions. «Nunca disse que iríamos lutar pelo segundo lugar, disse sempre que o favoritismo do grupo cabia ao M. United, mas que o Benfica ia lutar pelo grupo. Agora temos de lutar pelo apuramento ao mais alto nível», sublinhou, sem esquecer a época passada: «Para a história fica que ganhámos a Taça da Liga mas que perdemos na meia final as outras duas taças. Este ano procuramos fazer aquilo que não foi feito, mas a época passada não nos defraudou tanto ao ponto de não acreditarmos neste grupo para esta época.»

Os jogadores cedidos também foram tema. «Melgarejo é uma das esperanças, daí a contratação. Nem sempre se acerta nas contratações mas estamos convencidos de que estamos perto de acertar», disse, antes de falar de Jara: «Optámos pelo empréstimo ao Granada para jogar mais minutos e podermos avaliá-lo, para vermos quais são as potencialidades totais que pode dar, continuando com a esperança de que venha a ser importante no clube.»

Rui Costa considera que «David Simão, Rúben Pinto, Luís Martins, Nélson Oliveira, Mika, Roderick e Miguel Vítor dão garantias de grande qualidade» e não esqueceu temas como o Estádio da Luz, que considera «belo» e «tem dado sorte à Selecção Nacional», pelo que não surpreende que se jogue ali o encontro com a Bósnia.

Fonte: A Bola

Espanha rende-se aos golos de Rodrigo

01.11.11, Benfica 73

Rodrigo foi crucial na vitória caseira do Benfica sobre o Olhanense (2-1), no sábado, tendo apontado os 2 golos encarnados. Esse feito valeu ao jovem avançado espanhol, de 20 anos, enorme projeção na imprensa do seu país.

O jornal “Marca”, na sua habitual revista de fim-de-semana, coloca o ex-Real Madrid em destaque, entre os jogadores espanhóis que atuam no estrangeiro. “Rodrigo faz de Nolito”, é esta a frase utilizada pelo diário do país vizinho para resumir a noite mágica que o internacional Sub-21 da roja viveu no Estádio da Luz.

Também o diário “As” se rendeu à exibição do avançado benfiquista, colocando em destaque o vídeo do bis de Rodrigo.

Fonte: Record

«Aprendi muito com Ronaldo e Kaká» - Rodrigo

01.11.11, Benfica 73

Rodrigo, o novo menino-bonito da Luz, lembra os tempos de Madrid e como foi importante trabalhar com alguns craques. Elogia Jorge Jesus e diz que o treinador benfiquista ensina «detalhes que fazem os grandes jogadores». 

Entrou alguns minutos no jogo com os romenos do Otelul Galati e deu boas indicações; foi titular frente ao Basileia, na Suíça, e teve um pormenor de classe (um túnel em zona de concretização) que permitiu a Bruno César fazer o primeiro dos dois golos da vitória; finalmente, na jornada passada da Liga portuguesa, marcou dois golos ao Olhanense. Rodrigo conquista rapidamente espaço na equipa de Jesus e conquista também, com a mesma velocidade, o carinho dos adeptos.

Com apenas 20 anos, o internacional espanhol, de origem brasileira, é, claramente, um jogador em alta no Benfica. E aproxima-se novo jogo de Champions (amanhã, de novo frente ao Basileia), nova oportunidade para Rodrigo confirmar o que de bom vem mostrando.

«Foi maravilhoso entrar, jogar na Liga dos Campeões, um sonho que todo o jogador tem e que eu tornei realidade. Fiquei muito feliz por jogar na Roménia, por ter sido titular com o Basileia e por ter ajudado a equipa nesse jogo», recordou Rodrigo, no magazine da Champions transmitido pela Sport TV.

Na mesma peça, Rodrigo destaca a importância que o actual técnico benfiquista, Jorge Jesus, assume na sua evolução como atleta.
«É um treinador fantástico, que tem facilidade e gosta de trabalhar com os jovens, ensina detalhes importantes, aqueles detalhes que fazem a diferença e fazem os grandes jogadores», analisa, entusiasmado com a nova oportunidade no Benfica, após ter passado a última época emprestado ao Bolton.

Fonte: A Bola

Pág. 63/63