Novembro 13 2011

A comitiva do Benfica aterrou ao início da tarde no aeroporto da Portela proveniente de Genebra, Suíça, onde ontem venceu (2-0) um particular com os turcos do Galatasaray. 

Tal como estava previsto na agenda para hoje, o plantel goza folga, estando o regresso ao trabalho marcado para segunda-feira, às 17 horas. O arranque da preparação para o jogo da Taça de Portugal com a Naval, sexta-feira, na Figueira da Foz, vai decorrer à porta aberta no Seixal.

Eduardo, Rúben Amorim (Portugal), Nélson Oliveira (sub-21 Portugal), Luisão, Bruno César (Brasil), Witsel (Bélgica), Gaitán (Argentina), Cardozo (Paraguai) e Rodrigo (sub-21 Espanha), todos ao serviço das respectivas selecções, serão as principais ausências.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 23:40

Novembro 13 2011

Depois de Alcains, o presidente do Benfica seguiu para Miranda do Corvo, onde inaugurou a casa 233.º do clube. Contenção económica voltou a dominar o discurso de Vieira. 

«Os tempos que estamos viver e os que vão chegar serão extremamente difíceis. A pior atitude que podíamos assumir era fazer de conta que não era nada connosco e que as limitações económicas eram problemas só dos outros. O pior que podíamos fazer é pensar que podemos continuar a investir da mesma forma como fizemos até hoje», afirmou Luís Filipe Vieira na ocasião.

Perante os 700 benfiquistas que jantaram no pavilhão municipal, o líder dos encarnados destacou o dinamismo do clube: «Não sei se há outro clube no mundo em que o presidente é obrigado a inaugurar duas casas no mesmo dia. É um bom sinal: sinal de dinâmica e vitalidade.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 23:14

Novembro 13 2011

Um autêntico icebergue que gostaria de atingir a bitola de Preud’homme.

É com a maior calma do mundo que justifica o ataque verbal dirigido ao Braga na Pedreira e pisca o olho à conquista da Liga. No ar deixa a ideia de uma Champions à Benfica!

A canarinha continua atravessada na garganta de alguém que nunca pensou... imitar Liedson.

RECORD – O que se passou entre o Javi e o Alan?

ARTUR – Não sei, não vi…

R – O Javi é uma pessoa capaz de proferir insultos racistas?

A – Não, não, não, não, não! Conheço-o há quatro meses e acredito que não é capaz de fazer uma declaração daquelas.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:13

Novembro 13 2011

Rodrigo Moreno rejubila com o bom momento de forma que atravessa no Benfica e acredita estar «à altura da exigência». Avançado espanhol reage com naturalidade às notícias que apontam para um eventual regresso ao Real Madrid, mas diz estar focado nas águias.

«É normal que me associem ao Real Madrid, visto que passei pela cantera do clube. Mas, sou jogador do Benfica e apenas penso em fazer as coisas bem. O futuro a Deus pertence. Quero apenas continuar a trabalhar como tenho feito, depois se verá. Estou feliz. Agora parece que o técnico [Jorge Jesus] confia em mim. Está a dar-me minutos, pouco a pouco, e eu retribuo com bons jogos e golos», partilha Rodrigo, em entrevista ao diário Marca.

«Estou numa idade de transição, uma etapa em que o fundamental é sentir que evoluis de ano para ano. É a minha segunda época como profissional, e a experiência em Bolton ajudou-me muito. Fez-me crescer como futebolista, porque a Premier League é muito exigente, permitiu-me melhorar todos os aspectos do jogo», indica o jovem avançado, de 20 anos, destacando o facto de se encontrar ao serviço de uma «equipa importante, que quer alcançar grandes coisas, não apenas em Portugal como na Europa». 

«Estou num clube de grande nível, e agora estou à altura da exigência», sublinha.
Com sete golos nos últimos quatro jogos – quatro pelo Benfica [cinco no total em partidas oficiais] e três pela selecção espanhola de sub-21 –, o jogador prefere não traçar metas: «O meu único objectivo é demonstrar, no final de cada ano, que sou melhor jogador». 

Aos 21 anos, Rodrigo diz que cresceu a admirar os brasileiros Rivaldo e Ronaldo. No Benfica, tem em Saviola, Aimar e Luisão as suas principais referências. 

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:06

Novembro 13 2011

Se em Zenica o público "jogou" a favor da Bósnia - apostando na intimidação dos jogadores portugueses - terça-feira a Seleção Nacional espera que o público seja um fator determinante para levar Portugal ao Euro'2012.

Paulo Bento, Nuno Gomes, Nani, Eduardo e Ruben Amorim fizeram um apelo para que os adeptos portugueses apoiem a equipa no encontro decisivo. "Juntos somos mais fortes, juntos somos Portugal. Venha ao Estádio da Luz. Contamos com o vosso apoio."

Este domingo Bruno Alves também já tinha lançado uma mensagem semelhante.

“Os portugueses podem criar um ambiente difícil para eles. Ter muitos adeptos no estádio pode ser decisivo para nós. Apelo para que nos venham apoiar", disse em conferência de imprensa após o treino.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 19:00

Novembro 13 2011

A possível saída de Saviola do Benfica tem sido notícia nos últimos tempos, mas, se depender de Jorge Jesus, o avançado argentino vai continuar no clube da Luz.

"É um jogador muito importante na manobra ofensiva da equipa. Nos últimos jogos não esteve tão bem, mas também lhe falta algum ritmo competitivo. Neste encontro [Galatasaray), mostrou que continua motivado, apaixonado e mantém a mesma qualidade de jogo. Contamos com ele para o futuro", afirmou o treinador encarnado.

Jorge Jesus também elogiou o jovem defesa Miguel Vítor, que marcou o primeiro golo benfiquista frente ao conjunto turco.

"Esteve muito bem. Dei-lhe os parabéns ao intervalo. Taticamente esteve irrepreensível. Não é um jogador criativo em termos ofensivos, mas esteve quase perfeito", observou o técnico.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 18:07

Novembro 13 2011

O presidente do Benfica apadrinhou o lançamento da obra “Eusébio enciclopédia” que decorreu, ontem, na megastore do Estádio da Luz e, uma vez mais, fez questão de sublinhar a importância do Pantera Negra no património do clube encarnado. “Eusébio está acima de mim”, declarou Luís Filipe Vieira, antes de cumprimentar efusivamente o ex-jogador.

A admiração do atual líder das águias por uma jovem promessa oriunda de Moçambique nasceu a 1 de junho de 1961, quando Bela Guttmann decidiu estrear Eusébio diante do V. Setúbal, e foi recompensado com um golo. Lembrando estes tempos o responsável, de 62 anos, assinalou: “Não sonhava ser presidente do Benfica mas tinha uma ambição e um desejo muito grande: ver o Eusébio jogar todos os domingos. Era uma paixão enorme.”

Esta admiração transformou-se numa forte relação de amizade quando LFV começou a assumir funções de responsabilidade no clube da águia. Enaltecendo a vertente humana do moçambicano, Vieira confessou: “Quando saio com ele faço sempre questão que ele entre primeiro do que eu pois é expoente máximo do Benfica. Tudo aquilo que faço e que ainda possa vir a fazer é com um sentimento de profundo respeito por ele.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:54

Novembro 13 2011

O jogo com o Galatasaray (2-0) será inesquecível para três juniores.

Cafu foi o primeiro a ser lançado no jogo, aos 70 minutos, rendendo David Simão, e, volvidos 10 minutos, Ivan Cavaleiro rendeu Garay. Aos 85, foi Paulo Teles a ocupar a vaga de Capdevila.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:41

Novembro 13 2011

Rodrigo Moreno não poupa nos elogios a Cristiano Ronaldo, mas deixa claro que jogar com o internacional português no Real Madrid não é algo em que pense nesta altura. 

Questionado pelo diário Marca se seria um sonho formar um quarteto ofensivo com CR7, Higuaín e Benzema na equipa merengue, o jovem avançado foi taxativo: «Não, porque não penso nisso. Sou jogador do Benfica e quero fazer as coisas bem pelo clube».

Não obstante, Rodrigo mostrou-se rendido ao talento de Cristiano Ronaldo: «É incrível! No futebol actual, em que a defesa prevalece sobre o ataque, marcar um golo por jogo é alucinante e algo que se vai ver pouco no futebol. Os seus números impressionam e demonstram que é um dos melhores do Mundo».

A propósito do Real Madrid, Rodrigo aproveitou para esclarecer que não foi contactado tendo em vista o regresso ao Santiago Bernabéu a meio da época transacta, quando representava o Bolton por empréstimo do Benfica.

«Foi algo mais de anedótico do que outra coisa. Não era titular no Bolton, tinha passado muito pouco tempo desde a minha saída e creio ter sido uma possibilidade remota. Comigo ninguém falou», sublinhou, dando ainda conta de não ter sido felicitado pelo clube blanco, pelo bom momento que atravessa nos encarnados.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 15:13

Novembro 13 2011

R – Olhando para a nova geração de jovens talentos, e tomando como referência a Seleção vice-campeã do Mundo, que jogadores podem vir a vingar?

R – No Benfica, há um que tenho a certeza que irá ser grande jogador: o Nélson Oliveira. Depois, há mais três que aprecio muito: Luís Martins, David Simão e Ruben Pinto. Também irão dar que falar daqui a três/quatros anos. E ainda há o Sérgio Oliveira, que está na Bélgica, que possui muita qualidade…

R – … e o Roderick?

R – Espero que também seja, embora não goste muito de falar de mim. Prefiro que sejam outros a fazê-lo. Vaticino ainda grande futuro ao Cedric, da Académica, e ao Salvador Agra, do Olhanense. Apesar da baixa estatura, revelam grande talento.

R – Surpreende-o a “explosão” de Rodrigo?

R – Não me surpreende. Defrontei-o duas vezes pela Seleção e treinei com ele no Benfica. É um futebolista de grande qualidade, muito inteligente a jogar. É muito rápido, tem um pé esquerdo de grande qualidade e facilidade de remate. Está a mostrar o seu valor, tem marcado golos e estou em crer que, no final da época, pode dar grande salto na carreira. Sendo jogadores de características diferentes, é boa alternativa a Cardozo. Jogando juntos, podem complementar-se.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 14:51

Novembro 13 2011

Rodrigo e Nélson Oliveira, os rostos da nova vaga na Luz Previsível dupla de ataque nos próximos anos Aposta presidencial 
Um já está encaminhado: marcou cinco golos em oito jogos pelo Benfica e é o melhor marcador da selecção sub-21 de Espanha, com sete golos, a ponto de ser o principal goleador da fase de apuramento para o Europeu do escalão (2013, em Israel), a par do suíço Steven Zuber. Rodrigo Moreno Machado assumiu o papel de protagonista no espaço de um mês e já é o quarto jogador do plantel encarnado com mais golos (atrás de Cardozo, Nolito e Bruno César) mas apenas o 16.º em minutos de utilização. 

O outro enfrenta mais dificuldades de afirmação mas aos poucos vai trilhando o seu espaço. Nélson Oliveira jogou apenas um jogo, esta época, pelo clube (titular com o Portimonense, para a Taça de Portugal), mas tem sido convocado mais vezes e deu, finalmente, o sinal de que está na luta, marcando dois golos pelos sub-21 de Portugal na vitória (5-0) sobre a Moldávia cerca de uma hora depois do hat trick de Rodrigo nos 6-0 de La Rojita à Estónia.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:07

Novembro 13 2011

O jogo referente à 4.ª ronda do campeonato nacional entre o Benfica e a formação insular do Porto Santo SAD, que estava agendado para este sábado, pelas 18h30, não poderá ser realizado pelo motivo de a equipa madeirense não se poder deslocar para Portugal Continental.
Desta forma, o encontro entre estes dois conjuntos fica agendado para o próximo dia 23 de Novembro, pelas 20 horas, no pavilhão Império Bonança.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 14:00

Novembro 13 2011

De acordo com o diário Marca, o Benfica está interessado no lateral direito Montoya, da equipa B do Barcelona. 
O jogador de 20 anos, em final de contrato com o emblema catalão, já recebeu uma proposta para prolongar o vínculo aos culé, porém, não está certo que a permanência em Camp Nou seja a melhor solução para a sua carreira.

Segundo o diário madrileno, são vários os clubes atentos à evolução da situação do lateral direito no Barcelona e dispostos a entrar em acção em Janeiro, mês a partir do qual o jogador poderá negociar uma eventual transferência. 

Diz a Marca que o defesa decidirá nos próximos dias se aceita a proposta de renovação ou se opta por rumar a outras paragens. 
Montoya foi convocado em Agosto último por Vicente del Bosque, para os jogos da selecção espanhola com Chile e Liechtenstein.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:18

Novembro 13 2011

O central adaptado a lateral-direito considera que aproveitou da melhor forma a oportunidade para mostrar serviço no particular com o Galatasaray, em Genebra, que terminou com a vitória (2-0) do Benfica. 

«Encarámos este jogo com imensa seriedade para podermos honrar este símbolo que defendemos. Não entrámos bem, mas isso é normal porque não temos jogado muito e demorámos um pouco a entrar no ritmo. Mas na segunda parte entrámos bem, marcámos dois golos e controlámos, embora com uma ou outra quebra de ritmo», disse Miguel Vítor, que abriu o marcador em Genebra.

«Estou feliz por ter ajudado a equipa. Não é o meu forte mas, sempre que posso, tento chegar ao golo», prosseguiu o central, pronunciando-se ainda sobre os elogios de Jorge Jesus: «É muito bom o treinado reconhecer o nosso trabalho. Dou o meu melhor nos treinos e, nas oportunidades que tenho, vou continuar a trabalhar para conquistar o meu espaço na equipa.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:14

Novembro 13 2011

Javi García acusou ontem Alan de ter «pouca credibilidade». Em entrevista ao Expresso, o médio do Benfica voltou a desmentir o jogador do SC Braga, que, na última segunda-feira, no dia seguinte ao jogo, acusou o espanhol de lhe ter proferido insultos racistas. 

«Vivo no século XXI, onde não faz sentido falar de raças ou religiões! É uma acusação pouco credível, mas que danifica a minha imagem. Tenho amigos de cor e de outras religiões. O Alan disse aquilo para magoar-me», disse Javi García ao semanário português de maior tiragem: «Não provoquei e não lhe chamei aquilo. Mas nunca teria uma atitude como a dele: ir chorar para a imprensa. Estive a pensar e a falar com uns amigos meus e a única coisa que vejo é uma manobra para nos desestabilizar.»

Na origem de toda esta polémica pode estar, segundo Javi García, «alguma fixação» que Alan possa ter pelo centro-campista encarnado: «Não é a primeira vez que temos um problema. Às vezes, não percebo o que se passa com o Alan (...) Para mim, o futebol é simples: são 90 minutos nos quais podes dar ou levar pancada, podes ganhar ou perder, mas no final respeitas o adversário e vais com a tua família jantar para aproveitar a vida. As coisas ficam dentro de campo. É um código de honra (...) Se todos viessem para a imprensa contar o que se passa dentro de campo, os jornais traziam polémicas diariamente.»

Ainda no rescaldo do jogo com os bracarenses, e sobre «as coisas do outro Mundo» referidas por Artur no Estádio Axa, o espanhol lembrou que «não é todos os dias que a luz se apaga e se acende três ou quatro vezes num jogo».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:21

Novembro 13 2011

O treinador do Benfica diz que recebeu bons sinais dos jogadores que têm sido menos utilizados mas que contribuiram, sábado, para a vitória (2-0) no particular com o Galatasaray.

«O objectivo era dar minutos de jogo e competitividade aos menos utilizados, frente a uma boa equipa, e os jogadores corresponderam. Vencer é sempre importante mas, mais do que isso, foi ver que estes jogadores têm as mesmas ideias dos restantes companheiros. Fizeram um jogo com alguns momentos de qualidade e deram-me sinais de que posso contar com eles», disse Jorge Jesus no final do encontro em Genebra.

«Estes jogos também servem para lançar jovens. Lançámos três juniores, além do Rúben Pinto e do Luís Martins que estão connosco no plantel principal. O Benfica quer apostar cada vez mais nos jovens para termos uma mística forte no futuro», prosseguiu o treinador, assegurando que alguns dos jogadores utilizados este sábado vão defrontar a Naval, para a Taça de Portugal, competição na qual o Benfica tem «a ambição de chegar à final».

Na altura de destacar os melhores em campo diante o Galatasaray, Jesus falou de Miguel Vítor e Saviola: «O Miguel esteve muito bem. Alias, ao intervalo dei-lhe os parabéns. Não é um lateral-direito e, portanto, a criatividade não é o seu forte. Mas esteve muito bem, perfeito tacticamente e a defender. O Saviola também esteve bem nos 90 minutos. Os jogos e os golos dão confiança e o Saviola é um jogador importante na manobra ofensiva da equipa. Nos últimos jogos, não tem estado tão bem mas também não tem jogado tanto. De qualquer forma, mostrou que é um jogador que continua motivado, apaixonado e com uma qualidade de jogo acima da média.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:09

Novembro 13 2011

Luiz Felipe Scolari atribui «a um jogo de empresários» a notícia segundo a qual Saviola teria sido oferecido ao Palmeiras. 
«É mentira. É um jogo de empresários para promover nomes à custa do Palmeiras. Devem ter visto o comunicado do Benfica sobre Saviola, dizendo que jamais foi oferecido a qualquer empresário que não seja do Benfica. Portanto, são empresários que utilizam o meu nome em benefício próprio», esclareceu o treinador em declarações ao site paraguaio D10, tendo desmentido, igualmente, uma suposta oferta de Roque Santa Cruz ao clube brasileiro.
«Os empresários querem ganhar visibilidade através de mentiras, é uma forma de agir que repudio totalmente», atirou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 07:58

Novembro 13 2011
publicado por Benfica 73 às 06:38
Tags:

Novembro 13 2011

From: Domingos Amaral

To: Jorge Jesus

Caro Jorge Jesus

Com 18 jogos oficiais realizados, o que podemos dizer sobre o nosso Benfica? Ao contrário do ano passado, começámos bem. Bem nos playoff da Champions, qualificando-nos para a fase de grupos, onde também avançámos bem. E bem no campeonato e na Taça de Portugal.

Temos 12 vitórias – 7 na Liga, 4 na Champions e uma na Taça – e 6 empates – 4 na Champions e 2 na Liga. Marcámos muitos golos e talvez tenhamos sofrido mais do que devíamos, mas até hoje não perdemos, partilhando com o Barça o título de únicas equipas sem derrotas na Europa. E dos empates, apenas dois foram desagradáveis, contra Gil Vicente e Basileia em casa, e dois deles foram importantes, contra FC Porto e Manchester.

A equipa conseguiu isto graças a um excelente guarda-redes, Artur, que rapidamente fez esquecer o trauma Roberto, e uma defesa formada por Maxi, Luisão, Garay e Emerson que só pontualmente, por castigo ou lesão, foi alterada. Quanto ao meio-campo, é sempre mais seguro (uma dupla, com Javi ou Matic e Witsel), ou então é seguro e criativo, quando se lhe junta Aimar. E o ataque é produtivo, embora viva de pequenos ciclos de protagonismo individual – primeiro Nolito, depois Gaitán, Cardozo, Bruno César e agora Rodrigo.

Contudo, os últimos três jogos foram fracotes. Contra Beira-Mar, Olhanense e Basileia, a equipa esteve menos dinâmica e inspirada. Embora sem melodramas, chegamos a Braga mais perros do que desejaríamos. O jogo na Pedreira irá esclarecer se continuamos perros ou se metemos o turbo. Seja como for, evitaram-se os múltiplos erros iniciais do ano passado, e isso já é muito bom.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 03:21

Novembro 13 2011

O avançado brasileiro Kevin Kuranyi, naturalizado alemão, teve entrada ao melhor estilo de karaté no derby de Moscovo entre Dínamo e Spartak, que terminou empatado a uma bola. 
Kuranyi levantou o pé para segurar a bola e atingiu o defesa Sergei Parshivlyuk, que teve de receber assistência. Veja o vídeo.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 02:16

Novembro 13 2011

RECORD – A experiência no Servette tem sido proveitosa
RODERICK – Sim, estou a gostar bastante. Estou a viver noutra cultura, a aprender a estar sozinho e a jogar noutro campeonato, o que me tem feito crescer. Esperava jogar o mais possível e, felizmente, isso tem acontecido.

R – Após uma época em que jogou pouco, sentiu a diferença de andamento?
R – Inicialmente, senti-me um pouco inadaptado, mais por causa da língua, pois não compreendia os meus companheiros. Mas já consigo comunicar dentro e fora do campo. De resto, devido ao Mundial de Sub-20, já vinha com preparação

R – Como é que surgiu a oportunidade de vir para a Suíça?
R – Antes do Mundial, já se falava do Servette. Quando voltei da Colômbia, entendi que seria a melhor opção. Queria era jogar e, na conversa que tivemos, o míster João Alves, que foi meu treinador nos juniores do Benfica, disse-me que este era o melhor sítio para jogar e evoluir. Foi a decisão acertada.

R – No Benfica, deram-lhe alguma opinião?
R – Deram. Disseram-me que seria mais proveitoso sair, para rodar e evoluir. Falei com António Carraça, que me aconselhou a vir. Ficando no plantel, teria pouco espaço. Nesta fase da carreira, o mais importante é jogar.

R – Em que medida é que o Servette o tem ajudado a evoluir?
R – De jogo para jogo, sinto que estou a evoluir e a aumentar a minha produtividade. O míster e outras pessoas dizem que estou cada vez melhor, errando menos. Sou mais agressivo a jogar, que era uma das minhas lacunas. O bom do empréstimo é poder evoluir, para que no próximo ano, quem sabe, discutir um lugar no Benfica.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 01:39

Novembro 13 2011

Fatih Terim queria ter reencontrado Rui Costa e Nuno Gomes em Genebra, onde disputou particular com o Benfica. Derrota (0-2) não é importante. 
«O resultado não importa. Tal como o Benfica, temos muitos jogadores nas selecções. O importante era competir, ganhar ritmo. Foi um treino exigente frente a uma boa equipa, uma equipa de Champions», disse Terim, no final do encontro, lamentando o facto de não ter encontrado Rui Costa, director desportivo, e Nuno Gomes, ex-avançado do Benfica, com quem trabalho em Itália.
«Gostava de ter reencontrado o Nuno Gomes e o Rui Costa mas já sei que o Rui não veio e que o Nuno agora joga no Braga», atirou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:24

Novembro 13 2011

Luís Filipe Vieira, inaugurou este sábado a casa número 206 do Benfica, em Alcains. Adolfo, ex-jogador e ex-treinador do Alcains, e Fernando Chalana acompanharam a inauguração. 

Vieira foi recebido no auditório do museu do Canteiro, no solar Ulisses Pardal, dando a tónica para o discurso do almoço, já em Castelo Branco: a crise também está a chegar ao futebol. «Temos os pés bem assentes no chão e não queremos pôr a instituição em perigo com alguma megalomania.»

Já no almoço, deu então conta dos cuidados que o clube começará a ter: «No Benfica estamo-nos a preparar para enfrentar a tempestade. Os próximos anos vão ser duríssimos do ponto de vista económico, estamos a sentir dificuldades e elas vão agravar-se.»

«Vamos enfrentar a tempestade. Sabemos que vamos ter que manter o mesmo rigor, mas mesmo assim vamos ter de investir menos», avisou, «há um valor inegociável neste clube, a credibilidade. O nosso sucesso é continuar a manter o Benfica como um clube com futuro. Quando falo de dificuldades não é para dar desânimo, é para vos alertar para as necessidades de redobrar esforços, mas a crise não pode ser um pretexto para desistir», completou.

Como curiosidade, Rogério Martins, presidente da Mesa da Assembleia Geral do Núcleo sportinguista de Alcains, foi convidado para o almoço e até discursou. «Adversários sim, inimigos, nunca», disse.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:03

BENFICA 73
contador grátis
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...