Outubro 18 2011

Artur – Excelente, excelente, excelente… Este é o homem que dá pontos, ou melhor, este é o homem que tem dado pontos. Esta noite Artur não foi grande, foi enorme!

 

Maxi – Boa primeira parte com algumas subidas onde ajudou no ataque. Na segunda parte pareceu-me mais preocupado em defender, talvez ordens trazidas ao intervalo dadas pelo treinador. Pena a sua lesão a poucos minutos do final do jogo.

 

Luisão – Grande jogo do capitão do Benfica, onde mais se temia que era o jogo aéreo dos suíços, esteve sempre muito atento não dando nenhuma oportunidade ao adversário.

 

Garay – À semelhança de Luisão, o argentino esteve impecável. É pura classe no relvado, até nos cortes que efectua, os faz com elegância.

 

Emerson – Talvez o jogador do Benfica que esteve menos bem. Começou bem o jogo mas aos poucos foi sendo surpreendido pelo adversário que lhe aparecia à frente. Desperdiçou uma grande oportunidade de fazer o segundo golo. Ao acabar o jogo, inocentemente permitiu-se expulsar, o que demonstra ainda alguma falta de maturidade.

 

Javi Garcia – Para quem vinha de uma lesão, Javi esteve bastante bem. Ainda se notou que não está bem fisicamente mas o trabalho que se espera dele, ele o garante sempre.

 

Witsel – É o homem dos equilíbrios dentro da equipa, pois defende e bola recuperada é no belga que se inicia a jogada de ataque. Quando for mais rápido a soltar a bola estamos perante um jogador de craveira mundial onde poderá alinhar em qualquer equipa de top.

 

Bruno César – Lá fez o golo da ordem. Está atravessar um bom momento de forma, justificando plenamente a sua titularidade. Acredito que ainda tem muito mais para mostrar. Acabou o jogo quase de rastos e a defesa esquerda devido à expulsão de Emerson.

 

Gaitán – O que mais me custa em Gaitán é saber que ele é muito melhor jogador do que por vezes mostra, e hoje foi uma dessas vezes. Quem olha para o argentino fica com a ideia que está ali a fazer um frete. Quanto ao jogo, esteve bem mas podia ter sido bem melhor, teve, se não me engano, dois golos nos pés que desperdiçou.

 

Aimar – Boa primeira parte, onde cumpriu bem o papel de maestro. Na segunda parte teve uma excelente oportunidade para marcar quando surgiu isolado frente ao guarda-redes.

 

Rodrigo – A sua inclusão no onze inicial foi a surpresa da noite proporcionado por Jorge Jesus. Sempre muito activo na frente de ataque, teve a inteligência de deixar a bola para o golo de Bruno César. Gostei muito da sua exibição, deixando água na boca para o que pode ainda fazer ao serviço do Benfica.

 

Nolito – Entrou a substituir Aimar e para mim não entrou bem no jogo. Pareceu nervoso e para sustentar isso mesmo, é só repararmos na sua primeira falta que faz.

 

Cardozo – Que dizer do paraguaio, tenham cuidado, ele é perigoso, ele é o Óscar Tacuara Cardozo… Tacuara saiu do banco para fazer o que bem sabe fazer, golos…

 

Jorge Jesus – O treinador do Benfica conseguiu hoje surpreender o adversário e até os adeptos ao deixar Cardozo no banco, fazendo entrar de inicio Rodrigo. Esteve bem na táctica que escolheu, onde verificámos, salvo uma excepção naquela falha de Emerson quando tentava rematar à baliza e perdeu a bola, que nunca a defesa do Benfica foi surpreendida. O ponto negativo, a sua expulsão escusada, ainda por cima quando estava nos instantes finais e a ganhar por 2-0. Jorge Jesus vai ter agora de arranjar um lateral esquerdo, já que Capdevilla não está inscrito na Liga dos Campeões.


Nota Final – Uma vitória inteiramente justa do Glorioso, onde demos um grande passo para pelo menos garantirmos o segundo lugar no grupo. Pontos negativos foram 3, a saber: lesão de Maxi, expulsão de Emerson e expulsão de Jorge Jesus.

publicado por Benfica 73 às 23:18

Outubro 18 2011

Um Benfica na máxima força ataca hoje o primeiro lugar, isolado, do Grupo C da Liga dos Campeões, partindo para a segunda volta em posição privilegiada de se qualificar para os oitavos-de-final da competição.

O St. Jakob-Park, onde Portugal foi eliminado (2-3) pela Alemanha nos quartos-de-final do Euro’2008 e o Sporting venceu em duas ocasiões , também há três anos (3-0, para a Taça UEFA; 1-0, para a Champions), é hoje palco da cimeira de líderes. Basileia e Benfica têm o mesmo número de pontos (4), por terem empatado com Manchester United e derrotado o Otelul Galati. No entanto, o conjunto agora orientado por Heiko Vogel segue na frente, graças aos golos marcados (5 contra 2 das águias).

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:55

Outubro 18 2011

O Basileia sofreu há poucos dias o pior revés que poderia sofrer, com a saída do treinador alemão Thorsten Fink para o Hamburgo, deixando uma herança pesada nas mãos do adjunto Heiko Vogel. No campeonato não começaram da melhor maneira, mas Vogel quererá dar frente ao Benfica continuidade aos bons resultados na Liga dos Campeões, sobretudo depois do excelente empate alcançado diante do Manchester United em Old Trafford há 15 dias.

Contudo, o alemão manterá a tónica: defesa certinha e talento e arte de sobra do meio-campo para a frente, fatores que permitem à equipa chegar aos dois jogos com o Benfica com a possibilidade de garantir já o apuramento para a fase seguinte.

Experiência no ataque. O Basileia joga num 4x4x2 maleável, apostando no talento de miúdos como Xherdan Shaqiri e Fabian Frei e na experiência de Huggel, Streller e Alexander Frei (maior figura da equipa, na foto) para desequilibrar, pois tem vários elementos a saber jogar nas linhas ou por dentro, conforme as lacunas que o adversário apresentar. O experiente Huggel é o médio-defensivo e, mais fixo, dando espaço à criatividade de Shaqiri, que flete para o meio e deixa Cabral subir pelo flanco direito.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:52

Outubro 18 2011

Heiko Vogel assumiu o comando do Basileia há apenas seis dias e tem já jogo na Liga dos Campeões. O substituto de Thorsten Fink reconhece, por isso, que é com grande expectativa que está a abordar o encontro com o Benfica. 
«Sinto enorme expectativa para este jogo. Sabemos que o Benfica é um clube de grande tradição e que atravessa muito bom momento. Mas nós jogamos em casa e vamos fazer o nosso jogo, de forma a aproveitar as oportunidades que tivermos», afirmou Vogel.
O treinador, de resto, não quis falar muito sobre o facto de ter sucedido a Fink [mudou-se para o Hamburgo]. «Se falarmos muito disso, não vamos fazer justiça a este grande jogo. Não estamos a falar de Thorsten Fink ou de Heiko Vogel, mas sim de futebol ao mais alto nível.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:04

Outubro 18 2011
Já estão várias centenas de adeptos em redor ao Estádio St. Jakob-Park, onde o Benfica, às 19.45 horas, irá defrontar o Basileia em jogo da terceira jornada do Grupo C da Liga dos Campeões. 
Os adeptos do Benfica, devidamente equipados com cachecóis e camisolas, estão nos cafés circundantes ao estádio, nos parques e em locais perto do recinto.
Muitos dos adeptos vieram dos países circundantes, como Alemanha, França e de outras cidades da Suíça, com Berna e Geneve.
Fonte: A Bola
Adeptos do Benfica vão passando o tempo
Adeptos do Benfica
Adeptos do Benfica satisfeitos
 
publicado por Benfica 73 às 16:37

Outubro 18 2011

Em entrevista à rádio espanhola Cadena SER, o médio Javi García elogiou a política de contratações dos encarnados, mostrando-se ainda confiante para a luta pelo título nacional. Antes de começar a falar, o médio das águias recebeu elogios por parte dos jornalistas da referida estação, que o compararam a Busquets e Xabi Alonso.

"Na temporada passada, o FC Porto fez algo inigualável. Penso que será muito difícil repetir... Nos primeiros jogos perdemos muitos pontos, algo que não é normal. Nesta temporada penso que temos um plantel muito mais competitivo e completo. O clube contratou muito bem, trouxe jogadores de qualidade internacional. Fizeram uma grande aposta e o resultado por agora é positivo. Temos jogadores em todas as posições que podem render a bom nível", admitiu.

"Vai ser uma temporada bonita. O Sporting também contratou bons jogadores, está na luta connosco e esperemos que seja uma grande temporada", confessou.

"Não é fácil ganhar nenhum jogo em Portugal. Os treinadores portugueses são muito táticos, conhecem bem os adversários, e veremos que conseguiremos bater o FC Porto. Será muito difícil para eles manter o nível da temporada passada e temos de esperar para o final para ter o título que tanto desejamos", concluiu.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 14:49

Outubro 18 2011

Simão Sabrosa esteve a um pequeno passo, no último defeso, de regressar a Alvalade e, sabe o DN, este é um processo que ainda não morreu, podendo ser reatado no próximo mês de Janeiro quando o mercado reabrir. 
O extremo deu preferência ao Benfica, treinador não mostrou interesse. Nos últimos meses, o futebolista tem falado com Godinho Lopes mas reacção dos adeptos é problema a resolver. 
O internacional português, nas conversas que manteve regularmente com Godinho Lopes, com quem mantém uma boa relação, fez ver que queria sair da Besiktas e que a questão salarial não era um problema. 
Por outro lado Simão tinha de consultar o Benfica, pois fez uma promessa a Luís Filipe Vieira de que os encarnados seriam sempre a sua prioridade quando voltasse a Portugal. 
E isso foi feito, tendo sido comunicado a Simão que Jorge Jesus não via com bons olhos a sua contratação. 

Fonte: A Bola/DN

publicado por Benfica 73 às 13:45

Outubro 18 2011

Jorge Jesus pode igualar terça-feira o sueco Sven-Goran Eriksson na liderança do "ranking" de treinadores do Benfica com mais vitórias nas taças europeias de futebol, caso triunfe face ao Basileia, na Suíça.

Se vencer os helvéticos, na sua terceira época no cargo, Jesus soma o 20.º triunfo, ao 35.º encontro, enquanto escandinavo alcançou as duas dezenas de vitórias ao 38.º jogo e já na quinta temporada na Luz. Sven-Goran Eriksson acabaria com 39 jogos (máximo do clube) e duas presenças em finais, primeiro da Taça UEFA (1982/83), na sua primeira passagem, e depois da Taça dos Campeões (1989/90), na segunda e última.

Entre as 20 vitórias de Eriksson, destaque para as conseguidas no reduto da AS Roma (2-1, com um "bis" de Filipovic), em 1983, e do Arsenal (3-1 após prolongamento, com dois tentos de Isaías e um de Kulkov), em 1991.

Para a história, entrou também o seu 16.§ triunfo, obtido a 18 de abril de 1990, na Luz, face ao Marselha (1-0), que valeu a presença na final da Taça dos Campeões: sobre o final, o angolano Vata marcou com a mão... o árbitro não viu.

O primeiro sucesso aconteceu a 15 de setembro de 1982, na Luz, frente ao Betis de Sevilha (2-1), e o derradeiro aconteceu no mesmo local, tendo a vítima sido o Dínamo de Kiev, goleado por 5-0, a 01 de abril de 1992.

No que respeita a Jorge Jesus, as suas duas primeiras épocas ao serviço dos "encarnados" podem considerar-se muito positivas em termos de provas europeias, face à presença nos quartos de final e nas meias da Liga Europa.

Em 2009/2010, na segunda prova da UEFA, os "encarnados" chegaram aos

"quartos", fase em que caíram perante o Liverpool, e, um ano volvido, atingiram as "meias", sendo eliminados pelo Sporting de Braga, isto depois de uma desastrosa fase de grupos da "Champions".

Jesus, que se estreou a ganhar face ao Vorskla Poltava (4-0, na Luz), a 20 de agosto de 2008, já se pode orgulhar de ter goleado o Everton (5-0, na Luz) e selado o primeiro triunfo do Benfica na Alemanha (2-0 em Estugarda).

A 19.ª e até agora última vitória do atual técnico do conjunto da Luz aconteceu a 27 de setembro, em Bucareste, face ao Otelul Galati (1-0), sendo apenas a segunda fora da história dos "encarnados" na fase de grupos da "Champions".

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:53

Outubro 18 2011

O pontapé de saída do jogo com o Basileia está marcado para as 19.45 horas, mas são já muitos os emigrantes portugueses e adeptos do Benfica que animam as ruas daquela cidade helvética.

Serão cerca de quatro milhares de adeptos lusos que mais logo vão marcar presença nas bancadas do St. Jakob-Park, cuja lotação (36 mil lugares) deverá esgotar para a recepção às águias.

Ainda alheio ao fervor que já se vai sentindo nas ruas de Basileia, o plantel do Benfica realizou, esta manhã, um ligeiro treino de descompressão nas imediações da unidade hoteleira onde a comitiva encarnada se encontra instalada.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:25

Outubro 18 2011

O árbitro húngaro Viktor Kassai foi nomeado pela UEFA para dirigir o encontro entre o Benfica e o Basileia, na próxima terça-feira, referente à terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. 
Gabor Erös e György Ring são os árbitros assistentes para o encontro que terá lugar no Estádio St. Jakob-Park, em Basileia, a partir das 19.45 horas.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:09

Outubro 18 2011

Além dos comentários sobre a realidade que vive em Lisboa, Javi García falou ainda do jogo de terça-feira, diante do Basileia, a contar para a 3.ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões.

"Parece-me que será um grupo que será discutido até final. Agora temos dois jogos com o Basileia, penso que são mesmo duas finais. Não podemos ter a certeza absoluta, mas o Manchester United será um dos dois que passará aos 'oitavos' e tudo será decidido entre nós e Basileia", disse, em entrevista à Cadena SER.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:25

Outubro 18 2011

Referência no ataque do Basileia, Marco Streller diz que à sua equipa cabe claramente papel de «outsider» na partida frente ao Benfica. 
«Não temos papel inferior, mas claramente que somos os outsiders frente ao Benfica. É uma equipa de topo, com muita classe individual. Se não tivermos um desempenho idêntico ao do jogo com o Manchester United [empate em Old Trafford, 3-3], não teremos hipóteses», referiu Marco Streller.
«Já mostrámos que podemos lutar com os melhores e vamos tentar voltar a fazê-lo», vincou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:40

Outubro 18 2011

Jesus pode igualar Artur Jorge. Koeman na mira. Duas campanhas para Jorge Jesus. 
A melhor participação do Benfica numa fase de grupos da Liga dos Campeões (desde 1991/92) aconteceu em 1994/95, quando os encarnados, então treinados por Artur Jorge, arrancaram sete pontos nos primeiros três jogos. Hoje, se o Benfica bater o Basileia, fará os mesmos sete pontos nos três jogos iniciais. Jorge Jesus pode, pois, igualar Artur Jorge nesta variante estatística.

Jesus é, por outro lado, o primeiro treinador do Benfica a disputar duas campanhas na Liga dos Campeões. Eriksson, Artur Jorge, Graeme Souness, Ronald Koeman, Fernando Santos e José António Camacho são os restantes técnicos que orientaram os encarnados na actual versão da mais importante prova de clubes da UEFA. Jesus esteve nas campanhas de 2010/11 e de 2011/12.

O melhor rendimento numa fase de grupos aconteceu também em 1994/95, quando somaram 12 pontos em seis jogos. Uma vitória e um empate frente a cada um dos três adversários: Anderlecht (3-1 e 1-1), Steaua de Bucareste (2-1 e 1-1) e Hajduk Split (2-1 e 0-0). O Benfica seria, depois, eliminado na fase seguinte pelo AC Milan: derrota por 0-2 em Milão, 0-0 em Lisboa.

Uma vitória hoje em Basileia será passo significativo rumo ao objectivo de chegar aos oitavos-de-final da prova. Depois, Jesus quererá pelo menos igualar a campanha de 2005/06 (com Ronald Koeman) quando o Benfica chegou aos quartos-de-final.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:19

Outubro 18 2011

Roderick Miranda muito provavelmente não vai estar nas bancadas do St. Jakob-Park, amanhã à noite, para ver o Benfica em ação na 3.ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões. Entre Basileia e Genebra distam quase 3 horas de viagem e, na quarta-feira de manhã, tem treino no Servette. Como tal, não pode comprometer o descanso. Mas o defesa-central que os encarnados emprestaram ao Servette aposta no sucesso do Benfica.

“É difícil prognosticar um resultado, mas acredito que o Benfica vai vencer por 2-0. Cardozo e Luisão vão marcar os golos”, refere, a Record, o defesa, de 20 anos, que Jorge Jesus lançou na equipa principal dos lisboetas, em 2009/10, num encontro com o AEK Atenas, para a Liga Europa. O jogador justifica: “O Cardozo é um jogador habituado a marcar e fatura quase sempre. Já o Luisão costuma marcar em jogos complicados, nomeadamente em lances de bola parada, onde normalmente é muito perigoso. Este é um ponto que o Benfica tem de saber aproveitar.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:19

Outubro 18 2011

Nos cofres da Suíça estão guardadas duas jóias: a liderança do grupo C e mais 800 mil euros em caso de vitória. Encarnados já encaixaram 10,5 milhões de euros da UEFA em 2011/12. 

Uma das receitas para combater a crise é olhar para onde estará a solução. A Suíça, país da banca, pólo financeiro da Europa, guarda muitos dos tesouros mundiais e é daqui que os encarnados pretendem arrecadar duas jóias preciosas, em caso de vitória: a liderança e mais 800 mil euros.

A equipa de Jorge Jesus não vive uma crise de resultados, é certo, e também não está com a corda na garganta em termos financeiros, mas quer mais, sempre mais, e o solo helvético é olhado como um pequeno El Dorado.

O Basileia está em primeiro lugar do grupo C, com quatro pontos, fruto da vitória sobre o Otelul Galati (2-1, em casa) e do inesperado empate (3-3) frente ao Manchester United, em Old Trafford. Tem os mesmos pontos que o Benfica (quatro) mas está em vantagem devido ao maior número de golos marcados (5-4 contra 2-1). 

Perante o quadro actual, uma vitória no St. Jakob-Park daria a liderança isolada aos benfiquistas, que tão bem e (surpresa!) tem estado protegida nos cofres suíços. Mais: o primeiro lugar do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões é algo invulgar nos últimos tempos. Ocupou este posto na época passada, mas apenas após a primeira jornada (vitória sobre o Hapoel Televive, no Estádio da Luz), numa campanha que viria a redundar no terceiro lugar do grupo e consequente passagem à Liga Europa.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 07:35

Outubro 18 2011
publicado por Benfica 73 às 07:22
Tags:

Outubro 18 2011

Caro Jorge Jesus: a nossa relação começou em amor e vai percorrendo os difíceis trilhos do desamor, às vezes profundo. Outras toca a raiva, outras a bonança. E estes têm sido tempos bons para o Benfica. Mas... há sempre uns “mas”.

A nossa defesa, JJ. O Artur é uma muralha quase invencível. O Garay, que ainda este fim-de-semana disse que o fazes sentir importante, faz uma bela dupla com o Senhor Capitão. Mas o que é que se passa quando ficam todos parados a ver a bola passar e o adversário marcar (ou tentar)? Estas “brancas amnésicas”, como lhes chamo, custam-nos o primeiro lugar isolado, porque o FCP tem uma defesa bem menos batida que a nossa. Este é o meu principal “mas”.

Preocupa-me também o rendimento do Witsel. Tem potencialidades de herói, mas tem perdido combatividade. E vê lá se pões o Javi a dar umas lições valentes ao Matic, que o miúdo faz-se mas ainda não faz o lugar. E o Capdevila, confessa lá, o que é que tens contra o campeão de tudo o que há para “campeonar”? O Emerson não tem falhado, mas caramba, míster, estamos todos à espera para ver o espanhol.

No meio-campo, parabéns. Genuínos. Deste ao Aimar a única coisa que ele precisava para ser o verdadeiro “El Mago”: condição física. Não sei como é que conseguiste esse milagre, mas está conseguido. Também te tiro o chapéu quanto ao Gaitán: quando não dávamos nada por ele, acreditaste. O problema é que o rapaz gosta mais da esquerda do que eu de gelado de chocolate. E o Nolito e o Chuta-Chuta são concorrência dura. Por fim, o Cardozo. É notório que não posso com ele. Queria ver-te ser um treinador raçudo e dar ao Rodrigo e ao Nélson Oliveira – a este, a este – oportunidades reais. Talvez fizéssemos temporariamente as pazes.

Jesus, o nosso amor não tem volta. Mas enquanto dominarmos as estatísticas de ataque, com 18,6% de golos por remate, e tivermos o 1.º lugar e a Champions, o nosso convívio é menos difícil. Bom trabalho, míster.

Autor: MARTA REBELO

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 01:02

Outubro 18 2011

O primeiro foi de Van Hooijdonk, o último de Higuaín. O primeiro grande goleador de Mourinho foi João Tomás: 9 golos no Benfica.
Parece que foi ontem, mas já foi há mais de 11 anos. A 28 de Setembro de 2000, num Benfica-Halmstads (2-2) a contar para a Taça UEFA, corria o minuto 24 quando o holandês Pierre Van Hooijdonk enfiou a bola na baliza de Svensson e fez o 1-0. Era a primeira vez que, como treinador principal, Mourinho festejava um golo. Daí para cá, o actual treinador do Real Madrid teve mais 999 alegrias.

O primeiro grande goleador de José Mourinho não foi, no entanto, Van Hooijdonk. Este apontou, apenas, quatro golos em dez jogos com Mourinho. O maior goleador do futuro special one seria um jogador que ainda ontem, pelo Rio Ave, marcou dois golos: João Tomás. Marcou nove golos em nove jogos do Benfica de Mourinho.

Seguiram-se outros jogadores marcantes como goleadores do treinador de Setúbal: o brasileiro Derlei, o sul-africano McCarthy, o português Hélder Postiga ou o lituano Jankauskas. De ver e rever são também os três golos da final de Sevilha da Taça UEFA: Derlei (45 m), Alenitchev (53 m) e Derlei (114 m). Ou os três da final de Gelsenkirchen: Carlos Alberto (39 m), Deco (71 m) e Alenitchev (75 m). Ou os dois da final de Madrid: Milito (35 e 70 m). Ou o de Costinha em Old Trafford, frente ao Manchester United (88 m).

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:25

BENFICA 73
contador grátis
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...