Setembro 28 2011

Em final de contrato com o Benfica, Maxi Pereira reitera o desejo de prolongar o vínculo e continuar de águia ao peito. 
«Sinceramente, não sei de nada. Estou a aguardar. A única certeza é que tenho contrato até ao final da época. Vamos esperar para ver o que acontece», disse o lateral uruguaio, após o jogo com o Otelul Galati.
«Estou feliz, quero continuar. Penso que está tudo bem encaminhado para que assim seja», indicou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:40

Setembro 28 2011

Aposta ganha. Jorge Jesus congratula-se com a aposta em Bruno César para o onze que iniciou o jogo com o Otelul Galati. «Está a mostrar o que é como jogador», diz o treinador. 

«Fiz muito bem em lançar o Bruno César, fez um excelente jogo e acabou por marcar o golo que nos deu a vitória. Está a mostrar o que é como jogador», realça Jesus.
«É importante que todos os jogadores sintam que são úteis à equipa e estejam preparados para serem lançados no jogo», acrescenta.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:19

Setembro 28 2011

Jorge Jesus assume sem rodeios que o empate (3-3) entre Manchester United e Basileia, em Old Trafford, veio baralhar as contas do apuramento. 
«Disse na projecção do grupo que seria uma luta a quatro pelo apuramento. Com os resultados desta noite penso que vai ser uma luta a três. O Basileia, face à sua pontuação e ao empate em Old Trafford, fica numa posição privilegiada na classificação, pois empatou num campo de risco», salientou, admitindo que «preferia a vitória do Manchester United».
Para Jorge Jesus, é prematuro pensar já nos jogos com o Basileia.
«Cada jogo tem a sua história. Sábado defrontamos o Paços de Ferreira e não sabemos o que vai acontecer depois desse jogo. Hoje notou-se algum cansaço em alguns jogadores nos últimos minutos», realçou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:14

Setembro 28 2011

Jorge Jesus aplaude a exibição do Benfica na primeira parte do jogo com o Otelul Galati. Sublinha a importância dos três pontos conquistados na Roménia. Admite que preferia a vitória do Manchester United sobre o Basileia. 

«O Benfica não teve dificuldades no jogo, foi muito forte na primeira parte, teve posse de bola e controlou o jogo. O Galati praticamente não teve uma situação ofensiva, a não ser de bola parada. É verdade que a equipa não foi tão eficaz na circulação de bola na segunda parte. No entanto, o Galati só criou algum perigo no minuto 90, num lance em que o Artur deixou ressaltar a bola para a frente», analisou o treinador dos encarnados.

Jorge Jesus reconheceu que a vantagem de um golo é sempre perigosa – «estamos sujeitos a sofrer um golo, o que seria uma injustiça», referiu –, sublinhando todavia que «o que importava era somar os três pontos».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:53

Setembro 28 2011

Poucas vezes chamado a intervir, Artur acabou por ser decisivo para o triunfo do Benfica na Roménia. «Estes jogos são os mais difíceis», considera. 
«Foi um jogo de pouco trabalho mas muita concentração, estes são os jogos mais difíceis. O adversário praticamente não chega à nossa baliza e quando o faz pode marcar. Graças a Deus consegui evitar o empate perto do fim, num lance em que tinha muita gente à minha frente», congratula-se.

Artur diz que as águias poderiam ter construído um resultado mais dilatado diante do Otelul Galati, mas lembra que «na Champions nem sempre se consegue o pretendido». 

«O importante foi vencer. O empate no jogo entre o Manchester United e o Basileia permite-nos pensar na liderança do grupo», destaca.
«Temos de preparar com concentração muito grande os jogos com o Basileia, que já mostrou que vai lutar por um lugar na próxima fase», alerta.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:37

Setembro 28 2011

Bruno César, autor do golo que permitiu ao Benfica vencer na Roménia, diz que os encarnados poderiam ter construído um resultado mais dilatado e evitado o «sufoco» na recta final do encontro. 

«É sempre difícil vencer fora de casa, independentemente do adversário. Fico feliz pelo golo e por ter ajudado a equipa a somar os três pontos. É sempre bom vencer fora e somar pontos», sublinha o médio brasileiro.

«Devíamos ter revelado mais tranquilidade na frente e acabado com o jogo com o segundo e o terceiro golos. Podíamos ter evitado o sufoco no final», argumenta, apontando como objectivo manter «a sequência de resultados no campeonato português».
«A equipa está mais confiante e isso é importante», destaca.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:15

Setembro 28 2011

Depois do empate na estreia frente ao Manchester United por 1-1, o Benfica venceu na deslocação a Bucareste, onde defrontou o Otelul Galati. Um golo, anotado por Bruno César à passagem dos 40 minutos, foi suficiente para garantir o triunfo da formação encarnada.
Apesar do domínio patenteado logo nos minutos iniciais do encontro, o Benfica sentiu inúmeras dificuldades para chegar com perigo à baliza Grahovac. A excepção aconteceu à passagem dos 12 minutos quando um remate de Witsel foi desviado por defensor contrário para canto.

Passado o primeiro susto, o guião da primeira parte continuou a ser o mesmo: posse de bola para o Benfica e o Galati a tentar jogar em contra-ataque. Os minutos iam passando e a história da partida mantinha-se. 
Até que surgiu o minuto 40: Luisão subiu até ao meio-campo, passou a bola a Gaitán e o médio argentino, com um óptimo passe, encontrou Bruno César que fez jus à sua alcunha e chutou para golo. Resultado que se manteve até ao intervalo.
Superioridade evidenciada nos números, como ilustram os 66% de posse bola e os seis remates, contra zero do Otelul.
Na segunda parte, o técnico do Otelul procedeu a algumas alterações, colocou a equipa mais subida no terreno mas o domínio encarnado manteve-se.
Só aos 63 minutos a formação romena conseguiu chegar com perigo à balzia do Benfica, mas o remate de Flip foi defendido por Artur.
Três minutos volvidos, Bruno César rematou para uma boa intervenção de Grahovac.
A magra vantagem da equipa de Jorge Jesus perdurava no marcador à medida que o jogo ia caminhando para o seu final até que surgiu um lance que poderia complicar as aspirações dos encarnados: remate fortíssimo de Frunza que obrigou Artur à defesa da noite. 
Poucos minutos depois terminava a partida com o Benfica a conseguir a primeira vitória nesta fase de grupos e a co-liderança do grupo com 4 pontos os mesmos que o Basileia, que esta noite empatou a três golos em Old Trafford ante o Manchester United.
Foi também a segunda vitória do Benfica em 22 jogos realizados fora do Estádio da Luz na fase de grupos da Liga milionária, depois do longínquo êxito – na época 2007/08 – sobre o Shakhtar Donetsk (2-1), com um bis de Cardozo.
O triunfo em Bucareste elevou para doze o número de partidas sem perder, em jogos oficiais, do Benfica esta temporada, fruto de cinco empates e seis vitórias.

Fonte: A Bola/ SLB

publicado por Benfica 73 às 08:21

Setembro 28 2011
publicado por Benfica 73 às 08:13
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...