Setembro 11 2011

A equipa de Iniciados A do Sport Lisboa e Benfica foi ganhar, este domingo, ao terreno do Sporting por 0-1, em encontro da 2.ª jornada do Campeonato Nacional da categoria.
Diogo Gonçalves, aos 23 minutos, foi o autor do tento do triunfo “encarnado”. Com este resultado, o Benfica continua na frente da tabela com duas vitórias em outros tantos encontros.
Na próxima jornada, a equipa vai receber o Cultural. O jogo está agendado para as 11 horas do dia 18 de Setembro, no Seixal.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 23:43

Setembro 11 2011
publicado por Benfica 73 às 23:21

Setembro 11 2011
publicado por Benfica 73 às 22:57

Setembro 11 2011

A equipa de futsal do Benfica entrou este sábado com o pé direito no Campeonato Nacional da modalidade, ao vencer no recinto do Modicus por 1-3.

A formação comandada por Paulo Fernandes entrou muito bem no jogo da 1.ª jornada da competição. Com um futsal muito dinâmico, os “encarnados” chegaram relativamente cedo ao primeiro golo. O guarda-redes da casa ainda conseguiu travar o remate de Gonçalo Alves, no entanto, Davi aproveitou a defesa incompleta para facturar (6 minutos).
O segundo tento surgiu numa grande jogada de envolvimento e foi concluída precisamente por Gonçalo Alves, após uma bela assistência de Bruno Coelho (8’).
O domínio benfiquista foi coroado na primeira parte com mais um tento, desta feita apontado por Diego Sol que deu seguimento da melhor forma a um passe de Dentinho (11’).
No segundo tempo, o Benfica controlou as operações, ainda que tenha sofrido um golo a 1m20 do final. Luís Miguel foi o autor do tento.
Na próxima jornada, a equipa orientada por Paulo Fernandes vai receber os Leões de Porto Salvo.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 22:32

Setembro 11 2011

Realizou-se este sábado, no Caixa Futebol Campus, o jogo entre o Benfica e o Belenenses a contar para a 7.ª jornada da primeira fase do Campeonato Nacional do escalão, e as “águias” saíram vitoriosas por 2-0.
O novo treinador João Tralhão viu os seus pupilos entrarem mais fortes, dispondo de várias ocasiões para inaugurar o marcador. Em dois minutos, o avançado Miguel Herlein dispôs de duas oportunidades, mas ambas esbarraram nos postes da baliza dos “azuis”. À passagem do minuto 26, já na pequena área, rematou à barra, para no minuto seguinte, isolado, enviar o esférico à base do poste.
Apesar de dominadores, os “encarnados” não conseguiram qualquer tento na primeira metade e o intervalo chegou com o marcador em 0-0.
A etapa complementar mostrou mais do mesmo e um Benfica mais afoito e a controlar as incidências da partida. À medida que os minutos iam passando, os comandados de João Tralhão iam acumulando uma série de oportunidades desperdiçadas, muito por culpa do guardião do clube da “cruz de Cristo”, que foi adiando o primeiro tento benfiquista.
O minuto 90 acabou por ser de sorte para as “águias”, na medida em que se deu cor ao “placard”. Diego Lopes foi o autor do golo. Aos 90´+2, o avançado Ivan Cavaleiro fechou a contagem, cifrando o resultado no 2-0 final.
A equipa júnior do Sport Lisboa e Benfica disputa a 8.ª jornada da primeira fase do Campeonato Nacional no próximo dia 17 de Setembro, em Oliveira de Azeméis, diante da Oliveirense.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 21:52

Setembro 11 2011

Oscar Cardozo é um caso sério na marcação de grandes penalidade, mesmo que, de vez em quando, a apatia tome conta da sua veia goleadora. Raramente fica sem marcar, de bola corrida ou de penálti.

Desta vez está num bom momento. Tinha marcado ao serviço da seleção do Paraguai, nos últimos dias, e ontem voltou a estar de pé quente. Dispôs de 3 grandes penalidades e concretizou duas delas, contribuindo decisivamente para mais 3 pontos do Benfica. Foi a solução encontrada pela equipa, à falta de inspiração para fazer melhor. Uma crise de inspiração que parece deixar preocupado o treinador do Benfica, Jorge Jesus, mesmo com mais uma vitória alcançada. E o jogador até arrancou aplausos dos fervorosos adeptos do Benfica, com os quais Cardozo não vinha mantendo a relação mais perfeita.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:00

Setembro 11 2011

Gaitán fez uma análise pragmática do triunfo dos encarnados. Lembrando os 3 pontos conquistados, o internacional argentino garante que o resultado alcançado frente ao V. Guimarães vai servir de tónico para o duelo com o Manchester United.

Começando por considerar o resultado justo, o camisola 20 afirma: “Cumprimos o objetivo que era ganhar este jogo em casa e somar mais três pontos. Todos os adversários são difíceis, mas tenho de reconhecer que no final este jogo complicou-se . Como já disse, o mais importante foi vencer pois isso dá tranquilidade à equipa.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 19:16

Setembro 11 2011

Ao contrário do que os responsáveis encarnados esperavam, os números referentes à assistência registada ontem na Luz ficaram abaixo dos 40 mil espectadores previstos. Abaixo, mas pouco. Isto porque as bancadas albergaram 38.917 adeptos (duas centenas viajaram de Guimarães), um número inferior aos 54.997 que assistiram ao mesmo duelo na última época e aos 52.216 registados em 2009/10, também num encontro entre Benfica e V. Guimarães.

Contudo, apesar do decréscimo, convém recordar que os tempos são outros e a conjuntura do próprio país não tem ajudado quem gosta de futebol. Para mais, acresce outro dado: na próxima quarta-feira haverá lugar a um duelo interessante, na Luz, entre o Benfica e o Manchester United, para a ronda inaugural da Champions, o que poderá ter levado a que vários adeptos, mediante as dificuldades económicas e o elevado custo dos bilhetes, optado por assistir ao embate com os ingleses. Ora, é precisamente com base nestes argumentos que, entre as águias, se acredita em casa cheia na Champions.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 18:10

Setembro 11 2011

Enzo Peréz continua em dúvida para o jogo com o Manchester United, quarta-feira, no Estádio da Luz.
O médio argentino recupera de um traumatismo no joelho direito, que o impediu de ser convocado para a partida de ontem com o V. Guimarães (2-1), e ainda não é seguro que esteja apto a tempo de ser opção para a estreia dos encarnados na fase de grupos da Liga dos Campeões com os red devils
Está sujeito a tratamento e treino condicionado.
Os titulares do jogo com o V. Guimarães, por sua vez, fizeram, esta manhã, treino de recuperação, no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:42

Setembro 11 2011

A equipa de Atletismo dos “encarnados” anunciou esta sexta-feira, dia 9 de Setembro, a contratação do atleta português Arnaldo Abrantes. O velocista regressa ao Clube onde esteve nas temporadas 2004 e 2005 como Júnior.
O jovem começou por mencionar os seus objectivos de “águia ao peito”. “O meu grande objectivo é dar continuidade ao meu crescimento como atleta e obter excelentes resultados para o Benfica”, afirmou à Benfica TV, adiantando, desde logo: “O Sport Lisboa e Benfica cresceu muito na modalidade e a prova disso é a recente conquista do Campeonato Nacional. Se eu quero ser melhor tenho de estar entre os melhores. Sei que esta é a altura certa para dar este passo e apostar neste Clube.”
A aposta em Arnaldo Abrantes é grande e ele não quer decepcionar. “Espero corresponder a todos os que acreditam em mim”, assumiu.
O recente reforço “encarnado” espera uma boa prestação nos Jogos Olímpicos que se realizam em Londres em 2012. “Vou participar nos Jogos Olímpicos porque já obtive a marca para lá estar, mas quero melhorar a minha marca”, frisou, não deixando de acrescentar: “No Campeonato da Europa de Helsínquia espero estar bem, atingir a final e, estando lá tudo pode acontecer.”
Apesar de ter somente 24 anos, Arnaldo Abrantes já conta com vasto currículo. “Só tenho 24 anos, mas tenho muita experiência. Cresci muito como atleta nos últimos anos e aprendi imenso. Agora nas próximas competições quero ajudar os mais novos e o Clube nos seus objectivos”, concluiu.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 16:32

Setembro 11 2011

Entre as centenas de nomes inscritos nas duas Ligas principais do futebol português há alguns que se destacam pela originalidade, seja por permitirem uma ligação a locais, por serem inspirados em animais ou por adjetivarem um jogador per si.

Difícil é escolher no meio de tantos nomes curiosos. Veja-se o exemplo de Ukra: André Monteiro de nascimento e durante todo o seu percurso nas camadas jovens, o jogador do Braga decidiu adotar a designação devido às suas parecenças com um ucraniano.

As associações a nacionalidades, países, cidades ou locais não acabam aí. Para os lados de Vila do Conde, mais concretamente no Rio Ave, há um Braga e um China (Bruno). Mais abaixo, no União de Leiria, Alcântara está representada por Hugo, enquanto no Nacional da Madeira há referências ao Brasil, com André Recife, e ao Minho, com Diego Barcellos.

A Liga de Honra também não escapa, com o Santa Clara a ter um Tiago Maia, o Moreirense a ter Fábio Espinho, que foi buscar o apelido à sua cidade e o Estoril a inscrever um João Coimbra. A lista de associações a locais acaba no Belenenses, com o brasileiro Geovanne Maranhão.

Mas se há algo em que o campeonato secundário é pródigo é em nomes de animais. Aí o Santa Clara tem dos mais engraçados, com Minhoca e Grilo a destacaram-se numa Liga de Honra que também conta com um Pintassilgo (Moreirense) e um Coelho (Belenenses).

Na Liga principal, o “animal” mais conhecido é, sem dúvida, “Pitbull”, o jogador do Vitória do Setúbal, que alinhou com as cores do FC Porto.

Publicidade à parte, há um veterano no Freamunde que facilita o trabalho aos jornais cada vez que faz um “super” jogo: Bock, o avançado de 35 anos é um dos jogadores mais “fieis” da Liga de Honra, estando há seis temporadas no mesmo clube, e é o homem com mais minutos jogados esta época (270).

A originalidade cresce no setor dos adjetivos, verbos e substantivos, com a lista a ter exemplos de romantismo, estados de alma e conotações negativas. Não há ninguém tão Feliz como o atleta do Trofense, nem ninguém tão Reguila como o seu colega de equipa.

No Nacional, Amar (Zildzovic) tem, talvez, dos nomes mais invejados, ao contrário de Grosso (Desportivo das Aves), Manuel Curto e Jorge Chula, do União de Leiria, ou Tozé Marreco (União Madeira).

E, entre as mais de seis centenas de jogadores inscritos na Liga portuguesa de futebol e na Liga de Honra, há muitos mais nomes que roubam um sorriso aos mais atentos: o Olhanense tem Regula e Mexer, o Nacional tem Candeias, o Penafiel tem (Vítor) Golas, Pedrinha, (Pedro) Coronas e (Filipe) Pastel.

No Estoril há um (Bruno) Fogaça, na Naval um (Michel) Simplício, no Portimonense um (Sérgio) Organista e no Covilhã um (Wang) Gang.

Num lista tão vasta, percebe-se ainda que há um truque infalível para aqueles que não sabem que designação adotar quando cumprirem o sonho de jogar futebol: trocar o nome pelo diminutivo.

Fonte: Sapo Desporto

publicado por Benfica 73 às 14:47

Setembro 11 2011

Artur, guarda-redes do Benfica, comentou o triunfo sobre o V. Guimarães (2-1), na 4ª jornada da Liga, destacando as dificuldades que os vimaranenses criaram depois de faturar um golo por intermédio de Edgar.

“Sofremos um golo e o jogo abriu um pouco. O Vitória ganhou confiança e criou dificuldades no final, mas o importante foi vencer e continuar com esta sequência de triunfos. Com o 3-0 no marcador teríamos sofrido menos. Depois sofremos o golo, que dá confiança ao adversário e tira-nos organização defensiva. Soubemos sofrer”, disse.

Quanto ao jogo com o Manchester United, para a Champions, o brasileiro foi claro: “Acredito que será completamente diferente. O Vitória estava todo atrás do meio-campo. Com o Manchester United teremos duas equipas a procurar jogar e nós vamos ter estádio cheio e vamos procurar vencer. Estamos numa sequência positiva, e isso dá confiança para jogar de igual para igual com o Manchester.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:40

Setembro 11 2011

Depois de conduzir a sua equipa à vitória frente ao V. Guimarães, por 2-1, o treinador Jorge Jesus abordou o embate que terá pela frente durante a semana, ante o Manchester United, na Liga dos Campeões. E o treinador das águias assegurou que este será um jogo completamente diferente daquela protagonizado com os vimaranenses.

“A equipa tem vindo a melhorar de jogo para jogo, apesar de achar que hoje poderia ter mais posse de bola. Alguns jogadores que estiveram nas selecções ainda não estavam na melhor forma, como o Witsel e o Cardozo. Na quarta-feira com o Manchester United esperamos que todos estejam melhor, apesar de saber que vamos jogar contra uma equipa com outro andamento e com jogadores de top”, disse.

“Temos de abordar o jogo de maneira diferente em termos táticos e também em termos de objetivo. É óbvio que é um encontro que conta três pontos, mas temos de saber que todos os pontos são importantes”, rematou.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:24

Setembro 11 2011

Depois da goleada aplicada ao Bolton (5-0), o Manchester United já aponta baterias para o jogo frente ao Benfica, marcada para a próxima quarta-feira, dia 14. 

«Benfica- Manchester United é um jogo especial por causa da história. É um jogo importante e quem ganhar vai conseguir um avanço importante no grupo».
«O Benfica sempre foi um adversário complicado para nós. O Benfica em casa merece ser respeitado. Esperamos um jogo difícil lá (no Estádio da Luz). Eles jogam com três jogadores no meio-campo e teremos que olhar para isso, será o mais difícil para nós», disse o técnico dosred devils à imprensa inglesa.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:18

Setembro 11 2011

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, analisou os lances polémicos, na vitória frente aos vimaranenses (2-1), e defendeu que as três grandes penalidades foram bem assinaladas. 
«Os três lances foram bem assinalados. Onde estava não tinha a percepção, mas já vi depois e não tenho dúvidas», começou por dizer Jorge Jesus.
O treinador do Benfica não tem dúvidas do mérito «encarnado» frente ao Vitória de Guimarães: «Se analisarmos o Guimarães fez um remate e marcou. Eles tiveram uma reacção, mas nós tivemos sempre mais oportunidades. Estivemos mais perto do 3-1 do que do 2-2».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:50

Setembro 11 2011
publicado por Benfica 73 às 10:02
Tags:

Setembro 11 2011

Há poucas sentenças no Mundo que me causem tanta confusão – e uma generosa dose de revolta – como aquelas que resultam de julgamentos viciados, em que o acusado (invariavelmente a parte mais fraca de um litígio que, em múltiplas ocasiões, nem se compreende como aconteceu) não tem direito a uma defesa digna, se é que chega sequer a ser ouvido. O universo do futebol não é, infelizmente, exceção a estes atropelos à ética e à dignidade. E os casos repartem-se.

Tenho como estranha a decisão do FC Porto não inscrever, na sua lista de disponibilidades para a Liga dos Campeões, os nomes dos brasileiros Alex Sandro e Walter. O segundo foi, desde cedo, um mal-amado de André Villas-Boas que, perante os impedimentos de Falcão, preferiu improvisar Hulk como ponta-de-lança a abrir as portas ao avançado brasileiro. Saído o colombiano, arribado Kléber, a situação não se altera. E o campeão nacional opta por enfrentar a campanha de grupos com um só artilheiro de raiz, em vez de dar uma oportunidade a Walter. Não se compreende, neste quadro, porque não saiu. O caso do defesa é diferente: apesar da lesão que o incomoda, o preço pago (9 milhões de euros, ao que se sabe) justificaria a sua inclusão na grande montra, uma vez que a maleita não há-de durar mais três meses e meio. Não se compreende, neste quadro, porque entrou.

Pior, muito pior, é a situação de Capdevila no Benfica. Campeão mundial e europeu, desejoso de mudar de ares e a caminhar para o final de carreira, acreditou no projeto dos encarnados. Foi-lhe acenada a bandeira da Champions como chamariz para uma assinatura rápida, sabendo-se que era um jogador disputado, pela sua experiência e pelo seu valor intrínseco. A exclusão do elenco do Benfica para a Liga milionária é, apetece dizê-lo, um golpe baixo, sobretudo quando as suas chamadas à competição se limitaram à partida particular com o Arsenal e a um jogo de campeonato. Isto enquanto se desenrola mais um folhetim que tem como protagonista César Peixoto, que acaba por ser inscrito pelo clube depois de ter “aceite” atuar a defesa-esquerdo. O precedente – a não haver alguma explicação mirabolante – é grave. A atitude com Capdevila é, no mínimo, indigna de um clube com a grandeza do Benfica.

Finalmente, Hélder Postiga. Vender o ponta-de-lança titular da Seleção Nacional por um milhão é a mesma coisa que escorraçá-lo – não é saldo, é liquidação total, é empurrá-lo com maus modos até à porta de saída e declará-lo persona non grata. Ainda mais quando vinha sendo, apesar de todos os reforços, a primeira opção de Domingos Paciência. E, acreditem, não foi por ele que o Sporting entrou às avessas na temporada. Mas alguém tinha que pagar a fatura, não é?

Autor: João Gobern

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 01:10

BENFICA 73
contador grátis
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...