Setembro 09 2011

João Santos, até hoje treinador da equipa de juniores do Benfica, foi designado para assumir a tempo inteiro a direcção técnica do Caixa Futebol Campus, no Seixal. 
Em comunicado, os encarnados informam que João Tralhão, no clube há 11 anos, passa a ser o novo treinador dos juniores, tendo como adjunto Pepa, que já integrava a equipa técnica.
A alteração enquadra-se na reestruturação organizacional assumida no futebol de formação.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 23:37

Setembro 09 2011

O treinador Jorge Jesus explicou que Joan Capdevila e César Peixoto vivem situações distintas no plantel do Benfica. 
«Conto com o Capdevila. Faz parte do plantel mas é um jogador que chegou atrasado em relação ao Emerson. Joga numa posição em que, ou são primeira opção, ou não são convocados. A primeira opção tem sido o Emerson, por isso, não preciso levar um outro lateral para o banco correndo o risco de ficar sem possibilidade de outras opções», explicou em conferência de imprensa.

Relativamente a César Peixoto, o treinador esclareceu que o português só foi inscrito na Liga dos Campeões porque Jara e Carlos Martins acabaram por deixar o plantel encarnado: «É um jogador que não estava dentro do plantel. Sem o Jara e Carlos Martins, o Benfica ficou com possibilidade de inscrever mais um jogador, mas em termos desportivo não está na equipa.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 22:23

Setembro 09 2011

Depois de Luisão, Maxi Pereira deverá ser o próximo a prolongar o vínculo com o Benfica. O treinador Jorge Jesus considera que o clube da Luz está a efectuar «uma política de renovação inteligente». 

«São jogadores com o perfil que o Benfica, são também jogadores com grande capacidade. Se os pudermos manter muitos anos no clube, melhor», disse Jorge Jesus em conferência de imprensa, destacando as qualidades do capitão dos encarnados.

«Luisão é um líder que conhece as ideias do treinador e fico muito contente por ter renovado. É um jogador importante do ponto vista técnico e táctico. Conversamos muito e deposito muita confiança nele. Quanto mais tempo estiver no Benfica, maior rendimento terá a equipa», sublinhou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:06

Setembro 09 2011

A estreia do avançado Nélson Oliveira constitui a principal novidade na lista de convocados do Benfica para a recepção ao Vitória de Guimarães, sábado (18.30 horas), em jogo da 4.ª jornada da Liga. 
O vice-campeão Mundial de sub-20 foi chamado por Jorge Jesus, que não pode contar com o lesionado Enzo Perez. Capdevila voltou a ficar de fora dos eleitos por opção do treinador.
Eis a lista de 19 convocados:
Guarda-redes: Artur e Eduardo.
Defesas: Maxi Pereira, Luisão, Garay, Jardel e Emerson.
Médios: Rúben Amorim, Javi García, Matic, Aimar, Witsel, Gaitán, Bruno César e Nolito.
Avançados: Saviola, Cardozo, Nélson Oliveira e Rodrigo.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:33

Setembro 09 2011

O treinador do Benfica afirmou que não irá fazer poupanças no jogo deste sábado (18.30 horas) com o Vitória de Guimarães, na Luz, a pensar no embate de quarta-feira com o Manchester United, para a Liga dos Campeões. 

«Este jogo é tão importante como o de quarta-feira. O nosso objectivo é o campeonato e teremos sempre mais responsabilidades nesses jogos. Também temos responsabilidades nas outras competições e, por isso, não haverá diferenças na preparação da equipa», disse Jorge Jesus em conferência de imprensa, sublinhando que vai escolher «os melhores jogadores para o jogo com o Guimarães sem pensar no jogo com o Manchester United».

O treinador dos encarnados prevê «um jogo complicado» frente ao Vitória, «uma equipa forte» que, juntamente com o SC Braga e outras equipas, «vão interferir no campeonato porque podem tirar pontos aos três candidatos ao título». 

«O Guimarães reforçou-se bem este Verão e contratou dois jogadores que já foram meus, Nuno Assis e Urreta [por empréstimo do Benfica], em quem deposito muitas esperanças e a quem queríamos dar oportunidade de jogar numa equipa onde fosse primeira opção. É um plantel forte, uma equipa que já colocou muitas dificuldades aos três grandes», atirou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:55

Setembro 09 2011

Boas notícias. Ricardo Gomes, antiga glória do Benfica e treinador do Vasco da Gama, já respira sem o auxílio de máquinas e o seu quadro clínico continua a evoluir de forma favorável. 
De acordo com o boletim médico divulgado hoje pelo Hospital Pasteur, Ricardo Gomes já começou a falar e a interagir com as pessoas que lhe são mais próximas.
O quadro médico do treinador já não é considerado muito grave e as últimas previsões apontam para que abandone a Unidade de Cuidados Intensivos dentro de três a quatro dias. Porém, o antigo jogador do Benfica ainda deverá ficar internado por mais dez dias.
«Ainda não dá para saber se as restrições da fala e dos movimentos são devido a uma possível sequela ou dos sedativos, mas o facto é que a melhoria que ele tem apresentado em relação a outros quadros do mesmo tipo é muito satisfatória. Estamos esperançosos quanto a sua recuperação», explicou o médico José Antônio Guasti em conferência de imprensa.
Ricardo Gomes está internado desde o dia 28 de Agosto, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e teve que ser submetido a uma cirurgia para a drenagem de um coágulo que se formou no lado direito do cérebro.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:53

Setembro 09 2011
 

publicado por Benfica 73 às 16:56

Setembro 09 2011
publicado por Benfica 73 às 16:43
Tags: ,

Setembro 09 2011

Os presidentes do Benfica e do Sporting almoçaram juntos e só por isso foram notícia de relevo nos telejornais de terça-feira e nos jornais de ontem. Benfica e Sporting à mesa, temos estratégia erudita com certeza…

E para quê?

Os observadores e os analistas garantem que se trata das eleições para a presidência da Federação Portuguesa de Futebol o motivo que juntou Luís Filipe Vieira e Godinho Lopes.

É um assunto que interessa a ambos os rivais na medida em que o Sporting não tem um presidente da FPF a que possa chamar seu desde Antero da Silva Resende, entre 1983 e 1989. Já o Benfica, desde a presidência de Morais Leitão, nos anos de 1979 e 1980, não lhe têm faltado presidentes da FPF a que pôde chamar seus, tais como Romão Martins, de 1981 a 1983, João Rodrigues, de 1989 a 1992, e Vítor Vasques, entre 1993 a 1996.

Quanto a Gilberto Madaíl, no cargo desde 1996, poucos saberão de certeza firme qual é a sua orientação clubista e eu não me atrevo sequer a lançar as mais leves suposições sobre a tal afinidade que o presidente em exercício tão bem soube iludir nestes seus quinze anos de consulado.

Mas, pela lógica vigente, Gilberto Madaíl parece ser do Benfica, com o devido respeito pela presidencial figura.

E porquê?

Porque estes últimos 32 anos com hipotéticos presidentes do Benfica na FPF coincidem taxativamente com os 32 anos em que assistimos à afirmação do FC Porto como uma força política sem rival no futebol português.

No que diz respeito ao Sporting, se bem se lembram os mais velhos, o consulado de Silva Resende ficou marcado por aquele episódio caricato e lesa-Sporting à volta da inscrição de Frank Rijkard na FPF que não foi aceite porque a papelada chegou dois minutos de atraso à antiga sede na Praça da Alegria.

Estiveram, portanto, Luís Filipe Vieira e Godinho Lopes a almoçar anteontem no Hotel Tivoli, em Lisboa, para tratarem de um candidato comum às eleições para a FPF. A ideia só pode ser abrir uma frente conjunta da capital contra os alterosos poderes políticos, funcionais, administrativos e tudo o mais, de Pinto da Costa, presidente do FC Porto, clube que não mete um presidente a que possa chamar de seu na presidência da FPF desde a I Guerra Mundial, passe o exagero.

A que conclusão chegaram?

Fernando Seara ou Filipe Soares Franco? Filipe Soares franco ou Fernando Seara? Filipe Seara ou Fernando Soares? Se a Conversa foi à volta destes nomes, temos o caldo entornado porque significa que nem o Benfica nem o Sporting perceberam muito bem o que de lamentável lhes aconteceu nas últimas 3 décadas.

A que conclusão deveriam ter chegado?

Apenas a uma. E que requer urgência de aplicação a ver se as coisas mudam como os dois presidentes da Segunda Circular querem que mudem. E, por isso mesmo, que tal experimentarem uma novidade?

Luís Filipe Vieira e Godinho Lopes bem faziam em propor, muito rapidamente, um candidato comum que tivesse a particularidade de ser do FC Porto, nascido e criado na Torre dos Clérigos.

É que já mereçam, carago!

 

PAULO BENTO chamou a Ricardo Carvalho de desertor e Ricardo Carvalho chamou a Paulo Bento de mercenário.

É uma linguagem inflamada, despropositada, de cariz militarista e patriótico.

Esta coisa de se confundir a Selecção Nacional com a Pátria é reveladora de uma grande pobreza mental a que não escapam até intelectuais e cientistas, o que se compreende, porque o futebol responde a uma ânsia de colectivo e os grandes colectivos, para serem mesmo grandes, têm de se infantilizar ao ponto da unanimidade do discurso e das emoções.

Há anos, há muitos anos, era eu jornalista de A Bola e entrevistei João Saldanha, que foi jornalista, treinador e uma figura sem par no futebol brasileiro. Saldanha foi o responsável técnico que qualificou o escrete para o Mundial de 1970 mas acabou por ser substituído, na fase final da competição, no México, por Mário Zagallo que era pessoa mais da confiança da CBD e que levaria o Brasil ao título mundial.

João Saldanha foi sempre um marginal, um excêntrico, enfim um poeta. Disse-me ele, em Novembro de 1985, no Rio de Janeiro, que não descansaria enquanto não conseguisse convencer a FIFA de que era um erro tremendo, um abuso, uma estupidez permitir que se tocassem os hinos nacionais dos países antes dos jogos entre selecções.

Para Saldanha, futebol era simplesmente futebol, um jogo, um jogo absolutamente maravilhoso que no Brasil era praticado como quem pratica a arte da música, mas confundir esse jogo de perícia e habilidade, e também de sorte e azar, com a nossa Pátria e com as Pátrias dos outros ia, certamente, acabar um dia mal…

O que se passou com a selecção portuguesa, entre Paulo Bento e Ricardo Carvalho, não foi nada de tão trágico quanto Saldanha agourava nesse dia quente distante de um Verão carioca. Foi simplesmente uma anedota sem graça a acrescentar a muitas outras com que a Selecção, a nossa selecção, muito frequentemente nos brinda.

Mas quando ouço gente responsável a exigir que Ricardo Carvalho peça desculpa «a todos os portugueses» lembro-me, inevitavelmente, de Teresa Guilherme no Big Brother e, depois, de João Saldanha na sua campanha solitária contra a militarização do futebol e em prol da abolição dos hinos antes dos jogos para que não se confundam coisas sérias com entretenimentos.

João Saldanha tinha carradas de razão. E ainda tem, embora já cá não esteja. Morreu em Roma, em 1990. Estava em Itália para assistir ao Mundial de futebol e não sei bem, lamento, quantos hinos ainda teve de ouvir tocar antes de fechar os olhos definitivamente.

 Quanto ao pedido de Ricardo Carvalho «a todos os portugueses», se me é permitido, gostaria de confessar a Ricardo Carvalho a admiração que sempre tive por ele e que continuarei a ter, apesar deste seu deslize infantil com que terminou uma carreira sempre digna, melancólica e eficiente na Selecção Nacional.

E, já agora e no que me diz respeito enquanto portuguesa, está Ricardo Carvalho perfeitamente dispensado de me pedir desculpa. Aliás, está de me pedir desculpa.

 

GOSTO a ciência da estatística aplicada ao futebol e ao rendimento dos jogadores. Por isso chamo a atenção dos cientistas das estatísticas do nosso futebol para quando se referirem a Artur Moraes, guarda-redes do Benfica nunca se esquecerem de acrescentar aos pertinentes dados sobre as suas intervenções a soco, a pontapé, em voo, em queda, etc…, este singular facto adicional, mas não menos importante: 1 assistência para golo.

É uma proeza que muitos médios e avançados que custaram pequenas fortunas a diversos emblemas ainda não conseguiram fazer.

Sim, o golo de Bruno César na Choupana foi um momento raro de pura diversão. Mas metade do golo é de Artur Moraes, que lançou o companheiro e compatriota, enfim, em profundidade…

Não admira que Lula da Silva, em visita a Portugal, quisesse, assim que aterrou, ir logo a correr para o Estádio da Luz só para almoçar com estes dois grandes artistas brasileiros…

 

O Benfica não inscreveu Capdevilla para esta fase de grupos da Liga dos Campeões e inscreveu Jardel.

Não escrevi esta frase para dar a notícia a ninguém.

Escrevi-a apenas para me ir convencendo a mim própria de que é verdade. E ainda não estou completamente convencida. Melhor será reescrevê-la.

Cá vai:

O Benfica não inscreveu Capdevilla para esta fase de grupos da Liga dos Campeões e inscreveu Jardel.

… Ainda não estou convencida

Autor: Leonor Pinhão

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:50

Setembro 09 2011

Ao contrário de Vítor Pereira, do FC Porto, o treinador do Benfica já encontrou tempo para estudar alguns jogos do rival nortenho.
«Tento sempre estar atento a todas as equipas que jogam no nosso campeonato e tenho visto vários jogos do FC Porto. Tento encontrar sempre tempo para ver todos os meus adversários. Faz parte do meu trabalho. (...) Tal como as restantes equipas, o FC Porto ainda não está no seu máximo mas sim num patamar normal», disse Jorge Jesus em conferência de imprensa, analisando o actual líder do campeonato.

«Todos querem estar na frente e, neste momento, o líder é o FC Porto. Corremos com intenção de ganhar essa posição e, para isso, temos de ganhar jogos e vencer sábado o Vitória de Guimarães», afirmou.

Jesus considerou ainda que o Sporting, apesar de ainda não ter vencido esta temporada, «continua um candidato ao título»: «Esta pontuação tem alguma importância mas pode não ser relevante. O Sporting tem uma equipa muito mais fortes este ano, com excelentes jogadores, e isso torna-o um adversário de respeito. Vai fazer um campeonato forte.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 13:34

Setembro 09 2011

E de repente, quando lhe surge o V. Guimarães pela frente, Pablo Aimar vira uma fera, uma espécie de matador improvisado. É o que se depreende quando se olha para o currículo de El Mago, que apresenta 12 golos marcados a nível interno, desde que ingressou no Benfica em 2008/09. Três desses remates certeiros – um por época – têm como destino a baliza da equipa da Cidade Berço, que visita a Luz amanhã em encontro referente à 4.ª jornada da Liga. Nenhum outro antagonista se pode queixar tanto da pontaria do camisola 10 das águias [ver quadro ao lado], que continua sem fazer o gosto ao pé (ou à cabeça...) na presente temporada.

A saga do argentino, de 31 anos, diante do conjunto minhoto decorre toda ela no Estádio da Luz e conhece sempre o mesmo epílogo, ou seja, redunda no triunfo das águias: 2-1 em 2008/09 (Serginho na baliza dos vimaranenses) para a Taça da Liga; 3-1 em 2009/10 (Nilson) para a Liga; e 3-0 em 2010/11 (Nilson) igualmente para o campeonato. Existe um duo que também não guarda muito boas recordações do internacional do país das pampas: V. Setúbal e Paços de Ferreira já viram as respetivas balizas “agredidas” em duas ocasiões.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:23

Setembro 09 2011

É proibido começar já a pensar no encontro da próxima quarta-feira frente ao Manchester United, porque primeiro há um encontro muito importante para disputar e para ganhar, diante do V. Guimarães. É assim que pensa Jorge Jesus e é este o princípio que tem sido passado aos jogadores no balneário nestes últimos dias.

Para já, o técnico só está concentrado no embate com os vimaranenses, considerado muito importante, uma vez que as águias não querem perder mais pontos no campeonato, sob pena da distância para o líder FC Porto aumentar. Fazendo jus a esta premissa, o técnico não deverá fazer poupanças no encontro de amanhã com os minhotos e irá apresentar o melhor onze, com os habituais titulares. Chegou a especular-se que alguns jogadores, que vinham de lesões, poderiam ter direito a repouso, mas o técnico não parece disposto a arriscar.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:46

Setembro 09 2011

A candidatura de Fernando Gomes à presidência da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) condiciona todas as movimentações de outros candidatos às eleições marcadas para 10 de Dezembro.
Benfica e Sporting foram surpreendidos por decisão de clubes da Honra, que deram apoio unânime ao Presidente da Liga.
O nome do actual presidente da Liga de Clubes foi lançado pelos clubes da Liga de Honra como uma alternativa de «consenso». Uma solução aprovada, depois, na reunião de dirigentes da Liga, que teve lugar na Alfândega do Porto.

Fonte: A Bola/DN

publicado por Benfica 73 às 09:24

Setembro 09 2011

Óscar Cardozo tem dois dias para suplantar o desgaste de mais uma viagem intercontinental ao serviço da sua selecção, treinar-se e poder jogar amanhã à tarde, diante do V. Guimarães, na Luz. 

O avançado paraguaio, que, pelo Paraguai, marcou ao Panamá (sábado) e bisou diante das Honduras (na madrugada de quinta-feira), chegou ontem, ao final da manhã, a Lisboa, e seguiu de imediato para o Seixal. Não já a tempo, apurámos, de participar no treino ministrado por Jesus ao plantel encarnado (à porta fechada).

Takuara ainda foi ao relvado mas só hoje, ainda no Caixa Futebol Campus, e porventura amanhã, no habitual treino do dia do jogo (na Luz) se poderá treinar sem limitações junto dos companheiros de equipa. Duas sessões e dois dias para o goleador encarnado suplantar a fadiga e readquirir ritmo competitivo.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:04

Setembro 09 2011

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional vai agendar para 23 de Setembro o clássico da sexta jornada entre FC Porto e Benfica. A antecipação para uma sexta-feira deve-se à participação dos clubes na fase de grupos da Liga dos Campeões. 

O primeiro jogo entre grandes, esta época, foge ao fim-de-semana, situação invulgar que resulta, apenas, da aplicação das regras, tendo em conta a participação das equipas nas competições europeias. 

Segundo regulamento de competições da Liga, «quando um clube participante nas competições da UEFA tenha de disputar um jogo dessa competição à terça-feira tem direito, sem necessidade de acordo do clube adversário, à antecipação para sexta-feira do jogo da jornada anterior a essa participação internacional».

Isto significa que o Benfica poderia exigir que o jogo no Estádio do Dragão se realizasse na sexta-feira, dia 23, mesmo sem consentimento do FC Porto, porque os encarnados têm agendado o encontro com os romenos do Otelul Galati, da segunda jornada do Grupo C da Champions, para terça-feira, 27 de Setembro, em Bucareste.

A vontade dos encarnados, porém, não iria colidir, seguramente, com o interesse dos dragões. Afinal, o FC Porto tem uma longa viagem no horizonte - desloca-se a São Petersburgo, Rússia, na quarta-feira, 28, para jogar com o Zenit a segunda jornada do Grupo G.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 07:31

Setembro 09 2011
publicado por Benfica 73 às 07:24
Tags:

Setembro 09 2011

From: Domingos Amaral

To: Astérix

Caro Astérix

Quem conhece as tuas aventuras sabe que uma das tuas frases favoritas é “estes romanos são loucos”, e há certas semanas em que o futebol me lembra essas palavras. Na sexta, por exemplo, o público cipriota gritava a plenos pulmões por Messi, procurando com isso enfurecer Cristiano Ronaldo. O resultado foi bonito: ele marcou dois golos, ofereceu um terceiro e afundou com a equipa de Chipre! Uns dias antes, o defesa-central Ricardo Carvalho, um homem maduro, com trinta e tal anos, amuou ao deduzir que não ia ser titular da Seleção Nacional e foi-se embora do estágio à socapa!

Soube também que Capdevila, um lateral- esquerdo campeão do Mundo e da Europa ao serviço de Espanha, e contratado pelo Benfica, que o seduziu com o argumento que iria jogar na Liga dos Campeões, ficou de fora da lista que o clube enviou à UEFA! Ao mesmo tempo, o Benfica chamou Luís Martins, um jovem Sub-20 que nem sequer jogou no recente Mundial na Colômbia, e pretende reintegrar César Peixoto, desde que ele aceite jogar na posição que recusou há apenas dois meses!

Fiquei igualmente informado que o FC Porto deixou de fora da lista da UEFA “o novo Messi” (Iturbe); um avançado chamado Walter e ainda Alex Sandro, defesa lesionado que o clube “roubou” ao Benfica por 9 milhões de euros. São mais de 15 milhões de euros na prateleira!

E, à última da hora, o Sporting ainda contratou o jogador mais caro da sua história, um tal de Elias, pelo qual pagou quase 9 milhões de euros!

Como dirias tu, meu caro Astérix, estes romanos são loucos!

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 01:19

Setembro 09 2011
publicado por Benfica 73 às 01:10

Setembro 09 2011
publicado por Benfica 73 às 00:45

BENFICA 73
contador grátis
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...