Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Mora aguarda veredicto de Jesus

31.07.11, Benfica 73

Rodrigo Mora é um dos jogadores do Benfica que continua com a situação indefinida. A treinar-se às ordens de Jorge Jesus, o avançado tem dado boas indicações mas, dada a concorrência que enfrenta na Luz, tem poucas hipóteses de jogar com alguma regularidade. A palavra final cabe ao treinador das águias que continua a avaliar o futebolista.

Aos 23 anos, o sul-americano está a alinhar na Europa pela primeira vez após ter deixado o Defensor Sporting a custo zero. O Godoy Cruz, da Argentina, já apresentou à direção encarnada uma proposta de empréstimo, mas continua a aguardar por uma resposta que ainda pode demorar mais alguns dias. Mesmo que o responsável técnico acabe por decidir que é mais positiva a cedência, a prioridade passa por colocá-lo num clube nacional, onde poderá ser acompanhada a sua evolução. Recorde-se que esta solução já foi adotada com Melgarejo, outro jovem atacante sul-americano que se tem destacado na pré-temporada com a camisola do Paços de Ferreira.

Fonte: Record

«Enzo Pérez e Emerson em Istambul»

31.07.11, Benfica 73

Enzo Pérez e Emerson vão estar à disposição de Jorge Jesus para a viagem do Benfica a Istambul, onde as águias vão defrontas o Trabzonspor, para a Liga Europa. 
Os jogadores enfrentam problemas físicos que os inibiram nos últimos dias, mas integrarão a comitiva.

Fonte: A Bola / JN

Chievo pensa em Carlos Martins

31.07.11, Benfica 73

Carlos Martins, 29 anos, foi notícia em Itália, por estar, segundo a imprensa transalpina, a ser seguido pelo Chievo, que deseja reforçar a equipa com um médio. 

O internacional português constará de uma lista ao lado do suíço Almen Abdi (Udinese), 24 anos, e do esloveno Miha Mevlja (Nova Gorica), 19, este último com vários emblemas da Série A interessados. 

Neste momento, Carlos Martins, que não foi utilizado em qualquer dos particulares da pré-época nem na primeira mão da pré-eliminatória da Champions, por estar a recuperar de uma lesão no joelho direito, mantém-se nos planos de Jorge Jesus. E o Benfica só admite a saída do médio de por uma oferta considerável.

Fonte: A Bola

Jorge Jesus aposta forte nos reforços

31.07.11, Benfica 73

Contou com oito no primeiro jogo oficial. Há um ano utilizou três contra o FC Porto, para a Supertaça. 
Jorge Jesus convocou, quarta-feira, oito reforços para o jogo com o Trabzonspor - quatro entraram de início, dois no decorrer da partida e outros dois ficaram no banco. Um número que, curiosamente, é igual à soma de novos jogadores que o treinador apresentou nos dois primeiros jogos das duas últimas temporadas.

«Sentimos que temos melhor plantel. Não tenho dúvidas disso!» A frase de Jorge Jesus, na antevisão da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Champions, é uma afirmação de que, esta época, o plantel tem mais soluções e dá mais garantias. E a tese começou a ser provada, de certa forma, no jogo com os turcos, no qual foi um dos reforços, Nolito, que abriu caminho à vitória por 2-0.

É verdade que o início das época provoca sempre grande entusiasmo, particularmente pela renovação das elevadas expectativas, alimentadas com a chegada de novos jogadores. E nem sempre se confirma que os esses elementos são mesmo reforços. Basta uma análise ao quadro das caras novas que estiveram à disposição dos últimos treinadores para perceber que poucos triunfaram no plantel, com excepções, entre as quais as mais óbvias são Fábio Coentrão - e mesmo o esquerdino teve de fazer um longo caminho antes de se afirmar na Luz -, Cardozo, Aimar, Saviola e Javi García.

É prematuro, por isso, tirar conclusões profundas do primeiro compromisso oficial das águias - mas salta à vista, desde logo, que alguns reforços podem ter protagonismo nesta época. Artur, Garay e Enzo Pérez surgem como apostas seguras para a equipa titular, Emerson vai lutar com Capdevila por um lugar na lateral-esquerda. E, depois, há ainda Nolito, Witsel e Bruno César com legitimas ambições de conquistar um lugar na equipa. Em desvantagem neste momento, parecem estar Eduardo, Matic e Rodrigo (Mundial sub-20), mas, para Jesus, proporcionam alternativas a quem vai merecer mais vezes a titularidade.

Fonte: A Bola

Agente afasta águia

31.07.11, Benfica 73

O empresário de Mangala está ciente do interesse do Benfica no defesa-central mas, para já, descarta a possibilidade de o jogador poder vir para o campeonato português.

“O destino dele é Espanha ou Inglaterra. Até ao momento as propostas mais aliciantes que recebemos vieram destes países mas ainda não há nada assinado”, revela Fabrizio Ferrari que mostra-se convicto que a transferência ficará fechada “em breve”. Confrontado diretamente sobre o interesse das águias, o agente italiano mostra algum ceticismo:

“Sei que até ao momento não recebi nenhuma oferta concreta do Benfica ou de qualquer outro clube português. Aliás, o sonho do Mangala sempre foi alinhar numa liga competitiva como a espanhola ou a inglesa.”

Conforme Record noticiou os encarnados estão dispostos a investir 6 milhões de euros na aquisição do passe do defesa de 19 anos. Contudo, o Standard Liège, consciente do interesse do Valencia que já apresentou uma proposta concreta, está a tentar rentabilizar ao máximo a saída de Mangala.

Convém sublinhar que o gaulês é o primeiro da lista mas, como é natural, a direção do Benfica tem outras alternativas em carteira.

Fonte: Record

«Jesus corrige Nolito e Emerson»

31.07.11, Benfica 73

Jorge Jesus já iniciou trabalho específico com Nolito e Emerson, no sentido de corrigir defeitos trazidos dos anteriores clubes. 
O médio-ala espanhol deixou os adeptos em delírio com o golo e a exibição frente ao Trabzonspor (2-0) mas, sabe o CM, o técnico descortinou aspectos a rever nas suas características. Entende que o jogador, de 24 anos, se agarra demasiado à bola, e com isso prejudica-se a si próprio e também à equipa.

Fonte: A Bola / CM

Problema do ataque ainda está... na defesa

31.07.11, Benfica 73

O primeiro jogo oficial do Benfica na última quarta-feira, frente ao Trabzonspor, mostrou que o ataque das águias ainda está longe do idealizado por Jorge Jesus. Cardozo e Saviola estão num momento de forma precário e falta o fluxo de jogo ofensivo “normal” tendo em conta o sistema da equipa e o número de criativos no onze escolhido pelo técnico benfiquista.

À primeira vista, a culpa pode parecer apenas das unidades mais atacantes da mas, se forem levadas em linha de conta as ideias enraizadas pelos treinador no estilo de jogo encarnado percebe-se que o problema está... na defesa, sobretudo nas faixas laterais.

Fonte: Record