Junho 26 2011

A Imprensa argentina dá conta, este domingo, da existência de negociações entre o Benfica e o Godoy Cruz, com vista ao empréstimo do avançado uruguaio Rodrigo Mora. 
O jogador de 23 anos, que representava o Defensor Sporting, assinou um pré-contrato com os encarnados válido para cinco temporadas.
O elevado número de estrangeiros no plantel de Jorge Jesus, porém, poderá ditar o empréstimo do uruguaio, que na Argentina é associado ao interesse do Godoy Cruz. 
O Benfica teria já dado luz verde ao empréstimo do avançado, faltando apenas que Rodrigo Mora chegue a acordo com o clube argentino.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 22:01

Junho 26 2011

Enzo Pérez não será o único reforço a chegar à Luz esta semana. Nolito e Rodrigo Mora, dois jogadores garantidos pelos encarnados a custo zero, também vão integrar os treinos da equipa encarnada a partir dos primeiros dia de julho.

Nolito só termina a ligação contratual ao Barcelona no dia 30 deste mês, pelo que o clube blaugrana não o liberta antes dessa data. O extremo, de 24 anos, ainda está a gozar os últimos dias de férias e só a meio desta semana viaja para Lisboa para se juntar à sua nova equipa.

Por agora, o espanhol procura ainda retemperar forças para depois enfrentar o novo desafio que o espera com a máxima disponibilidade e energia.

Quanto a Rodrigo Mora, o caso é um pouco diferente, sendo que o jogador também deverá rumar a Lisboa no final desta semana.

O uruguaio, de 23 anos, entrou em litígio com o seu emblema, o Defensor Sporting, por não querer renovar contrato e tem estado a treinar-se com a equipa de reservas para manter a forma física.

O dianteiro sul-americano também só será liberto pelo seu emblema no final deste mês e só depois inicia a viagem, juntamente com o seu empresário, para a capital portuguesa.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 20:31

Junho 26 2011

Segundo o diário italiano, o Milan entrou na corrida pelo médio do Santos, que tem sido associado a Benfica e Futebol Clube do Porto.
A equipa milanesa procura um reforço de peso para o meio campo, apelidado de ‘Mister X’ pelo administrador delegado do clube, Adriano Galliani, e depois de se especular sobre Ganso, Hamsik e até Fabregas, o escolhido de Alegri parece ser, afinal, Danilo.
O brasileiro tem vindo a ser seguido pelo AC Milan, e a sua exibição na final da Copa Libertadores, onde marcou um golo, foi o catalisador que fez o clube passar à acção.
O facto de ter jogado a final com a camisola 22, número muito caro aos rossoneri, já que foi o número de Kaká, que tantas alegrias trouxe e tantas saudades deixou no clube, é visto como um bom auspício em Milão.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:07

Junho 26 2011

Pablo Vergara, defesa/médio esquerdo contratualmente vinculado ao Banfield, pode estar a caminho do Benfica, rubricando contrato válido por quatro anos, a partir de janeiro de 2012.

O jogador, de 22 anos, está emprestado pelo Banfield ao Chacarita Juniors, da 2.ª divisão argentina, desde junho do ano passado, após ter vencido o Torneio Abertura, em 2009.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 19:12

Junho 26 2011

O Santos confessa-se disposto a escutar a proposta que o Benfica promete apresentar-lhe amanhã por Danilo, embora continue a denotar uma forte vontade de segurar o lateral-direito que marcou o golo decisivo na Libertadores.

O presidente do Benfica já se encontra no Brasil e deve reunir-se amanhã – ou terça-feira – com o homólogo do Peixe, por forma a dar o impulso decisivo no dossiê. O diretor de futebol do clube paulista joga à defesa, mas ao mesmo tempo dá um pequeno sinal de abertura comparativamente ao cenário que se verificava ontem, dia em que repetia até à exaustão que iria acionar a cláusula de opção existente no vínculo do jogador, inviabilizando a saída para a Luz.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 19:01

Junho 26 2011

Enzo Pérez ficou fora da lista final de convocados de Sergio Batista para a Copa América e, por isso, já estará à disposição de Jorge Jesus no estágio de pré-temporada que as águias vão realizar entre os dias 4 e 13 de julho, na Suíça.

Como já se especulava há algum tempo, o nome do reforço encarnado acabou por ser um dos três que o selecionador argentino riscou da lista final, anunciada ontem, após a sessão de treino matinal (Monzón e Valeri foram os outros jogadores que estavam na concentração e que também ficaram fora). Agora, o médio vai viajar para a sua terra natal, Mendonza, de forma a passar alguns dias com a família, antes de iniciar a sua aventura no emblema da Luz.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:13

Junho 26 2011

O novo equipamento alternativo do Benfica para 2011/2012 vai ser apresentado amanhã, às 19 horas, na loja da marca desportiva que volta a equipar os encarnados, na baixa de Lisboa. A BOLA dá-lhe a conhecer a nova camisola, em tons bege, preto e verde.
Depois de na última semana ter dado a conhecer o equipamento principal que vai equipar os jogadores na nova época, onde a principal diferença se prende com a eliminação da cor azul no logótipo do patrocinador, o Benfica mostra agora mais novidades no que diz respeito à camisola secundária.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:39

Junho 26 2011

Proposta do SC Braga permitirá ao ponta-de-lança terminar a carreira no Minho. Goza últimos dias de férias no Algarve. Pode ser apresentado na próxima sexta-feira.
Cresce a expectativa em torno da contratação de Nuno Gomes, enquanto António Salvador aguarda com serenidade a resposta do ponta-de-lança, algo que poderá acontecer ainda durante o dia de hoje. Em Braga há já quem não duvide que o internacional irá vestir a camisola dos guerreiros do Minho na próxima época, mas o contrato até se poderá estender até 2013, reeditando uma situação idêntica à que viveu João Vieira Pinto na Pedreira, ele que abandonou a carreira com 37 anos, após ter envergado as cores dos arsenalistas durante duas temporadas.
Tiago Ribeiro, irmão e empresário de Nuno Gomes, confirmou ontem a A BOLA que o atleta está inclinado a aceitar o convite formulado pelos minhotos, mas não deu a confirmação final. «A decisão não é definitiva, mas há 90 por cento de possibilidades de o Nuno ir para o SC Braga», confirmou, revelando, por outro lado, que os mexicanos do Puebla ainda não desistiram da contratação do goleador português.
Aliás, Jesús López Chargoy, vice-presidente do emblema sul-americano, já confessou ter avançado com uma proposta muito tentadora do ponto de vista financeiro, mas também assumiu que o jogador está inclinado a assinar pelos bracarenses.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:29

Junho 26 2011

Defesa/médio-esquerdo só vai chegar à Luz em Dezembro deste ano. Jogador pretencia ao Banfield, custou 500 mil euros e foi contratado por quatro temporadas.
Pablo Vergara, defesa/médio-esquerdo, já assinou contrato com o Benfica, soube o Correio da Manhã.
O jogador, de 22 anos, pertencia ao Banfield, clube da primeira divisão da Argentina, mas na última época esteve emprestado ao Chacarita Juniors, do segundo escalão.
Já o argentino José Luis Fernandez, contratado em Dezembro do ano passado, deve regressar à Argentina e, pelo que o CM apurou, César Peixoto não vai renovar o contrato com as águias, que termina em Junho de 2012.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 13:34

Junho 26 2011

Com o futuro de Ashley Cole ainda indefinido, André Villas Boas já prepara o futuro do Chelsea e o mercado português promete ser um dos primordiais para o reforço dos azuis de Londres. Depois de Falcao, Hulk e Moutinho, é agora o nome de Fábio Coentrão que ganha força na imprensa inglesa.

Segundo o jornal Daily Star Sunday, o nome de Fábio Coentrão está no topo das prioridades de Villas Boas para reforçar o lado esquerdo da defesa.
Apesar da concorrência do Real Madrid, o Chelsea pode entrar na corrida pelo lateral-esquerdo encarnado e vencê-la, uma vez que parece disposto a bater a cláusula de rescisão de Coentrão, 30 milhões de euros.

De resto, o Daily Star enumera mais algumas prioridades da primeira lista elaborada por André Villas Boas, que contempla ainda Kun Aguero e Neymar para o ataque, além dos jogadores do FC Porto.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:59

Junho 26 2011

Depois do anúncio da ausência de Enzo Pérez na lista da Argentina, eis que se confirma também a afastamento de Oscar Cardozo nos convocados do Paraguai para a Copa América. Oa dianteiro encarnado é mesmo o único "mundialista" a falhar a prova.

A decisão acaba por não representar grande surpresa, pois o Tacuara não integrou a lista de pré-convocados, apesar de terem surgido algumas dúvidas depois de ter sido incluído num dos treinos de preparação.

Gerardo Martino mantém a sua decisão e deixa de fora o melhor marcador do Benfica nas últimas temporadas.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:35

Junho 26 2011

O lateral-direito francês Loic Nego pode vir a reforçar o Benfica na próxima época. A notícia é avançada pela imprensa francesa este domingo, depois do forte interesse da AS Roma no lateral de 20 anos que se sagrou campeão europeu de sub-19 ao serviço da selecção francesa.
Depois de Cesena e Saint-Étinesse, a Roma surgiu como o principal interessado no jovem formado no Nantes, que se destaca pela envergadura física - 1,81 metros - e velocidade.
Internacional pelas selecções jovens de França, Loic Nego foi companheiro de equipa de Carole, o jovem lateral-esquerdo que o Benfica contratou em Janeiro.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:10

Junho 26 2011

Do Benfica não sai e do Benfica ninguém o tira: Javi García diz que nunca sentiu tanto uma camisola; garante que um dos desafios da nova época passa por «marcar mais golos». 
Nunca se lesiona e está sempre disponível para todos os jogos. Qual é o segredo de tanta regularidade?
Graças a Deus nunca tive lesões problemáticas. Pode ser do meu físico, pelo facto de ser delgado e não ser muito musculado. Mas não quero falar muito disso e bato na madeira. Espero continuar assim. 
Nunca marcou tantos golos como no Benfica. Aqui tem menos medo de arriscar?
No Osasuna joguei com apenas 17 anos o primeiro ano de primeira divisão, estava mais inibido. No ano seguinte, no Real Madrid, joguei 15/16 jogos, ao passo que no Benfica joguei 45 a 50 jogos por época. É natural que marque mais golos. Aqui jogo numa posição mais defensiva, mas nas camadas jovens actuava mais à frente e não era estranho aparecer na cara do guarda-redes. Esse é outro dos meus objectivos para esta época.
Teve propostas para sair esta época? Falou-se especialmente do Málaga...
Sinceramente, nada sei. Fui lendo os jornais, o que se dizia de mim, mas pouco falei com o meu empresário e nem havia muito para falar porque não quero sair do Benfica. Estou muito feliz aqui. Esta é a melhor fase da minha vida, quer profissional quer pessoalmente, e a isso devo ao Benfica. Devo muito a este clube e a esta gente e depois de ter vivido o que vivi no primeiro ano em que estive aqui e ter ganho os títulos que ganhei quero muito voltar a repetir esse momento e se puder ser com um título europeu, melhor. Há dois anos fomos aos quartos-de-final, na época passada às meias e quem sabe se este ano não chegamos a uma final... 
O que o faria deixar o Benfica? Porque costuma transmitir a ideia de que criou raízes muito fortes aqui, nunca admitiu ver-se noutro lado, nunca surgiram notícias nesse sentido...
Nunca senti tanto uma camisola como esta [agarra o colarinho]. O facto de viver nesta cidade e sair à rua e sentir o tipo de apoio que me dão... não sei, sinceramente, sinto algo no coração que nunca senti. Não tenho qualquer intenção de sair daqui, este clube deu-me muito, deu-me a oportunidade de crescer como futebolista. 
Imagina ficar muitos anos no Benfica, é isso?
Luisão, Nuno Gomes e Moreira são ídolos nesta cidade porque estão e estiveram muitos anos no Benfica. Sinceramente, tenho inveja deles pelo amor que os adeptos têm por eles. É uma inveja sã e espero poder ficar aqui muitos anos e tornar-me num dia o capitão desta equipa. Porque para um jogador não haverá muito mais coisas tão grandes quanto isto.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:20

Junho 26 2011

Nova época, desejos renovados e uma campainha que estará permanentemente a tocar na cabeça dos jogadores: o que de mau aconteceu em 2010/11 não é para repetir. O espanhol é a voz de um discurso renovado, de quem caiu na real e espera, com mais humildade, voltar ao topo. Com o mesmo Jorge Jesus, com quem está sempre a aprender.
Gozou as férias com um estado de espírito diferente relativamente ao ano anterior, depois de uma época sem grandes conquistas? 
Foi diferente, porque no primeiro ano fomos campeões e regressámos felizes a casa. A forma como terminámos a época passada, com a aquela meia-final da Liga Europa... terminámos a época com um travo amargo de boca. Queríamos muito ter jogado aquela final em Dublin, seria uma forma bonita de terminar a época, se possível com o título. De qualquer forma acabámos 2010/11 em segundo lugar, o que nos permite disputar as pré-eliminatórias da Liga dos Campeões. Na época passada fizemos um grande campeonato, mais irregular, é certo, mas conseguimos 18 vitórias consecutivas. Iniciamos esta época com companheiros novos e uma base muito boa. Tenho um pressentimento muito bom para a nova época.
Já reflectiram sobre os erros que cometeram?
Ainda é muito cedo para isso, mas o importante na pré-época é adquirir ritmo, trabalhar forte nesta fase, pois será a gasolina para o resto da temporada. Dentro de um mês teremos uma pré-eliminatória complicada e nessa altura o mister saberá dizer-nos o que quer e o que não quer que façamos. A maioria dos jogadores conhecem as ideias dele e isso é bom. E tentaremos que os reforços se adaptem o mais rapidamente possível à equipa.
Jorge Jesus disse em entrevista recente a A BOLA que o Benfica foi vítima do sucesso da época anterior. Além disso, durante a última temporada ficou-se com a ideia de que a equipa entrou em 2010/11 com demasiada autoconfiança. Concorda?
Concordo. Tínhamos sido campeões, além disso a equipa era muito jovem e creio que caímos nessa inexperiência de pensar que pelo facto de termos sido campeões na época anterior iríamos entrar em qualquer campo e ganhar a qualquer adversário sem correr nem suar. Provou-se que isso é impossível. O campeonato português é muito difícil e tivemos um início de época muito complicado. Mas a vida coloca-nos esses obstáculos para que os superemos e para aprender com eles. Mas agora estaremos preparados, pelo menos aqueles que tiveram essa experiência do ano anterior.
Acredita que não irá acontecer o mesmo no início desta temporada?
Teremos em mente essa recordação e acredito que isso não irá acontecer outra vez. Quanto aos reforços, teremos de lhes explicar que esta é uma competição muito difícil e que não se ganha envergando apenas o símbolo do Benfica. 
Vão pegar nessas recordações para as transformar em forças? 
O meu pai sempre me disse que a vida coloca-nos obstáculos para os superarmos e aprendermos com isso.

publicado por Benfica 73 às 10:29

Junho 26 2011

Médio, ex-Estudiantes, ficou fora dos eleitos da Argentina para a Copa América. Jogador cumpriu exames e viaja mais cedo para a Luz. Menos uma dor de cabeça para Jorge Jesus. 


Enzo Pérez foi um dos três jogadores descartados, ontem, pelo seleccionador da Argentina, Sergio Batista, na convocatória final dos 23 jogadores eleitos para representar o país na Copa América, que se joga de 1 a 24 de Julho precisamente no país. 

O médio, ex-Estudiantes de La Plata, poderá, assim, apresentar-se no Benfica, com quem já assinou por cinco épocas, mais cedo: «Provavelmente sexta-feira estará em Lisboa. Está muito contente e com vontade de triunfar no Benfica. Já se esperava que ficasse de fora, não foi inesperado», disse a A BOLA o representante, Luciano Nicotra. Na Argentina, dão o negócio por concluído, dependente somente de alguns trâmites burocráticos.

A decisão, de resto, já era esperada, e acaba por possibilitar a integração de Enzo Pérez mais cedo entre os comandados às ordens de Jorge Jesus, que dispõe assim de mais um importante trunfo para atacar a pré-temporada, ainda bem a tempo de integrar o estágio de pré-época, que a águia vai realizar na Suíça.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:55

Junho 26 2011

Chegado da Madeira, onde participou numa homenagem à ex-capitã da Selecção júnior de 1997, Mariela Gonçalves, José António Silva apareceu tranquilo, directo e sem arrependimentos no balanço de três anos como treinador do Benfica. Conquistou três taças, chegou a uma final europeia mas reconhece que faltou o título nacional. 
Tinha contrato com o Benfica até 2012, estava à espera de sair no final desta época ou foi apanhado de surpresa?
Terá sido surpresa para algumas pessoas, mas para mim não foi. Desde há algum tempo que havia pontos de vista diferentes no que toca a perspectivas de trabalho e de como elas seriam interpretadas. É um desfecho normal, pois não iríamos encontrar um equilíbrio. Mas não estão em causa as pessoas, isto que fique claro. Foram pontos de vista distintos no que toca à organização e quanto à funcionalidade. Creio que o motivo fundamental foi este, entendi não ser necessário falar doutras questões.
Que balanço faz destes três anos - positivo ou negativo?
Em primeiro lugar, estes três anos não podem ser vistos como contínuos: no primeiro [ndr: 2008/09] vencemos a Taça da Liga e fomos à final com o FC Porto, que foi decidida na negra, ou seja, até ao fim. O FC Porto acabou por fazer prevalecer o factor casa. O segundo (2009/10) é uma temporada completamente atípica e pela primeira vez, confesso publicamente, que tentei que o clube me libertasse do compromisso verbal que tínhamos. Mas entendemos que deveríamos manter esta ligação, embora assumíssemos que a época desportiva poderia ser comprometida. Nesta última, a análise real é que vencemos duas Taças e chegámos a uma final europeia, nos confrontos directos com o FC Porto, incluíndo o jogo no torneio de S. Mateus, vencemos cinco e perdemos dois, sempre no Dragão Caixa. É um facto que houve alguma irregularidade, mas repare que apenas em dois, três jogos tivemos o plantel todo disponível para competir, que foi na Supertaça nos jogos com o Porto e o Sporting. Também se explica por aqui. Mas é desonesto não se considerar esta última, boa época.
Sentiu pressão por estar no comando técnico do Benfica?
Pressão? É evidente que por trabalhar num clube como o Benfica, todos os actos, todas as acções têm uma dimensão enorme. Mas em todos os momentos tento dar o máximo, seja em que jogo for, contra qualquer adversário e, para mim, a pressão é igual. Há uma maior atenção mas preparamo-nos sempre da mesma maneira. O plantel foi construído para promover uma competição interna feroz, os jogadores teriam de estar sob pressão e deu-me muito gozo trabalhar com este grupo. Muita gente identifica muitos problemas neste plantel e isso é uma noção completamente errada! São excelentes profissionais, excelentes pessoas. Se nunca tivemos problemas? Não é verdade, mas por vezes o treinador tem de intervir de uma outra forma. Mas os momentos menos bons foram resolvidos longe dos olhares e na intimidade da equipa, pois queremos tirar o máximo dos jogadores. Tentei impôr as minhas ideias e orientei-me por elas até ao fim. E nos meus contactos com o presidente do clube [ndr: Luís Filipe Vieira] sempre senti apoio e confiança. É empenhadíssimo e trabalha de forma intensa para o Benfica. A ida dele ao balneário depois da qualificação na Taça Challenge foi um bom momento, positivo, e agradeço-lhe muito. Gostava também de deixar um agradecimento ao Dr. João Coutinho, vice-presidente para as modalidades, que me apoiou imenso assim como aos adeptos, em especial ao pequeno grupo a quem chamo Os Indefectíveis, que sempre nos acompanharam para todo o lado.

publicado por Benfica 73 às 09:03

Junho 26 2011

Daniel Wass diz que era impossível recusar convite do Benfica. Rendido à grandeza do clube, lateral direito dinamarquês quer «vencer» de águia ao peito e crescer como jogador.

«Estou muito ansioso por começar a treinar e a jogar. O Benfica é um clube muito grande, com uma história vasta e com muitos adeptos espalhados pelo mundo inteiro, também na Dinamarca. É uma grande oportunidade para mim», diz o jogador, em entrevista à Benfica TV.

«Sou um defesa mas participo muito no ataque, faço tudo para ganhar. Posso também actuar no meio-campo, pelo lado direito», explica Wass, conhecedor da concorrência que o espera na equipa encarnada.

«Maxi Pereira e Ruben Amorim são dois bons jogadores com quem espero aprender, especialmente com Maxi», destaca, mostrando-se prevenido para o «futebol rápido» que se pratica em Portugal.

Daniel Wass deixa uma mensagem de confiança aos adeptos, em nome de todo o grupo de trabalho: «Esperamos ganhar o campeonato esta época e ir longe na Liga dos Campeões». A título individual, pretende «simplesmente vencer».

O Estádio da Luz encantou o dinamarquês. «É muito grande, bonito, com muita cor», descreve, deixando igualmente muitos elogios ao centro de treinos do clube, no Seixal: «É impressionante! Tem todas as infraestruturas necessárias, é maravilhoso!».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:24
Tags: ,

Junho 26 2011
publicado por Benfica 73 às 07:45
Tags:

BENFICA 73
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...