Abril 10 2011

O Nacional Montevideo está disposto a negociar o passe de Santiago Garcia por 5 milhões de euros no final da temporada. A garantia é dada pelo diretor-desportivo do clube uruguaio, Alexandre Raul, que assume ter já recebido diversas sondagens visando a transferência do jovem que é pretendido pelo Benfica.

Consciente que será impossível manter o jogador de 20 anos por muito mais tempo, dado o seu desempenho na Libertadores, o dirigente sul-americano recusa revelar quais os interessados.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 19:28

Abril 10 2011

Gaspar Ramos, antigo dirigente do Benfica confessa que ficou desagradado com o clube encarnado na sequência do apagão verificado na Luz, aquando do título do FC Porto, mas apontou o dedo às críticas de Pinto da Costa, frisando que o presidente portista "já fez muito pior".

"Desde agressões a dirigentes até ao episódio mais conhecido, do cheiro a bagaço no balneário, que nos obrigou a equipar no corredor. Portanto, coisas de uma baixeza indescritível. Pinto da Costa não tem moral para falar", contou Ramos, em entrevista ao "Correio da Manhã", acrescentando que, no seu tempo, o líder dos dragões "tinha o controlo de todas as instâncias do futebol, desde a justiça à arbitragem."

O antigo responsável pelo futebol das águias é da opinião que um entendimento entre os dois clubes é impossível: "acho apenas que há possibilidades de o Benfica assumir atitudes dignas. Enquanto Pinto da Costa for presidente do FC Porto, as suas atitudes vão ser iguais."

No relvado

Gaspar Ramos considerou o conjunto orientada por Villas-Boas "um justo campeão", embora lembre que o Benfica tem razões de queixa da arbitragem: "Têm alguma razão, pois o Benfica foi claramente prejudicado nos primeiros jogos. O FC Porto teve alguma ajuda na fase menos boa, mas tenho as minhas dúvidas de que tenha sido premeditado."

Sobre a campanha europeia dos encarnados, Ramos sublinhou que, depois da goleada (4-1) ao PSV, ainda tem "mais motivos para acreditar que o Benfica pode ganhar" a Liga Europa.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 18:34

Abril 10 2011

Na ausência de Jorge Jesus, que não pode dirigir a equipa por força do castigo de 11 dias imposto pela Liga, será um dos homens de confiança e braço direito na equipa técnica a orientar desde o banco de suplentes a equipa, esta noite contra a Naval. 

Raul José, de 47 anos, deverá trocar o habitual fato de treino, com que costuma sentar-se ao lado dos suplentes, pelo fato e gravata pela primeira vez na sua carreira, dando a cara pelas opções técnicas adoptadas numa visita nada fácil para as águias e onde se anunciam, desde já, muitas alterações na equipa.

Raul José deu os primeiros passos como treinador nos juniores do Alverca, deixando para trás uma carreira modesta enquanto profissional de futebol: jogou Atlético, Estrela da Amadora e Alverca. Pendurou as chuteiras relativamente cedo, quando tinha apenas 33 anos. No Alverca esteve, então, durante duas épocas orientando a equipa de juniores, transitando depois para a equipa técnica do futebol sénior como adjunto de dois históricos treinadores: Mário Wilson e José Romão. Afastou-se, depois, do futebol durante sensivelmente quatro anos até que Jorge Jesus o transformou no seu principal braço direito, situação que se manteve até aos dias de hoje.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:03

Abril 10 2011

O Benfica tem uma reunião com o Varzim marcada para a próxima sexta-feira, durante a qual os presidentes dos dois clubes vão falar do protocolo assinado no final do ano passado. Na altura, recorde-se, o clube nortenho deu direito de preferência às águias sobre os jogadores do plantel durante duas temporadas, mediante o pagamento de uma verba que permitiu ao emblema da Póvoa pagar os ordenados que tinha em atraso.

O defesa-central Neto, de 22 anos, é um dos alvos dos encarnados, mas não é o único. Rafael Lopes, de 19 anos, e também o médio polivalente Tiago Terroso, de 23 anos – também já jogou na defesa – pode interessar ao clube da Luz, mas esta é uma questão a ser tratada nos próximos dias e que, segundo Lopes de Castro, presidente do Varzim não conheceu desenvolvimentos nos últimos tempos.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 15:30

Abril 10 2011

Luís Filipe Vieira recordou este sábado, durante a Conferência Internacional de Empreendedorismo, o processo de recuperação do clube desde que

chegou à Luz e sublinhou que os encarnados são hoje uma enorme fonte de receitas.

"A frieza dos números diz-nos que, tendo partido rigorosamente do zero, conseguimos em dez anos transformar o Benfica no 11.º maior clube do mundo a nível de bilheteira e no 17.º maior a nível de receita comercial. Tudo isto com o mesmo nível de receitas televisivas que tínhamos em 2001", disse em Angra do Heroísmo, acrescentando: "de uma marca descredibilizada, a marca Benfica passou a valer, nos dias de hoje, acima dos 250 milhões de euros."

O líder das águias lembrou também a situação da Benfica TV, lançada em 2008, frisando que "é o único canal de um clube, a nível mundial, que é rentável". "Todos os restantes canais – Barcelona, Real Madrid, Manchester, Inter – são canais que perdem dinheiro", adiantou.

Vieira fez ainda uma analogia curiosa entre a situação financeira do Benfica há uma década e a atual: "enquanto o Benfica estava falido, o país, na altura, mantinha um bom músculo financeiro. Situação diferente daquela que vivemos hoje, em que o Benfica está financeiramente equilibrado, enquanto o País está no estado em que sabemos."

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 15:10

Abril 10 2011

O último treinador a defrontar Bruno César é «um benfiquista». Compara-o «ao Zahovic do tempo do FC Porto» e diz que se trata dum «canhoto fantástico». Hoje no Botafogo de Ribeirão Preto (estado de São Paulo), o português Argel tem a certeza de que, «dentro de três ou quatro anos», estará a treinar em Portugal. 

Bruno César é um dos reforços garantidos pelo Benfica na próxima temporada. É uma boa contratação?
- Não é boa, é uma grande contratação. Como benfiquista, fiquei muito contente. É um médio-ofensivo de grande qualidade, muito rápido, agressivo, joga atrás dos avançados, vai encaixar-se muito bem. Guardadas as devidas proporções, ele é um Aimar. Mas é ainda jovem, muito jovem. No entanto, é um gajo já com experiência.

- Só que é canhoto.
- Sim, pois é, faz-me lembrar também um dos melhores jogadores que eu vi jogar, o Zahovic. Mas faz-me lembrar o Zahovic do FC Porto, que era fantástico. E o Bruno é fantástico também. Para mim, o Benfica contratou o melhor esquerdino do futebol brasileiro actual, melhor do que o Roger ou do que o Diego Souza.

- No Botafogo de Ribeirão Preto-Corinthians da última jornada ainda deu trabalho...
- Quando ele entrou fiquei com os cabelos em pé. Porque ele define jogos. 

- Falou com ele no final?
- Sim, ele veio abraçar-me no final do desafio e eu disse-lhe: «Olha, você vai para um dos melhores clubes do futebol europeu, hein!». 

- E ele?
- Ele sorriu.

- E o Argel, como está? Tem contrato no Botafogo de Ribeirão Preto até quando?
- Até ao fim do Paulista.

- Gostava de trabalhar em Portugal?
- Com certeza, até porque tenho passaporte português. Já trabalhámos [aponta para o adjunto Claudiomiro, ex-jogador de Santos e Grémio que esteve com um pé no Benfica em 2002] aqui em oito clubes, sempre com sucesso e, por isso, desejo trabalhar em Portugal.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:31

Abril 10 2011

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, divulgou a lista de convocados para a partida, de domingo, frente à Naval, onde não figuram Roberto, Luisão, Maxi, por opção, Fábio Coentrão, Jardel e Cardozo, castigados. 
Os médios Carlos Martins e Airton, que estiveram condicionados ao longo da semana, estão recuperados e fazem parte das escolhas para o jogo de domingo.
Uma das principais novidades na convocatória é a presença do argentino José Luís Fernandez, reforço de Inverno.
Lista de convocados:

Guarda-redes: Júlio César e Moreira;

Defesas: César Peixoto, Carole, Sidnei, Luís Filipe e Roderick;

Médios: Javi Garcia, Airton, Carlos Martins, Salvio, Gaitán, Filipe Menezes, Luís Fernandes e Aimar;

Avançados: Kardec, Saviola, Jara e Weldon.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:41

Abril 10 2011
publicado por Benfica 73 às 08:01
Tags:

Abril 10 2011

Do bizarro discurso de vitória de André Villas-Boas, dando ideia de que o seu maior objetivo para o jogo de domingo era provar que o FC Porto era melhor, mais espetacular, mais artístico e mais eficaz que o Benfica, ressaltou o desmentido a algum expert que terá identificado mal as características inatas da equipa.

Glosando aquele discurso técnico-futebolês que invadiu os areópagos televisivos por via da chamada de treinadores desempregados à colação quotidiana, criou uma espécie de mausoléu virtual ao comentador desconhecido que terá chamado equipa “de transição” ao conjunto portista – com a transição a significar contra-ataque rápido e não a necessária passagem de um quadro de subalternidade mediática para o primeiro plano da admiração popular.

Após a única partida da época em que teve menos bola que o adversário, escolheu um dia mau para falar de “posse”, pois a estratégia para superar o Benfica consistiu em marcação e superioridade no jogo interior, bloqueio lateral e pressão sobre os portadores, abdicando da famosa circulação e ataque sustentado que, desde o tempo do futebolzinho apoiado, em marcha-atrás e a passo, se convencionou chamar de jogo à portuguesa desde os anos 70.

Num jogo com apenas quatro futebolistas portugueses, um dos quais naturalizado, as exaltações nacionalistas soam a forçado. Os clubes portugueses há muito deixaram de representar um padrão de jogo nacional genuíno, aculturados pela infiltração massiva de jogadores de outras nacionalidades e escolas, que faz os Coentrões e Moutinhos sentirem-se quase estrangeiros no próprio país. O retrato do futebol português mostra com mais definição falta de educação básica, confrontação regionalista e absoluta indiferença por valores desportivos, onde os responsáveis não se respeitam, os organismos se escondem e toda gente se considera acima de leis e regulamentos. Assim como André Villas-Boas tem dificuldades em situar os méritos da sua equipa campeã no justo patamar da hierarquia de preferências dos adeptos em geral e do espetro mediático em particular, também seria estulto que outras equipas de matriz bem mais genuína, em qualidade e quantidade, como o Sporting, se tivessem de considerar menos representativas, apenas porque não alcançam os melhores resultados.

Uma nova identidade surge, assim, como a verdadeira transição por realizar no ambicioso programa de André Villas-Boas, adepto de sempre e treinador do presente. Escorre do seu discurso de vitória, ligeiramente traído pela vertigem da falsa modéstia, a ambição de dar ao FC Porto uma projeção consentânea com o sucesso desportivo, começando a recuperar o enorme prestígio esbanjado ao longo de décadas por causa do discurso oficial que nunca resiste a dedicar os grandes triunfos aos palhaços e imbecis que lhe povoam as preocupações ao longo das temporadas.

Villas-Boas quer holofotes, quer notas artísticas, quer simpatia, quer Mundo, o que talvez seja pedir de mais quando se vai ao volante de um veículo blindado, mal-encarado, cuspindo fogo e com horizontes regionais. Talvez lhe possa servir de inspiração aquele ex-selecionador que, farto das ingerências políticas na federação, escolheu prosseguir a carreira num país civilizado e democrático como o Irão.

Autor: JOÃO QUERIDO MANHA

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 00:36

Abril 10 2011

From: Domingos Amaral

To: Sócios do Benfica

Caros sócios do Benfica

Bem sei que há uma crise económica, e na quinta-feira há jogo importantíssimo com o PSV, mas mesmo assim não compreendo porque muitos de vós ficarão no sofá, e não haverá casa cheia hoje contra o FC Porto. O “inferno da Luz” é uma das poucas vantagens que temos. Mais de 60 mil a puxar pela equipa, poderiam dar a provar ao FC Porto um veneno que nunca provou este ano, e a que Valdano chamava “medo cénico”: a perturbação psicológica, um quase terror, que se apodera de uma equipa quando vê um estádio inteiro a gritar contra ela.

Principalmente porque, é importante recordar, este FC Porto joga muito fora de casa. Para a Liga Europa, ganhou todos os jogos, incluindo Sevilha e Moscovo. Para o campeonato, só empatou em Alvalade e Guimarães. Sabe pois o que é ganhar fora, e como fazê-lo. Mas, ponto relevante, nunca enfrentou este ano um estádio completamente cheio, com mais de 60 mil gargantas a pressioná-lo...

Portanto, aqueles de vós que ainda têm uns euritos na carteira, metam-se a caminho da Luz. Somos benfiquistas, “de um clube lutador”, como canta o Piçarra, e todos juntos podemos empurrar a rapaziada para uma vitória essencial para o que resta da época. Aqui devíamos dizer, como diziam os espanhóis: “no pássaran!” Igualar o recorde do Hagan? Campeões? Esqueçam! Alto e pára o baile, que aqui mandamos nós! Vamos lá cambada, todos à molhada, todos à Luz mostrar aos tripeiros que até os comemos!

Autor: DOMINGOS AMARAL

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 00:32

BENFICA 73
contador grátis
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...