Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Luís Sénica: “Um clássico é sempre um clássico”

04.03.11, Benfica 73

O hóquei em patins prepara-se para defrontar o FC Porto para o Campeonato Nacional. Com três pontos de avanço sobre o adversário, a equipa de Luís Sénica quer alcançar um triunfo para cimentar a liderança na prova.
“É um clássico de hóquei em patins que vale três pontos e esses três pontos são importantes. Estamos numa fase decrescente do Campeonato, as coisas estão muito próximas em termos de liderança, com uma diferença relativamente próxima, que nada decide e espero que seja um bom espectáculo, com o Benfica a manter a liderança”, analisou o treinador do Benfica, Luís Sénica, em declarações à Benfica TV.
No que toca às exibições dos “encarnados” até ao momento, o técnico está satisfeito com o que foi alcançado até à data: “Temos feito boas exibições, bons jogos, temos sido submetidos a muitas dificuldades que temos conseguido superar, portanto, acho que estamos bem e no bom caminho.”
Embora seja um clássico com três pontos importantes em jogo, Luís Sénica revelou que a semana de trabalho não sofreu grandes alterações: “Há sempre pequenos ajustamentos em relação ao adversário. O padrão normal está cá, o nosso modelo também está cá e depois há algumas mudanças, que estão relacionadas com aquilo que são os nossos adversários, mas nada foge à normalidade. Um clássico é sempre um clássico, mas o trabalho da semana não difere muito.”

 Este encontro está marcado para o próximo sábado, dia 5 de Março, pelas 17h45, no pavilhão do FC Porto.

Fonte: SLB

Aimar continua a fazer tratamento

04.03.11, Benfica 73

O plantel do Benfica continuou a preparar, esta sexta-feira, o jogo de domingo frente ao Sp. Braga, referente à 22.ª jornada do campeonato, num treino em que Aimar voltou a fazer tratamento.

O médio argentino, que se lesionou na partida frente ao Sporting, fez tratamento a uma mialgia na face posterior da coxa direita e tudo indica que não estará disponível para o encontro do Estádio Axa..

Ausentes da sessão também voltaram a estar César Peixoto, que fez treino condicionado devido a uma mialgia na coxa esquerda, e Ruben Amorim, que fez tratamento e trabalho de ginásio a uma tendinite no joelho da perna direita.

O grupo encarnado regressa ao trabalho no sábado, às 10H30, no Seixal, numa sessão que vai decorrer à porta fechada.

Fonte: Record

Estatísticas oficiais: Benfica continua a liderar na eficácia

04.03.11, Benfica 73

O Benfica continua a liderar as estatísticas no que diz à eficácia na Liga. Segundo os dados das estatísticas oficiais, a equipa comandada por Jorge Jesus remata menos à baliza do que FC Porto, Sporting e V. Guimarães, mas detém a melhor percentagem de golos.

A equipa encarnada tem contabilizados 328 remates no total dos 21 jogos realizados na Liga (141 dos quais foram à baliza) e soma 44 golos (percentagem de 13,4 por cento).

O FC Porto lidera no capítulo de remates (382, dos quais 145 foram à baliza), mas é relegado para a segunda posição no que diz respeito à eficácia com 12,6 por cento, com os 49 golos que leva nas 21 jornadas do campeonato.

O Sporting também remata muito (364, apenas suplantado pelo FC Porto), mas é quinto ao nível da eficácia, com 8,8 por cento, correspondendo aos 32 golos que leva no Campeonato.

De resto destaque para o facto de o FC Porto, líder do campeonato com mais oito pontos do que o Benfica, continuar na frente das tabelas de estatísticas no que diz respeito a passes (9456), passes certos (7503), remates (382), remates à baliza (145), golos (49) e golos de grande penalidade (6). O Benfica, por sua vez, lidera nos passes para a frente (2363), cantos (170), percentagem de remates à baliza (43 %) e percentagem de golos remates (13,4).

Fonte: A Bola

Fábio Coentrão eleito melhor jogador do mês

04.03.11, Benfica 73

O esquerdino do Benfica foi eleito pela Liga o melhor jogador do campeonato ao longo do mês de Fevereiro. Fábio Coentrão quebrou assim a hegemonia de Hulk, que venceu todas as distinções desde o início da época.
O jogador do Benfica levou agora a melhor com 30 por cento dos votos de adeptos e treinadores, relegando Hulk para a segunda posição, com 16,3 por cento. O argentino Salvio, também do Benfica, ficou no último lugar do pódio, com 7,8 por cento.
A Liga tem previsto entregar o prémio a Fábio Coentrão momentos antes do Benfica – Portimonense, agendado para o próximo dia 13.

Fonte: A Bola

Cardozo com muito mercado na Rússia

04.03.11, Benfica 73

O futuro de Oscar Cardozo poderá passar pelo futebol russo no final da temporada. O internacional paraguaio está muito bem cotado entre os emblemas daquele país, dispostos a investir valores próximos daquilo que a SAD encarnada pretende, ou seja, ligeiramente acima dos 20 milhões de euros.

Um dos clubes mais interessados é o Zenit, onde alinham os portugueses Danny e Bruno Alves. Spaletti pretende um avançado possante para atacar a participação na Liga dos Campeões na próxima temporada e oTacuara está entre os preferidos do técnico campeão russo. Contudo, o Zenit não corre sozinho, falando-se também do interesse de CSKA e Spartak.

Fonte: Record

Três meses sempre a ganhar

04.03.11, Benfica 73

Vitória em Braga prolongará registo imaculado desde 7 de Dezembro. Marco histórico e importante factor motivacional para confirmar domingo, na «Pedreira» Vice-campeão é teste.

Um registo para recordar para muitos anos: três meses consecutivos sempre a ganhar - com 100 por cento de vitórias, divididas por quatro provas (Campeonato, Liga Europa, Taça da Liga e Taça de Portugal) - em caso de nova vitória, domingo, em Braga, é a meta histórica que acicata ainda mais o Benfica de Jorge Jesus para tentar o 19.º triunfo consecutivo de rajada.

O tempo passou num instante, com os adeptos a festejarem golos e vitórias em catadupa, mas completam-se segunda-feira (dia 7) precisamente três meses desde a última derrota do campeão nacional esta temporada: 1-2, na Luz, diante do Schalke 04, na despedida da Champions.

A partir daí, a águia arrancou para esta série imparável, que já vai em 18 vitórias consecutivas e que, caso os encarnados suplantem com sucesso o vice-campeão nacional, nesta próxima jornada (22.ª) da Liga, na pedreira, consagrará três meses com 100 por cento de aproveitamento.

Fonte: A Bola

Cardozo o caçador de leões

04.03.11, Benfica 73

Sporting é uma das três maiores vítimas do paraguaio. Rui Patrício foi quem mais sofreu.
Já há quem diga que Cardozo é o Liedson do Benfica. Não tanto pela fisionomia, estilo ou nacionalidade, mas pela história particular dos derbies.
Traduzindo: se a principal vítima em Portugal do actual jogador do Corinthians foi o Benfica, com 11 golos marcados em sete épocas e meia, o Sporting tornou-se anteontem num dos três clubes a quem o internacional paraguaio mais factura.
Recorde-se que Cardozo foi determinante na vitória sobre os leões, marcando o golo do empate, num cabeceamento após um canto marcado por Carlos Martins.
Foi a sétima vez que o avançado picou ao eterno rival do clube que representa há três épocas e meia.
Ou seja, já tem uma média superior à do luso-brasileiro - por algumas milésimas, é certo, mas superior (1,38 golos por época de Liedson ao Benfica; 1,75 golos por época de Cardozo ao Sporting), ainda que para elevar o feito à categoria de mito o factor quantidade seja determinante.

Fonte: A Bola

Aimar falha viagem a Braga

04.03.11, Benfica 73

Argentino só esta sexta-feira fará exames complementares, mas Jesus não deve arriscar. Problema muscular na coxa direita. Há mais jogadores em risco devido à sobrecarga de minutos.

Paragem forçada. Pablo Aimar apenas esta sexta-feira deverá realizar exames complementares para avaliar com exactidão a extensão do problema que o obrigou a uma passagem fugaz pelo derby de quarta-feira, mas muito dificilmente o argentino recuperará a tempo da viagem até Braga, onde no domingo a equipa de Jorge Jesus defronta os arsenalistas.

Aimar, de 31 anos, permanecia ontem bastante queixoso, tendo por isso limitado a sua acção a tratamentos, não se apresentando sequer no relvado do Caixa Futebol Campus onde decorreu a sessão de treino na ressaca da vitória contra o Sporting.

Jorge Jesus admitiu, no final do derby, que não tinha dado a titularidade a Aimar em virtude do desgaste físico do jogador.

Lançou-o ao minuto 66 e foi obrigado a retirá-lo de campo 11 minutos depois, após um cruzamento para a área leonina, em que ficou de imediato queixoso. Ainda tentou prosseguir, mas depressa percebeu que nada havia a fazer.

Fonte: A Bola

Javi cobiçado em Inglaterra

04.03.11, Benfica 73

O Benfica tem sido pródigo nos últimos tempos em conseguir rentabilizar da melhor forma os investimentos que tem feito em jogadores jovens. Ramires, Di María e David Luiz são os exemplos mais recentes e este verão Javi García poderá inscrever o seu nome nesta lista.

O espanhol contratado ao Real Madrid por 7 milhões de euros no verão de 2009 é muito cobiçado em Inglaterra e são várias as equipas do principal escalão que podem avançar com uma proposta concreta no defeso que se avizinha. Já na temporada passada, o nome do jogador, de 24 anos, chegou a ser ventilado como alvo do Liverpool e Everton, mas Javi acabou por permanecer mais um ano na Luz.

Fonte: Record

Núcleo duro escapa à gestão do plantel

04.03.11, Benfica 73

“Neste momento, sentimo-nos felizes por estar em todas as frentes, mas podemos pagar por isso”, afirmou Jorge Jesus na véspera do encontro com o Sporting, no qual o Benfica carimbou a presença na final da Taça da Liga. O técnico referia-se ao cansaço dos jogadores perante as exigências da competição, mas a verdade é que há um núcleo duro, composto por Maxi Pereira, Luisão, Coentrão, Salvio, Gaitán, Cardozo e, mesmo, Luisão, que tem escapado a estas poupanças.

Ao reservarem um lugar no Estádio Cidade de Coimbra, dia 23 de abril, para discutir a conquista do troféu, as águias vão fazer, até final da época, pelo menos, mais 13 jogos, que se juntam aos 39 já realizados perfazendo 52, mais 1 do que na temporada passada. As contas poderão não ficar por aqui, pois na Taça de Portugal o Benfica (recebe o FC Porto) está em posição privilegiada de atingir a final, enquanto na Liga Europa os encarnados alimentam o sonho de brilhar na competição.

Fonte: Record

Selecções e clubes de Portugal à beira da exclusão pela FIFA

04.03.11, Benfica 73

Demolidora a carta de ontem à FPF. Pedida uma AG para dia 19. Comité de Emergência da FIFA será convocado para punir Portugal se os novos estatutos não forem aprovados.

A FIFA, através de um faxe enviado ontem à Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a que A BOLA teve acesso e publica na íntegra, fez um derradeiro ultimato ao futebol português: ou os novos estatutos são aprovados na próxima assembleia geral (AG) da FPF, ou a Selecção Nacional e os clubes portugueses são impedidos de participar em competições internacionais.

Se a minoria de bloqueio que impediu, na última AG da FPF, que os novos estatutos recebessem luz verde, mantiver a sua posição, verificando-se um novo chumbo, o secretário-geral da FIFA avisa que o caso será remetido pelo Comité de Associações para o Comité de Emergência da FIFA (que se reunirá imediatamente) para suspender a FPF.

Já depois de concluída, ontem à tarde, a reunião, convocada de urgência, por Gilberto Madail - na sequência da sessão do Comité de Associações da FIFA do passado dia 1 de Março - da Direcção da FPF, de onde saiu um pedido ao presidente da Mesa da Assembleia Geral da FPF para convocar uma assembleia geral para o próximo dia 19 de Março com vista à aprovação dos estatutos que não passaram na última reunião magna por 22 votos (são precisos 75 por cento dos votos e os novos estatutos receberam 71 por cento), chegou à FPF um faxe, assinado por Jerôme Valcke, secretário-geral da FIFA, cujo conteúdo mostra até que ponto a Selecção Nacional e os clubes portugueses estão em perigo.

Trata-se de um verdadeiro ultimato, sem subtilezas semânticas, onde é dito, com toda a clareza, que se os novos estatutos não forem aprovados na próxima assembleia geral da FPF, a Selecção Nacional e os clubes portugueses ficarão impedidos de qualquer contacto internacional.

O secretário-geral da FIFA refere-se também às três dúvidas levantadas pelas Associações distritais que compõem a minoria de bloqueio, reafirmando que os artigos em causa estão conformes aos princípios gerais e aos estatutos da FIFA, não havendo, pois, necessidade de voltar a debatê-los.

Fonte: A Bola

Moreira pode ter acabado a época

04.03.11, Benfica 73

Vida difícil para Moreira às ordens de Jorge Jesus. Se havia dúvidas sobre tal cenário, ficaram dissipadas na última quarta-feira, com o camisola 1 a ver-se relegado para o banco de suplentes naquela que deveria ser a "sua" competição. O técnico encarnado vinha trazendo bem definida a hierarquia dos guarda-redes na presente campanha: Roberto para campeonato e Liga dos Campeões (agora segue na Liga Europa), Júlio César para os jogos da Taça de Portugal e Moreira com a titularidade nos embates da Taça da Liga. Assim foi, lá está, até ao último compromisso e, tendo isto em conta, Moreira poderá não jogar mais esta época.

O "keeper" cumpriu os três jogos da fase de grupos da Taça da Liga (Marítimo, Olhanense e Desportivo das Aves, num total de 270') e seria natural que ouvisse o apito inicial no relvado frente aos leões. Quando foi "a doer", contudo, Jorge Jesus chamou Roberto, da mesma forma que, na última campanha, lançou Quim na final com o FC Porto.

Certo é que, se já foi preterido nas meias-finais, Moreira deverá sê-lo também na final da Taça da Liga, pelo que, salvo alguma alteração, não deverá calçar mais as luvas como titular até final da campanha 2010/11.

Fonte: O Jogo

Sevilha não larga Maxi Pereira

04.03.11, Benfica 73

O interesse do Sevilha em Maxi Pereira é bem real e, tal como O JOGO adiantou oportunamente, o emblema espanhol fez deslocar emissários ao último embate dos encarnados no campeonato, contra o Marítimo. O clube andaluz, recentemente afastado da Liga Europa pelo FC Porto, está apostado em formar uma equipa competitiva para o ataque à próxima época e vê no internacional uruguaio uma boa solução para a lateral direita. O camisola 14 tem contrato válido até 2012, e a SAD pretende renovar o vínculo por mais duas épocas. Neste momento, já existem conversações, mas directamente com o jogador, uma vez que os responsáveis encarnados estão de relações cortadas com o empresário de El Mono, Paco Casal, depois de este ter levado Rodríguez para o rival FC Porto no Verão de 2008. O Sevilha está atento às movimentações e promete agitar o mercado.

Fonte: O Jogo

Aimar deve despedir-se no fim da época

04.03.11, Benfica 73

E esta deve ser a última época de Pablo Aimar com a camisola do Benfica, apesar de ainda ter mais um ano de contrato com os encarnados. O treinador do River Plate está em pulgas para voltar a ter El Payaso - alcunha que lhe foi dada na Argentina - nas suas fileiras. E ao que O JOGO apurou, nada agradaria mais ao camisola 10 das águias, desejoso de poder regressar a casa e terminar a carreira junto das suas gentes e no seu clube de coração. A saída de El Mago proporcionaria aos encarnados a última hipótese de um encaixe financeiro, já que Aimar tem contrato até 2012. Na Luz já se prepara Gaitán para assumir o papel actualmente destinado a El Mago.

Ontem, a Imprensa argentina insistia no interesse do River Plate em voltar a contar com Aimar, actualmente com 31 anos. O clube está a lutar pela manutenção na primeira divisão, e o presidente Daniel Passarella não quer voltar a ver-se nesta aflição, pelo que já está a planear a próxima temporada. E quer ver a camisola 10 do clube que preside de novo envergada por Pablito Aimar.

O médio criativo, recorde-se, foi formado nas escolas do emblema de Buenos Aires, tendo alinhado na sua equipa profissional durante cinco épocas e meia antes de partir para a Europa, mais concretamente para o Valência.

Aimar já confidenciou a alguns colegas do plantel que conta ir-se embora no final da época, apesar de publicamente não o poder admitir. Na última vez que abordou o tema, o argentino defendeu ser cedo para falar do seu futuro, dado "faltar ainda muito tempo" para o final do contrato. O camisola 10 até se mostrou disponível para conversar com o Benfica sobre uma eventual renovação e, acerca do interesse do River Plate, afirmou: "Só posso dizer que tenho três filhos e tenho de pensar mais com a cabeça." Ou seja, só questões financeiras poderão levar Aimar a adiar o seu sonho de regresso a casa. Há algum tempo surgiu a possibilidade do jogador rumar a um clube de Médio Oriente, onde, como é sabido, os jogadores são pagos a peso de ouro. Essa hipótese continua de pé.


ÉPOCA | JOGOS DO BENFICA | JOGOS DE AIMAR | COMPLETOS | GOLOS

2008/09 44 29 15 2

2009/10 51 41 5 5

2010/11 39 33 10 5

Fonte: O Jogo

Jesus forever

04.03.11, Benfica 73

No espaço de quatro dias, e com uma viagem pelo meio, a equipa do Benfica vulgarizou o Sporting e o Estugarda nos seus respetivos terrenos. Temo que assim se esteja a banalizar o futebol-espetáculo. Corre-se o risco de o espectador português esperar que em todas as partidas se pratique bom futebol. Pelo sim, pelo não, aconselho o visionamento de um ou dois jogos do FC Porto para se voltar à realidade.

Comecemos pelo dérbi, o primeiro desde há muitas épocas em que se sabia de antemão que Liedson não ia resolver (muito se falou sobre a tática de Jorge Jesus, mas a estratégia de José Eduardo Bettencourt também acabou por ter influência no resultado). No fim da partida, o Benfica venceu e a imprensa sentenciou: Gaitán foi o homem do jogo, Postiga o homem do fora-de-jogo. Em relação à estratégia de Jorge Jesus, o Benfica estudou dois sistemas táticos, semelhantes aos que tinha já utilizado no último jogo contra o FC Porto: um 4x4x2 que anulava as iniciativas da equipa adversária, e um 4x4x1 que anulava as iniciativas do árbitro da partida. Em termos estatísticos, com este resultado, Jorge Jesus igualou o recorde de 15 vitórias seguidas conquistado por Jimmy Hagan e Eriksson. Todavia, caso o clube de Alvalade tivesse ganho, Paulo Sérgio também teria batido o recorde de vitórias do Sporting, nesta época: ou seja, uma vitória seguida.

Em relação ao Estugarda-Benfica, foi uma partida que não espelhou convenientemente a realidade que os dois países vivem atualmente – na quinta à noite, quem precisava de um “bail out” eram os alemães (não nos custava nada, por exemplo, emprestar-lhes o Roderick e o Nuno Gomes). Seja como for, caso ultrapasse o PSG, restam ao clube da Luz ainda algumas equipas bastante acessíveis na Liga Europa, como é o caso de Rangers, Twente ou FC Porto. Pessoalmente, torço para que nos calhe o clube das Antas, uma vez que o Benfica teria direito a uma enorme regalia: árbitros estrangeiros. Mas, conhecendo a nossa sorte, ainda nos calhava o Olegário Benquerença.

Autor:  Miguel Góis
Fonte: Record

Xistra, nome único para o Braga-Benfica

04.03.11, Benfica 73

Olegário, Duarte Gomes e Pedro Proença entre os indisponíveis. Soares Dias, Vasco santos e Jorge Sousa impedidos.
A nomeação de Carlos Xistra para o Braga-Benfica de domingo à noite causou alguma estranheza, sobretudo pelo facto de o árbitro de Castelo Branco ter vindo de um desempenho com nota negativa no último Nacional-Sporting.
Pormenor que à partida seria susceptível de o atirar temporariamente para a reserva, mas a verdade é que a Comissão de Arbitragem da Liga não tinha como fazer de outra forma e teve mesmo que apostar no albicastrense.
De facto, Vítor Pereira viu-se esta semana confrontado com excesso de impedimentos, condicionalismos que o obrigaram a optar pela escolha do único juiz internacional disponível, obedecendo, aliás, a uma norma não estatutária mas que tem sido seguida nos últimos anos com bastante rigor.
Com Pedro Proença, Olegário Benquerença e Duarte Gomes fora de jogo, todos com pedidos de escusa para esta jornada, a Comissão de Arbitragem tão-pouco pôde optar por árbitros como Artur Soares Dias, Vasco Santos ou Jorge Sousa, que recentemente apitaram jogos da equipa da Luz, ou mesmo André Gralha e João Ferreira, pelo facto de terem dirigido partidas recentes do Braga.
De fora ficou ainda Bruno Paixão, igualmente indisponível.
Assim sendo, Vítor Pereira não ficou com alternativas e apontou Carlos Xistra como o homem para o desafio da Pedreira.

Fonte: A Bola