Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Aimar em tratamento a uma mialgia

03.03.11, Benfica 73

Pablo Aimar foi ausência notada no regresso do plantel do Benfica ao trabalho, esta quinta-feira, devido a uma mialgia na face posterior da coxa direita contraída no «derby» com o Sporting.

O médio argentino substituiu Carlos Martins aos 66 minutos, mas viu-se obrigado a abandonar as quatro linhas onze minutos volvidos, com queixas musculares, cedendo o lugar a Felipe Menezes.

Esta tarde, El Mago limitou-se a fazer tratamento a uma mialgia na face posterior da coxa direita, lesão que o deixa em dúvida para a deslocação a Braga, no domingo.

Para além do número 10, no boletim clínico constam ainda os nomes de Rúben Amorim e César Peixoto. O primeiro faz tratamento e trabalho de ginásio, devido a uma tendinose rotuliana bilateral, enquanto o segundo, que procura debelar uma mialgia na coxa esquerda – a mesma lesão que afecta Aimar -, cumpre treino condicionado.
Jorge Jesus orienta nova sessão de trabalho na sexta-feira, a partir das 17 horas, no Seixal, à porta fechada.

Fonte: A Bola

Luisão convocado para defrontar Escócia; Hulk de fora

03.03.11, Benfica 73

O defesa-central Luisão, do Benfica, está entre os convocados do seleccionador do Brasil, Mano Menezes, para a partida frente à Escócia, no dia 27 de Março, que irá decorrer no Estádio Emirates.

O avançado Hulk, do FC Porto, que tinha sido convocado no último jogo, ficou de fora. O mesmo também aconteceu com Robinho, do Milan, e ainda não foi desta vez que Ronaldinho, Flamengo, regressou à canarinha.

O seleccionador fez várias alterações com as chamadas Lucas, São Paulo, Henrique, Cruzeiro, Jonas, Valência e regressaram Lúcio, Maicon, Inter, e Elano.
David Luiz, ex-Benfica e actualmente no Chelsea, também figura nas escolhas para o particular com a Escócia.

Fonte: A Bola

«Javi García está muito feliz», diz empresário

03.03.11, Benfica 73

O empresário de Javi García diz que o jogador do Benfica se sente muito feliz no Benfica, onde ainda na noite passada fez o golo que valeu aos encarnados a vitória sobre o rival Sporting e consequente qualificação para a final da Taça da Liga.

«Está muito feliz. Integrou-se muito bem em Lisboa e no clube, onde a confiança que o treinador deposita nele também ajuda muito. Além disso, Javi sente que está a melhorar de dia para dia», vincou Manuel Garcia Quillon, em declarações prestadas à Antena 1.

A verdade é que Javi García tem despertado o interesse de vários clubes, além do próprio seleccionador espanhol, Vicente del Bosque. O empresário não tem dúvidas que o jogador poderá ter oportunidade de voltar à selecção e lembra que o jogador tem mais três anos de contrato com o clube da Luz. 

Fonte: A Bola

Benfica melhor clube do Mundo em Fevereiro

03.03.11, Benfica 73

O Benfica foi distinguido pela Federação de História e Estatística do Futebol (IFFHS) como o melhor clube do mundo no mês de fevereiro de 2011.

A onda vitoriosa da formação de Jorge Jesus foi um fator decisivo para tal decisão. Os encarnados sucederam ao AC Milan que havia sido eleito no mês de janeiro.

Em dezembro de 2010 foi o FC Porto de André Villas-Boas a receber tal distinção. Os dragões já tinham alcançado este feito também em janeiro e março de 2003, assim como o Sporting, em janeiro de 2002.

Na quarta-feira foi divulgada a lista em relação aos melhores clubes do Mundo no ano de 2010, tendo os azuis e brancos alcançado o 9.º posto, as águias o 36.º e os leões o 50.º, num ranking liderado pelo Inter Milão.

Fonte: Record

Javi em destaque na imprensa espanhola

03.03.11, Benfica 73

O jornal espanhol “Marca” dá esta quinta-feira um lugar de destaque no seu site ao benfiquista Javi García.

O médio espanhol é descrito como “herói” depois de ter marcado o golo da vitória do Benfica, no dérbi frente ao Sporting, das meias-finais da Taça da Liga.

Javi chegou à Luz no início da época 2009/10 vindo da cantera do Real Madrid.

Fonte: Record

Sevilha de olho em Cardozo e Maxi Pereira

03.03.11, Benfica 73

O Sevilha enviou emissários a Portugal para ‘ficarem de olho’ nos benfiquistas Cardozo e Maxi Pereira, e ainda no maritimista Marcelo Boeck, que no último encontro para a Liga, com o Benfica, defendeu tudo o que era possível.

Segundo a imprensa espanhola, com a saída de Luis Fabiano, apontada por muitos como mais do que provável, Tacuara seria o encaixe perfeito na linha avançada do Sevilha.

O Sevilha foi recentemente afastado da Liga Europa pelo FC Porto e esta época as equipas portuguesas têm sido uma dor de cabeça: o Sporting de Braga já negado a entrada dos andaluzes na Liga dos Campeões.

Fonte: Sapo Desporto

Águia limpa os dérbis todos

03.03.11, Benfica 73

O Benfica ganhou os dérbis todos da época, algo que não conseguia desde 1993/94 com Toni ao leme. O 18.º triunfo consecutivo da águia – a última derrota teve lugar a 7 de dezembro, diante do Schalke, na Luz – permitiu-lhe aceder pela terceira temporada consecutiva à final da Taça da Liga, cujas duas derradeiras edições foram parar às suas vitrinas. Aliás, a equipa dos encarnados foi sempre feliz quando se cruzou com o Sporting nesta prova, registando dois triunfos e um empate... saboroso, pois terminou com um êxito nas grandes penalidades.

Jesus invencível. Enquanto treinador do Benfica, JJ defrontou ontem pela 6.ª vez o emblema leonino. E ainda não perdeu, ostentando cinco vitórias e um empate (12-2 em golos). Por seu turno, José Couceiro nunca bateu o Benfica como técnico principal: o melhor que conseguiu foram dois empates, um pelo FC Porto e outro ao serviço do Belenenses.

Fonte: Record

Aimar com lesão na coxa direita

03.03.11, Benfica 73

Pablo Aimar sofreu ontem uma lesão muscular na coxa direita, estando em dúvida para a partida de domingo frente ao Sp. Braga.

O médio argentino não integrou o onze inicial dos encarnados, mas foi chamado por Jorge Jesus já no decorrer da segunda parte, para substituir Carlos Martins. Pouco tempo depois, no entanto, o médio das pampas acabou por se queixar e por voltar a sair, dado o seu lugar a Filipe Menezes.

Fonte: Record

Nuno Gomes ficou de fora

03.03.11, Benfica 73

Nuno Gomes acabou por ser o preterido da convocatória de Jorge Jesus e viu o dérbi na bancada. O técnico das águias só divulgou ontem a lista de eleitos composta por 19 jogadores e coube ao capitão ficar de fora, algo que não é caso virgem nesta época.

Do lado leonino foi Diogo Salomão que nem sequer se sentou no banco. José Couceiro optou por ter outras soluções ofensivas para lançar durante o encontro e o jovem acabou por ficar de fora.

Fonte: Record

Felipe Menezes: «Na final para vencer»

03.03.11, Benfica 73

Felipe Menezes, médio brasileiro do Benfica, foi rápido na passagem pela zona mista do Estádio da Luz. Mas garantiu que o plantel só pensa em vencer a Taça da Liga.

“Vamos entrar na final para vencer, independentemente do adversário que nos vai calhar”, disse, no final do jogo frente ao Sporting, que as águias venceram por 2-1.

Fonte: Record

SAD quer emitir até 50 milhões de euros em papel comercial

03.03.11, Benfica 73

Os accionistas da Benfica, SAD vão reunir-se em Assembleia Geral extraordinária, no próximo dia 24, com vista a deliberar sobre a emissão de papel comercial ou instrumento de dívida equiparado até ao montante máximo de 50 milhões de euros.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), lê-se que o Conselho de Administração vai propor à AG que «delibere autorizar a emissão de papel comercial ou instrumento de dívida equiparado, até ao montante máximo de 50 milhões de euros, para reestruturação da sua dívida».

«Mais se propõe que o Conselho de Administração seja mandatado pela Assembleia para executar a deliberação de autorização (se aprovada), nos termos mais convenientes para a sociedade», acrescenta o documento.

Fonte: A Bola

Aimar deve falhar jogo de Braga

03.03.11, Benfica 73

O derby de ontem não correu de feição a Aimar, que começou o jogo no banco, entrou para o lugar de Carlos Martins aos 66 minutos mas foi forçado a deixar as quatro linhas ao cabo de 11 minutos em campo, em que pouco mais fez do que se responsabilizar pela cobrança de alguns pontapés de canto.

A magia de El Mago não chegou a ser visível por causa de o argentino ter acusado problemas físicos ao nível de uma das coxas, queixas que começou a evidenciar pouco depois de ter entrado. Jorge Jesus percebeu então que o argentino não iria ter condições para continuar em campo, meteu Felipe Menezes a aquecer e fez o brasileiro render o argentino à passagem do minuto 77.

Aimar será, hoje, alvo de reavaliação e está em causa a sua aptidão para o jogo de domingo (20.15 horas), em Braga. Aimar, recorde-se, é há muito alvo de um plano de preparação que visa gerir a especificidade da sua condição física e não foi titular ontem porque Jesus quis defendê-lo.

Fonte: A Bola

«Foi uma vitória merecida» - Javi García - Video

03.03.11, Benfica 73

O médio Javi García, autor do golo que valeu a vitória (2-1) sobre o Sporting e o apuramento para a final da Taça da Liga, considera que o Benfica mostrou uma vez mais que é uma equipa forte.

«Sofremos o primeiro golo mas a equipa voltou a mostrar que está forte e conseguimos dar a volta. Foi uma vitória merecida. Continuamos vivos nas quatro frentes e queremos ganhar todas as competições. Estamos na final, queremos vencer», disse o médio espanhol no final do encontro.

O discurso de Felipe Menezes pautou pela mesma linha: «Independentemente do adversário da final, vamos entrar no jogo para vencer. A Taça da Liga é um dos nossos objectivos e queremos vencê-la.»

Fonte: A Bola

«Se prioridade de Couceiro é a arbitragem, começa mal» - Video

03.03.11, Benfica 73

A arbitragem de Jorge Sousa no dérbi desta noite esteve no centro das críticas do Sporting, mas Jorge Jesus descartou qualquer razão nos protestos dos leões.

«Fomos uns justos vencedores. Se a prioridade de José Couceiro é olhar para a equipa de arbitragem e não para a equipa do Sporting está a começar mal. Todos os lances polémicos foram bem determinados pelo árbitro. Jorge Sousa fez uma boa arbitragem, ao nível do que faz habitualmente. O Sporting não se pode queixar da arbitragem», atirou Jorge Jesus na conferência de imprensa após o duelo para as meias-finais da Taça da Liga.

O técnico encarnado vincou mesmo que os leões só pensaram nos penáltis no final da segunda parte: «O Sporting abdicou nos últimos 15 minutos da vitória, pois tinham vários jogadores em dificuldades físicas. Quando as equipas estão com esta crença, como o Benfica tem, vão buscar forças onde já não há. O que nos está a comandar nos últimos minutos é essa confiança

Jorge Jesus voltou a reiterar também a ambição de somar os quatro títulos que o Benfica ainda tem condições de ganhar. «Temos consciência de que podemos pagar numa dessas competições, mas ninguém nos tira o direito de querer vencer.»

À margem do dérbi, o treinador dos campeões nacionais recusou-se a responder a André Villas-Boas, que o chamou de «iluminado» após o triunfo com o Olhanense. «Não vou baixar a esse nível, não vou responder», rematou.

Fonte: Sapo Desporto

«Benfica está em quatro frentes» - Jorge Jesus - Video

03.03.11, Benfica 73

Jorge Jesus não escondeu o orgulho na sua equipa, realçando que, ao contrário do rival da 2.ª Circular, o Benfica está envolvido em quatro frentes , nomeadamente, Campeonato Nacional, Liga Europa, Taça de Portugal e Taça da Liga.

Jorge Jesus reconheceu que se tratava de um jogo difícil, em comparação com o jogo em Alvalade, há duas semanas.
«Era a primeira final em estávamos inseridos, num jogo difícil. Já esperávamos que fosse um rival muito mais forte. Das outras vezes, o Sporting não tinha nada a perder. A hipótese de vencer um título nesta época passava por este jogo. O Sporting não vai vencer nenhum título, o Benfica está nas quatro frentes. Foi um bom jogo, o Sporting foi digno vencido», realçou.

O treinador do Benfica elogiou ainda a capacidade física dos seus jogadores, principalmente na segunda parte:
«Foi diabólica, com as duas equipas fatigadas. O Sporting teve uma grande oportunidade naquela defesa do Roberto, mas nós também tivemos, por exemplo pelo Cardozo. Houve duas equipas que não queriam perder nem ir aos penalties. O Benfica na segunda parte fez mais para ganhar, a nossa equipa esteve mais fresca que o Sporting, o que foi importante para vencer este jogo.»

Fonte: A Bola

«Vitórias nos descontos também contam» - Fábio Coentrão - Video

03.03.11, Benfica 73

Fábio Coentrão mostrou-se obviamente extremamente satisfeito com a vitória diante do Sporting, resultado que coloca os encarnados na final da Taça da Liga.

«Temos que procurar o golo até ao último minuto e foi o que aconteceu nos últimos jogos, vencemos aos 90+4 e hoje aos 90+2. As vitórias nos descontos também contam. Estamos na final, era esse o nosso objectivo, agora queremos conquistar a taça», disse.

O esquerdino dá ainda mais valor à vitória pelo facto de o Benfica ter estado em desvantagem:
«O Benfica não é imbatível, tem de sofrer golos. Estivemos em desvantagem e mostrámos capacidade para dar a volta ao resultado.»

Fonte: A Bola

Benfica vence (2-1) Sporting e segue para a final - Rescaldo - Video

03.03.11, Benfica 73

Benfica 2 - 1 Sporting

O Benfica apurou-se para a final da Taça da Liga depois de vencer o Sporting por 2-1, na Luz. Os encarnados estiveram a perder após golo de Postiga, Cardozo igualou depois de falhar um penalty e Javi García apontou, nos descontos, o golo da vitória.
Grande derby na Luz, com os últimos disputados ao mais alto nível e com as duas equipas a tentarem evitar que a eliminatória se decidisse através da marcação das grandes penalidades. O Benfica acabou por garantir o triunfo nos descontos, somou a 18.ª vitória consecutiva e continua nas quatro frentes. O Sporting despede-se da Taça da Liga e resta-lhe lutar para segurar o terceiro lugar no campeonato. Estreia infeliz para José Couceiro no comando técnico da equipa de Alvalade.
Primeira parte emotiva mas com poucas ocasiões claras de golo. O Sporting adiantou-se no marcador numa altura em que estava por cima no jogo, anulando bem as iniciativas ofensivas do Benfica a partir do meio-campo. Hélder Postiga, de cabeça, colocou os leões em vantagem, respondendo da melhor forma a um livre de Matías Fernández. O avançado leonino ganhou aos defesas encarnados e antecipou-se a Roberto que saiu mal ao lance.
O Benfica podia ter chegado à igualdade mas Cardozo permitiu a defesa de Rui Patrício na transformação de uma grande penalidade assinalada por falta de Polga – entrou para o lugar de Carriço, lesionado, ainda na primeira parte - sobre Javi García. O avançado paraguaio redimiu-se no lance seguinte, ao cabecear para o empate na sequência de um canto marcado por Carlos Martins.
Com o golo, os encarnados cresceram mas acabaram por não voltar a incomodar Rui Patrício.
A segunda parte começou com duas boas oportunidades para ambas as partes: Cardozo e Postiga atiraram por cima. O paraguaio voltou a atirar ligeiramente por cima depois de interceptar uma bola de Rui Patrício, que calculou mal uma reposição de bola em campo.
Na resposta, André Santos testou os reflexos de Roberto e Yannick atirou à figura do guardião espanhol quando podia ter feito melhor. Depois de um cabeceamento perigoso de Torsiglieri, Cardozo atirou à barra e Fábio Coentrão também disparou para uma boa defesa de Rui Patrício.
Já perto do final, o Sporting voltou a desperdiçar mais uma oportunidade, desta feita por intermédio de Matías Fernández que atirou à figura de Roberto. Já em período de descontos, Javi García selou o triunfo do Benfica após assistência de Cardozo.
Amanhã, Nacional e Paços de Ferreira defrontam-se na Choupana para decidir quem vai defrontar o Benfica na final da prova.

Fonte: A Bola/ SLB