Fevereiro 16 2011

Nelson Oliveira, a jogar por empréstimo no P. Ferreira, disse esta quarta-feira sentir-se "preparado" para regressar ao Benfica e prometeu "trabalhar ainda mais" até ao final da temporada para ver concretizada essa possibilidade em 2011/2012.

"Já tinham falado comigo e existe realmente essa possibilidade, apesar de não estar nada certo", disse à agência Lusa Nelson Oliveira, fazendo depender um eventual regresso ao Benfica do "bom trabalho que vier a fazer em P. Ferreira".

A indicação sobre um eventual regresso de Nelson Oliveira ao Benfica voltou a surgir e envolverá ainda o médio e colega de equipa no Paços de Ferreira David Simão.

"Estou muito contente, pois isso é sinal de que a Direção e os dirigentes (do Benfica) estão atentos e reconhecem o trabalho que temos feito no Paços de Ferreira, clube onde crescemos muito", sublinhou o jogador.

O avançado, de 19 anos, insiste em dizer que está "preparado" e só vê vantagens no regresso: "Poder treinar ao lado de jogadores daquela qualidade é sempre muito bom e permite-me evoluir mais e mais depressa, mesmo na eventualidade de jogar menos do que desejo".

Nelson Oliveira, com 3 golos na Liga e 1 na Taça da Liga, recuperou a titularidade na última jornada do campeonato, na vitória em casa frente ao Marítimo (1-0), e admitiu estar "muito bem", embora reconheça "uma competitividade muito grande no plantel".

"Trabalho sempre para ser titular, e penso que correspondi. Mas estamos muito bem servidos em todas as posições e, como a competitividade é grande neste plantel, só temos de perceber que a oportunidade chega para toda a gente", disse o internacional Sub-21.

Nelson Oliveira quer manter-se no onze de Rui Vitória e ajudar o Paços de Ferreira, "uma equipa com muita qualidade", a manter o nível exibicional e os bons resultados, esperando que isso se repita domingo em Braga.

"O Braga não tem tido muitos bons resultados e a massa adepta exige que isso aconteça, mas vai ser sempre um jogo complicado para nós", reconheceu Nelson Oliveira, mas sem atirar a toalha ao tapete, precisando: "A nossa equipa gosta de jogar com espaços, mas também sabe jogar com posse de bola".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 23:20

Fevereiro 16 2011

O português Marco Fortes obteve, esta quarta-feira, a melhor marca nacional da época do lançamento do peso no meeting de Bydgoszcz, na Polónia.
O atleta do Benfica classificou-se na sexta posição com um lançamento de 19,43 metros, ficando ainda longe do seu recorde nacional, fixado em 20,23 metros.
A prova foi ganha pelo líder do ranking mundial, o norte-americano Ryan Whiting, com 20,78 metros, seguido do compatriota Adam Nelson, com 20,51, e do alemão Ralf Bartels, com 20,42.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 22:52

Fevereiro 16 2011

Bruno Labbadia, treinador do Estugarda, espera não sofrer e marcar pelo menos um golo na Luz frente ao Benfica, em jogo da primeira mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa agendado para as 18 horas desta quinta-feira.

«Não temos medo mas respeitamos o Benfica. É uma boa equipa, com bons jogadores, mas a eliminatória está dividida. Será de 50 por cento para cada lado. Amanhã no jogo veremos o que irá acontecer», disse o treinador da formação germânica na antevisão ao jogo.

Labbadia mostrou aos seus jogadores os vídeos dos jogos do Benfica com o Schalke, na fase de grupos da Liga dos Campeões, porém, o treinador reconhece que, «neste momento, o Benfica está muito mais forte». «Melhor resultado? Não sofrer e marcar pelo menos um golo. Mas terminar com uma desvantagem mínima não será mau», atirou, assegurando que o Estugarda «vai jogar em contra-ataque».

Convidado a comentar a ausência de Saviola (castigado) no Benfica, Labbadia atirou: «Não joga Saviola mas o Benfica continua a ter grandes jogadores como Luisão, Sidnei, Aimar ou Carodozo. É sempre uma equipa muito perigosa.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 22:36

Fevereiro 16 2011

André Villas Boas disse no final do jogo do FC Porto com o SC Braga, no passado domingo, que o Benfica está na Liga Europa na qualidade de repescado da Liga dos Campeões. Jorge Jesus reage com ironia à farpa do treinador dos azuis-e-brancos.

«O treinador do nosso rival tem falado mais do Benfica que eu», constata o treinador das águias, quando instado a reagir às declarações do homólogo portista.

Considera Villas Boas que o Benfica «foi salvo da Liga dos Campeões para a Liga Europa» mercê de um golo ao cair do pano do Lyon no jogo com o Hapoel (2-2), que relegou a equipa israelita para o último lugar do Grupo B.

«Se fizermos essas comparações e as passarmos para o nosso campeonato, vamos perceber que o Benfica perdeu com o Guimarães e com o Nacional porque houve jogadores que nos fizeram golos. As equipas perdem porque os adversários fazem golos, é assim que as coisas acontecem», ironizou Jesus.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:42

Fevereiro 16 2011

Jorge Jesus diz que o Benfica «tem possibilidades de chegar longe» na Liga Europa. Vencer a competição é, por enquanto, desejo não assumido. «Temos de ir por etapas», argumenta o treinador dos encarnados.

«A nossa primeira ambição é passar esta eliminatória. Já estive nos oitavos e nos quartos-de-final desta competição. Neste momento, o mais importante é pensar eliminatória a eliminatória, mas com a confiança e convicção de que temos capacidade para passar. No entanto, o nosso adversário tem as mesmas possibilidades», diz Jorge Jesus.

«O facto de o Benfica ter saído da Liga dos Campeões não implica que a Liga Europa deixe de ser uma prioridade. É uma competição de prestígio, onde continuam das melhores equipas da Europa», realça, acrescentando: «Temos possibilidades de chegar longe, mas temos de ir por etapas».

Liga, Taça de Portugal e Taça da Liga são as outras três frentes em que o Benfica está envolvido. «Não darei prioridade a nada», esclarece Jorge Jesus, vincando que «serão sempre os melhores a jogar». «Não escolho a equipa em função do desgaste dos jogadores», reforça.

«O problema da fadiga não se coloca. Daqui a duas semanas talvez, quando tivermos jogos quase de dois em dois dias», adivinha.

Jesus adiantou ainda que a entrada de Jara para o lugar de Saviola será a única alteração em relação ao «onze» que iniciou o jogo com o V. Guimarães, no último domingo

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:39

Fevereiro 16 2011

O avançado argentino assegurou que não está pressionado com a hipótese de substituir Saviola, castigado. Jara assegurou igualmente que os jogadores do Benfica estão unidos para enfrentar qualquer adversário.»

«Os meus ídolos são Aimar e Saviola, mas não é uma pressão para mim jogar. É uma oportunidade para mostrar o meu valor. Vou dar o meu melhor», afirmou Jara, que tem sido pouco vezes titular: «Creio que toda a equipa é uma arma secreta. Temos jogado muito bem e demonstrado isso mesmo em campo.»

O avançado argentino não tem receio do adversário: «A equipa está muito forte unida para enfrentar qualquer adversário.»
Jara abordou depois o valor do Estugarda: «São fortes como todas as equipas alemãs, mas nós jogamos de igual para igual. Não ligamos ao físico.»

O jogador sul-americano não escondeu o que pretendem para a partida de quinta-feira: «Bom resultado seria ganhar e é isso que vamos tentar em campo.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:42
Tags: ,

Fevereiro 16 2011

Jorge Jesus diz que o Estugarda tem razões para «estar assustado» com as exibições do Benfica nos últimos jogos. Ainda assim, o treinador dos encarnados perspectiva uma eliminatória «muito equilibrada» nos 16 avos-de-final da Liga Europa.

«Podem estar assustados com os últimos jogos do Benfica. A forma como jogámos contra o V. Guimarães assusta, mas cada jogo tem a sua história. Do outro lado vai estar uma boa equipa, com vários internacionais. Está a fazer uma má época na Bundesliga, mas foi sexta classificada na época transacta e já foi campeã», lembrou Jorge Jesus na conferência de Imprensa de lançamento ao jogo de quinta-feira, no Estádio da Luz, prevendo «uma eliminatória muito equilibrada».

Depois de ter defrontado o Schalke na fase de grupos da Liga dos Campeões – derrotas fora e em casa –, o Benfica cruza-se com outro adversário germânico no seu percurso europeu.

Para Jorge Jesus, «o Schalke é mais equipa que o Estugarda em termos defensivos». «Vamos ver qual vai ser a sua prova na Liga dos Campeões», desafiou, recordando porém que, à semelhança do Estugarda, também a equipa de Gelsenkirchen «estava mal classificada na Bundesliga» aquando dos confrontos com as águias.

De uma coisa tem Jesus a certeza: se fosse hoje, o Benfica ter-se-ia apurado para os oitavos-de-final da Champions. «Estamos mais fortes. Se estivéssemos nessa altura como estamos agora, teríamos conseguido o apuramento», afiançou.

Ditou o sorteio que o Benfica disputasse a primeira mão como anfitrião, deslocando-se à Alemanha no próximo dia 24. «Se pudesse escolher, gostava de jogar primeiro fora», admitiu Jesus. «O factor casa pode ter alguma influência, mas já não é determinante. As equipas são muito iguais. O mais importante é fazer golos, mas será também importante não sofrer», sublinhou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:08

Fevereiro 16 2011

O treinador Jorge Jesus divulgou a lista de convocados para o desafio com o Estugarda, de quinta-feira, da Liga Europa, onde o defesa brasileiro Jardel, ex-Olhanense, estreia-se numa convocatória para as competições europeias.
Saviola, castigado, Ruben Amorim, César Peixoto e José Luis Fernández, lesionados, não são opções para o treinador Jorge Jesus frente ao conjunto alemão.
O lateral Luís Filipe e o avançado Alan Kardec estão de regresso.
O médio espanhol Javi Garcia, com dois amarelos, também está entre os convocados.
Lista de convocados:

Guarda-redes: Roberto e Moreira;

Defesas: Luís Filipe, Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, Jardel e Fábio Coentrão;

Médios: Airton, Javi García, Carlos Martins, Felipe Menezes, Pablo Aimar, Gaitán e Salvio;

Avançados: Cardozo, Nuno Gomes, Jara e Kardec.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:03

Fevereiro 16 2011

A comitiva do Estugarda já se encontra em Lisboa, onde tinha alguns adeptos à sua espera. Cacau acredita que a equipa alemã pode regressar a casa com um bom resultado.

"Esperamos ter um bom resultado amanhã. Se possível um empate para decidirmos a eliminatória em Estugarda", referiu.

Cacau fez elogios ao Benfica: "Trocam bem a bola e são fortes a atacar e a defender". O internacional alemão não atribuiu favoritismo a qualquer equipa.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 20:00

Fevereiro 16 2011

O Benfica emitiu um comunicado no site oficial garantido que não existem contactos por Kléber.

"Todos acompanharam a novela que foi o caso Kléber no último defeso, todos sabem os compromissos que existem e aquilo que vai suceder no fim de época ao referido atleta", pode ler-se.

Terça-feira, num hotel em Lisboa, houve uma reunião entre a diretora executiva da Liga, Andreia Couto, e os juristas Paulo Gonçalves, do Benfica, e Mário Figueiredo do Benfica no âmbito da revisão do Contrato Coletivo de Trabalho dos Jogadores.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:09
Tags:

Fevereiro 16 2011

O árbitro da AF Porto foi o escolhido pela Comissão de Arbitragem da Liga para apitar o Sporting-Benfica da próxima jornada.
O internacional portuense já ajuizou três partidas do Sporting esta temporada (Paços de Ferreira, 0-1; Académica, 2-1; Marítimo, 3-0), tendo sido escolhido para arbitrar apenas um encontro do Benfica, para a Taça da Liga, com o Olhanense (3-2).
O juiz de 31 anos apitou esta temporada 8 jogos da Liga, seis da Liga de Honra e 3 da Taça da Liga.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:07

Fevereiro 16 2011

O treino do Benfica desta quarta-feira, véspera do encontro com o Estugarda, na Luz, da 1.ª mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa, voltou a registar as ausências de Ruben Amorim, César Peixoto e Fernández.

Ruben Amorim, a contas com uma tendinose rotuliana bilateral, fez tratamento.

César Peixoto fez tratamento à mialgia na coxa esquerda e depois subiu ao relvado para realizar trabalho individualizado de campo.

Fernández, também a contas com uma mialgia na coxa esquerda, treinou sob vigilância médica.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:05

Fevereiro 16 2011

Timo Hildebrand, guarda-redes do Sporting, tece elogios ao Benfica, nomeando Pablo Aimar como o principal elemento a ter em atenção pelo Estugarda, no encontro de amanhã, no Estádio da Luz.

Em semana de dérbi lisboeta, o futebolista leonino, de 31 anos, assume o papel de espião do Estugarda, clube que representou entre 1999 e 2007. Assim, dá umas dicas ao penúltimo classificado do campeonato germânico.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 16:59

Fevereiro 16 2011

O Benfica realizou, esta quarta-feira, o derradeiro treino antes do desafio frente aos alemães do Estugarda, para a Liga Europa. Boa disposição foi a nota dominante da sessão encarnada.

Durante os 15 minutos abertos à comunicação social, foi possível observar a boa disposição presente nos jogadores do Benfica. Jorge Jesus esteve activo e conversou com o lateral Maxi, numa sessão em que o treinador decidiu chamar o júnior Luís Martins para colmatar a ausência, por lesão, de César Peixoto.

Para a partida frente ao Estugarda, o Benfica não poderá contar com o castigado Saviola, o médio espanhol Javi Garcia tem dois amarelos e caso receba o terceiro falha o jogo da segunda mão e o argentino Fernandéz não está inscrito.

No que diz respeito ao quadro clínico, Ruben Amorim continua a recuperar da cirurgia, César Peixoto realiza trabalho individual e Fernandéz está sob vigilância médica.

Para a partida frente ao Estugarda, que chega por volta do meio-dia, são esperados entre 40 a 45 mil espectadores. Para hoje está ainda marcada a conferência de imprensa de Jorge Jesus, que irá também contar com a presença do avançado Jara.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:39

Fevereiro 16 2011

 

Roberto está de pedra e cal no Benfica e, numa altura em que regressam as provas europeias, sublinhou a sua «felicidade» actual de águia ao peito.
«Sempre que se muda de clube, é sempre necessário, no início, um período de adaptação. Mas num clube grande, como o Benfica, a margem é menor. No entanto, quando se iniciaram as competições, felizmente tudo me começou a sair bem. Estou muito contente no Benfica», afirmou ontem o guardião espanhol dos encarnados à Radio Nou, de Valência.
O inusitado interesse da imprensa espanhola demonstra que os ecos do brilhantismo das últimas exibições de Roberto chegam ao país vizinho, cuja baliza da selecção sub-21 Roberto defendeu, recorde-se.
UM «MÁGICO» NO QUARTO É BOM
Curiosa foi, também a revelação de Roberto: partilha o quarto, nos estágios antes dos jogos, com el mago, Pablo Aimar, argentino que também já militou no clube daquela cidade espanhola (Valência) e que, como o guardião, também passou pelo Saragoça antes de chegar ao Benfica, embora antes do keeper: Aimar jogou nos aragoneses até 2008, Roberto esteve lá de Janeiro a Maio de 2010, emprestado pelo Atlético de Madrid, com um contributo decisivo para a permanência do emblema no primeiro escalão de Espanha.
Roberto desfez-se em elogios ao número dez dos encarnados. «É curioso. É o meu companheiro de quarto, nos estágios antes de qualquer encontro. Jogou em Espanha e, tal como eu, no Saragoça, clube do qual ainda muito gostamos e partilhamos algumas histórias. É, para mim, um prazer poder desfrutar da sua companhia dentro e fora do campo. Porque Aimar é... um fenómeno», concluiu um guardião agora feliz na Luz, depois de um início de época atroz.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:29

Fevereiro 16 2011

A frase foi repetida até à exaustão na época passada por Jorge Jesus, nas vésperas de cada jogo da Liga Europa: «A nossa prioridade é o campeonato.»

O técnico manteve a sua coerência em pleno confronto com o Liverpool, nos quartos-de-final da competição, já depois de afastar o Marselha nos oitavos: relegou para segundo plano o jogo da segunda mão, em Inglaterra, quando levava magra vantagem de 2-1 da Luz.

O encontro de Anfield ficou entalado entre a deslocação à Naval e a recepção ao Sporting, entre 5 e 13 de Abril de 2010, e o técnico promoveu sete mexidas na equipa, começando pelo guarda-redes (Júlio César pelo então titular Quim) continuando na defesa (David Luiz a lateral-esquerdo) e terminando no ataque (sem Saviola, lesionado, Aimar jogou ao lado de Cardozo). Os resultados são conhecidos: 4-2 na Figueira da Foz (depois de a equipa estar a perder por 0-2) derrota por 1-4 em Inglaterra e vitória (2-0) sobre o Sporting. «Acho que podia ter ganho a Liga Europa mas se calhar não teríamos sido campeões», resumiu Jorge Jesus, a A BOLA, a 22 de Maio de 2010.

As diferenças
Mas agora a Europa é prioritária. Foi o próprio técnico a admiti-lo, em entrevista à Benfica TV, a 30 de Dezembro de 2010: «Se chegar aos quartos-de-final da Liga Europa, como na época passada, pensarei de forma diferente. Naquela altura dei prioridade ao campeonato.» Na mesma entrevista o técnico reiterou a intenção de «voltar a ser campeão», mas também sabe que na Liga Europa a equipa está dependente de si mesma e, como José Mourinho afirmou recentemente, a competição «está ao alcance» de uma equipa portuguesa.

A isto acresce a necessidade de limpar a má imagem deixada na Liga dos Campeões, cujo afastamento até já motivou uma provocação de André Villas Boas. O último jogo europeu remonta a 7 de Dezembro, na derrota com os alemães do Schalke 04 (1-2), em casa, e o regresso à UEFA dá-se novamente frente a germânicos (Estugarda), também na Luz.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:37

Fevereiro 16 2011

Jorge Jesus completa amanhã 550 dias desde que, a 16 de agosto de 2009, dirigiu pela primeira vez a equipa do Benfica num jogo oficial (empate com o Marítimo, na Luz). O atual treinador dos encarnados é já aquele que apresenta uma maior longevidade no comando do conjunto na denominada era Luís Filipe Vieira, o qual chegou à Luz a 15 de maio de 2001, assumindo então a função de gestor para o futebol.

Nascido há 56 anos, na Amadora, Jorge Jesus está de pedra e cal no Benfica. Acaba de ultrapassar José Antonio Camacho, até há pouco tempo o treinador que durante mais tempo orientara ininterruptamente o conjunto da Luz no consulado Luís Filipe Vieira. E prepara-se agora para sair em perseguição de Sven-Goran Eriksson, o último técnico que cumpriu pelo menos duas temporadas ao leme das águias. Entre ele e o treinador sueco encontra-se ainda Toni, que dirigiu o Benfica durante 579 dias (grande parte de 1992/93 e 1993/94 na íntegra).

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:25

Fevereiro 16 2011

Rodrigo Mora, avançado argentino cujo Benfica tem um pré-acordo, vai ser cedido ao Godoy Cruz pelo Defensor Sporting, anunciou esta terça-feira o presidente do emblema uruguaio.

“Com uma visão pessimista diria que a transferência para o Godoy Cruz está 90% concluída”, revelou Dante Prato ao “Observa”, adiantando que o clube vai receber 300 mil euros por este negócio.

Recorde-se que Mora encontra-se afastado do plantel do Defensor desde que assumiu a transferência para o Benfica.

O novo emblema de Mora, de 23 anos, iniciou da melhor forma o Clausura 2011, onde se estreou com uma grande vitória no reduto do Boca Juniors (1-4). O Godoy Cruz marca presença na Taça Libertadores.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:11

Fevereiro 16 2011

O Benfica somou esta noite a terceira derrota no Grupo K dos oitavos-de-final da Taça Challenge, ao perder em casa com os letões do Ventspils, por 71-74. Com este resultado, os encarnados complicaram o apuramento.
Para conseguir o apuramento, a equipa orientada por Henrique Vieira tem de vencer os dois últimos jogos, ambos fora, com os franceses do BCM Gravelines e com os suecos do Norkoping Dolphins.
Sem Ben Reed, o melhor marcador do Benfica foi António Tavares, com 15 pontos. Ao intervalo, as águias perdiam por apenas um ponto (39-40).
A próxima jornada da Taça Challenge está marcada para a próxima terça-feira, com a visita ao pavilhão do BCM Gravelines, líder do grupo, à frente de Ventspils e Norkoping Dolphins.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:09

Fevereiro 16 2011

É certo que ainda há tempo para as habituais danças nos plantéis, mas os responsáveis encarnados têm, desde já, uma certeza: vão ter de vender ou emprestar quatro jogadores estrangeiros do actual grupo se quiserem inscrever os quatro reforços já contratados para a próxima época.

O lateral-direito Daniel Wass (Brondby), o médio Matic (Chelsea), o extremo-esquerdo Nolito (Barcelona) e ainda o avançado Rodrigo Mora (Defensor Sporting) estão já contratados para o arranque da próxima época, mas têm igualmente a garantia de que, por esta altura, não têm espaço para ser sequer inscritos pelo Benfica no campeonato português.

Os regulamentos da Liga de Clubes são claros no que diz respeito à inscrição de jogadores e o artigo 45º deixa explícito que os clubes "não podem incluir no plantel e utilizar, por época desportiva, um número de jogadores com contrato de trabalho desportivo ou contrato de formação superior a 27". Entre estes, especifica o regulamento de competições, oito têm de ser "formados localmente", isto é, que tenham sido inscritos na FPF por um período de três épocas, entre os 15 e os 21 anos, independentemente do clube.

Ora, os encarnados têm neste momento as 27 vagas preenchidas, o que significa que Wass, Matic, Nolito e Mora não podem ser inscritos no próximo Verão sem haver saídas de jogadores estrangeiros, uma vez que o enquadramento destes reforços não é, nem de perto, o de "formados localmente".

Luís Filipe Vieira, Rui Costa e seus pares estão, naturalmente, a par desta situação e nem é difícil encontrar nomes de possíveis saídas no final desta época, que abrem vagas aos reforços. Felipe Menezes ou Weldon são apenas exemplos, mas é preciso contar igualmente com Salvio, emprestado pelo Atlético de Madrid e que poderá voltar à procedência... por falta de capital para o segurar.

E se o "problema" se prende, desde já, com os quatro homens garantidos à priori - Carole também só tinha chegada prevista para a próxima época, mas o negócio acabou por ser antecipado -, é preciso não esquecer que a SAD irá ainda efectuar mais contratações. E essas implicam, claro, saídas na mesma medida, seja por empréstimo, seja a título definitivo. Fábio Coentrão será, tudo indica, transferido no final desta época, e logo para o seu posto deverá chegar mais um estrangeiro, pois os encarnados pretendem um valor seguro.
E faltam os... emprestados

O Benfica terá de fazer contas no final da época aos jogadores já contratados, mas também não pode esquecer os estrangeiros actualmente cedidos. Rodrigo (Bolton) tem estado em evidência, mas entre os muitos emprestados há ainda outros nomes com algum peso, casos de Urreta (Peñarol) ou Éder Luís (Vasco da Gama).

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 11:09

Fevereiro 16 2011

Roberto confessou a uma rádio espanhola que está "muito contente" no Benfica, depois dos problemas no arranque da temporada. "O princípio foi agitado, mas quando se iniciaram as competições, tudo começou a sair bem", afirmou o guarda-redes espanhol, que elogiou Aimar: "É um fenómeno. É um prazer desfrutar da sua companhia dentro e fora do campo."

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 11:03

Fevereiro 16 2011

Decidido a deixar-se orientar por uma política que baseia o recrutamento no custo zero e na juventude, o Benfica está a contar para a próxima época com David Simão (20 anos) e Nélson Oliveira (19), não se tratando nenhum deles, contudo, de contratações, antes de regressos à casa-mãe. Os dois jovens futebolistas cedidos por empréstimo ao Paços de Ferreira estão a destacar-se no clube nortenho e, de acordo com o que O JOGO apurou, é quase certo que irão fazer a pré-temporada com a equipa da Luz, ficando a sua permanência definitiva a depender naturalmente daquilo que mostrarem e também das necessidades do plantel.

A intenção do Benfica é aproveitar dois produtos da sua "cantera" (Manuel Fernandes foi o último a afirmar-se), e ao mesmo tempo preencher as vagas para jogadores formados localmente, permitindo estender até ao limite a inscrição de jogadores na Liga (27). Perante a iminência das saídas no final da época de, por exemplo, Luís Filipe, Fábio Coentrão e Nuno Gomes - formados não na Luz, mas noutros clubes portugueses, o que também satisfaz o regulamento -, a SAD encarnada encontra assim uma solução em que junta o útil ao agradável, sendo que Nélson Oliveira já fez a pré-época duas vezes: uma com Quique e a outra já com Jesus, em 2009/10.

No final do ano, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, falou com David Simão e Nélson Oliveira dando-lhes conta da intenção do clube encarnado, mas alertando-os igualmente para que a sua inclusão nos trabalhos de pré-temporada seria facilitada por uma utilização regular em Paços de Ferreira, incentivando-os assim a aplicarem-se para ter lugar frequente nas opções de Rui Vitória. E o que é facto é que os dois jovens têm sido chamados com assiduidade pelo técnico dos pacenses - que por acaso também já passou pela Luz, uma vez que foi treinador dos juniores em 2005/06.

David Simão, médio organizador de jogo que se destaca pela excelência do pé esquerdo, conta já mais de duas dezenas de partidas e um golo com a camisola do clube nortenho, para onde se mudou esta temporada, depois de um ano de empréstimo ao Fátima (orientado por Rui Vitória). Quanto a Nélson Oliveira, que o seleccionador nacional, Paulo Bento, refere com insistência como sendo uma das soluções óbvias para a crise de pontas-de-lança do futebol português, tem cinco golos marcados em pouco mais de mil minutos em campo. Registos que, para os responsáveis benfiquistas, são prova de qualidade.
2

Nélson Oliveira já participou duas vezes na pré-época encarnada, a primeira das quais com apenas 16 anos, às ordens de Quique Flores. O ex-técnico das águias convocou-o mesmo para uma partida das provas europeias, com o Nápoles.

10

David Simão tem uma década de Benfica. Natural de França, onde os pais estavam emigrados, começou no Abóbada, pequeno clube de Cascais, antes de se mudar para a Luz, onde já estava o irmão, Bruno (agora no Lankaran, do Azerbaijão).

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 10:10

Fevereiro 16 2011
publicado por Benfica 73 às 07:53
Tags:

Fevereiro 16 2011

O plantel do Benfica continuou a preparação para a receção ao Estugarda, partida agendada para quinta-feira a contar para a 1.ª mão da 16-avos-de-final da Liga Europa.

Jorge Jesus orientou um treino à porta fechada no Seixal que não contou com as presenças de Ruben Amorim, Fernández e César Peixoto.

Amorim continua a efetuar tratamento a uma tendinose rotuliana bilateral, enquanto Peixoto e Fernández realizaram tratamento e trabalho individual de campo ainda a contas com uma mialgia na coxa esquerda.

O regresso aos treinos está marcado para quarta-feira, com uma sessão aberta à comunicação social nos primeiros 15 minutos, agendada para as 10H40 no Seixal.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:02

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...