Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Plantel é disputado pelos maiores clubes do Mundo», diz administrador da SAD

07.02.11, Benfica 73

Domingos Soares Oliveira diz que a transferência de David Luiz para o Chelsea permitiu equilibrar as contas do Benfica. Administrador da SAD e responsável pela área financeira do clube fala em plantel disputado pelos maiores clubes do Mundo e em Fábio Coentrão com alta cotação a nível europeu.

«O facto de termos feito duas importantes vendas no final da última época [Ramires e Di María] e agora uma neste período [David Luiz], tem-nos permitido manter as contas equilibradas e não termos necessidade de recorrer a financiamentos externos», explica Domingos Soares Oliveira, referindo que o Benfica se tem «reforçado bem para depois vender bem»:
«Isto revela capacidade do ponto de vista de vendas, mas também revela a qualidade do plantel do Benfica, altamente disputado pelos maiores clubes do Mundo.»

Em declarações à Antena 1, o administrador da SAD considera que o clube fez «um bom encaixe» com a venda de David Luiz ao Chelsea, que rendeu no imediato 25 milhões de euros aos cofres encarnados:
«Foi uma boa operação interessante para ambas as partes [clube e SAD]. Na situação actual e observando a tendência dos próximos anos, com maiores restrições, acredito que esta será uma das maiores vendas, não só deste ano, como dos próximos anos. O importante foi conseguir uma excelente negociação para os interesses do Benfica. E creio que o Chelsea também terá feito uma excelente operação.»

Fábio Coentrão, apontado a alguns dos grandes da Europa, poderá ser a próxima grande venda do Benfica:
«Espero que o Fábio continue connosco por muito tempo mas é um jogador com elevada cotação em termos europeus. Não faço comentários relativamente a valores.»

Soares Oliveira falou ainda da época que a equipa está a realizar e dos objectivos que podem ser alcançados:
«Estamos a fazer uma grande época e espero que assim continue. Obviamente que acredito no título. Se somos a equipa a jogar melhor futebol em Portugal? Sem dúvida nenhuma!»

Fonte: A Bola

Luís Filipe Vieira pede que se apurem responsabilidades de intervenção policial no Bonfim

07.02.11, Benfica 73

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, escreveu uma carta ao Comandante Nacional da PSP, no sentido «de este poder apurar da necessidade e da violência utilizada» na intervenção policial no final do jogo com o V. Setúbal, disputado na noite de domingo no Estádio do Bonfim.

Adeptos das duas equipas arremessaram garrafas partidas após o jogo, já no exterior do recinto, provocando ferimentos em dois elementos da PSP. A montra da loja do V. Setúbal acabaria por ficar partida.
O clima aqueceu ainda antes do final da partida, com o arremesso de cadeiras por parte de alguns adeptos do Benfica.

Eis o comunicado emitido no site do Benfica sobre as ocorrências no Bonfim:

«Na sequência dos muitos relatos que entre a noite de ontem e a manhã de hoje têm chegado ao Sport Lisboa e Benfica, e que dão conta do excesso de violência e da desproporção da força utilizada em face dos acontecimentos verificados no final do jogo entre o Vitória de Setúbal e o SL Benfica, ontem à noite, o Presidente do Sport Lisboa e Benfica escreveu uma carta ao Comandante Nacional da PSP, no sentido de este poder apurar da necessidade e da violência utilizada naquela intervenção policial, uma vez que foram muitas as pessoas, incluindo algumas mulheres e crianças que tiveram de receber assistência hospitalar».

Fonte: A Bola

Uma história com Bonfim

07.02.11, Benfica 73

Sete vitórias e três empates são os números do Benfica nas visitas a Setúbal nos últimos 10 jogos. A última derrota remonta a 10 de maio de 1999, com o espanhol Toñito, que também vestiu a camisola do Sporting, a apontar o único golo da partida. Hugo Leal também alinhou nesse jogo, mas pelos encarnados, entrando aos 81 minutos para o lugar de Luís Carlos.

Contraste sadino. O Benfica manteve no Bonfim a série vitoriosa – 8 jogos na Liga, 11 em todas as competições, 15 só a nível interno –, enquanto o V. Setúbal passa por um fase negativa, somando apenas uma vitória nos últimos 10 desafios na Liga, nos quais averbou somente 5 pontos. O derradeiro triunfo dos sadinos em casa foi a 23 de outubro do ano passado, diante do V. Guimarães (2-1).

Fonte: Record

Capital argentino sobe valor da águia

07.02.11, Benfica 73

Saviola, Aimar, Gaitán, Jara e Salvio valem 20 golos

Saviola (7), Gaitán (5), Jara (3), Aimar (3) e Salvio (2) contabilizam 20 golos, mais de metade dos tentos apontados pelo Benfica na Liga (37).

Só por aqui se verifica a influência do clã argentino no rendimento dos encarnados, a qual se torna ainda mais evidente na série invencível da equipa de Jorge Jesus na Liga: 14 golos com assinatura de jogadores das pampas.

Fonte: Record

Gaitán cruzou-se com Di María no aeroporto de Genebra

07.02.11, Benfica 73

Nico Gaitán e Di María encontraram-se esta manhã no aeroporto internacional de Genebra. Os dois argentinos, convocados para o jogo de quarta-feira com Portugal, cumprimentaram-se e trocaram algumas palavras.
O voo de Di María procedente de Madrid chegou com atraso a Genebra e proporcionou o encontro com Gaitán, o seu sucessor no Benfica.

Os dois jogadores cruzaram-se ainda nas instalações do aeroporto, cumprimentaram-se e trocaram algumas palavras. Seguiram depois acompanhados por um responsável da Federação argentina para o local de estágio.

Fonte: A Bola

Jesus concede folga para hoje

07.02.11, Benfica 73

O plantel do Benfica folga hoje e regressará aos treinos amanhã, no Seixal.

Após a vitória no Bonfim por 2-0, Jorge Jesus decidiu dar um dia de descanso aos seus jogadores para, amanhã, ainda sem hora marcada, arrancar para a preparação, no Caixa Futebol Campus, do embate com o V. Guimarães.

Fonte: Record

Reforços de Verão resolvem

07.02.11, Benfica 73

Reforços de Verão que se confirmam no Inverno. Nicolás Gaitán (investimento de 8,5 milhões de euros) e Franco Jara (5 milhões de euros pelos seus direitos desportivos e financeiros) chegaram à Luz no início da presente temporada e precisaram, naturalmente, de um período de adaptação, em que tiveram de ultrapassar alguns sinais de desconfiança e comparações.

Uma fase ultrapassada com êxito por Gaitán (chamado agora à selecção argentina) e Jara, assumindo-se, no Bonfim, como protagonistas do conjunto e confirmando, a cada novo jogo, uma melhor identificação com a equipa e as especificidades da competição.

Mais uma vez, assim, a criatividade e capacidade de definição dos argentinos do Benfica (de novo cinco portenhos a figurarem entre as opções do treinador) a resolver um jogo intenso, com o Vitória de Setúbal a colocar muitas dificuldades ao conjunto de Jorge Jesus que, com o triunfo no Bonfim, mantém total aproveitamento em 2011 (dez vitórias em dez jogos).

Na perseguição ao líder da Liga - o FC Porto mantém, embira com mais um jogo, 11 pontos de vantagem -, o Benfica somou o décimo segundo triunfo consecutivo (em todas as provas), 15.º se a análise se basear, apenas, nas competições domésticas. E confirmou um futebol de boa qualidade.

Fonte: A Bola

«Somos a equipa que melhor joga em Portugal» - Jorge Jesus - Video

07.02.11, Benfica 73

Treinador do Benfica exulta com a 15.ª vitória consecutiva em todas as competições e diz que o FC Porto não está tão forte como há alguns meses.


Jorge Jesus considerou que o Benfica acusou, em determinados períodos, algum desgaste físico, referindo-se ao jogo com o FC Porto, da Taça de Portugal, mas considerou inteiramente merecida a vitória em Setúbal.

«Foi um jogo muito complicado, como, aliás, já esperávamos. Trabalhamos bastante no Estádio do Dragão, na quarta-feira, e alguns jogadores revelaram alguma fadiga e falta de frescura física. Por outro lado, o V. Setúbal criou-nos enormes dificuldades, sobretudo nos 15 minutos iniciais, mas com o primeiro golo tudo começou a ficar mais fácil», começou por analisar o treinador das águias, completando o raciocínio:

«Provámos que somos a equipa que melhor joga em Portugal. Passamos pela melhor momento da época, que curiosamente coincide com o facto de o nosso rival directo na luta pelo campeonato não estar tão forte como há alguns meses. Portanto, temos todas as razões para acreditar que é possível chegarmos ao título.»

Elogios, muitos ao Vitória de Setúbal, formação que Jorge Jesus já orientou. «Se jogarem sempre assim dificilmente serão surpreendidos, tanto em casa como fora», completou.

Fonte: A Bola

Jara: «Quando entro procuro aproveitar a oportunidade»

07.02.11, Benfica 73

Franco Jara, autor do segundo golo do Benfica, na vitória no Estádio do Bonfim (2-0), no jogo que encerrou a 18ª jornada da Liga:

«A verdade é que o jogo estava a ficar complicado, mas graças a Deus conseguimos o golo e conseguimos uma tranquilidade que nos permitiu estabilizar a partida».

[Quatro golos nos últimos cinco jogos, é o seu melhor momento no Benfica?]
«A equipa está a jogar bem, quando entro procuro aproveitar a oportunidade e dar o meu melhor em prol da equipa».

[Não reclama por um lugar na equipa?]
«Tenho sempre vontade de jogar, mas o treinador é que decide e eu estou aqui para cumprir».

[Jesus disse que o Benfica estava mais forte e que o F.C. Porto não está tão forte. Concorda?]
«Pouco a pouco estamos a subir o nível de jogo. Já o tínhamos demonstrado com o F.C. Porto, hoje também, esperamos seguir com esta série».

Fonte: MaisFutebol

Gaitán: «Tínhamos sempre de fazer a nossa parte e isso conseguimos»

07.02.11, Benfica 73

Gaitán, autor do primeiro golo do Benfica, na vitória no Estádio do Bonfim (2-0), no jogo que encerrou a 18ª jornada da liga:

[Um golo importante quando o Benfica estava em dificuldades?]
«Foi um bom golo, serviu para irmos para o intervalo a ganhar 1-0».

[O Benfica entrou pressionado pela vitória do F.C. Porto?]
«Para dizer a verdade, não tinha nenhuma ideia como tinha ficado o resultado do F.C. Porto. Tínhamos que ganhar hoje e, depois, esperar que eles percam pontos pelo caminho. Se eles perdessem pontos e não ganhássemos aqui não serviria de nada. Tínhamos sempre de fazer a nossa parte e isso conseguimos».

[Acredita que ainda é possível chegar ao título?]
«É o que todos queremos. É difícil, mas não é impossível. Temos de fazer a nossa parte esperar que o F.C. Porto tropece».

[Vem aí a Liga Europa, não era melhor o Benfica concentrar-se nesses jogos?]
«Temos várias taças pela frente, queremos ganhar o máximo que pudermos. Tudo o que estiver ao nosso alcance, queremos ganhar».

[Mas qual é o objectivo prioritário para o Benfica?]
«Para mim são todos, todas as taças são importantes, queremos ganhar o máximo possível».

[A quem dedica este golo?]
«A ninguém, foi apenas um golo que nos deu vantagem num jogo que estava complicado. Foi só isso».

[Foi convocado para o Argentina-Portugal, espera jogar?]
«Todos os jogadores têm a ilusão de jogar pelo seu país. Fui convocado, espero poder somar alguns minutos».

Fonte: MaisFutebol

Luisão: «Sofremos muito sem necessidade»

07.02.11, Benfica 73

Capitão do Benfica diz que os golos surgiram em momentos chave. E garante que as águias estão numa fase ascendente e vão lutar com todas as forças para chegar ao título.

«O Vitória é sempre um adversário tremendamente complicado, mas, por outro lado, sofremos muito sem necessidade. Não compreendo, aliás, como é que estão tão mal classificados. Apesar de algum cansaço, resultado do esforço que despendemos no Dragão, vencemos com muito mérito e marcámos em momentos chave do jogo», disse o defesa-central brasileiro, acrescentando:

«Estamos numa fase ascendente, mas sabemos que temos de lutar muito para sermos campeões, até porque não dependemos exclusivamente de nós. Só podemos prometer continuar a trabalhar com a mesma intensidade.»

Fonte: A Bola

Benfica vence (2-0) V. Setúbal no Bonfim - Resumo e Fotos

07.02.11, Benfica 73

Fotos

O Benfica venceu hoje o Vitória de Setúbal por 2-0, no Bonfim, jogo que encerrou a 18.ª jornada da Liga. Gaitán e Jara apontaram os golos dos encarnados que se mantêm na perseguição ao líder FC Porto.


Grande primeira parte no Bonfim, com muitas e boas oportunidades de golo de parte a parte. O Vitória de Setúbal, apesar de alinhar com três centrais – Valdomiro, Ricardo Silva e François –, jogou olhos nos olhos com o Benfica e, aproveitando a velocidade de Miguelito e Ney pelos flancos, criou alguns calafrios à defesa encarnada.

Neca falhou dois golos quase certos, aos 13 e aos 31 minutos. Primeiro, rematou para defesa de Roberto – recebeu à entrada da área após passe defeituoso do guarda-redes espanhol -, depois apareceu isolado na pequena área mas não conseguiu desviar para a baliza a cruzamento na esquerda de Miguelito. Tmabém Pitbull esteve perto de marcar, de livre, mas Roberto, em voo, desviou o remate do brasileiro.

O Benfica sacudiu a pressão inicial dos sadinos, cresceu e também esteve perto de marcar. Miguelito tirou a bola em cima da linha de golo após remate rasteiro de Cardozo (24) e Diego desviou, com grande defesa, cabeceamento de Luisão (28) na sequência de um canto. O central brasileiro (39) esteve novamente perto de marcar mas disparou por cima depois de ter controlado bem a bola na área do Setúbal.

O golo do Benfica apareceu mesmo em cima do apito para o intervalo. Cruzamento de Saviola na direita e Gaitán a atirar de primeira, com o pé esquerdo, para o poste mais distante, longe do alcance de Diego.

Na segunda parte, o Setúbal foi à procura do empate mas Roberto – com duas grandes intervenções - negou o golo a Neca e Pitbull. Saviola também esteve perto de marcar mas atirou a rasar a barra. Enquanto as alterações promovidas por Manuel Fernandes não funcionaram, Jorge Jesus ganhou a aposta ao lançar Jara em campo.

O argentino foi decisivo na jogada do segundo golo. Recuperou a bola no meio-campo, colocou em Maxi Pereira na direita e foi à entrada da área fazer o 2-0 com um remate acrobático. Tempo ainda para Miguelito evitar mais um golo do Benfica. Tirou a bola em cima da linha após remate de Gaitán, que apareceu solto na esquerda.

O Benfica conquista a 15.ª vitória consecutiva em provas nacionais e mantém-se a 11 pontos do FC Porto, que tem um jogo a mais. Já o V. Setúbal, que nos últimos dez jogos venceu apenas um, segue no 13.º lugar do campeonato.

Fonte: A Bola/ SLB