Dezembro 23 2010

Eleito o melhor defesa-central do último campeonato brasileiro, Dedé está nas cogitações do Benfica em caso de se concretizar a saída de David Luiz. O jogador diz sentir-se bem no seu actual clube e que só sai caso surja uma proposta «muito boa».

«Tenho contrato com o Vasco e estou muito feliz. Se os clubes não chegarem a um entendimento, fico sem o menor problema. O Vasco abriu-me as portas e o clube merece lucrar. E, se igualarem a proposta, não saio. Tem de ser muito bom para me tirar daqui», disse o jogador, citado pela imprensa brasileira, sobre o alegado interesse do Benfica nos seus serviços.
Com 22 anos, Dedé não escondeu, porém, o sonho de jogar na Europa: «Todos os jogadores sonham com isso e um dia também quero ir.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:48

Dezembro 23 2010

Depois de se terem cruzado nas selecções jovens espanholas, Javi García e Roberto voltam a encontrar-se no plantel do Benfica. Na edição Novembro/Dezembro da Mística, o guarda-redes e o médio fazem uma retrospectiva pelos caminhos que os guiaram e mostram querer afirmar-se na história do clube.
Na revista oficial do Benfica, amanhã nas bancas, pode conhecer os cantos aos Centros de Documentação e Informação e de Reserva, Conservação e Restauro. Com a minúcia de quem lida com verdadeiras relíquias, as equipas de ambos os centros preservam peças de outros anos gloriosos.
Numa edição que passa em revista o ano benfiquista, também merece destaque a campanha europeia das modalidades. E, em entrevista, o treinador do hóquei – e grande responsável por devolver os troféus aos “encarnados” –, Luís Sénica partilha a sua visão aprofundada sobre a modalidade.
Em véspera de Natal, celebre connosco também os 50 anos de Eusébio no “glorioso”, recorde Julinho – o craque que deu ao clube a vitória na Taça Latina – e surpreenda-se com Ana Moreira, a menina da rádio que dá voz às empresas no programa Corporate TV, da Benfica TV.
Os adeptos estão convocados para a 13.ª edição da revista oficial do Benfica. Amanhã nas bancas!

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 17:34

Dezembro 23 2010

“Citizens” voltam em força à carga depois da investida falhada no Verão. Desta vez as águias e o central brasileiro admitem cenário de saída. Conversas em torno dos 30 milhões de euros.
O Benfica pode estar na iminência de perder uma das suas pérolas mais valiosas: David Luiz. O Manchester City já abordou informalmente a SAD encarnada, dando conta do forte interesse no internacional brasileiro de 23 anos, e as conversas entre as partes vão prosseguir nos próximos dias, com boas perspectivas de entendimento.
Segundo “round”
A contratação do central encarnado é um desejo antigo do técnico dos citizens, Roberto Mancini, e o dono do clube de Manchester, o xeque Mansour bin Zayed Al Nayhan, tudo fez para, no Verão, dar essa prenda ao treinador italiano. Sem sucesso porque o Benfica rejeitou os 32 milhões de euros oferecidos, e o próprio David Luiz, apesar do milionário contrato que tinha à sua espera, não se importou de ficar mais um ano na Luz.
O City volta agora à carga, em força, consciente de que a actual conjuntura é muito mais favorável ao sucesso da operação. Primeiro porque o Benfica já aceita vender, segundo porque David Luiz já admite sair.
Renovação gerou diferendo
Recorde-se que o defesa não chegou a acordo com o clube da Luz para a renovação contratual que tinha ficado combinada depois do encerramento do mercado, a 31 de Agosto, e que serviria para premiar as exibições e a fidelidade demonstrada. Na base do diferendo esteve o facto de, à última hora, a SAD encarnada ter exigido que o defesa acrescentasse mais um ano ao actual vínculo, que expira só em 2015. David Luiz recusou, por não ver nisso qualquer sentido.
Como se não bastasse esse episódio, o jogador, outrora um dos mais acarinhados pelo universo encarnado, começou a ser dos principais alvos das críticas dos adeptos, face ao momento menos bom de forma em comparação com 2009/10. Uma situação que fez David Luiz sentir-se injustiçado e revoltado.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:56

Dezembro 23 2010

Barcelona começa a fazer cada vez mais parte do passado de Nolito, Lisboa será o futuro do extremo de 24 anos, jogador da equipa B catalã e com ligeiras incursões pela formação principal, treinada por Pep Guardiola.
O facto de terminar contrato com o clube blaugrana no Verão tornou-o num jogador apetecido não só por clubes espanhóis da I Liga, mas também emblemas de referência europeus, casos de Mónaco, Spartak Moscovo, Panathinaikos e Fiorentina. Mas a SAD jogou em antecipação e conseguiu garantir um jogador elogiado em Barcelona, mas cujas hipóteses de jogar pelos culés seriam poucas tendo em conta a concorrência: Messi, David Villa, Pedro Rodríguez, Bojan e até Jeffren.
Ninguém quer admitir a consumação do processo porque legalmente o jogador só pode assinar por outro clube a partir de Janeiro, mas A BOLA sabe que há acordo e Nolito será jogador do Benfica a partir da próxima época, com um vínculo válido por quatro anos.
A imprensa espanhola referiu ontem que o jogador vai auferir um ordenado de 900 mil euros/ano, mas o nosso jornal apurou que os valores em causa rondam quase a metade.
Este e outros pormenores terão sido tratados na visita que o empresário de Nolito fez a Lisboa nas últimas horas. Oscar Font reafirmou ontem ao nosso jornal que «não há nada com o Benfica», tal como tem vindo a fazer ao longo dos últimos tempos, mas A BOLA sabe que o agente catalão passou pela capital.
O nosso jornal teve ainda oportunidade de contactar Nolito, mas apenas conseguiu obter uma reacção da avó, que substituiu a mãe na criação do extremo. Disse não poder dar pormenores, mas riu-se, e muito, quando lhe falámos do Benfica. Há silêncios e omissões que dizem tudo.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:51

Dezembro 23 2010

Muito se tem falado das prováveis saída de Fábio Coentrão e David Luiz do Benfica, mas também Carlos Martins pode deixar a Luz já na reabertura do mercado, em janeiro. O médio português tem protagonizado uma temporada de bom nível, apesar de não ser um titular indiscutível da equipa de Jorge Jesus, o que já levou à cobiça de vários emblemas dos principais campeonatos europeus.

Para já, ainda não chegaram propostas concretas à SAD encarnada, apenas algumas abordagens de clubes que tentam inteirar-se das condições de um possível negócio já na reabertura do mercado. Ao que Record apurou, o Tottenham é um dos emblemas interessados no médio, mas em Inglaterra existem outros a seguir atentamente a carreira do camisola 17 das águias. Clubes esses que têm realizado constantes observações nos jogos dos encarnados.

Oportunidade

O cenário de saída de Martins seria uma boa oportunidade de negócio para os campeões nacionais. O médio atravessa um dos pontos altos da carreira, tem contrato até 2013 e, nesta altura, uma transferência significaria um bom encaixe financeiro para os cofres das águias.

Aos 28 anos, o jogador também encara com bons olhos uma viagem para um campeonato mais competitivo, até porque seria uma forma de se impor a um nível mais elevado e mostrar as credencias que todos lhe reconhecem. Além disso, Martins, que não é um imprescindível na Luz, não está satisfeito com o facto de não ser titular indiscutível de Jesus, sendo muitas vezes remetido para segunda opção. Aimar é o titular da posição 10 e no lado direito do losango Martins tem alternado com Amorim e com o argentino Salvio.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:45

Dezembro 23 2010

Saviola cumpre na Argentina as suas miniférias natalícias e não quis perder a chance de visitar o emblema onde nasceu para o futebol. De surpresa, apareceu no River Plate e gerou enorme surpresa nos funcionários do Museu River, quando estes o viram entrar discretamente. Não tardou, porém, a ser reconhecido por alguns adeptos presentes na altura, e depressa o número se multiplicou, gerando uma onda de euforia com apenas um sentido: pedir o regresso de El Conejo, cenário que até já foi abordado pela Imprensa argentina. "Volta, por favor!", gritaram os "hinchas" do River, entre os muitos pedidos de autógrafos e fotografias. O avançado benfiquista aproveitou entretanto para voltar a pisar por curtos instantes o relvado do Estádio Monumental. "Recordei tudo, e ver-me nas fotos com os meus ex-companheiros foi muito lindo. São grandes recordações", confessou. Já passaram nove anos e meio da sua saída do clube do País das Pampas.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 12:08

Dezembro 23 2010

A transferência de Funes Mori para o Benfica pode estar em risco, caso a direção do River Plate continue a arrastar o processo. O empresário Kia Joorabchian, no sentido de concluir o processo, aumentou a oferta para 10 milhões de euros, uma verba que viabilizaria a entrada de 8,5 milhões de euros nos cofres do clube de Buenos Aires. Contudo, este esforço parece não ter sido suficiente para convencer Daniel Passarela, presidente dos Milionários, que continua a adiar as reuniões com o emissário do empresário de origem iraniana.

Neste momento, as duas partes encontram-se num braço-de-ferro que, no máximo, irá durar até ao início da próxima semana, pois Miguel Pires, o representante de Joorabchian, vai deixar a Argentina no início da próxima semana. Caso o River Plate não aceite os termos que estão em cima da mesa o negócio pode falhar, pois 10 milhões de euros é a proposta final que será apresentada. Recorde-se que o objetivo desta operação financeira é colocar o jovem de 19 anos a jogar no Benfica, de forma a valorizá-lo e garantir uma futura transação que nunca será inferior a 15 milhões de euros. Apesar deste impasse dificilmente o jogador não virá para Lisboa, pois o emblema sul-americano precisa de realizar um importante encaixe financeiro para reforçar o plantel.

Fernández volta hoje

Mais fácil está a vinda de Fernández. O extremo, de 23 anos, termina hoje as férias no México e regressa à Argentina para rescindir com o Racing e, posteriormente, oficializar o vínculo ao Benfica.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:01

Dezembro 23 2010

O Peñarol quer poder contar novamente com Urreta a título de empréstimo. O técnico do clube uruguaio, Diego Aguirre, assumiu em entrevista recente que tem mantido "permanente contacto" com o jogador. Já o empresário do avançado, Pablo Betancourt, garantiu em declarações a uma rádio uruguaia que "há predisposição de Urreta e do Peñarol para que ele volte". Urreta já tinha sido cedido ao Peñarol em Janeiro deste ano e, no Verão, acabou emprestado ao Corunha, onde recentemente se envolveu, em pleno treino, numa cena de violência com o companheiro Antonio Tomás

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 10:46

Dezembro 23 2010

A transferência de Nolito vai conhecer uma fase decisiva no fim desta semana, o mais tarde no início da próxima. O representante do jogador irá reunir-se com o Barcelona para tratar do futuro de Nolito, sendo o Benfica a hipótese mais forte nesta altura.

Aliás, as negociações com as águias estão muito bem encaminhadas e o acordo por quatro temporadas, noticiado ontem pela imprensa espanhola, deverá ser selado em breve. Nesta altura faltam apenas alguns pormenores para que o acordo seja oficial. Nolito, de 24 anos, é um extremo que atua na equipa B do Barcelona mas que já jogou na equipa principal, esta época, nomeadamente na partida da Taça do Rei frente ao Ceuta. O jogador termina contrato com os catalães no final da temporada e o clube comandado por Pep Guardiola resolveu não prolongar o vínculo.

Assim, Nolito torna-se um jogador livre no final da época, podendo comprometer-se já em janeiro. As águias anteciparam-se a outros emblemas que tinham o talentoso jogador debaixo de olho e praticamente asseguraram a aquisição de um extremo, que já foi observado pelo emblema da Luz várias vezes esta temporada.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:37

Dezembro 23 2010

Vanessa Fernandes esteve à beira de ser banida do estágio que a Selecção Nacional de triatlo hoje conclui em Vilamoura, no Algarve.
Tal como A BOLA dera conta ontem, a atleta do Benfica recusou efectuar, na terça-feira, o controlo de treino de corrida, alegando não estar na melhor forma.
Após ter chegado várias horas atrasada à concentração de sábado, Vanessa também não compareceu ao segundo treino, na manhã de domingo.
Face ao terceiro incidente, na terça-feira, direcção técnica e Federação de Triatlo de Portugal viram-se forçadas a reunir, depois do almoço, com a atleta do Benfica, chegando a estar em cima da mesa a eventual exclusão de Vanessa do estágio.
Que acabou por não se verificar, depois da vice-campeã olímpica em Pequim-2008 ter reconsiderado a recusa em fazer o controlo de treino de corrida, vindo a realizá-lo ontem, às 11 horas da manhã.
Depois de um ano praticamente parada, Vanessa Fernandes deseja recuperar o tempo perdido e perder os quilos a mais, tendo a Federação de Triatlo de Portugal, presidida por José Luís Ferreira, já reiterado o seu apoio à atleta, por continuar a considerá-la um exemplo para os mais jovens, crente na sua recuperação plena para voltar a colocar o nome do país no patamar mais alto do panorama internacional do triatlo.
Agora, cabe a Vanessa Fernandes mostrar interesse...

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:16

Dezembro 23 2010

Benfica, FC Porto e Sporting, os três maiores clubes do futebol português, devem em conjunto 322,8 milhões de euros em empréstimos bancários e têm que pagar quase metade, 156,2 milhões de euros no prazo de um ano.

A SAD do Benfica é de longe a mais endividada, com um total de 216,6 milhões de euros em empréstimos bancários, o que representa mais do dobro do que os rivais devem à banca em conjunto, dos quais 92,2 milhões devem ser liquidados no espaço de um ano.

De acordo com os resultados do primeiro trimestre da época desportiva 2010/11, que se concluiu em setembro, a SAD do Sporting é a que deve menos dinheiro aos bancos (52,2 milhões), valor ligeiramente superado pela SAD do FC Porto (54 milhões).

A diferença entre os dois clubes está nos empréstimos contraídos a curto prazo: enquanto os lisboetas têm que pagar 27,8 no prazo de um ano, os portuenses estão obrigados a regularizar 39,6 milhões durante o mesmo período.

A dificuldade que os bancos estão a ter em financiar-se, em consequência da crise, pode dificultar a vida em 2011 aos três "grandes", que vivem com crónicas dificuldades de tesouraria e têm por hábito contrair novos empréstimos para pagar os que se vão vencendo.

"Além da diminuição da concessão de crédito, a falta de liquidez dos bancos está a levá-los a aumentar os 'spreads'. Neste momento, ninguém se financia a menos de sete ou oito por cento a curto prazo. Sobre 322 milhões são mais de 20 milhões anuais só de juros", observou à Lusa o economista Jaime Antunes.

O economista advertiu que "o ano de 2011 será muito complicado", pois "os três grandes clubes estão fortemente endividados", a um nível que "não é sustentável" no atual quadro financeiro.

"Os clubes gastam muito mais do que faturam. Até aqui têm vivido de financiamento, mas essa torneira está a fechar-se e não podem continuar com o mesmo volume de despesas, em especial os salários dos jogadores", defendeu.

O cenário de crise ameaça agravar ainda mais a situação deficitária das SAD dos três habituais candidatos ao título, que apresentam em conjunto um prejuízo de 249,1 milhões desde a sua constituição.

O Benfica volta a liderar de forma destacada, com um resultado negativo acumulado de 105,9 milhões, quase o dobro dos 53,3 milhões do FC Porto, enquanto a SAD do Sporting apresenta um prejuízo de 90,9.

"O Sporting é o que está na situação mais difícil, porque tem um endividamento muito grande e capacidade limitada de gerar receitas. O Benfica é de longe o que está mais endividado, mas também consegue produzir muito mais receitas", sustentou Jaime Antunes.

O clube de Alvalade procura reestruturar as suas finanças através da segunda "operação harmónio", que pretende retirar a SAD da situação de "falência técnica" e a adequação dos capitais próprios ao disposto no Código das Sociedades Comerciais.

De acordo com os relatórios referentes ao primeiro trimestre da temporada 2010/11, o FC Porto é o único dos três que cumpre o artigo 35 sobre os capitais próprios (ativo menos passivo da sociedade), que devem ser superiores a metade do capital social.

O economista advertiu que à dívida aos bancos é preciso somar a emissão de empréstimos obrigacionistas e os efeitos da política de antecipação de receitas: "É incontornável. Os clubes só podem sobreviver se reduzirem as despesas".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:17

Dezembro 23 2010

Javi García foi convidado a integrar-se num jogo amigável no próximo sábado, na sua terra natal, Mula (Múrcia). O médio vai jogar por uma equipa de jogadores da terra na qual estará igualmente o madridista Pedro León. O adversário será composto por veteranos do local Atlético Muleño, e o objectivo da partida é doar toda a receita a uma associação de caridade da região. Javi García é sempre recebido em casa como um ídolo e até já tem um pavilhão desportivo com o seu nome.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:39

Dezembro 23 2010

Melhor marcador do campeonato na última época, artilheiro da Liga Europa - a par de Pizarro -, campeão nacional e vencedor da Taça da Liga, Cardozo faz um balanço positivo do seu desempenho em 2010. "Fiz muitos golos, conseguimos títulos para o Benfica. Considero o balanço do que fiz em 2010 positivo", atirou em declarações ao Centro Informativo Multimedios, do Paraguai.

O Tacuara aproveitou para reiterar que "por agora" segue no Benfica, descartando a saída em Janeiro. O ponta-de-lança tem sido insistentemente apontado nos últimos dias aos espanhóis do Villarreal, e a SAD até está disposta a negociar o jogador, assim chegue à Luz uma proposta choruda e, de preferência, esteja igualmente assegurado o concurso de Funes Mori, o jovem ponta-de-lança do River Plate que os encarnados vêm tentando contratar. Mas se o camisola 7 garante que não sai agora, ainda no último mês de Maio havia sublinhado a sua vontade de experimentar um grande clube de outro campeonato, de preferência em Inglaterra, por cuja liga sempre demonstrou apetência. O jogador está protegido com uma cláusula de 60 milhões de euros.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:37

Dezembro 23 2010
publicado por Benfica 73 às 08:04
Tags:

Dezembro 23 2010

Gosto, no que ao futebol diz respeito e em boa parte da vida, que se respeitem tradições que fazem sentido, que distinguem e que valem como componentes de um espetáculo que só vistas curtas entendem que se limitam ao jogo. Ninguém de bom senso põe em causa a importância e o arrepio que nascem dos cânticos com que as claques inglesas brindam as suas equipas. Do mesmo modo, quem tenha visto um jogo entre rivais cariocas no velhinho Maracanã, sabe que um dos grandes momentos da tarde ou do serão passa pela libertação de papéis multicoloridos (com as cores dos clubes), de todos os formatos, para saudar a subida dos jogadores ao relvado. Em Portugal, se excetuarmos algumas coreografias no Dragão, vistosas e impressionantes, a ocasião mais distintiva de espetáculo vinha cabendo ao Benfica com o voo de uma águia a emocionar os adeptos, a espantar adversários e visitantes, incluindo jogadores, a encantar os mais novos que, anos passados, ainda recordam a magia daquela descida circular, com aterragem em local previamente determinado.

No último fim-de-semana e por força de incidentes cujas versões são naturalmente desencontradas, a águia “Vitória” não voou. E, para os quase 40 mil que rumaram à Luz, foi pena. Primeiro, porque esse capítulo imperial e tradicional teria calhado bem com a exibição dos jogadores que quiseram despedir-se do ano, deixando a esperança como mensagem pela partida que realizaram. Depois, porque quem visita aquele estádio já tem como garantido aquele preâmbulo que aproveita a elegância e a eficácia de um animal para começar a agitar a pulsação clubística. Ao que parece, o Benfica e o tratador da águia “Vitória” passam, a partir daqui, a ser partes irreconciliáveis. Neste quadro, cabe à direção do clube trabalhar – e tão rapidamente quanto lhe for possível – para que se descubra um reforço que permita que a ausência daquele segmento do show tenha interrupção apenas temporária. Do ponto de vista simbólico mas também em função das razões práticas já enunciadas, ele é muito mais importante do que pode parecer à primeira vista. Até porque a grandeza de um clube não se mede apenas pelos resultados e valores, também se avalia em função da diferença e da singularidade.

Ora, por razões de Natureza, a águia pode garantir ao Benfica algo a que os rivais nunca terão acesso. Em tempos, o Sporting ainda exibiu um leão enjaulado antes dos jogos – triste espetáculo, até pelos paralelos que suscita. Quanto ao FC Porto, nem Jorge Nuno Pinto da Costa, milagreiro noutras frentes, consegue assegurar o concurso de um dragão. De resto, a relação – mesmo que fosse possível – iria chocar com a História. Não foi São Jorge que matou o dragão? Bom Natal para todos.

Autor: JOÃO GOBERN
Fonte: Record
publicado por Benfica 73 às 02:29

BENFICA 73
contador grátis
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...