Dezembro 03 2010

O Benfica, detentor do troféu, vai receber o Marítimo a 2 de janeiro (domingo), na 1.ª jornada da 3.ª fase da Taça da Liga, dia em que o FC Porto joga com o Nacional.

De acordo com a Liga, o encontro entre encarnados e verde-rubros joga-se às 20H15, enquanto a receção dos dragões ao Nacional tem início marcado para as 18 horas.

O Sporting joga na segunda feira com a Naval (19H15), no mesmo dia em que Sp. Braga e V. Guimarães se defrontam às 21H15.

1.ª jornada da 3.ª fase:

Domingo (2 de janeiro)

Desportivo Aves-Olhanense, 15 horas
Arouca-Paços Ferreira, 15 horas
Estoril--Penafiel, 16 horas
Gil Vicente-Beira-Mar, 16 horas
FC Porto-Nacional, 18 horas
Benfica-Marítimo, 20 horas

Segunda feira (3 de janeiro)

Sporting-Naval, 19H15
Sp. Braga-Vitória de Guimarães, 21H15

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:26

Dezembro 03 2010

Danny é um desejo do Benfica para reforçar o plantel na próxima temporada (2011/12). O internacional português, cujo o contrato com o Zenit termina em Dezembro de 2012, é visto no seio do emblema encarnado como uma mais valia e a sua contratação é um cenário que vem sendo equacionado há já algum tempo.

Apesar da conjuntura não ser a mais favorável, tendo em conta que o camisola 10 do Zenit foi o jogador mais caro do futebol russo (30 milhões de euros), na Luz há a noção que existe uma série de engenharias negociais que podem ajudar a promover a transferência do jogador.

Estudar abordagem.Record sabe que nesta fase não existem ainda contactos entre os clubes, até porque uma abordagem nesta altura seria prematura e estaria inflacionada pelo título do Zenit e o prémio de melhor jogador do campeonato que Danny conquistou, mas o luso-venezuelano é um alvo que agrada especialmente a Luís Filipe Vieira. O presidente encarnado aprecia as qualidades do internacional português e gostava de o ver de águia ao peito na próxima temporada.

Nesta fase não existem ainda contactos do foro oficial, mas o nome do camisola 10 da Seleção Nacional está altamente referenciado pelas cúpulas encarnadas.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 16:49

Dezembro 03 2010

Benfica e Corinthians continuam longe do acordo para a transferência do médio Elias do clube de São Paulo para a Luz. Os presidentes dos dois emblemas, Luís Filipe Vieira e Andrés Sanchez, voltaram a reunir-se ontem na cidade brasileira, mas mantiveram-se muito distantes quanto à forma de pagamento.

Neste momento, já existe entendimento quanto ao valor a pagar pelos encarnados para contratar o médio, de 25 anos, na reabertura do mercado – 7 milhões. Ora, o Benfica quer liquidar essa verba de forma faseada, enquanto o Corinthians quer receber tudo a pronto. Sanchez até aceitaria um pagamento por parcelas, mas com juros, o que encareceria a operação. Os encarnados recusam este cenário.

Espera. A segunda reunião entre os líderes dos dois clubes nada acrescentou ao encontro do dia anterior. O Benfica pretende contratar o internacional brasileiro, que já estava referenciado no último verão, mas vai ter de usar grande poder de argumentação, face à irredutibilidade dos canarinhos.

Vieira, que se encontra no Brasil para tratar de assuntos pessoais, terá de aguardar mais alguns dias. E isto porque o Corinthians está envolvido na luta pela vitória no campeonato brasileiro, que termina este fim-de-semana. Mário Gobbi Filho, vice-presidente do Timão, confirmou ter havido “uma sondagem” pelo internacional canarinho, mas recusou falar de valores. “Vamos conversar sobre esta situação no domingo”, prometeu.

Elias, que detém 20 por cento do passe (o Corinthians possui 50 e o agente Carlos Leite 30), termina contrato em dezembro de 2011. A meio do próximo ano, poderá sair por valores inferiores. Mas há sempre o risco de algum clube chegar-se à frente antes disso.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 16:46

Dezembro 03 2010

Numa conferência de imprensa algo inesperada, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, admitiu que teve algumas conversas com Luís Filipe Vieira, nos últimos dias. “Confirmo que estive com o líder do Benfica mas foi apenas para o conhecer pessoalmente”, referiu à imprensa canarinha. O principal dirigente do emblema de São Paulo escondeu sempre o jogo sobre a possível transferência de Elias para o clube da Luz, afirmando que ainda não recebeu “qualquer proposta” da parte dos encarnados.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 16:45

Dezembro 03 2010

Eliseu, pai de Elias, garante que o filho “está preparado” para sair já em janeiro. “Ele está consciente que tem feito um bom trabalho, mas, nesta altura, é melhor não criar expectativas, porque no verão também se falou nisso e depois nada aconteceu”, afirmou ao nosso jornal.

O pai do médio é também o responsável pela gestão da sua carreira desportiva e não esconde que Elias, apesar de “gostar muito do Corinthians”, encararia a mudança com bons olhos.

“Ele aceitaria com o maior prazer. Para sair do Corinthians terá de ser para um clube de grande expressão e o Benfica enquadra-se nos parâmetros”, salientou.

Detentor de “20 por cento do passe”, Elias tem uma voz ativa nas negociações, mas, frisa o pai, “quem manda é o Corinthians, que tem 50 por cento”. “Se eles chegarem a acordo, então vamos conversar”, acrescentou.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 16:32

Dezembro 03 2010

Rodrigo pode voltar a Madrid na reabertura do mercado de transferências em janeiro. O jovem está cedido pelo Benfica ao Bolton mas os "merengues" equacionam o regresso do prodígio, de acordo com o que escreve o diário "Marca" esta sexta-feira.

Para contar com Rodrigo já em janeiro, o Real Madrid terá de desembolsar 12 milhões de euros.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:25

Dezembro 03 2010

A SAD do Benfica tem emissários na Argentina a tentar concretizar negócio sobre o médio do Estudiantes, que poderá poderá ser fechado a partir dos três/quatro milhões de euros.

Ataque ao mercado em várias frentes. A SAD do Benfica está activa na América do Sul na tentativa de garantir pelo menos um jogador para reforçar as alas, preferencialmente já em Janeiro, na janela de mercado de Inverno. Além de Elias e Jucilei, ambos do Corinthians, os responsáveis encarnados deram aval positivo para avaliar a possibilidade de contratar Enzo Pérez, extremo-direito, argentino de 24 anos que representa o Estudiantes de la Plata.

Há já vários meses que o Benfica tem emissários em observação constante do campeonato argentino e Enzo Pérez tem recebido aval muito positivo, estando, por isso, muito bem referenciado nos gabinetes do Estádio da Luz. A SAD já deu instruções para avaliar a real possibilidade de concretizar o negócio, que segundo apurámos poderá ser fechado a partir dos três/quatro milhões de euros.

Considerado um dos melhores médios ofensivos argentinos a actuar no seu país, Enzo Pérez não tem escondido o desejo de dar o salto para o futebol europeu. Ainda há pouco tempo o disse numa entrevista publicada na imprensa local. «A sair do Estudiantes será para a Europa, onde espero ainda poder vingar. É o sonho de qualquer jogador, conseguir uma transferência para um bom clube da Europa», referiu recentemente numa altura em que se comentava o interesse do River Plate na sua aquisição. Pérez é um médio ofensivo que joga pelas alas, preferencialmente a direita. Ao serviço do Estudiantes de la Plata, clube que representa desde 2007, já venceu uma Taça Libertadores ao Cruzeiro de Belo Horizonte, onde actuava Ramires, em 2009.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:09

Dezembro 03 2010

Moretto não esquece um episódio, na Luz, que rotula como o pior momento da carreira. Foi com o Paris Saint-Germain, para a Taça UEFA. "Saí a uma bola, o adversário fez um carrinho e fui atingido no joelho. O choque provocou imensas dores", conta. De olhar perdido no horizonte, prossegue. "Eu no chão, lesionado e com dores, e o estádio a chamar pelo Moreira… Foi o pior momento". A tristeza que o invadiu é difícil de descrever. "Naquela noite falei com o presidente e disse que não podia continuar no Benfica. Fiquei mais um ano, depois ainda fui para a Grécia, voltei, mas não havia hipóteses". Entre os melhores momentos, destaca a campanha no Setúbal. "Em metade de uma época ganhei uma Taça de Portugal e depois, na seguinte, cheguei ao final da primeira volta com apenas três golos sofridos, era o guarda-redes menos batido da Liga", recorda.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 12:04

Dezembro 03 2010

Pablo Aimar é a grande novidade na lista de convocados de Jorge Jesus para o encontro de hoje à noite, frente aos algarvios do Olhanense. O técnico das águias optou por não divulgar os eleitos no dia de ontem e, na entrevista à Benfica TV, até alimentou as dúvidas quanto à recuperação do jogador, frisando que só perto da hora do encontro é que saberia se poderia contar com El Mago. Mas, ao que Record apurou, Aimar está mesmo recuperado dos problemas físicos e integrou a convocatória, sendo opção para o encontro de hoje.

No entanto, o treinador dos campeões nacionais poderá deixar o camisola 10 de fora do onze, lançando-o apenas no decorrer do jogo, de forma a ganhar algum ritmo competitivo, tendo já em vista a partida com o Schalke 04, na próxima terça-feira, na Luz. Nesse desafio da última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, as águias jogam a presença na Liga Europa e o técnico pretende ter os principais jogadores a 100 por cento. O objetivo passa por derrotar os alemães e não ter de estar com os ouvidos no encontro de Lyon, que opõe o Olympique aos israelitas do Hapoel Telaviv.

Note-se que o argentino debateu-se na última semana com uma mialgia de esforço na face posterior da coxa direita e acabou por falhar a deslocação a Aveiro, no último domingo. Aliás, o jogador, de 31 anos, já não compete desde a deslocação a terras israelitas na derrota por 3-0 e necessita de jogar alguns minutos.

Igual. Neste contexto é de prever que Jesus opte pela mesma equipa que derrotou os aveirenses. Carlos Martins deverá ser o maestro da equipa – jogará à direita se Aimar for titular – cabendo a Ruben Amorim desempenhar as funções de médio-direito. Javi García e Gaitán completam o quarteto de meio-campo que vai tentar servir a dupla Saviola e Cardozo no ataque à baliza do Olhanense.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:48

Dezembro 03 2010

O presidente do Corinthians, Andrés Sanches, em declarações ao jornal brasileiro 'Globoesportes', revelou que a intenção do clube em contratar o central Luisão ao Benfica é um sonho quase... impossível.

O dirigente do clube brasileiro adiantou ainda que o central encarnado está em negociações com o... Benfica.
«O luisão tem uma proposta de 30 milhões de euros e existe ainda a possibilidade de renovar ou não o seu contrato. A sua contratação? Impossível não é, mas quase...», disse.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:35

Dezembro 03 2010

Cardozo pode tornar-se hoje o melhor marcador estrangeiro da história do Benfica em jogos oficiais. Um golo diante do Olhanense chega para “Takuara” igualar os 84 golos apontados por Mats Magnusson em cinco épocas, de 1987/88 a 1991/92.

Mats marcou 64 na Liga, 14 na Taça de Portugal, cinco na UEFA e um na Supertaça, enquanto o paraguaio soma nesta altura, em três épocas e meia na águia, 83 tentos (61 na Liga, 5 na Taça de Portugal, 15 na UEFA e 2 na Taça da Liga). Ou seja, um enorme aliciante extra para o encontro desta noite, o de desapossar Magnusson de um trono que é do sueco há quase duas décadas: 19 anos, precisamente.

«Não sabia. 84 golos? No museu do Benfica está lá que marquei 99, com jogos particulares e outros. É um número especial. Não sabia que Cardozo me podia apanhar já, mas não me aborrece, pelo contrário: os seus golos e o seu êxito são a alegria do Benfica e dos seus adeptos e sócios, que adoro! Nunca pensei ser o melhor marcador estrangeiro duas décadas! No fim dos jogos, saí sempre pela porta da frente e falava com eles, nas horas difíceis, das derrotas. Nunca me escondi! Por isso me estimavam e também os tenho no coração», afirmou Mats Magnusson a A BOLA.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:27

Dezembro 03 2010

Luís Filipe Vieira garante que o futuro museu do Benfica “estará no roteiro da cidade” de Lisboa. O líder da águia, de 61 anos, esteve numa reunião na Câmara da capital, que serviu também para tratar de outras questões, como alterações ao projeto – que já foram feitas – mas não só.

“Pode falar-se, igualmente, sobre a questão de índole social, havendo uma parceria sobre vários prédios camarários que estão devolutos. Não queremos nenhuma antiga glória nossa a viver na rua. Como já tivemos conversas com a Câmara sobre este assunto, talvez se venha a passar algo”, disse numa entrevista que será publicada hoje no jornal do clube.

“Orgulhoso” por ouvir outros presidentes dizerem que os principais ativos do clubes são os sócios – uma frase muitas vezes usada por si – Vieira recusa vir a associar o cartão de associado a um de crédito. “ Nunca quis que assim fosse. O cartão do Benfica é do sócio. Se quiserem um cartão de crédito terá de existir outro cartão”, revelou, desabafando: “Costumo dizer ao meu filho: ‘Eu trouxe uma aragem ao futebol português.’”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:20

Dezembro 03 2010

Sinceramente, não sei qual vai ser a reacção do público". A frase é acompanhada de risos e sintetiza o estado de espírito de Moretto, o guarda-redes que volta à Luz hoje, defendendo a baliza do Olhanense. Depois de alguns anos no Benfica, o brasileiro encara com naturalidade este regresso a uma casa onde raramente recebeu incentivo dos adeptos. "Não eram todos, mas aí uns setenta por cento, os que nunca me apoiavam. Ao invés, era assobiado. E agora, representando um clube adversário, sei lá! Devo ouvir apupos mas também acredito que possa ser bem recebido por parte de alguns. O Benfica tem bons adeptos, dos melhores do país, e eu não esqueço um certo carinho que me dispensavam na rua", assinala.

Moretto chegou à Luz em Janeiro de 2006, aureolado de guardião menos batido da Liga, pelo Setúbal, e no meio de uma disputa que envolveu o FC Porto, com incidentes à mistura. "Foi uma situação complicada, que prejudicou a minha entrada no clube. Não fui bem visto pelos adeptos e a forma como peguei de estaca na equipa, com apenas três dias de treino, também levantou polémica. O Ronald Koeman lançou-me logo no onze, claro que na altura queria era jogar e fiquei contente, mas hoje, numa análise a frio, vejo que foi um lançamento prematuro."

Acresce, no entender do brasileiro, que "o Quim estava muito bem, não sofria golos há cinco jogos, e, inclusive dentro do grupo, criou-se algum mal-estar": "Vinha de um clube de menor dimensão e comecei de imediato a jogar". Em termos desportivos correu tudo muito bem na primeira época, mas Moretto diz que nunca teve "o apoio que hoje ainda tem o Moreira, que na altura tinha também o Quim". "Eu nunca senti esse apoio. E isso, para mim, era muito doloroso."

O semblante do guardião fica mais carregado à medida que prossegue a narração. "Até no aquecimento para os jogos era assobiado! Sentir isto, na própria casa, deixava-me muito triste. Foram casos a mais que condicionaram os três anos e meio que lá estive e que me levaram a falar com o presidente e a pedir a rescisão." Moretto tinha mais dois anos de contrato "mas não havia condições nem vontade". "Agradeci o apoio, o que tinham feito por mim, mas o meu ciclo tinha terminado." Jogador e clube acordaram a desvinculação e o brasileiro mostra-se grato ao presidente Luís Filipe Vieira pela correcção e tratamento que lhe foram dispensados.

Ser guarda-redes no Benfica, assume, é complicado. "Veja-se o exemplo do Roberto, criticado no início da época e agora já a mostrar o seu valor. Se fosse outro treinador, possivelmente, o Roberto não era agora titular, depois dos erros que teve, que são normais e que acontecem a quem é novo num clube. Mas Jesus segurou-o e ele deu a volta".

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:24

Dezembro 03 2010

publicado por Benfica 73 às 07:30
Tags:

Dezembro 03 2010

O repórter faz uma pergunta, na “flash-interview”, fora do âmbito do jogo e de acordo com a “atualidade clubística”, e o treinador diz que está ali para responder a questões sobre o jogo e, perante a insistência do repórter, abandona o local das “entrevistas rápidas”, largando um “então tchau!” que promete ficar gravado entre as hordas do anedotário futebolístico. O assunto é sério e atira-nos para o plano das relações, às vezes promíscuas, entre o futebol e a comunicação social.

Quero deixar bem claro que concordo com o princípio de que as “flash-interview” devem versar aquilo que acabou de acontecer. A análise sumária ao jogo. A questão não é, todavia, tão linear. O jogo não são apenas 90 minutos de pontapé no esférico. As bolas de golfe, as maçãs, as moedas e os isqueiros fazem parte do jogo? Não deviam fazer, mas, às vezes, fazem. É legítimo questionar um treinador sobre esses factos, até no plano da eventual “coação psicológica” que esses factos podem exercer no rendimento desportivo dos executantes? Quem é que “define” o que está sob o espírito dos regulamentos da Liga, designadamente no que concerne ao agora já famoso “artigo 26.º – Comunicação Social”, segundo o qual a “flash-interview” “(...)apenas deverá versar sobre as ocorrências do jogo que se acabou de disputar”?

A Liga vai criar a figura de “controlador de flash interview” para decidir o que cabe perguntar?... A Liga, assim, também tem de decidir sobre outras responsabilidades que (não) lhe cabem na relação com os jornalistas. É que nem o citado artigo 26 do Regulamento de Competições, com 24 pontos normativos, nem o Regulamento Disciplinar, preveem situações que têm a ver com a proteção dos jornalistas – e isso é importante, porque, a seguir às equipas de arbitragem, são os profissionais da comunicação social quem se acham mais expostos aos ritos das emoções.

É que, ao estipular as condições em que os repórteres e os OCS devem cumprir as suas tarefas nos estádios, dá a sensação de que os jornalistas são “agentes desportivos”. E não são. E não advoguem a tese de protocolos realizados com o CNID, porque os jornalistas não são obrigados a serem associados desse Clube (Nacional de Imprensa Desportiva) e só a título de exemplo o Sindicato dos Jornalistas já veio publicamente condenar o que se passou no final do Beira-Mar-Benfica, em matéria de alegada “intimidação a jornalista”.

Nunca fui nem sou corporativista, tenho do Sindicato uma visão de ineficácia total (já fui vítima dela), tenho noção da pessoalidade, dos meios e das conivências contidos nos “critérios editoriais”, mais elásticos do que a pastilha, não ignoro que a CS constrói uma determinada realidade e não espelha a realidade, creio até que a sua fragilidade perante os clubes é fomentado dentro das empresas pelos próprios jornalistas (por invejas, despeitos, etc.), mas isso não invalida que se combata a contaminação, no sentido de repudiar pressões e todo o tipo de condicionamentos à liberdade de expressão.

Agora dá jeito falar nas fronteiras da “flash interview”. Permitam-me então a pergunta: por que razão todos fecham os olhos quando, em ambiente de conferência de imprensa, a coação existe quando algum jornalista tem a ousadia de colocar uma pergunta mais “fraturante”? A censura é velha, está cheia de varizes, mas é das poucas coisas que se regenera no futebol.

Por mim, “então tchau!”, mas sem... “tchiu”!

Autor: RUI SANTOS

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 00:29

Dezembro 03 2010
publicado por Benfica 73 às 00:28

Dezembro 03 2010

Os “três grandes” já apresentaram os resultados do primeiro trimestre desta época. Todos tiveram lucro, Sporting, Benfica e Porto. Mas a maravilha é bastante extraordinária. Estamos basicamente a falar de venda de jogadores.

Na semana passada, aqui falámos dos lucros de 10,5 milhões de euros do Sporting. Ontem, foram revelados os resultados líquidos positivos de sete milhões de euros do Benfica e de 17,7 milhões de euros do Porto. Total: mais de 35 milhões de euros. Uma primeira análise concluiria pois que o futebol é uma atividade muito rentável. Mas não é, pois estes são clubes que têm grande parte das suas receitas operacionais (bilheteira, patrocínios, merchandising...) destinadas ao pagamento dos altos salários dos jogadores e do pesado serviço da dívida à banca. Os nomes à frente destes resultados não são Bettencourt, Vieira ou Pinto da Costa, mas João Moutinho, Ramires, Bruno Alves e Raul Meireles.

A viabilidade dos grandes clubes de futebol portugueses está hoje dependente da capacidade de vender caro jogadores que contrataram mais baratos. É por isso que se abastecem em viveiros de jogadores, sobretudo da América Latina. Acertam em poucos mas o que ganham com eles é suficiente para compensar o que perderam nos outros em que erram. Nos negócios, este tipo de atividade é conhecido como capital de risco.

Por cá, foi o Porto quem inaugurou este modelo de negócio e quem melhor se tem dado com ele. O problema é que não dá para viver eternamente de receitas extraordinárias, com a pressão anual de encontrar génios que se comercializam no final do ano. Quem irá o Porto, o Sporting e o Benfica vender no fim desta época? Faça-se apostas. Porque não há como não vender algum – e dos melhores.

Autor: PEDRO S. GUERREIRO
Fonte: Record
publicado por Benfica 73 às 00:20

Dezembro 03 2010

A jornada 13 da Liga Zon Sagres tem início marcado para esta sexta-feira, no Estádio da Luz, com o Benfica a receber o Olhanense. Para a BetClic os encarnados têm uma enorme dose de favoritismo para alcançar a vitória e a dupla de goleadores Cardozo/Saviola são os favoritos para marcar na receção aos algarvios.

A quota para a vitória das águias cifra-se em 1,18. O empate entre os dois conjuntos tem uma quota de 6,00, enquanto o triunfo da turma de Daúto Faquirá vale o dobro (12.00), o que indica que os encarnados são favoritos a conquistar os 3 pontos e a continuar na perseguição ao FC Porto na frente da tabela do campeonato.

A probabilidade do Benfica golear também é grande pois uma vitória por 4-0, por exemplo, tem uma quota de 9,00. Curioso para o facto de um triunfo do Olhanense por 2-1 ter um valor igual a uma goleada encarnada por 7-0: 40,00.

Em relação aos marcadores dos golos da partida o favorito é o benfiquista Oscar Cardozo (1,60), seguido do seu colega de ataque, o argentino Javier Saviola (1,80). A dupla das águias está de volta aos grandes momentos e isso já se reflete nas apostas da BetClic.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 00:12

BENFICA 73
contador grátis
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...