Novembro 15 2010

O jornal espanhol “Marca” destaca esta segunda-feira o primeiro golo de Nico Gaitán na vitória, por 4-0, do Benfica sobre a Naval, no domingo em jogo da Liga portuguesa.

Num vídeo que faz o rescaldo do melhor e do pior que se passou nos campeonatos europeus, durante o fim-de-semana, o tento do benfiquista é descrito como um “golaço”.

Também em destaque estão a entrada de Ibrahimovic que lesionou Materazzi - veja aqui o vídeo - e o insólito acontecimento que se passou com Darren Fletcher, médio do Man. United, que alinhou cerca de 30 minutos com uma camisola sem número e nome.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:59

Novembro 15 2010

No Benfica, David Luiz e Luisão formam uma das duplas mais carismáticas do futebol nacional, um duo que curiosamente representa duas gerações do futebol brasileiro. Em entrevista ao "IG Esporte" o Girafa recebe muitos elogios do jovem encarnado, admitindo que este o ajudou bastante a crescer.

"Luisão é uma pessoa que já viveu inúmeras coisas no futebol. Coisas que nós, meninos que estamos a chegar agora, queremos viver. É alguém que já conquistou muito no futebol e que nos ajuda a crescer. Está sempre a dizer que tudo se consegue, basta querer. É o meu lema de vida", explicou.

"Se eu quero alguma coisa, preciso fazer algo para a conquistar, mas sempre com muita humildade. Merecidamente jogou dois Mundiais e é o nosso respeitado capitão no Benfica. Quem sabe se um dia eu possa estar a viver as mesmas coisas que ele vive agora...", acrescentou.

Dispensado do São Paulo por... "ser baixinho"

Ainda no Brasil, David Luiz viveu uma situação bastante complicada. Depois de alinhar entre os 9 e 14 anos no São Paulo, David Luiz foi dispensado do clube porque não iria crescer mais de acordo com os dirigentes do clube. Agora, 9 anos depois, tem 1,89 metros...

"Fiquei no São Paulo dos 9 aos 14 anos. Fui mandado embora porque disseram que eu não iria crescer, que era muito baixinho. Mas ainda era muito miúdo e jogava como médio ofensivo. São coisas do futebol. Depois surgiu a hipótese de fazer um teste no Vitória e só pedi uma coisa à minha mãe: pagar a viagem de avião para Salvador. Graças a Deus depois pude retribuir e pagar não apenas a viagem mas melhorando a qualidade de vida dos meus pais", enalteceu.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:15

Novembro 15 2010

Atual titular no centro da defesa do Brasil ao lado de Thiago Silva, David Luiz não esconde a satisfação por ter agarrado o lugar na canarinha. Em entrevista ao "IG Esporte", o central encarnado admite que nunca ponderou jogar pela Seleção Nacional.

"Falava-se que eu podia jogar por Portugal por apenas ter jogado pelo Brasil em Sub-20, mas sempre deixei claro que não pensava sequer nessa possibilidade. Jogar no Brasil é o meu sonho de criança, o sonho da minha família...", assegurou.

"Só viveria um Mundial a sério se jogasse pelo Brasil. Se fosse por outra seleção seria só mais uma equipa...", frisou o central encarnado.

Regresso ao Brasil em equação

David Luiz admitiu ainda ter vontade de um dia voltar a alinhar por um clube brasileiro, depois de ter saída do país com apenas 19 anos: "Tenho vontade de voltar. Mas o meu futuro deixo nas mãos de Deus".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:08

Novembro 15 2010

O defesa central David Luiz, do Benfica, é actualmente dos jogadores brasileiros mais requisitados. A sua chamada à canarinha e o constante assédio dos gigantes europeus foram alguns dos temas de conversa em entrevista, concedida no Seixal, ao "IG Esportes".

Entre muitos temas, o central encarnado mostrou que o tempo que leva de águia ao peito lhe transmitiram a tal mística encarnada, garantindo estar muito feliz em Lisboa.

"Sou extremamente feliz aqui. Aprendi a amar este clube, a vivê-lo. Aprendi que só entrar em campo e jogar é pouco. Tem que ser muito mais que isso. É viver, é entender o sentimento das pessoas, das crianças, das senhoras que torcem por nós. Até fico arrepiado. Faço tudo que puder fazer para retribuir esse carinho. Não há nenhum dinheiro que pague estas coisas", frisou o central de 23 anos.

Contratado em Janeiro de 2007 por uma verba a rondar os 1,5 milhões de euros, David Luiz é actualmente dos centrais mais valiosos do Mundo, algo que na sua óptica se deve a todo o esforço que fez para chegar onde está agora:

"Os meus pais sempre me ensinaram que, independentemente do que temos ou somos perante a sociedade, perante Deus somos todos iguais. Lutámos para ter reconhecimento. Tento melhorar a cada dia e crescer. Tive apenas a oportunidade que tantos outros queriam ter. É um presente, tenho gratidão por tudo isso".

David Luiz assume-se sempre "humilde", com uma "postura séria e correcta", admitindo o desejo de "ajudar as pessoas, seja com um sorriso na rua, com um abraço ou com um bom jogo".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:00

Novembro 15 2010

O director clínico do Benfica foi nomeado, esta segunda-feira, para a Comissão Inter-Federal da Federação Internacional de Medicina Desportiva (FIMS – Fédération Internationale de Médecine du Sport).

João Paulo Almeida é o primeiro português a integrar a estrutura da organização, que visa promover o estudo e o desenvolvimento da medicina desportiva a nível mundial.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:49

Novembro 15 2010

A equipa de basquetebol do Benfica vai fazer a sua estreia na fase de grupos da Eurochallenge nesta terça-feira, dia 16 de Novembro, frente aos búlgaros do Lukoil Academic. Em declarações à Benfica TV, o técnico Henrique Vieira alertou para a valia do adversário.
“É o jogo desta fase de grupos em que temos menos responsabilidades, porque o Lukoil é uma equipa ao nível das que estão na Euroliga”, salientou o treinador, defendendo que esta é uma boa oportunidade para os “encarnados”: “Estamos felizes por jogar contra os melhores jogadores europeus e também de possibilitar aos nossos adeptos de vê-los jogar na Luz.”
“É, por isso, o jogo teoricamente mais difícil que vamos encontrar. Sabemos que é uma equipa com muita experiência, que ganha o campeonato búlgaro há muitos anos e que tem grandes jogadores a nível europeu”, acrescentou.
O Lukoil Academic-Benfica tem início marcado para as 20 horas.
Taça de Portugal como objectivo
Henrique Vieira falou ainda do sorteio dos 16 avos-de-final da Taça de Portugal, onde o Benfica vai jogar no recinto do ÓBIDOS.PT/Gaeirense. “Temos de encarar com muita seriedade, porque um dos grandes objectivos é chegarmos à final 8 da Taça de Portugal”, afirmou o treinador, que quer conquistar um troféu que foge há vários anos ao Clube.
“Embora seja uma equipa que está a fazer um bom campeonato, temos de chegar lá e jogar o nosso melhor. Se fizermos isso, vamos com certeza ganhar esse jogo”, referiu sobre a partida com a formação da CNB1.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 18:25

Novembro 15 2010

Esta semana muitas pessoas me perguntaram se tinha deixado de gostar do mister, dado o fim do namoro que aqui ditei no rescaldo do Dragão. Gosto muito do mister, e acho muito bem que Luís Filipe Vieira afirme que JJ “não está a prazo”. Para mim, apesar da emotividade com que vivo o meu Glorioso, ninguém passa de bestial a besta assim. E vice-versa. Mas o mister errou.

Ontem foi uma noite constatações. Há algumas verdades populares incontornáveis e uma delas é que em equipa vencedora não se mexe. Sem capitão mas com quase toda a gente no lugar, vencemos a Naval por 4-0. Não sem esforço do Roberto que, mais de 600 minutos depois, acho finalmente bestial. Mas o ponto de interrogação foi-me perseguindo partida afora. Saviola fez o que só ele sabe e na 5.ª assistência para golo serviu Kardec aos 10’: mister, por que raio ficou El Conejito no banco, há uma semana? 5’ depois Gaitán assiste Aimar, e lá vem a interrogação: mister por que é que no Porto o Gaitán só entrou após o intervalo? E a questão ganhou força aos 47’ e aos 62’, com dois belos golos do argentino.

A Naval nunca se resignou, mas se no Dragão metemos água ontem nem a vencer por 3 pusemos água no jogo. O nosso meio-campo recuado ressentiu-se da falta de Javi e mostrou pouca consistência, e o contra-ataque trouxe-nos perigo. Airton não ocupa espaço, não trava ou recupera como Javi. Confirmaram-se as parcas competências de Sidnei e David Luiz ainda está de cabeça perdida. Mas, como dizia o meu amigo António Machado, velha glória do Benfica de Castelo Branco, a noite era de Gaitán. Provou-se que o flanco esquerdo, com a dupla Coentrão/Gaitán, faz bonito e não vale a pena inventar. Nuno Gomes entrou, marcou e chorou. Aos 89’ chorei com o 21. A noite acabou em festa grande. Até Aveiro.

Autor: MARTA REBELO
publicado por Benfica 73 às 16:44

Novembro 15 2010

From: Domingos Amaral

To: Comissão de Disciplina da Liga

Caros Comissários de Disciplina,

Pelos vistos, os senhores nunca pegaram numa bola de golfe, mas eu explico-lhes o que é uma bola de golfe: um objeto pesado e duro, que atirado a alta velocidade e a uma curta distância, se pode tornar numa arma mortífera. Pelos vistos, os senhores nunca levaram com uma nas costas, ou na cabeça, e portanto não acham isso muito grave. Contudo, o que se passou no passado domingo no estádio do Freixo foi um ato gravíssimo de violência, um atentado ao desporto.

Não viram? Eu conto: a claque dos Super Dragões, um bando de energúmenos e cobardes, atirou uma saraivada de bolas de golfe na direção do guarda-redes do Benfica. Esses perigosos projéteis não só perturbaram o Roberto, como o atingiram nas costas, tendo o jogo sido interrompido e ele assistido. A sua integridade física foi posta em causa, e só por acaso os danos não foram mais graves. Caso os senhores não saibam, se uma das bolas lhe tem acertado na cabeça, o guarda-redes do Benfica poderia estar hoje ferido gravemente, incapacitado para a sua profissão, ou até pior. Mas, é óbvio que para os senhores nada disto é grave e não merece mais que uma mísera multa.

Noutro país, o estádio do Freixo ficaria interdito uns jogos, mas os senhores voltaram a ser um órgão manso, cobarde, e nas mãos do FC Porto. E é graças a pessoas como vocês que a onda de violência azul e branco não vai parar.

PS: Srs. Miguel Sousa Tavares e Rui Moreira, têm coragem para se colocarem a 20 metros de mim, para eu vos atirar bolas de golfe? Pois, bem me parecia...

publicado por Benfica 73 às 16:39

Novembro 15 2010

Mais ou menos à mesma hora em que Luís Filipe Vieira garantia, na Nazaré, que Jorge Jesus não estava “a prazo” no Benfica, um grupo de adeptos “encontrava-se” com o treinador no Seixal para uma inédita conversa em pleno treino.

Desta vez quem exigia ser ouvido já não eram apenas os 2 ou 3 sócios que foram ao aeroporto mostrar indignação no dia da partida para Angola. Ontem, em dia de sessão à porta fechada, 100 benfiquistas entraram pelo centro de estágio e chegaram ao local onde a equipa trabalhava. Falaram com Jesus, com os jogadores e abandonaram tranquilamente as instalações depois de terem “desabafado”. “Não houve interrupção nenhuma. Cinquenta pessoas quiseram assistir à parte final do treino, Jorge Jesus autorizou e depois falaram com ele”, explicou João Gabriel, diretor de comunicação.

Não se compreende a forma como o Benfica pretende transformar esta “romaria” ao Seixal numa situação de absoluta normalidade, como se tal fosse possível. Nunca 100 adeptos foram ao Seixal tentar assistir a um treino que supostamente deveria realizar-se à porta fechada (em véspera de jogo). E se foram, não entraram. E se entraram, não falaram com treinadores nem jogadores. O Benfica admite que o seu treinador consentiu que os adeptos – a maior parte deles ligados à claque No Name Boys – assistissem ao treino, mas essa versão, oficial, acaba até por ser um precedente perigoso que fica aberto, porque daqui em diante será mais complicado deixar à porta sócios que pretendam igualmente sentar-se nas bancadas do Caixa Futebol Campus.

De que pode resultar, afinal, este desencanto corporizado na inesperada visita de ontem? A goleada no Dragão, por mais humilhante que tenha sido, justifica este sinal de descontentamento ou os 5-0 terão sido apenas a gota de água que faltava para fazer transbordar o copo? Há um ano, com o Benfica a ganhar, Jesus podia mandar um adepto calar-se (e chegou a mandar mesmo) durante um treino. Hoje, pelo que se vê, a situação ameaça perigosamente inverter-se. O treinador deixou de ser intocável e só os resultados podem devolver-lhe o crédito – por mais votos de confiança que receba do presidente.

Os últimos tempos têm sido um calvário para JJ, mas ele também tem feito por isso. Um treinador responsável não pode chegar a novembro ainda a lamentar a perda de dois jogadores vendidos no Verão, como se os outros – os que ficaram e os que entraram – só servissem para fazer número. Nem pode passar os dias a chorar a ausência de Cardozo e esperar que Kardec ou Saviola finjam que não ouviram nada. Jesus gosta de desafiar os jornalistas e tratá-los de forma altiva, assim ao estilo “vejam lá se aprendem um bocadinho comigo, porque o catedrático sou eu e vocês não percebem nada disto”.

Em entrevista à SIC, em março, quando o Benfica estava a um passo de conquistar o título, Vieira, mais do que um Jesus, via quase um Deus à sua frente: “Todos os dias falo com ele, seja à meia-noite ou às duas da manhã. Uma das últimas contratações surgiu após uma conversa telefónica mantida à uma e meia da manhã. Ele irá ficar muitos anos no Benfica.” É a velha história do amor: é eterno enquanto dura.

Autor: Nuno Farinha

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:23

Novembro 15 2010

Não nego que os primeiros três golos me custaram horrores. A partir daí, assisti ao avolumar da goleada com outra dignidade e valentia: é incrível como se torna suportável ver a nossa equipa ser humilhada, quando o fazemos ao colo da nossa mãe.

É, por sinal, muito mais difícil confrontarmo-nos com o facto de este ter sido o terceiro banho de bola consecutivo que o Benfica levou do FC Porto (Dragão, Aveiro, Dragão), sem que se vislumbre uma superioridade técnico-tática que o justifique.

Não é que, pessoalmente, não tenha também muito receio dos remates do Hulk. Mas isso sou eu, que, quando vou ver os jogos ao estádio, fico sentado na bancada. Ali, mesmo a pedi-las.

É possível que a chave da superioridade do FC Porto nos embates com o Benfica esteja no tão propalado “grito de revolta” – e o campeonato da revolta é um que o clube da Luz nunca ganhará. A revolta é a marca dos pequeninos. São sempre os pequenos que se revoltam contra os grandes, e não o contrário. O Benfica é o que os outros querem ser, quando crescerem: vai-se revoltar contra quem, se não tem ninguém em cima? Contra o Norte? O Norte nunca nos fez mal nenhum, para além de estar pejado de bons benfiquistas. É certo que a Beira Alta sempre me enervou um bocadinho, mas é uma coisa mais minha…

Dito isto, esta semana, só encontrei consolo no Almanaque do Benfica – Edição Centenário, especificamente no testemunho de Rui Águas sobre a época de 1986/87: “É curioso dizer que essas duas derrotas [contra FC Porto e Sporting], com incidência para a do Sporting [por 7-1] acabaram por nos lançar para a vitória no campeonato e para a Taça. Ainda por cima, na Taça, voltámos a encontrar o Sporting. Aí, com a humilhação bem fresca na nossa memória, ganhámos”. Pelo sim, pelo não, é melhor os benfiquistas encherem o Estádio da Luz amanhã.

Autor: Miguel Góis

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:13

Novembro 15 2010

A cumprir o 3.ª jogo consecutivo como titular, Salvio voltou a dar boas indicações a Jorge Jesus. Em destaque na vitória com a Naval, o extremo argentino, de 20 anos, ainda acredita que o Benfica pode revalidar o título de campeão nacional: “Temos de levantar a cabeça e continuar a lutar. Perdemos com o FC Porto mas nunca iremos baixar os braços”, garantiu.

Emprestado pelo At. Madrid aos encarnados, o camisola 8 acredita que está a melhorar de jogo para jogo: “Sinto-me cada vez melhor. Vou adquirindo ritmo a cada partida que passa e penso que com o Lyon já tinha estado a um bom nível.”

Questionado sobre a visita de alguns adeptos à última sessão de trabalho do Benfica, Salvio desvalorizou o sucedido: “É normal. Faz parte do futebol. O que interessa é que ganhámos e fizemos uma grande exibição.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:49

Novembro 15 2010

Javi García só estará apto a dar o contributo ao Benfica por ocasião da visita a Israel, agendada para 24 de Novembro e será uma peça importantíssima para Jorge Jesus, diante do Hapoel Telavive.

O pivô-defensivo, de 23 anos, padece de um traumatismo na perna direita, tendo chegado a equacionar-se a possibilidade de recuperar em tempo útil de defrontar o lanterna-vermelha. Porém, Javi acabou por não transmitir um sinal positivo no final do último treino, o que obrigou Jesus a deixá-lo de fora dos convocados.

O técnico já anteontem dera a entender que só um dos dois elementos que vinham a trabalhar condicionados – Javi e Coentrão – deveria alinhar frente à Naval. A “fortuna” saiu ao esquerdino.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:41

Novembro 15 2010

O técnico do Benfica comentou a invasão de adeptos do clube no treino de sábado, no centro de estágio do Seixal, para a qualificar como "um diálogo com alguns benfiquistas, sempre educados e ordeiros", com a duração aproximada de "cinco minutos".

"As críticas, sejam positivas ou negativas, tenho que as aceitar, porque sei que o Benfica mexe com paixão clubista, mas também com muitos interesses. Mas continuo com as minhas convicções e as minhas ideias e não mudo", garantiu na conferência de imprensa, após o jogo da 11.ª jornada do campeonato nacional, no Estádio da Luz.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:28

Novembro 15 2010

Jorge Jesus, treinador do Benfica, considerou que a vitória sobre a Naval foi inteiramente merecida e, depois da derrota frente ao FC Porto, foi bom contar com o apoio dos adeptos. Nos primeiros minutos, confessou, a equipa não sabia como ia ser recebida.

«Ao entramos no jogo são sabíamos como íamos ser recebidos, partimos para um jogo e um resultado muito bom, mas não foi fácil.Nos primeiros 15 minutos a Naval foi uma equipa atrevida, mas o Benfica esteve sempre em vantagem defensiva e o resultado traduz-se pela segunda parte brilhante do Benfica», começou por analisar Jorge Jesus.

«Os golos foram-nos dando confiança, a Naval foi-se desconcentrando e tivemos algumas jogadas a roçar a perfeição, como gostamos, com criatividade, eficácia e espectáculo ao mesmo tempo, é o que procuramos fazer. A Naval também merecia um golo», assinalou.

Falando individualmente sobre jogadores, referiu a necessidade de dar minutos a Rúben Amorim e a Airton. «O Rúben esteve dois meses parado, não tem ritmo competitivo, mas só o posso ter em condições arriscando. Se estivéssemos a precisar do resultado nos últimos 15 minutos, eles já não teriam tanto andamento», disse.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:14

Novembro 15 2010

Quando questionado sobre o porque de Nuno Gomes não jogar mais vezes, Jorge Jesus, treinador do Benfica, citou a diversidade de opções e disse que considera ter «soluções melhores». O treinador citou ainda o regresso para breve de Cardozo.

«O Benfica tem seis avançados, incluindo o Nuno Gomes, cada um com características diferentes. Eu é que trabalho com eles, sei o que acho que é melhor. Nos 4 avançados que normalmente escolho, 2 para jogar e 2 para o banco, tenho optado por outras soluções porque acho que são as melhores. As oportunidades do Nuno serão sempre iguais às dos outros. O Cardozo, nos próximos jogos, já poderá estar em condições de poder contribuir, por isso mais um avançado para entrar para a concorrência, torna-se mais difícil para todos, disse.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:05

Novembro 15 2010

Elemento essencial na contundente vitória do Benfica frente à Naval (4-0), Nico Gaitán mostrou-se muito satisfeito com os dois golos obtidos diante da formação navalista, destacando, no entanto, a exibição de toda a equipa: “O jogo correu-me bem, mas estivemos todos em nível elevado. Marcámos muitos golos e não sofremos nenhum. Isso é sempre importante para o grupo.”

Depois da pesada derrota com FC Porto (5-0), os encarnados responderam da melhor forma, alcançando a maior goleada da época. “As derrotas vão-se apagando com vitórias. Passámos uma semana complicada e, animicamente, acusámos a derrota do último fim-de-semana. Este resultado foi importante pois mostrámos que estamos vivos”, sublinhou o internacional argentino, de 22 anos.

Questionado sobre a sua permanência nas opções iniciais de Jorge Jesus, Gaitán foi taxativo: “O plantel do Benfica é muito forte. Há 20/25 jogadores de grande qualidade e qualquer um tem valor para ser titular. No último fim-de-semana fui suplente, mas trabalho todos os dias para merecer a confiança do treinador”, garantiu.

Substituído por Nuno Gomes, aos 86 minutos, o camisola 20 das águias não poupou nos elogios ao capitão do Benfica: “O Nuno [Gomes] é uma referência no clube. Jogou pouco mas conseguiu marcar. Fiquei muito feliz por ele”, confessou.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:50

Novembro 15 2010

O guarda-redes Roberto, sem assumir diretamente que o Benfica continua a acreditar no título nacional, preferiu valorizar o trabalho que é desenvolvido pelo plantel encarnado

"Temos apenas de pensar no nosso trabalho, pois aí, como aconteceu hoje, as coisas correm bem. Nós acreditamos no trabalho feito diariamente e em cada jogo. Então, quando a época terminar, poderemos dizer que estamos muito felizes com o que foi feito", disse à Rádio Renascença no final do encontro com a formação da Figueira da Foz.

Muito contestado pelos adeptos e pela comunicação social no início da época, consequência de uma sucessão de falhas, Roberto parece ter dissipado muitas das dúvidas que existiam em torno da sua qualidade. "[Se estou mais confiante?] Sim, é a mesma coisa. Trabalho duro, é isto o que tenho de fazer", observou o guarda-redes, que frente à Naval realizou algumas grandes defesas, sobretudo na primeira parte do encontro.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:42

Novembro 15 2010

De regresso ao onze, Javier Saviola congratula-se com a exibição do Benfica frente à Naval. «Jogámos a um nível muito alto e esperamos continuar assim», diz o argentino.

«Depois de uma derrota é sempre bom que a equipa levante a cabeça, tenha atitude e demonstre o seu valor. Fizemos um grande jogo, jogámos a um nível muito alto e esperamos continuar assim», afirmou Saviola, em declarações à TVI.

«Foi lindo regressar e logo com uma vitória. As individualidades estão a jogar muito bem, a equipa tem de estar forte e com vontade. Temos de ter consciência da camisola que envergamos e continuar a repetir estes bons resultados», atirou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:34

Novembro 15 2010

 

Benfica 4 - 0 Naval

 

Benfica apagou desaire no Dragão com vitória por 4-0 na recepção à Naval. Kardec abriu o activo, Gaitán bisou e Nuno Gomes, entrado aos 86 minutos, marcou aos 89 e deu o segundo lugar na Liga aos encarnados.

Clique aqui para consultar a ficha de jogo, as incidências da partida, os comentários, as estatísticas individuais e as estatísticas de equipa.

Golo “madrugador” de Kardec – desvio na área após assistência de Saviola - abriu uma primeira parte que se revelaria repartida e disputada em ritmo de parada e resposta.

A Naval apresentou-se na Luz em posse da “lanterna vermelha”, mas a exibição rubricada nos primeiros 45 minutos dificilmente deixaria adivinhar a posição dos figueirenses na tabela classificativa.

Perante um Benfica trémulo nas manobras defensivas – notou-se a falta de Javi García no miolo do terreno – e incapaz de chamar a si o domínio das operações, a equipa de Rogério Gonçalves bateu-se sempre de igual para igual, encarando o campeão nos olhos.

Se é verdade que Salin foi chamado a aplicar-se para negar o segundo golo dos encarnados, não é menos verdade que Roberto viu rondar o perigo em várias ocasiões. Em duas delas, a bola embateu no poste esquerdo da baliza do guardião espanhol.

O início da etapa complementar abriu com o segundo golo do Benfica. E que golo! Disparo fulminante de Nico Gaitán, aos 47 minutos, voltou a bater um inspirado Salin. O guarda-redes francês, desta vez, nada podia fazer para travar a marcha vitoriosa da bola.

Assim como nada podia fazer para impedir o terceiro golo das águias e o segundo da conta pessoal de Gaitán. Cruzamento milimétrico de Salvio – exibição convincente do médio argentino – e remate de primeira do 20 encarnado para o fundo das redes.

Ao contrário da primeira parte, o Benfica foi “mandão” na etapa complementar e, valendo-se de um futebol envolvente, não consentiu grandes veleidades à equipa da Figueira da Foz.

O jogo teria final emotivo. Nuno Gomes entrou para os instantes finais, ainda a tempo de fechar a contagem na Luz e garantir o segundo lugar na classificação - mais um golo marcado que o V. Guimarães.

O capitão, autor do golo 200 na presente edição da Liga, não evitou as lágrimas, foi acarinhado pelos colegas e ovacionado pelos cerca de 30 mil adeptos que estiveram nas bancadas da Luz.

Fonte: A Bola

 

publicado por Benfica 73 às 08:44

Novembro 15 2010
publicado por Benfica 73 às 08:19
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...