Novembro 13 2010

João Gabriel, diretor de comunicação do Benfica, nega que os adeptos tenham interrompido o treino. Record está em condições de assegurar que não foi assim.

"Não houve interrupção nenhuma. 50 pessoas quiseram assistir à parte final do treino, Jorge Jesus autorizou e depois falaram com ele", disse.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:08

Novembro 13 2010

Na véspera do jogo com a Naval, Fábio Coentrão e Javi García continuam em dúvida. Os dois jogadores realizaram treino condicionado este sábado e Jorge Jesus já afirmou que não sabe se os pode utilizar amanhã na Luz, na partida agendada para as 18 e 15.

Segundo o site do Benfica, o português recupera ainda de uma mialgia na coxa esquerda, enquanto o espanhol tem um traumatismo na perna direita. Por outro lado, o médio Carlos Martins efetuou tratamento a uma contusão na coxa esquerda.

"O médio polivalente Ruben Amorim treinou sob vigilância médica devido a uma tendinite rotuliana nos joelhos e Óscar Cardozo fez corrida, tratamento e trabalho de ginásio a uma entorse no joelho esquerdo com lesão no ligamento lateral interno. Já Balboa efetuou corrida e trabalho individual de campo", pode ler-se no site.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:23

Novembro 13 2010

Com o primeiro terço do campeonato já disputado, Jorge Jesus acredita que ainda muita água vai correr debaixo da ponte. O Benfica está a 10 pontos do líder FC Porto, mas ainda há mais 60 pontos para discutir até ao final da temporada.

"Há 60 pontos em disputa, muitos jogos para jogar... Sabemos que todas as equipas têm momentos piores e melhores durante o campeonato e isso faz-nos acreditar. Temos de olhar em frente e recuperar pontualmente. Todos nós acreditamos que é possível". afirmou este sábado na antevisão do jogo com a Naval, agendado para amanhã, às 18 e 15.

Jorge Jesus lançou um apelo especial aos adeptos para que amanhã não deixem de apoiar a equipa. "Precisamos que nos dêem confiança porque o jogo com a Naval não vai ser fácil".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 21:05

Novembro 13 2010

Cerca de meia centena de adeptos benfiquistas interromperam, este sábado, o treino da formação “encarnada”, que decorria à porta fechada no Centro de Estágio do Seixal, não tendo sido registado nenhum problema de maior.
Os adeptos, alegadamente pertencentes à claque não oficial No Name Boys, entraram pelo centro de estágio e chegaram mesmo a conversar com o técnico Jorge Jesus e com alguns dos jogadores.
Da “visita” inesperada não resultou qualquer incidente, não se tendo registado nenhum acto de violência.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:12

Novembro 13 2010

O treinador do Sport Lisboa e Benfica, Jorge Jesus, fez uma antevisão ao encontro da 11.ª jornada frente à Naval 1.º de Maio. Numa entrevista exclusiva à Benfica TV e ao Site Oficial do Clube, o técnico alertou para os perigos da formação da Figueira da Foz e pediu o apoio dos adeptos.

“Normalmente, as equipas de menos nomeada, quando jogam no Estádio da Luz, optam por um posicionamento defensivo com blocos muito baixos, o que complica a nossa movimentação, mas nós estamos habituados a isso e, apesar de estar nos últimos lugares, a Naval já tem muita experiência na Liga e no ano passado ganhámos 1-0 no último minuto”, lembrou Jorge Jesus.

O avançado argentino, Javier Saviola, afirmou numa entrevista, que a grandeza do Benfica não permite que o grupo fique agarrado a um “dia mau”. O treinador “encarnado”concorda e dá o mote para ultrapassar esse jogo: “A equipa sabe que teve um dia mau, tanto individual como colectivamente. Vínhamos de seis vitórias consecutivas e temos consciência que foi um dia mau, por isso, vamos querer caminhar pela linha que vínhamos percorrendo antes deste último jogo e amanhã esperamos fazer um jogo com muita capacidade, porque temos de ultrapassar a derrota e isso faz-se com vitórias.”

O Benfica não vai poder contar com os contributos de Luisão, Maxi Pereira e Carlos Martins e há, ainda, algumas dúvidas em relação a lesionados: “Há vários jogadores que vão estar de fora por castigo e outros que ainda estão em dúvida com possíveis lesões, como são os casos de Fábio Coentrão e de Javi García. Vamos ver se um dos dois recupera até à hora do jogo.”

O facto da equipa da Figueira da Foz estar no último lugar da classificação não diz muito ao técnico campeão nacional, até porque há muito equilíbrio na segunda metade da tabela.

“Do meio da tabela para baixo há muito equilíbrio e quando essas equipas jogam com o Benfica há uma motivação extra e uma forma de jogar completamente diferente. A Naval está nesse lote de equipas e temos de ter atenção a alguns jogadores. Têm um avançado, o Fábio Júnior, que é rápido e que já nos criou dificuldades quando vencemos 2-4 e em termos defensivos sabemos que vão colocar muitos jogadores atrás da linha da bola, para tentarem saídas rápidas”, analisou o líder da formação “encarnada”, que ainda fez um pedido aos adeptos. “A classificação pode dar uma ideia errada do valor das equipas. O que eu quero é que os adeptos do Benfica estejam com a equipa para que o jogo se torne mais fácil.”

Nos últimos seis encontros com a Naval, o Benfica somou seis vitórias, mas amanhã as estatísticas não vão dar a vitória: “No futebol as estatísticas são subjectivas. Essas seis vitórias não têm conteúdo para o jogo de amanhã. Cada jogo é um jogo diferente, com jogadores diferentes e com momentos diferentes. Temos de ter consciência que vai ser um jogo difícil.”

O Clube da Luz fez recentemente uma digressão a Angola. O técnico fez um balanço positivo da viagem: “ Do ponto de vista desportivo foi muito bom e do ponto de vista diplomático foi óptimo. Os angolanos têm uma grande paixão pelo Benfica e reforçámos os laços de amizade. Desportivamente, acabámos por realizar um jogo com intensidade, com um adversário forte, logo, esta digressão foi positiva.”

Para fechar o assunto da última jornada, Jorge Jesus desejou uma vitória e ainda confessou o estado de espírito do grupo no final da partida: “Esta derrota vai fazer parte do passado com vitórias. O que é importante, é que os sócios do Benfica percebam que todos os jogadores e todo o grupo ficou deprimido, mas é fundamental olhar para a frente! Temos de acreditar nos jogadores e dar-lhes confiança, porque eles foram os obreiros das conquistas que tivemos. Na Luz, os adeptos transformam o jogo num inferno para os adversários e é isso que eu peço para continuar a acontecer.”

Concluído que está o primeiro terço do campeonato nacional, o treinador reconhece que a desvantagem dá alguma margem ao adversário, mas lembra que ainda há 60 pontos em jogo.

“Não vamos branquear nada. Sabemos que dez pontos dão alguma margem ao nosso adversário, mas há 60 pontos em disputa, há muitos jogos para jogar e nós acreditamos! Todas as equipas têm momentos melhores e momentos piores e durante o campeonato todas vão ter um período dentro da minha forma de pensar. Agora é olhar para a frente e acreditar que é possível”, explicou em declarações à Benfica TV e ao Site do Clube da Luz.

No final ficou um apelo a todos os sócios e adeptos do Benfica: “Os adeptos devem estar presentes nos maus e nos bons momentos. O pior momento, na minha opinião, foi o início do campeonato. Agora precisamos do apoio de todos os adeptos para termos confiança. Quero apelar aos adeptos, para que dêem tranquilidade à equipa e façam sentir aos jogadores que estão com eles, porque temos o nosso orgulho ferido e só podemos recuperar com vitórias.”

O Sport Lisboa e Benfica recebe a Associação Naval 1.º de Maio no próximo domingo, dia 14 de Novembro, pelas 18h15, no Estádio da Luz, para um encontro da 11.ª jornada.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 15:24

Novembro 13 2010

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, garantiu este sábado que o técnico dos encarnados "não está a prazo, mas sim comprometido e empenhado em continuar a trabalhar e a dar ao Benfica o melhor do seu saber e competência".

Na inauguração da Casa do Benfica na Nazaré, o dirigente do clube da Luz refutou as "críticas" que tem lido esta semana, assumindo que sempre defendeu o clube da Luz. "Podem acusar-me de muitas coisas, mas há uma que, garantidamente, ninguém pode fazer: sempre defendi o Benfica, sempre trabalhei pela sua recuperação, pelo seu crescimento! Todos nós, por opções que assumimos, podemos ser criticados (...). Mas o que não podem esperar de mim é que tenha memória curta. Esta equipa, com este treinador, são os mesmos que o ano passado conquistaram o nosso 32.º título de campeão", afirmou no discurso da inauguração.

E prosseguiu: "Esta equipa e este treinador não perderam competência, não perderam ambição e não perderam nem o meu apoio, nem o apoio – estou certo – dos benfiquistas. Que fique bem claro para todos que Jorge Jesus não está a prazo, mas sim comprometido e empenhado em continuar a trabalhar e a dar ao Benfica o melhor do seu saber e competência".

Incitando os benfiquistas a "não se deixarem abater", Luís Filipe Vieira não poupou críticas aos rivais que ficam felizes com o "mal alheio". "Não fico feliz pelo insucesso dos nossos rivais, fico – isso sim – feliz pelo nosso sucesso. É isto que nos torna tão diferentes dos outros. É isto que nos distingue deles".

"O segredo das grandes equipas é saberem levantar-se quando caem, e depois de levantar-se conseguem ficar mais fortes. É isso que vamos fazer, vamos ultrapassar o que se passou e seguir mais fortes e mais decididos do que até aqui", concluiu.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 14:57

Novembro 13 2010

O Benfica está de olho em Bruno Teles e definiu o defesa brasileiro do Vitória de Guimarães como a opção mais económica para o lado esquerdo do sector defensivo, se resolver avançar para o reforço do plantel na reabertura do mercado de transferências em janeiro.

Neste momento, ainda não é um dado líquido que os encarnados contratem algum jogador no início de 2011. A continuidade na Liga dos Campeões será decisiva, numa altura em que Luís Filipe Vieira entende que não é para cometer loucuras no plano financeiro. No entanto, a SAD benfiquista não deixa de ter várias opções em carteira e Record sabe que já existiram conversas entre os presidentes de Benfica e Vitória de Guimarães sobre o lateral-esquerdo que esta temporada tem dado nas vistas na equipa comandada por Manuel Machado.

Numa primeira abordagem, Emílio Macedo não terá mostrado grande disposição para negociar o jogador a meio da época. Nestas conversas exploratórias, não foram falados valores em concreto mas as boas relações existentes entre os dois emblemas poderão ser determinantes para o desenrolar do processo. Para além do direito de preferência sobre Tiago Targino, o Benfica tem sido um parceiro estratégico dos vimaranenses, numa cooperação que está para continuar.

Ciente de que não poderá investir verbas semelhantes ao que fez no mercado de inverno da temporada passada, Jorge Jesus vê Bruno Teles como uma excelente opção para reforçar uma posição que poderá ficar desfalcada com a saída de Fábio Coentrão. No entanto, mesmo que o internacional português continue de águia ao peito até final da temporada, existe a possibilidade de o lado esquerdo da defesa ser reforçado.

O técnico benfiquista conhece o jogador desde os tempos do Grémio e preenche os requisitos pretendidos: alto, bom tecnicamente e com larga margem de progressão. A chegada de Teles poderia permitir a Jesus avançar mais vezes Fábio Coentrão no terreno, algo que tem feito sistematicamente esta temporada. Cabe agora a Luís Filipe Vieira decidir, sabendo o presidente encarnado que esta será sempre a hipótese que requer menor investimento.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:37

Novembro 13 2010

O Benfica está a assinar um arranque de época muito aquém das expectativas, o que se reflete na significativa quebra de assistências que se verifica na Luz no que toca aos compromissos referentes à Liga. A conta é bem fácil de fazer: o emblema da águia teve este ano menos 37.763 espectadores relativamente ao registo alcançado na temporada transata, diante dos mesmos adversários.

O presidente da assembleia geral do Benfica colocou o dedo na ferida terça-feira, ou seja, em plena “ressaca” da goleada sofrida no Dragão. “Não vamos ter uma grande casa no jogo com a Naval. Não ficaria surpreendido se a assistência acabasse por ser bem menor [do que na época passada]”, sublinhou Luís Nazaré aos microfones da Antena 1, momentos depois de ter atirado a toalha ao chão quanto à revalidação do título. E esse será um dos pontos de interesse do embate de amanhã: saber se a fasquia alcançada em 2009/10, no jogo com o conjunto da Figueira da Foz (41.981 espectadores), será ou não ultrapassada.

Uma análise fria às assistências na Luz é elucidativa: comparando com 2009/10, o Benfica só teve mais espectadores no seu anfiteatro frente à Académica, desafio que coincidiu com o pontapé de saída no campeonato e do qual a equipa de Jorge Jesus saiu... derrotada. A partir daí, o clube da Luz descreveu um percurso descendente, registando uma significativa perda de público nas restantes quatro partidas que realizou em casa. Diante do Sp. Braga, por exemplo, estiveram no recinto dos encarnados menos 20 mil espectadores em comparação com a época transata. O dérbi com o Sporting, esse, foi visto “in loco” por menos cerca de 8 mil adeptos. Esta situação terá, como é evidente, um reflexo direto nas receitas, pese o Benfica se encontrar bem alicerçado em termos de lugares anuais.

A rivalidade com o FC Porto está também bem acesa no que concerne às assistências. O Benfica contabiliza mais 5 mil espectadores do que o emblema da Invicta nos cinco primeiros embates do campeonato. O mano-a-mano terá esta semana mais um episódio, restando saber se o líder da Liga não tomará igualmente de assalto o topo da classificação das assistências. E para isso apresenta uma poderosa arma: como está em alta em termos competitivos, o FC Porto decidiu promover uma nova enchente no Dragão, frente ao Portimonense, possibilitando que os respetivos sócios, na compra de um bilhete, adquiram outro pelo valor simbólico de 1 euro. Uma eventual ultrapassagem constituirá outro duro revés para as águias.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:33

Novembro 13 2010

Fábio Coentrão recusa pensar nos 10 pontos que separam as águias do FC Porto e garante que a equipa está “tranquila e confiante”, como “sempre”, apesar da pesada derrota sofrida no Dragão. “Respeitamos o adversário, mas temos consciência das nossas qualidades. Queremos vencer o jogo com a Naval”, afirmou o esquerdino, de 22 anos, à Benfica TV, recordando que “ainda falta muito campeonato”: “Não podemos pensar nos outros clubes. Temos de vencer os nossos desafios.”

O camisola 18 das águias voltou a treinar-se ontem condicionado, devido a uma mialgia na coxa esquerda. Ainda assim, a situação de Coentrão não inspira grandes cuidados, tal como a de Javi, que também trabalhou com limitações, devido a um traumatismo na perna direita.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:30

Novembro 13 2010

Não tem sido difícil lidar com o constante assédio do qual tem vindo a ser alvo nos últimos meses, por parte de clubes como o Chelsea ou o Manchester City, mas David Luiz já terá dado a entender aos responsáveis encarnados que não pretende sair da Luz em Janeiro.
Esse cenário tem sido colocado por diversas vezes nos últimos tempos, como atesta o caudal noticioso recente, mas é seguro que se tiver de sair da Luz, o central só abandonará o clube no final da época.
Isto vem de encontro aos desejos da equipa técnica e da própria SAD, cujos responsáveis não vêem com bons olhos uma transferência relâmpago, num momento tão crucial, de um dos jogadores mais emblemáticos do plantel, mesmo que na presente temporada esteja a somar exibições menos conseguidas relativamente à época superlativa que realizou em 2009/10, ano do título.
David Luiz é constantemente posto a par do interesse de alguns tubarões europeus, dispostos a resgatá-lo da Luz ainda com a temporada em curso, mas terá sido o próprio a manifestar a recusa de uma hipotética saída na reabertura do mercado de transferências, a partir de 1 de Janeiro, justamente a depois da derrota no Dragão, cujo resultado (0-5) redundou num dos momentos futebolísticos mais difíceis de gerir para um clube que há sete meses colocou mais de 200 mil pessoas a festejar na baixa lisboeta (e pelo resto do país e comunidades emigrantes por esse Mundo fora) a conquista do 32.º título de campeão nacional.
A derrota com o rival de Invicta terá sido mesmo o click: entenderá o internacional brasileiro que a permanência tornou-se agora numa questão de honra, uma saída a meio da temporada seria como atirar a toalha ao chão.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:20

Novembro 13 2010

A primeira opção do Benfica para reforçar o flanco esquerdo do sector mais recuado foi Nacho Monreal. Contudo, o facto de ter assumido a titularidade na seleção espanhola, atuais campeões do Mundo, fez disparar o preço do passe do jogador do Osasuna, emblema que não aceita negociar por um valor inferior a 10 milhões de euros, verba proibitiva, neste momento, para os cofres encarnados.

No entanto, o internacional espanhol orientado por José Antonio Camacho não deixa de estar a ser seguido pelas águias, até porque o vínculo contratual com o emblema de Pamplona termina em junho de 2012. Desta forma, e uma vez que parece estar afastada a possibilidade de renovar contrato, o Osasuna será obrigado a baixar o preço pedido no próximo verão, sob pena de não realizar qualquer encaixe financeiro com o lateral-esquerdo um ano depois.

Esta posição tem sido, aliás, uma das que mais trabalho tem dado aos responsáveis benfiquistas nos últimos tempos, antevendo-se como inevitável a saída de Fábio Coentrão a curto prazo. Há jogadores referenciados no mercado brasileiro e argentino e também na Europa, nomeadamente o croata Strinic (Hajduk Split) que chegou a ser observado ao vivo por emissários do clube da Luz. Contudo, o apertar de cinto ditado por Luís Filipe Vieira proíbe investimentos avultados nesta fase da temporada.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:52
Tags:

Novembro 13 2010

O delegado da Liga, João Eusébio, e o árbitro do clássico, Pedro Proença, referiram no relatório do jogo que o guarda-redes do Benfica, Roberto, foi atingido no Dragão com várias bolas de golfe. A Comissão de Disciplina apreciou os acontecimentos e enquadrou-os no artigo 147 do Regulamento (“Agressões simples com reflexo no jogo por período igual ou inferior a 5 minutos”), mas um outro critério, igualmente aplicável a um caso desta natureza, poderia ter remetido a avaliação para o artigo 140 (“Agressões graves em geral”), e daí resultar uma pena mais pesada para o FC Porto: interdição do Dragão por 1 a 4 jogos.

“Registou-se o arremesso de diversas bolas de golfe, por parte de adeptos do FC Porto, que acertaram no guarda-redes Roberto e que obrigou a interrupção do jogo para assistência médica ao minuto 47”, relatou João Eusébio.

A descrição de Pedro Proença é em tudo semelhante: “O jogo foi interrompido aos dois minutos de jogo (2.ª parte), durante um minuto, por terem sido arremessados diversas bolas de golfe pela claque afeta ao FC Porto, tendo atingido o guarda-redes do SL Benfica que teve de ser assistido.”

Na base da decisão da CD (que aplicou multa de 2.500 euros) estão dois factos: Roberto não foi vítima de “lesão de especial gravidade” e a bola de golfe não chegou a ser considerado meio suscetível de provocar graves danos.

Se esta última avaliação fosse em sentido contrário ou se Roberto tivesse sido afetado de forma mais gravosa, então o ocorrido no Dragão seria remetido para o art. 140, com punição que iria da atribuição de derrota (no limite) à interdição do estádio ou mesmo à realização de 1 ou 2 jogos à porta fechada, considerando já a redução da pena a metade, uma vez que a situação não provocara lesão grave.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:20

Novembro 13 2010

Kia Joorabchian, empresário anglo-iraniano, está a tentar contratar Funes Mori, avançado do River Plate, para o Benfica. O ex-dirigente da Media Sports Investment está a conduzir a delicada operação financeira e, segundo a imprensa argentina, já terá feito chegar ao Monumental uma proposta de 5,5 milhões de euros. A oferta é considerada insuficiente por Daniel Passarella, presidente do River Plate, que só liberta Funes Mori mediante o pagamento de 8,5 milhões de euros. Uma nova ronda negocial não terá lugar antes de terça-feira, dia em que se realiza o denominado superclássico, isto é, o embate entre o River Plate e o Boca Juniors. Daniel Passarella quer evitar a todo o custo qualquer clima de instabilidade, situação que podia potenciar um resultado negativo. O dirigente só admite, assim, voltar a conversar sobre o talentoso avançado, de 19 anos, a partir de quarta-feira.

Em caso de êxito, o auxílio financeiro de Kia Joorabchian permite ao Benfica usufruir, pelo menos durante uma época, deste talento emergente sem precisar de abrir os cordões à bolsa. E é a enorme qualidade de Funes Mori que faz com que o Benfica deseje fechar o mais rapidamente possível o negócio. A razão é simples: Funes Mori deve ser um dos eleitos da Argentina para o Mundial de Sub-20 (faz parte da lista de 37 pré-convocados do selecionador Walter Perazzo), que se realiza entre janeiro e fevereiro, no Peru, o que terá o condão de elevar astronomicamente o valor do passe, colocando-o fora do alcance de qualquer investida do clube lisboeta.

O Benfica não está sozinho na corrida, pelo contrário. O River Plate já tem sido confrontado com mais de uma dezena de contactos exploratórios provenientes dos colossos do Velho Continente. Manchester United, City, Chelsea e Juventus são alguns dos clubes que já realizaram sondagens por Funes Mori.

El Mago

Face à almofada financeira proporcionada por Kia Joorabchian, o possível negócio com o Benfica não envolve qualquer contrapartida em termos de jogadores. Ao contrário do que tanto desejava Daniel Passarella, líder diretivo do River Plate, a eventual concretização da “operação Funes Mori” não irá incluir a cedência de Pablo Aimar. A SAD do Benfica considera El Mago um jogador importante para o seu projeto, não tencionando utilizá-lo como moeda de troca.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:14

Novembro 13 2010

Javier Saviola está a jogar mais atrás no terreno do que na última época, e por indicação de Jorge Jesus. Segundo confessou o próprio jogador a amigos próximos, o treinador do Benfica deu-lhe ordens expressas para ocupar espaços mais perto de Aimar, jogador com quem se entende quase na perfeição. Com as saídas de Ramires e Di María, a equipa perdeu velocidade, razão pela qual o técnico encarnado decidiu colocar o camisola 30 a jogar mais perto dos médios. O objectivo é compensar a ausência da dupla - que Jesus já admitiu várias vezes fazer muita falta à equipa - e dar mais velocidade às ligações entre o meio-campo e o ataque da equipa encarnada.

Saviola e Aimar já actuaram juntos no River Plate, clube onde se formaram, e têm reeditado na Luz os bons momentos que viveram no seu país. Assim, a pretensão de Jesus é que seja Saviola a acelerar o jogo fruto das suas combinações com El Mago, uma vez que a transferência de Di María para o Real Madrid deixou a equipa bastante debilitada em termos de capacidade de explosão no último terço do campo.

Angelito "voava" nas alas, sobretudo na esquerda, enquanto Gaitán, que surge como sucessor do internacional argentino, não mostra essa mesma capacidade, até porque tende a procurar zonas mais centrais do terreno. Do lado contrário, e apesar de Ramires também não ter a explosão de Di María, o próprio Carlos Martins joga de forma mais pausada e procura menos a área contrária - o agora jogador do Chelsea chegou a fazer vários golos perto da baliza do adversário, enquanto o internacional português privilegia essencialmente os remates de longe.

Obrigado a jogar mais longe da baliza contrária, Saviola tem demonstrado precisamente um maior desgaste. Aliás, o próprio Jorge Jesus reconheceu no final do embate com o Paços de Ferreira a menor frescura física do jogador. O JOGO sabe que o avançado argentino tem sido um dos elementos do plantel encarnado que mais se queixa após cada partida e mais dificuldades tem em recuperar dos jogos, motivando mesmo uma preocupação especial por parte do departamento clínico. Este facto é uma das consequências do maior espaço que percorre entre o meio-campo e a zona de finalização, o que tem também perturbado El Conejo na hora de marcar.

Saviola continua a surgir em posição privilegiada para fazer golos, mas a eficácia tem descido significativamente, faltando-lhe discernimento no momento do remate. Curiosamente, o internacional pelo País das Pampas até dispara mais do que em 2009/10 - tem 20 remates no campeonato até ao momento, contra 16 no mesmo período no último ano -, mas o saldo é claramente inferior. Se, na primeira época de águia ao peito, Saviola já tinha quatro golos marcados após o primeiro terço da Liga, este ano leva apenas um, obtido frente ao Guimarães.

Em todas as competições, a quebra do avançado é ainda mais evidente: dez golos e quatro assistências em 2009/10 e... dois golos e quatro assistências esta temporada, na qual tem apenas menos 54 minutos disputados.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 10:06

Novembro 13 2010
publicado por Benfica 73 às 09:38
Tags:

Novembro 13 2010

Embora a desvantagem para o FC Porto seja considerável, Fábio Coentrão não se dá por vencido e defende que as águias apenas têm de pensar jogo a jogo.

«O Benfica tem de continuar a trabalhar todos os dias como tem feito até agora e ganhar jogos. Não podemos pensar nos outros clubes, porque ainda falta muito campeonato. Temos de vencer os nossos jogos», afirmou Fábio Coentrão, em declarações à Benfica TV.

O próximo adversário é a Naval e o lateral não esconde a ambição do plantel: «A equipa está como sempre. tranquila e confiante. Vamos respeitar o adversário, mas temos consciência das nossas qualidades e do que somos capazes e no domingo queremos vencer o jogo.»

A meio da semana o Benfica esteve em Angola a jogar contra a selecção local, tendo Fábio Coentrão elogiado a iniciativa: «Viagens são sempre boas. Há muitos adeptos do Benfica fora de Portugal e é bom ir visitar esses adeptos que dão tudo por nós. Todos os jogadores ficaram muito orgulhosos por poder dar essa alegria aos angolanos, que são uma gente fantástica.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 01:35

Novembro 13 2010

Há vezes em que a tentação de se achar que se dominam os números é demasiado grande, de tal forma que nos impede de fazer um telefonema esclarecedor que nos permita evitar cair num erro grosseiro.
O Correio da Manhã, em parangona de primeira página, titula que o “Benfica paga 3,9 milhões por guarda-redes de 17 anos”.
No relatório e contas da Benfica SAD pode ler-se, no seu ponto 18 o seguinte: “De referir que os investimentos efectuados atletas Franco Jara, Nicolas Gaitán e Jan Oblak, num montante global de 17.760.000 euros (…) não se encontram reflectidos no activo do Grupo pelo facto desses direitos só pertencerem à Benfica SAD a partir de 1 de Julho de 2010, conforme estipulado nos referidos acordos.”
Da leitura deste parágrafo, Hugo Real, o jornalista que assina a notícia, foi aos comunicados de compra da Benfica SAD, declarados à CMVM, pelos atletas Franco Jara e Nicolas Gaitán e todo o remanescente entendeu imputa-lo ao valor da contratação de Jan Oblak.
Hugo Real, até pode perceber de números – de resto veio do Diário Económico – mas parece perceber pouco de futebol.
Nos 17.760.000 euros declarados pela aquisição dos três jogadores, além do valor da compra, também se encontram os valores pagos pelos direitos de formação e os respectivos mecanismos de solidariedade, além dos respectivos prémios de assinatura.
Um telefonema teria sido suficiente para esclarecer semelhante equívoco, a não ser que a tendência para o sensacionalismo seja mais forte que a necessidade do rigor que devia reger a actividade jornalística.
Jan Oblak custou à Benfica SAD cerca de um terço do montante noticiado pelo Correio da Manhã.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 01:13

BENFICA 73
contador grátis
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...