Novembro 05 2010

O Benfica chega desmoralizado ao jogo do Dragão. Esta é a conclusão óbvia de quem lê a imprensa, depois da modesta vitória, para a pouco importante Liga dos Campeões, contra o fraquíssimo Olympique de Lyon, pouco habituado a jogos internacionais. Já o Porto chega no auge depois do jogo com um colosso do futebol mundial, na mais importante competição do planeta. Teremos que ser humildes e reconhecer. Houve até quem alvitrasse que a vitória tinha sido má porque agora o Benfica vai perder o Coentrão. Génios assim não podem ser contrariados.

Ao contrário daqueles que dizem que só a vitória interessa ao Benfica eu baixo a ambição, para mim não perder no Dragão é obrigatório e se tal acontecer vamos disputar o título até ao fim com grandes possibilidades de o vencer. Só a derrota torna essa ambição quase impossível a 20 jornadas do fim.

A vantagem do Porto é boa, mas a partir de Domingo o calendário do Benfica passa a ser mais fácil. Das seis saídas mais complicadas do campeonato temos quatro realizadas (Nacional, Marítimo, Guimarães, Porto, Sporting, Braga). Será especulativo mas não perder no Dragão fazia-me acreditar mais no título daquilo que hoje, antes do jogo, julgo possível. Dito isto, reconheço que ganhar é melhor que empatar.

Não é um jogo qualquer, é uma deslocação que pôs no mapa futebolístico grandes figuras do futebol, este jogo já imortalizou Donato Ramos, Carlos Calheiros, Azevedo Duarte, Martins dos Santos, e até Paulo Costa, que hoje comenta nomeações, já nos deixou a jogar com oito no inesquecível clássico. Quem conhece o histórico aceita que o empate é dos deuses e que as regras não são as da FIFA.

De Pedro Proença queria a mesma competência (é claramente dos melhores árbitros) com mais personalidade.

Bela vitória sobre o Porto na Supertaça de basquetebol, num jogo onde ninguém parecia querer ganhar.

Autor: Sílvio Cervan

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:08

Novembro 05 2010

O guarda-redes Roberto, do Benfica, foi um dos escolhidos para participar numa nova campanha publicitária da Sagres. Veja aqui as fotos.

Roberto a voar para agarrar uma garrafa de cerveja, eis uma das imagens que a marca de bebidas que patrocina a liga e o Benfica divulgou esta sexta-feira. A iniciativa inclui-se numa campanha publicitária da iniciativa “Sagres Penalty Cup”.

Os consumidores podem concorrer através do site do concurso, formando uma equipa que disputará uma competição durante os intervalos dos jogos da liga de futebol. De um lado estarão duas equipas formadas por consumidores, na baliza estarão guarda-redes que já foram profissionais – a Sagres divulgou esta tarde os nomes de Neno, Costinha, Palatso e Pedro Roma. A equipa que marcar mais golos seguirá em frente, até se encontrar o vencedor.

Além de Roberto – cuja participação na iniciativa é apenas ao nível da publicidade – Eduardo, guarda-redes do Génova e da Selecção Nacional, também vai voar nos ecrãs.

IMAGENS RELACIONADAS



Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:54

Novembro 05 2010

O internacional argentino do Benfica Pablo Aimar voltou a treinar-se condicionado hoje, devido à gastroenterite que o afastou do jogo com o Lyon para a Liga dos Campeões, mas neste momento todos os dados apontam para que o médio argentino possa jogar no Estádio do Dragão, no clássico com o FC Porto.

No treino de preparação para a deslocação ao reduto do FC Porto, desta manhã, o internacional paraguaio Óscar Cardozo manteve-se ausente, por estar a recuperar de uma entorse no joelho esquerdo com lesão do ligamento lateral interno, tendo feito apenas corrida, tratamento e trabalho de ginásio.

Já o médio Ruben Amorim treinou-se com o restante plantel, apesar de ainda estar sob vigilância médica.
Os encarnados voltam sábado aos treinos, às 10.30 horas à porta fechada, no Seixal.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:29

Novembro 05 2010

O benfiquista Fábio Coentrão e o defesa central brasileiro do Sp. Braga, Moisés, fazem ambos parte da equipa da semana da Liga dos Campeões, disponibilizada pela UEFA e referente à 4.ª jornada da prova.

Para além de marcar presença no onze ideal, o internacional português vê também o seu segundo tento, na vitória do Benfica sobre o Lyon, ser considerado o golo da jornada.

“Uma combinação perfeita de contra-ataque rápido e classe na finalização”, foi esta a descrição feita pelo site oficial da UEFA sobre o golo que colocou o Benfica a vencer os franceses por 4-0.

Confira a equipa da semana da Liga dos Campeões:
Wiland (FC Copenhaga); Srna (Shakhtar), Ivanovic (Chelsea), Moisés (SC Braga) e Fábio Coentrão (Benfica); Chadli (Twente), Scholes (Man. Unitd), Schweinsteiger (Bayern) e Bale (Tottenham); Gignac (Marselha) e Inzaghi (Milan).

Fonte: Record/ A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:02

Novembro 05 2010

O jogador argentino de hóquei em patins do Benfica, Esteban Abalos, teve a oportunidade de conhecer, esta sexta-feira, os seus compatriotas que fazem parte do plantel de futebol dos encarnados (Jara, Aimar, Gaitán, Saviola e Salvio).

Nesta iniciativa organizada pelo Benfica, os futebolistas sul-americanos receberam Abalos no Caixa Futebol Campus e presentearam-no com uma camisola autografada. Por outro lado, o hoquista ofereceu um stick autografado pelo plantel de Luís Sénica, treinador das águias.

O jogador de hóquei ficou muito satisfeito com esta visita ao Seixal, como explicou à Benfica TV: “Estou muito feliz. Desde o primeiro dia em que cheguei ao Benfica que queria conhecê-los. Já me mostraram que são grandes jogadores de futebol e grandes pessoas também. Para alguns pode ser normal vê-los todos os dias, mas para mim não é normal. Agora espero manter contacto com eles.”

Em relação ao que encontrou na sua nova casa, o argentino continua a ser surpreendido pela grandeza do Benfica: “Uma vez mais o Benfica mostra-me a grandeza que tem. É um clube enorme. Tem atletas muito bons naquilo que fazem e também boas pessoas. Não conhecia o Caixa Futebol Campus e a verdade é que estou impressionado. Tenho a sorte e a honra de poder defender as cores do Benfica.”

Os campeões nacionais de futebol ficaram satisfeitos com esta visita de “Tuco” e Pablo Aimar deixou um desejo para o seu país: “Já somos muitos no futebol e espero que possam vir mais atletas argentinos para as modalidades. É sinal de que estamos a fazer as coisas bem no nosso país.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:16

Novembro 05 2010

Uma equipa da brigada antidoping da UEFA controlou vários jogadores do Benfica no Centro de Treinos do Seixal na quinta-feira, pouco depois de o plantel comandado por Jorge Jesus ter realizado o único treino do dia.

As primeiras notícias que surgiram davam como sendo a ADoP (Autoridade Antidopagem de Portugal) a responsável pelos referidos controlos, mas embora sendo um procedimento normal desta instituição, desta feita foi a UEFA a levar a cabo as recolhas. Esta ação surge a apenas três dias do clássico frente ao FC Porto, agendado para domingo, às 21H15.

Em comunicado emitido esta sexta-feira, a ADoP dá a conhecer a existência de tal controlo, admitindo que este se enquadra no quadro de participação de equipas portugueses nas competições da UEFA e lamenta o facto de o seu nome ter sido "envolvido abusivamente num ação a que é completamente alheia".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:14
Tags:

Novembro 05 2010

Luís Filipe Vieira assistirá ao FC Porto-Benfica do próximo domingo na tribuna presidencial do Estádio do Dragão, no lugar que está reservado pelos portistas aos dirigentes benfiquistas.

O presidente benfiquista estará no sábado, à hora de almoço, na Casa do Benfica de Lousada o que impede a viagem juntamente com a equipa desde Lisboa. Contudo, tudo aponta para que o líder encarnado se junte à restante comitiva benfiquista ainda nesse dia, pernoitando no mesmo hotel da equipa. Tal como aconteceu na época passada, Vieira fará a viagem entre o hotel e o Dragão no autocarro da equipa, juntamente com treinador e jogadores.

A acompanhar o presidente das águias no recinto dos portistas deverão estar outros responsáveis benfiquistas como os vice-presidentes Rui Gomes da Silva, Rui Cunha, Alcino António e o assessor jurídico Paulo Gonçalves. O regresso a Lisboa será após a partida.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:05

Novembro 05 2010

O médio do Benfica, Ruben Amorim, apresentou ontem um novo espaço empresarial que partilha, a partir de agora, com a mãe, Anabela, e o irmão, Mauro. Um salão de beleza, Bella Looks & Body, que não lhe roubará muito tempo mas ao qual se dedicará “de alma e coração dentro do que me for possível”.

“São boas notícias, claro”, admitiu Amorim, de 25 anos, referindo-se também ao facto de estar recuperado da lesão que sofreu. “O futebol é um espaço de 10 anos e há que precaver o futuro. Mas era, acima de tudo, um sonho da minha mãe, que trabalhou muito para nos criar e estava na altura de ter uma coisa dela.”

O médio procurou não falar do jogo com o FC Porto, mas admitiu estar com vontade de jogar.

“O principal para mim era voltar a treinar sem dores e estou a conseguir isso. Foi uma fase muito complicada, pois tinha muitas dores, jogava e treinava com muito esforço, e isso já não acontece. Só damos valor a estas coisas da saúde quando passamos pelos problemas. Já passou e agora jogar, vai depender da minha forma e das escolhas do mister.”

E à insistência dos jornalistas, Ruben Amorim garantiu que “o Benfica tem os seus objetivos intactos, quer no campeonato, na Champions e nas outras provas. Estamos no bom caminho, estamos a melhorar muito e vamos continuar a faze-lo”, confessando que “por fora se sofre mais”.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:01

Novembro 05 2010

O Manchester City mantém o interesse em David Luiz e os responsáveis encarnados têm conhecimento da oferta do clube inglês que se fixa agora nos 32 milhões, ou seja, menos 3 milhões que a oferta realizada pelos citizens durante o verão.

Os responsáveis do emblema inglês ainda não perderam as esperanças de contar com o internacional brasileiro, já na reabertura do mercado de transferências no próximo mês de Janeiro, algo que o Benfica pretende evitar a todo custo, sabendo que tal será praticamente impossível no final da temporada. Não estando totalmente colocada de parte essa possibilidade, o City também não pretende aumentar mais os números em cima da mesa, nem tão- pouco aproximar a proposta da cláusula de rescisão do central canarinho, fixada nos 50 milhões de euros. A oferta está em cima da mesa, até Janeiro, cabendo agora aos responsáveis benfiquistas decidir se aceitam ou não, havendo perfeita noção no Estádio da Luz que este valor constituiria um recorde de transferências em Portugal.

O que vier a ser a época desportiva dos encarnados até final do ano, nomeadamente a continuidade ou não do Benfica na Liga dos Campeões, ditará a possibilidade de vender algum dos elementos mais cotados a meio da temporada, como será o caso de David Luiz, um dos jogadores mais cobiçados do plantel benfiquista tal como Fábio Coentrão.

Lembre-se que o recém-internacional brasileiro viu substancialmente melhoradas as suas condições salariais, um prémio concedido pela SAD benfiquista para a preponderância que o camisola 23 das águias teve nos últimos tempos na equipa comandada por Jorge Jesus.

Salário milionário

A oferta do Manchester City não deixou David Luiz indiferente. E dificilmente deixaria qualquer jogador a actuar no futebol português, diga-se. Os responsáveis ingleses apresentaram ao jogador um salário milionário de 3 milhões de euros limpos por temporada, mais do dobro do que aufere, atualmente, ao serviço dos encarnados. Números que se mantêm e que dificilmente poderão ser igualados por outro emblema europeu, mesmo com maior grandeza que a equipa orientada por Roberto Mancini. Refira-se, por exemplo, que Di María foi para o Real Madrid auferir um vencimento anual a rondar os 2 milhões de euros.

Apesar da recusa do Benfica em vender no último verão, os dirigentes do Manchester City não desistem e continuam a todo o custo a convencer David Luiz a pressionar as águias para o deixar sair já em Janeiro.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:25

Novembro 05 2010

O clássico que concentra as atenções gerais este domingo, no Dragão, não irá merecer qualquer preocupação adicional por parte do Benfica no que diz respeito a questões de segurança. Os encarnados planearam a viagem para o Porto de acordo com aquilo que é regra para qualquer outra deslocação em território nacional, não havendo sequer reforço (por conta própria) que vise a protecção da comitiva que segue para o Norte.

No centro da cidade

A “Operação Dragão”, na prática, terá início amanhã, após o almoço, quando o autocarro da equipa se fizer à estrada. Nem os acontecimentos registados a 2 de Maio, aquando do último FC Porto-Benfica, nem a recente escalada de agressividade verbal, quase sempre protagonizada pelos dois presidentes, levou o clube da Luz a alterar procedimentos antes deste jogo de enorme importância (e por diferentes razões) para os dois lados.

De resto, o Benfica irá ficar instalado no Hotel Porto Palácio, no centro da cidade, onde tem ficado sempre que joga nas proximidades da Invicta. A preparação da viagem e a necessidade de articulação com as forças policiais também correspondem, neste caso, ao que sempre acontece. O Benfica já informou a PSP sobre todos os passos do itinerário e os horários a cumprir (saída de Lisboa, no sábado; e saída do hotel para o estádio), ficando agora a força de segurança com a função de preparar e executar o plano que permita evitar os episódios registados no último clássico disputado no Porto.

Hoje ao início da tarde, a PSP irá abordar em conferência de imprensa o jogo quente do fim-de-semana, informando o número de efectivos destacados para a operação.

Rui Costa chefia

Há muito tempo que os responsáveis encarnados têm definidos os pormenores essenciais desta viagem ao Dragão, havendo já nesta altura pouca coisa por acertar. Passou também a ser habitual, desde a chegada de Jorge Jesus ao Benfica, a equipa realizar um treino na manhã de cada de jogo, seja na Luz ou fora de casa. Em dia de FCPorto-Benfica a regra não deve ser quebrada. Ou seja, o mais certo é que Aimar, Saviola, David Luiz e companhia façam mesmo um treino ligeiro poucas horas antes de Pedro Proença apitar para o início do clássico, ficando apenas por conhecer o local dessa sessão.

O Bessa tem sido, nos últimos tempos, o estádio onde decorre esse treino, mas desta vez não é garantido que assim seja. À comitiva encarnada, que será chefiada por Rui Costa (ver peça secundária), falta apenas, portanto, definir esse ponto, porque tudo o resto está delineado: hora em que sai de Lisboa; hora de chegada ao Porto (ou previsão) e hora em que deixa o hotel em direcção ao estádio.

Recorde-se que, há algumas semanas, uma delegação do Benfica foi recebida no MAI e também que, poucos dias depois, foi aventada a possibilidade de o “Vermelhão” fazer meia volta e regressar a Lisboa caso o autocarro fosse atacado na chegada ao Porto.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:21

Novembro 05 2010

DETIVE-ME há dias na estatística dos cartões até à 8.ª jornada da Liga. Talvez porque se aproxime o jogo do Benfica no Porto e porque havia quatro jogadores encarnados no limiar da suspensão (lá se safaram…).

E que vi eu? Uma lista encabeçada pelo clube do meu distrito, o Beira-Mar (10 admoestações) e fechada pelo meu clube de coração, o Benfica com 32 cartões amarelos, num verdadeiro estado de icterícia! E pus-me a pensar, no que lhe terá acontecido para, tão destacadamente, ser a equipa mais indisciplinada. Logo pensei no juiz Olegário e no jogo em que só o roupeiro não foi alvo do seu gesto exibicionista de levantar o cartão. E também me lembrei de outros jogos e, por associação, de uma frase de alguém que classificou a equipa encarnada como «um bando de caceteiros» (e à qual, a Direcção do Benfica bem respondeu com um olímpico silêncio), talvez sugerindo uma orientação para os árbitros sempre que lhes calhasse em sorte o SLB.

Ao fim de 8 jogos já dá para fazer uma média. O Benfica com 4 cartões por jogo, o Porto e o Sporting com 2 cartões. Quem viu os jogos consegue encontrar uma lógica nesta diferença? Haverá batalhas campais quando o Benfica joga? Será que o Cardozo quando chuta um décimo de segundo depois do apito merece ser admoestado e outros que, nas mesmas circunstâncias, prosseguem paulatinamente as jogadas são apenas surdos? E como se explica a diferença quando olhamos para os poucos cartões na Liga dos Campeões?

Por fim nesta digressão estatística, veio-me à memória uma Supertaça quando o juiz Pratas fez, em marcha-atrás, o campo todo em amena cavaqueira com toda a equipa do Porto, sem que nada acontecesse no campo disciplinar. É que nestas coisas de icterícia, há fígados e fígados.

P.S. (depois do Lyon) – Roberto, deixa-te de ‘verdismos’. Volta ao branco!

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:06

Novembro 05 2010

Marta Domínguez prevê um Roberto sem problemas no clássico de domingo e garantiu ontem que o atleta está "supertranquilo". "Está sempre tranquilo, não fica nervoso com jogo algum e muito menos por este do FC Porto", expressou a mulher do guarda-redes, presente na inauguração da clínica de estética de Rúben Amorim.

Sobre os golos sofridos com o Lyon, Marta Domínguez justifica-os por "falta de sorte". "Não teve muito trabalho e nas poucas vezes em que o Lyon atacou sofreu golos. Já não está a pensar nisso, também porque os golos que sofreu não custaram pontos", sublinhou, garantindo que Roberto "está feliz", até porque teve o "apoio de todos". E sobre os conselhos que possa dar ao jogador, disparou: "Não precisa disso. Ele é que me dá conselhos..."

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:59

Novembro 05 2010

Repetir a mesma fórmula que foi aplicada no jogo com o O. Lyon. Para o importante encontro do próximo domingo, diante do FC Porto, Jorge Jesus deverá manter a ala esquerda que venceu os franceses, com Fábio Coentrão mais recuado e César Peixoto no meio-campo. O camisola 25 deverá, assim, vencer a corrida interna com Nicolas Gaitán, a outra opção para o lugar. No desafio da última quarta-feira os dois jogadores entenderam-se muito bem, com Peixoto a compensar muito bem as subidas de Coentrão e a ser uma ajuda importante no equilíbrio da equipa. Sem deslumbrar o ex-Sp. Braga acabou por efectuar uma exibição regular e muito importante no aspecto táctico. E, para este importante encontro diante dos dragões, JJ deverá querer manter a segurança defensiva no lado esquerdo, até porque Hulk alinha nesse lado, é uma das principais ameaças da formação azul e branca e está a atravessar um momento de forma quase galáctico.

Coentrão é um jogador mais rápido, mais explosivo e, por isso, mais indicado para tentar parar o brasileiro, enquanto Peixoto é um jogador evoluído tacticamente e sabe dar as ajudas quando forem necessárias. Além disso, permite que o jovem das Caxinas suba no terreno e dê outra amplitude e largura ao jogo dos encarnados. Tudo isto não seria possível com Gaitán, já que o argentino é um jogador muito mais ofensivo e poderia desequilibrar o lado canhoto.

A todos estes argumentos é preciso adicionar o factor experiência. César Peixoto é um jogador muito mais habituado a este tipo de encontros, com uma carga emotiva grande e com uma grande pressão subjacente e estará melhor preparado do que o argentino, chegado apenas esta temporada à Europa.

E César Peixoto até guarda boas recordações dos confrontos com Hulk. Na época passada, no jogo entre dragões e águias no Estádio da Luz, o esquerdino, de 30 anos, levou claramente a melhor no duelo particular com o internacional brasileiro.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 08:28

Novembro 05 2010

Roberto vai ser o centro das atenções com o FC Porto. O guarda-redes viveu momentos conturbados no início da época e atravessa agora uma fase positiva. Porém, o terceiro golo do Lyon levantou novas suspeitas entre os adeptos encarnados, preocupados com uma possível quebra do camisola 12 no clássico. Por isso, O JOGO consultou diversos especialistas, que deixam aqui dicas para que Roberto possa descansar os simpatizantes benfiquistas. Primeiro, tudo passa por uma preparação intensa e cuidada. "O treino é o grande segredo para estar em grande plano nestes jogos", refere Belman, treinador de guarda-redes do Nacional, justificando: "Tem de treinar muito para criar automatismos, sobretudo onde é mais fraco."

Depois do erro com o Lyon, dúvidas levantam-se sobre que Roberto irá apresentar-se ante o FC Porto, nervoso e intranquilo como na fase inicial da época ou confiante e seguro como nos jogos mais recentes. Ángel Mejías, treinador do camisola 12 durante a sua formação, acredita que este "vai estar à altura" das responsabilidades. E para tal, nada como esquecer o lance do 4-3 da partida da Champions. "Esse lance pode influenciar, mas tudo depende da importância que o próprio atleta lhe atribuir. Caso contrário, fica esquecido e não vai afectar", defende Belman.

Dormir e ficar bem na fotografia

Fonseca, antigo guarda-redes de Benfica e FC Porto, conhece bem a sensação de participar num clássico e não tem dúvidas: Roberto deve relaxar ao máximo. "Se estivesse no lugar dele, agora não falava, sobretudo à Comunicação Social, e tentava 'desaparecer', para ficar tranquilo", explica, revelando mais segredos para uma boa exibição no Dragão. "No meu tempo, esquecia-me do jogo na véspera e dormia bem. Só no próprio dia é que surgia o formigueiro e a ansiedade. Mas com um bom aquecimento tudo voltava ao normal. Extravasava o stress acumulado e com o primeiro apito do árbitro concentrava-me definitivamente no jogo", esclarece.

A pressão dos adeptos é outro factor a que Roberto deve fugir e Fonseca sabe como evitá-la. "Quanto mais abstraídos do ambiente estivermos, mais fácil vai ser e mais preparados estamos para o jogo", sublinha, destacando o quão importante é começar bem o desafio: "O truque é que os primeiros remates do adversário sejam defensáveis e depois fazer uma daquelas defesas 'para a fotografia' para dar confiança." "Na primeira bola devemos transmitir segurança, confiança e classe", aponta o agora treinador de guarda-redes de juniores do Leixões, admitindo: "Caso não seja possível, então o melhor é jogar feio, mas que seja eficaz!"

Fonte: O jogo

publicado por Benfica 73 às 08:12

Novembro 05 2010

O presidente da Comissão de Arbitragem da Liga, Vítor Pereira, vai voltar a analisar as arbitragens dos campeonatos profissionais após a conclusão da 10.ª ronda, que inclui o clássico FC Porto-Benfica, este domingo.

Segundo fonte da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, a nova apreciação do dirigente do sector, à semelhança do sucedido após a quinta jornada, vai decorrer sob o formato de conferência de imprensa, terça-feira (9 de Novembro), no Complexo Desportivo do Monte da Galega

Vítor Pereira foi alvo de críticas, sobretudo por parte de elementos do líder da Liga principal, FC Porto, por ter efectuado a primeira análise às arbitragens imediatamente após a tomada de posição de protesto do campeão em título, Benfica.

Os encarnados queixaram-se de estarem a ser continuamente prejudicados pelos árbitros, designadamente depois da derrota (2-1) averbada na visita ao Vitória de Guimarães, precisamente na quinta ronda, sob juízo do leiriense Olegário Benquerença.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 08:01

Novembro 05 2010

publicado por Benfica 73 às 07:53
Tags:

Novembro 05 2010

O Jornal “O Jogo”, citando pareceres de quatro agentes FIFA, escreveu recentemente que o guarda-redes Roberto “está a calar quem disse mal dele e quem criticou o Benfica” pelo investimento para o contratar. E rematava: “Roberto promete render milhões”. Roberto Jiménez Gago, 24 anos, natural de Madrid, é o mesmo guarda-redes que há bem pouco tempo “se tinha dedicado à produção de aves de capoeira”, como cacarejava uma estação de rádio. A comunicação social parece que engoliu inteiros, crus e com penas os “frangos à Roberto”, como chegou a apregoar um canal de TV. Dir-se-á que alguns comentadores terão sido enganados pela adaptação do guarda-redes no início de época do Benfica. Mas este não foi caso virgem.

Antes de Roberto, diversos outros guarda-redes tiveram dificuldades em se afirmarem no Benfica, enfrentando um coro afinado de críticas destrutivas e mal-intencionadas que chegaram a produzir efeitos de rejeição por parte de adeptos do Clube. Poderia citar vários exemplos. Mas centro-me no caso do guarda-redes Hans-Jorg Butt, contratado ao Bayern Leverkusen em 2007 e que saiu de Lisboa em 2008, directamente para o Bayern de Munique e daí para a selecção alemã, sucedendo a Oliver Kahn. Foi sempre um mal-amado por parte da crítica desportiva portuguesa, produzindo efeitos de bancada, o que terá condicionado a prestação do atleta e as opções dos treinadores.

Agora, Roberto parece firme na baliza do Sport Lisboa e Benfica, revelando para além das qualidades de guarda-redes um firme carácter e um estado de espírito que afasta para canto as críticas desestabilizadoras. Assim se conserve e progrida, resistindo agora à adulação tal como resistiu à maledicência.

publicado por Benfica 73 às 03:52

Novembro 05 2010

De regresso à competição na Liga Centenário esta quarta-feira, Rúben Amorim aponta já os seus objectivos pessoais à partida que o Benfica vai disputar no domingo, frente ao FC Porto.

«Tenho vontade de jogar no Dragão, mas isso agora é uma decisão do treinador. Sinto-me muito melhor agora, pois já estou a treinar sem dores e sinto-me feliz», disse o jogador num hotel da Costa da Caparica no qual procedeu à apresentação pública de uma clínica de estética que abriu em conjunto com a mãe e o irmão.

Numa cerimónia na qual estiveram presentes vários jogadores do plantel encarnado - Fábio Faria, César Peixoto, Luís Filipe, Moreira, Javi García, Roberto, David Luiz e Nuno Gomes – coube a Nuno Gomes, um dos capitães de equipa, elogiar Rúben Amorim. «É bom tê-lo de volta. O Rúben passou muitos sacrifícios e chegou a jogar lesionado. É mais um para ajudar a equipa e a nossa luta», disse.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 01:36

Novembro 05 2010

O antigo futebolista João Vieira Pinto entende que o clássico entre FC Porto e Benfica, a disputar no domingo no Estádio do Dragão, não é decisivo, ao contrário dos também ex-jogadores José Carlos e Marinho.

"Que é importante ninguém tem dúvida, mas decisivo à 10.ª jornada não pode ser. É muito importante pela diferença pontual, uma vitória do FC Porto complica as coisas para o Benfica", disse João Vieira Pinto.

O antigo jogador encarnado, que mais tarde ainda jogou no Sporting, defendeu o estatuto de líder dos dragões, que, na sai opinião, têm sido os mais regulares, os que têm jogado melhor e apresentam "grande confiança".

"Tem sido a equipa mais regular e tem ganho bem os jogos. Por isso, será a que tem mais condições para ganhar", disse ainda João Pinto em relação ao jogo de domingo, agendado para as 20:15.

Já Marinho, outro jogador que representou Sporting e Benfica, considera que as águias têm que trazer os três pontos se quiserem manter acesa a chama do título, num momento de época em que sete pontos separam as duas equipas.

"Vai ser um clássico emotivo e intenso, como são os clássicos e derbies. O FC Porto tem a vantagem de jogar em casa e gerir a vantagem de sete pontos e tem o estímulo de saber que se vencer ficará a uma distância complicada de alcançar", alertou Marinho.

O também antigo lateral-direito José Carlos entende existir pouca margem do Benfica, lembrando as palavras do treinador Jorge Jesus, segundo o qual a equipa não tem margem de erro (face aos nove pontos já perdidos).

"Como já tem sido dito pelo seu treinador, tem que encarar os jogos como finais, sem espaço de manobra. O FC Porto pode falhar um jogo ou outro, o Benfica tem um espaço de manobra muito, muito, limitado", frisou.

José Carlos, que jogou no Benfica entre 1989 e 1993, considera que Hulk, Falcão e Varela são atacantes com muita qualidade, e que no Benfica Fábio Coentrão é o futebolista em melhor forma, embora Carlos Martins também esteja bem.

O jogo entre o líder FC Porto e o campeão Benfica, segundo classificado, disputa-se domingo, a partir das 20:15, no Estádio do Dragão, no Porto, com arbitragem do lisboeta Pedro Proença.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 00:27

Novembro 05 2010

O Benfica recebe no próximo sábado o FC Porto, numa altura em que as duas equipas estão igualadas no topo do campeonato. O técnico Luís Sénica reconhece o poder do adversário, que já bateu na Supertaça, mas diz que os encarnados estão num bom momento.
«O FC Porto vem dominando o campeonato português nos últimos anos, mas o Benfica está num bom momento e queremos vencer o jogo», afirmou Luís Sénica, em conferência de Imprensa de lançamento ao encontro referente à quinta jornada do Nacional da I Divisão de hóquei em patins.
«Acredito que o FC Porto vem, sobretudo, para não perder o jogo, pois sabe que tem a segunda volta do campeonato a seu favor, mas isso não interessa. Vamos concentrar-nos exclusivamente no nosso pensamento, que estará virado para a vitória», vincou.
No último encontro entre as duas equipas, João Rodrigues destacou-se ao marcar quatro golos na vitória dos «encarnados». Agora, tem vindo a apresentar problemas físicos, mas Luís Sénica acredita que terá todos os jogadores à disposição.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:11

BENFICA 73
contador grátis
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...