Novembro 04 2010

O presidente do FC Porto não é um literato, nem um actor, nem um historiador, nem nada que se pareça com uma figura de intelectual ainda que lhe gabem muito, no círculo provinciano onde pontifica, os méritos de recitador de poesias.

Em momentos de maior deslumbramento, o presidente do FC Porto já produziu alguns recitais que foram vistos em todo o país graças à invenção da televisão. Tratando-se de um amador, sem outras credenciais que não sejam a da sua celebridade como dirigente desportivo, deve poder dizer-se que como declamador de poesia o presidente do FC Porto é, para quem nunca tenha assistido, do pior que se possa imaginar.

Mas não é justo criticar alguém por não exibir qualidades que não são tecnicamente as suas. No entanto, já é digno de nota o descaramento com que se abalança a essas exibições confrangedoras e muito aplaudidas no seu tal círculo restrito de admiradores.

Não sendo também um literato nem um historiador, no último fim-de-semana o presidente do FC Porto abalançou-se, com o mesmo descaramento que o leva a recitar como um inapto em público, a proferir uma palestra histórica sobre a conquista de Lisboa pelo nosso primeiro rei, primando pelas calinadas que, até ao momento, ficaram por corrigir.

Procurando uma analogia tão lamentável quanto serôdia entre a conquista de Lisboa e a rivalidade futebolística entre o seu clube e o Benfica, disse o presidente do FC Porto a uma plateia como sempre rendida, enfim, sem massa crítica: «Em 1134, o bispo do Porto, D. Pedro Picoas, exortou os cristãos a juntarem-se para ir a Lisboa para conquistar os mouros e expulsá-los de Portugal. Para além de um Santo, D. Pedro Picoas foi também um grande sábio.»

Ore o presidente do FC Porto não só não é um sábio como também é um pequeno ignorante atrevido, campo em que não está sozinho e até estará muitíssimo bem acompanhado por gentes com outras e maiores responsabilidades intelectuais, se é que isso serve a alguém de consolo.

A conquista de Lisboa não foi em 1134 mas em 1147, exactamente treze anos mais tarde do que a data catedraticamente apontada pelo presidente do FC Porto.

Mas este é um erro que se justifica vindo do presidente do FC Porto. Nem é bem um erro, é mais um vício, um tique compulsivo. É que também a data de fundação do FC Porto sofreu um desvio de 13 anos e, por bula papal, recuou de 1906 para 1893 sem que houvesse sequer discussão.

Quanto ao nome do bispo do Porto, a verdade é que não se chamava Pedro Picoas, como o presidente do FC Porto afirmou, mas sim Pedro Pitões, sendo que Picoas é um nome de uma estação do metropolitano (subterrâneo) de Lisboa – Linha Amarela – e sendo que Pitões até seria um nome bastante fácil de memorizar pelo presidente do FC Porto, um clube de futebol, visto que pitões são aqueles grampos de plástico ou em alumínio que se enroscam nas solas das botas dos jogadores para lhes dar maior estabilidade e tracção.

Mais importante do que este singelos reparos factuais, que mais não visam do que impedir de chafurdar alegremente na ignorância, nas trevas, aquela fatia significante de povo que, presumivelmente, só lê jornais desportivos e despreza os nossos romancistas e trovadores, trata-se aqui de dar razão a Vítor Baía que ainda há bem pouco tempo lamentou publicamente que o FC Porto tivesse uma «cultura muito para dentro, muito fechada».

Baía não estava, obviamente, a referir-se a questões de cultura geral, como se costuma dizer, nem às eventuais calinadas presidenciais quando envereda pelo discurso erudito. Nada disso. Baía, que é um rapaz de bom senso, estaria simplesmente a lamentar o anacronismo de um espírito medieval que reclama limpezas étnicas e expulsões do país em nome de uma bola de futebol e de umas quantas chuteiras.

Com pitões, naturalmente.

 

O FC Porto – Benfica da época de 1953/54 teve a precedê-lo um ambiente bem menos medieval. No seu último número de Dezembro de 1953, O Porto, jornal oficial do clube nortenho, exortava os seus adeptos a receber condignamente os rivais que haveriam de chegar de Lisboa:

«Portistas, vem aí o Benfica. É claro que vamos receber como ele merece: à moda do Porto. Os encarnados do Sul vêm de longada até à Cidade Invicta encher de alegria os olhos dos desportistas tripeiros. Que vença, Deus o permita, o nosso glorioso clube. É legítimo. Que os bravos benfiquistas nos perdoem a tripeira fraqueza… Nada de hipocrisias porque os dois baluartes do futebol nacional já habituaram de tal maneira os seus adeptos à exibição plena das mais nobres virtudes da ética desportiva.»

E FC Porto venceu o Benfica por 5-3 sem ter havido registo de qualquer incidente, tal como o jornal O Benfica, órgão oficial do clube, relataria na sua edição de 14 de Janeiro de 1954:

«Ganhou o Porto! Foi naquela tarde o melhor. Mas também soube pôr na vitória o timbre de firmeza e educação que só os atletas de elite possuem. Perdeu o Benfica! Mas nem por isso saiu diminuído da contenda. Deixou no belo Estádio o perfume da sua categoria de grande equipa, grande na maneira de jogar, enorme na forma como soube aceitar a derrota.»

É impressionante o que o país tem evoluído nestas últimas longas décadas…

 

O chileno Valdés marcou os dois golos com que o Sporting venceu a equipa principal da União de Leiria no último domingo. Lendo os jornais de terça-feira vislumbra-se um ameaço de crise em Alvalade… A quem se deve e explosão de Valdés?

Para este jornal A BOLA, o autor do milagre foi Paulo Sérgio, o treinador, que disse ao chileno antes de entrar em campo: «Concentra-te nas coisas simples!» e ele concentrou-se mesmo.

Já para o Correio da Manhã, o mágico de serviço foi Costinha, o director, que disse ao chileno antes de entrar em campo: «Acredito muito no teu potencial» e ele acreditou mesmo.

Isto a continuar assim não haja dúvida que promete.

 

VENCENDO o Lyon, o Benfica garantiu praticamente a qualificação para a Liga Europa. Quanto à qualificação para a fase seguinte da Liga dos Campeões ainda está longe de estar garantida. Faltam dois jogos e duas vitórias, ou seja, falta muito.

Autor: Leonor Pinhão

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:02

Novembro 04 2010

Foram publicados os resultados consolidados e individuais da Benfica SAD, relativos ao exercício 2009/2010. Em declarações à Benfica TV, o administrador executivo, Domingos Soares de Oliveira analisou a publicação.
“As contas reflectem a estratégia que a Benfica SAD tinha delineado há um ano atrás, portanto, um forte investimento no plantel e nos nossos jogadores e por outro lado, a opção de consolidação da Benfica Estádio dentro da Benfica SAD. São os dois grandes factores que influenciaram as contas, obviamente que em termos de proveitos, com uma melhoria significativa, pelo facto do Benfica ter tido uma excelente performance desportiva”, explicou Domingos Soares de Oliveira.

Em relação aos proveitos totais, o aumento foi de cerca de 41 por cento: “Só em proveitos totais, tivemos um aumento de cerca de 41 por cento, essencialmente influenciado pelas receitas das bilheteiras. Todas as rubricas, incluindo o merchandising, na qual toda a componente de patrocínios subiu, a única rubrica na qual tivemos um ligeiro decréscimo, foi em termos de transmissões televisivas. Globalmente é um ano muito bom com este crescimento de 41 por cento, não apenas influenciado pela integração da Benfica Estádio, mas sobretudo, por uma muito melhor performance em termos comerciais.”

O nível salarial e o crescimento das amortizações foi outro dos temas abordados: “Em termos de salários tivemos uma manutenção do nível salarial que tínhamos em termos anteriores, o valor é praticamente idêntico. Conseguimos um plantel mais competitivo, que ganhou o Campeonato Nacional, com custos idênticos aos que tínhamos no exercício de 2008/2009 e em termos de amortizações, elas crescem por dois motivos: Porque a integração da Benfica Estádio traz agarrada a si um maior valor de amortizações e, por outro lado, em termos de plantel, o facto de termos continuado a privilegiar a manutenção dos nossos principais activos e termos feito um investimento de cerce de 37 milhões de euros em novos jogadores, leva a que as amortizações com atletas aumentem.”

O administrador executivo da SAD do Benfica também abordou a estratégia do Clube: “Nós contratámos muitos jogadores. Lembro os casos de Javi García, Alan Kardec, Felipe Menezes, enfim, é um conjunto de cerca de dez jogadores que integraram o plantel no exercício de 2009/2010, o que, pelo menos, a aquisição dos respectivos direitos económicos foi realizada neste ano, portanto era natural que houvesse um crescimento significativo. Do ponto de vista de vendas, conforme é sabido, a única venda de relevo que consta no último exercício é a de Di María, que é claramente um valor inferior ao investimento que realizámos, o que reflecte a estratégia da empresa, que é continuar a investir, mais do que apostar numa política exclusiva de vendas.”

O passivo é um dos aspectos mais analisados e o facto de ter crescido é explicado por Domingos Soares de Oliveira: “O passivo cresceu, mas cresce pelo efeito da consolidação, ou seja, hoje quando analisamos os resultados da SAD, já não analisamos de forma isolada como o fizemos no ano passado, este passivo, hoje, tem uma expressão de 370 milhões de euros e é importante referir aos accionistas e aos benfiquistas em geral, que destes 370 milhões de euros, cerca de 217 milhões são o valor de dívidas, quer ao sistema financeiro, quer em termos de obrigações e de papel comercial, portanto, o nosso endividamento mantém-se nos mesmos níveis que tinha em termos anteriores e continua a ser um endividamento controlado, que permite à Benfica SAD e à Benfica Estádio fazer face ao serviço da dívida, sem especiais problemas.”
Para o próximo ano, o futuro afigura-se risonho, devido à participação na Liga dos Campeões: “Vamos ter uma componente que não nos beneficiou o ano passado. O facto de estarmos na Champions League vai permitir um aumento significativo das receitas. Todos sabem que essas receitas podem variar entre os dez e os vinte milhões de euros e só isso, já seria suficiente para cobrirmos o prejuízo que tivemos no último ano. É importante referir, também, que este prejuízo do último ano, ainda assim, reflecte uma melhoria muito significativa em relação a anos anteriores, mas acredito que vamos continuar a ter uma evolução destes resultados e espero que este ano seja já um ano de resultados positivos.”

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 16:37

Novembro 04 2010

O limite para a águia é... o céu. Pelo menos com Carlos Martins a manter a assiduidade de assistências para os companheiros empurrarem a bola para as redes, valioso domínio do jogo em que o médio ganhou lugar na história, anteontem, ao servir os companheiros para todos os quatro golos da águia diante do Lyon.
Martins igualou o registo que o galês Ryan Giggs (Man. United) protagonizara, a 10 de Abril de 2007, na goleada de 7-1 à Roma, em Old Trafford, também para a Champions.
E espanta a Europa: ocupa, destacado, o primeiro lugar quanto a assistências para golo nesta Champions, com cinco, secundado pelo argentino Culio (Cluj) e pelo camaronês Eto'o (Inter), que somam três, decorridas quatro jornadas da prova.
Se a essa mão cheia somarmos os cantos que apontou em Guimarães e no Algarve, convertidos em golo por Saviola e Javi García, respectivamente, em apenas três meses da temporada soma sete assistências.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:35

Novembro 04 2010

R – Outro problema crónico do futebol português é o lugar de lateral-esquerdo. Está bem resolvido com Fábio Coentrão?

PB – Parece-me que sim, mas a nossa obrigação é criar mais opções. Nessa posição, além do Fábio, temos jogadores com potencial para desempenhar o lugar que em função de outro tipo de opções nos seus clubes – e com toda a legitimidade – não jogam com frequência nesse lugar, enquanto outros ainda não estão preparados para representar a seleção principal. No lote dos potenciais laterais esquerdos de seleção, além do Fábio – também ele uma adaptação de sucesso feita pelo Jesus -, temos o Silvio – que no Rio Ave jogava na esquerda mas no Sp. Braga tem atuado na direita – e o Miguel Veloso. Também o Duda, anteriormente utilizado foi uma adaptação.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 16:24

Novembro 04 2010

A Benfica SAD anunciou esta quinta-feira que conseguiu reduzir o prejuízo na época 2009/2010 para 19 milhões de euros.

De acordo com um comunicado da Benfica SAD enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o resultado consolidado da época passada representa uma melhoria face aos 34,9 milhões de euros registados em 2008/2009.

Segundo a Benfica SAD, a evolução positiva foi "alicerçada nos resultados desportivos alcançados na época desportiva de 2009/2010, dado que o quadro competitivo foi semelhante nas duas épocas".

Contudo, refere que "essa evolução não foi o suficiente para atingir o equilíbrio económico do grupo, dado que para o nível de investimento realizado é importante o Benfica estar presente nas principais competições europeias".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:14

Novembro 04 2010

Michel Bastos esteve em dúvida para o confronto da passada terça-feira, no Estádio da Luz, mas recuperou a tempo de jogar e defrontar o compatriota David Luiz, um defesa-central de “muita qualidade” e a quem perspetiva muito sucesso na carreira: “Antevejo um grande futuro pela frente ao David Luiz. Ainda é novo e tem qualidade. Espero que possa dar-se bem na seleção brasileira”, disse o jogador do Ol. Lyon, que fez questão de ressalvar o facto de a equipa orientada por Mano Menezes “ainda não ter sofrido golos”.

O central canarinho é, aos 23 anos, um dos jogadores mais cobiçados do Benfica e os grandes da Europa, como são os casos do Barcelona,  Real Madrid, Milan, Manchester United e Manchester City continuam atentos à sua evolução, apesar de conhecerem o elevado valor da cláusula (50 milhões de euros).

Para o internacional brasileiro do Ol. Lyon, a derrota sofrida na Luz no encontro da Champions pode nem ter efeitos nefastos, já que na segunda parte “o Benfica largou o jogo” e permitiu que os gauleses marcassem 3 golos, que podem ser importantes: “No final poderão ajudar-nos a conquistar o primeiro lugar, mas devo dizer que o Benfica é uma equipa forte.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:11
Tags:

Novembro 04 2010

Cada vez com maior rotação. Alan Kardec atravessa dias de grande felicidade e tem-se assumido como uma alternativa credível para o ataque encarnado, numa altura em que Cardozo continua fora de jogo, devido a lesão. O jovem brasileiro, de 21 anos, voltou a marcar diante do Ol. Lyon, elevando para quatro os tentos nesta temporada e passa por uma fase de grande confiança.

Quem agradece é a equipa e Jorge Jesus, ainda para mais numa fase em que as águias preparam a visita ao Estádio do Dragão. Kardec será novamente titular e vai tentar ultrapassar o registo do seu mestre, Oscar Cardozo. Isto porque o paraguaio nunca marcou no recinto dos azuis e brancos e o avançado brasileiro pretende fazê-lo já no próximo domingo, iniciando, assim, a sua colheita de golos na Invicta.

O internacional canarinho Sub-20 está ainda em fase de aprendizagem e vê em Cardozo um modelo a seguir. Aliás, há bem pouco tempo, em entrevista ao programa “Futebol Mundial” da Sport TV, o jogador confessou que JJ lhe pedia para observar os movimentos de Tacuara, de forma a aprender cada vez mais.

E a verdade é que o camisola 31 tem denotado uma rápida evolução nos últimos tempos. Aperfeiçoou muitas das suas movimentações no ataque, evoluiu na forma de proteger o esférico dos defesas contrários e, acima de tudo, tornou-se perigoso no jogo aéreo. Aliás, dos 4 golos apontados até agora, três foram de cabeça.

Jorge Jesus tem tido um papel importante nesta evolução do jogador. Ontem, em declarações à Antena 1, o empresário do atleta, Reinaldo Pitta, admitiu que o técnico “é maravilhoso e oferece uma grande confiança a Kardec”. “Tínhamos a convicção que ele ia brilhar. O Benfica criou uma estrutura para ele, apoiam-no muito e pode ser um ano promissor. Ele vai crescer muito, tem um estilo de jogo europeu e penso que vai ter muito sucesso”, elogiou o agente FIFA.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:08

Novembro 04 2010

Luisão acredita que o Benfica vai passar aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. A vitória de terça-feira, frente ao Ol. Lyon, foi o tónico que faltava para a equipa confiar numa presença na fase seguinte.

“Comemorámos mais um resultado positivo que nos mantém na luta para avançar na competição”, afirmou o central, de 29 anos, à sua assessoria.

O confronto com a equipa francesa foi importante, porque o Benfica “precisava de vencer” e a equipa de Jorge Jesus “entrou focada” nesse objetivo.

“Tivemos o apoio dos adeptos e conseguimos marcar. Foi um jogo equilibrado. No final levámos um susto, mas deu tudo certo e pudemos comemorar mais um resultado positivo”, salientou o internacional canarinho. Recorde-se que as águias vão, agora, a Telavive.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:05

Novembro 04 2010

Pablo Aimar está às ordens de Jorge Jesus para o encontro com o FC Porto, no próximo domingo, depois da gastroenterite que o afastou do encontro com o Ol. Lyon, terça-feira à noite.

No dia em que completou 31 anos, o médio argentino ouviu os parabéns no balneário e exercitou-se ao lado dos titulares na partida da 4.ª jornada da Liga dos Campeões. Este grupo realizou ontem à tarde treino de recuperação no Seixal.

Esta é uma boa notícia para o responsável técnico pelo conjunto encarnado, que se viu privado, à última hora, do camisola 10 para a partida com a equipa francesa.

Ultrapassado o compromisso europeu, que manteve os encarnados em boa posição de discutir o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, Jesus e os seus pupilos viraram atenções para a visita ao FC Porto, no domingo.

A preparação começou a dois tempos. Enquanto os jogadores menos utilizados (inclusive Felipe Menezes, Jara e Weldon que entraram no decorrer da 2.ª parte do jogo com o Ol. Lyon) alinharam no encontro com o Real, da Liga Centenária, os titulares na noite anterior recuperaram do esforço despendido.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:03

Novembro 04 2010

Um avançado com faro pelo golo. É assim que Cédric Bakambu, avançado do Sochaux referenciado pelas águias, é definido pelo olheiro que o descobriu. Abdel Djaadaoui prevê um futuro risonho para o campeão europeu de Sub-19.

Em declarações reproduzidas pelo “Blogolo”, o antigo internacional argelino, que integra o gabinete de prospeção do emblema francês, está convicto de que o Sochaux não deixará sair a jovem pérola no curto prazo. “Ele faz parte do plantel profissional. Honestamente, acredito que o Benfica quer reforçar o ataque, mas ao que me dizem pretendem jogadores mais experientes.”

Apesar desta suspeita, Bakambu é alvo das águias, que têm apostado em jovens jogadores que possam assumir-se como mais-valias. Aliás, de acordo com o representante, Bruno Satin, o Benfica ficou agradado com as qualidades do avançado, o qual foi observado no Europeu de Sub-19 que a França ganhou ao bater, na final, a Espanha... de Rodrigo, que está cedido ao Bolton.

A transferência de Bakambu do Sochaux para o Benfica, a concretizar-se, não será imediata – só terá efeitos no final da temporada. Os encarnados podem fazer o negócio por 3 milhões de euros, mas Djaadaoui, quando confrontado com aquele valor, recomenda prudência.

“Sinceramente, se o clube esperar mais um pouco, poderá transferir-lo por um valor mais alto, dentro de dois anos. Ele é internacional Sub-19 e sagrou-se campeão europeu em julho. O presidente sabe isso”, faz notar, sublinhando: “Ele movimenta-se bem, tem grande mobilidade. Tem faro pelo golo. É um tipo de avançado que toda a gente deseja. Tem grande futuro.”

Bakambu, que também está na lista do Sunderland, de Inglaterra, tem contrato até 2013 com o 16.º classificado do campeonato francês. Nascido há 19 anos em Vitry-sur-Seine, região de Paris, o avançado foi descoberto pelo Sochaux quando jogava no US Ivry, graças à parceria entre os dois clubes. Em entrevista ao “Top Mercato”, definiu a velocidade como ponto forte, explicando quais os pontos que ainda tem de melhorar: “Tecnicamente, principalmente. Depois, a agressividade. Não devo ser fraco em campo. Tenho de melhorar para subir alguns patamares.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:58
Tags:

Novembro 04 2010

Principais clubes europeus rendidos ao talento do esquerdino. Os 30 milhões da cláusula de rescisão deixaram de assustar. Assalto começa no Inverno mas o jovem só deve sair no Verão.

É o esquerdino da moda no futebol do Velho Continente. Fábio Coentrão, 22 anos, há muito deixou para trás o rótulo de estrela emergente para se assumir, definitivamente, como uma aposta sólida. Deixou, portanto, de ser apenas um nome a seguir com atenção na agenda dos principais clubes europeus para passar a ser considerado como alvo prioritário.

Colossos como Real Madrid, Bayern Munique, Liverpool, Manchester City, Milan ou Juventus, entre outros, estão totalmente rendidos ao talento do português, para mais dotado de uma polivalência que lhe permite jogar, com idêntico sucesso, a lateral ou médio-ala.

Se no final da temporada passada os 30 milhões de euros da cláusula de rescisão assustaram muitos dos pretendentes, caso do Bayern de Munique, nesta altura o preço do esquerdino já não intimida, e os interessados não parecem sequer dispostos a regatear.

Actualmente, só um jogador parece fazer concorrência a Coentrão em matéria de defesas/médios canhotos: Gareth Bale, galês de 21 anos do Tottenham que é apontado pela generalidade da imprensa internacional como clone do jogador do Benfica (ou vice-versa). E Bale está avaliado nos mesmos 30 milhões de euros.
Mourinho entre admiradores

Coentrão renovou recentemente pelo Benfica até 2016 (acrescentou um ano ao vínculo anterior), mantendo o valor da cláusula de rescisão. O assalto pela sua contratação vai começar em Janeiro, mas o inevitável adeus às águias só deve acontecer no final da época, mesmo que o jogador seja negociado antes.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:49

Novembro 04 2010

A exibição de Fábio Coentrão no encontro com o Lyon impressionou o comum dos presentes na Luz, incluindo um antigo... defesa-esquerdo que foi "só" campeão europeu e mundial: Bixente Lizarazu. Já retirado, o futebolista que participou nas conquistas do Mundial de 1998 e do Europeu de 2000 é agora comentador televisivo - da TF1, principal canal gaulês - e foi nesse papel que esteve terça-feira em Lisboa. Em conversa com O JOGO, Lizarazu não se mostrou, porém, surpreendido com o lateral das Caxinas. Aliás, depois de uma primeira pergunta sobre o encontro que os encarnados ganharam (4-3), o nome de Fábio Coentrão provoca mesmo um sorriso ao francês. "Eu disse durante o Mundial que para mim ele era o melhor lateral-esquerdo da competição. Não o conhecia, mas aquilo que ele fez na África do Sul foi de um jogador de alto nível", explica Lizarazu. "Hoje [terça-feira], fez um grande jogo, jogou a um nível muito alto. Estou convencido de que [pausa]... é uma pena para o Benfica, mas seguramente que ele vai sair. Aliás, pensava que a seguir ao Mundial ele fosse para um Real Madrid ou um Barcelona", assinala, em espanhol fluente, acrescentando um dado incontornável: "Bom, com José Mourinho no Real, ele que conhece bem os jogadores portugueses, seguramente que vai tentar vir aqui buscá-lo e não o vai deixar escapar."

Lizarazu considera mesmo que os 30 milhões de euros da cláusula de rescisão do lateral-esquerdo do Benfica não representam um preço exagerado. "Quanto é que o Real Madrid queria dar pelo Maicon, do Inter? Queriam pagar bastante. A questão do preço depende sempre de vários factores. E o Fábio Coentrão, além de ter o perfil de um grande lateral, ainda é um jogador muito jovem [22 anos]", lembra o antigo futebolista, que encerrou a carreira em 2006, no Bayern de Munique, precisamente um dos clubes que já se manifestaram interessados no camisola 18 dos encarnados. "Para o Bayern seria fantástico ter um lateral como ele. Tem técnica, tem muita habilidade. Basta ver estes dois golos espectaculares que fez ao Lyon", salienta. "Ainda por cima não é fácil aparecerem laterais-esquerdos assim. É uma posição especial", reconhece Lizarazu, insistindo: "Ele já está num grande clube, como é o Benfica, mas os clubes portugueses são como os franceses: é difícil competir com um Real Madrid, um Barcelona ou um Manchester. E por isso ele não irá ficar muito tempo em Portugal, ainda mais depois do que fez neste jogo na Champions. Se pode fazer uma carreira como a minha [risos]? Tem de continuar a trabalhar e jogar sempre com concentração, mas, sim, ele tem tudo para fazer uma grande carreira internacional.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:47

Novembro 04 2010

Nuno Gomes rejeitou na última semana uma proposta do Vasco da Gama, que desejava contar com o ponta-de-lança a partir de Janeiro. Ao que O JOGO apurou, os responsáveis do emblema brasileiro queriam tentar garantir o jogador a custo zero - o capitão teria de se desvincular da Luz, uma vez que ainda tem contrato válido até Junho de 2011 - e apresentaram-lhe, de pronto, uma oferta salarial na ordem dos 1,5 milhões de euros anuais. O Vasco da Gama iria suportar estes custos através de uma parceria com uma empresa. O problema para os dirigentes vascaínos foi mesmo a pronta nega do capitão, que não se mostrou receptivo a rumar nesta altura da sua carreira para o Brasil, apesar do atractivo salário.

O Benfica mantém, de resto, excelentes relações institucionais com o clube do Rio de Janeiro, onde estão neste momento Felipe Bastos e Éder Luís, ambos cedidos, a título de empréstimo, pelas águias.

Mesmo praticamente sem jogar - na presente temporada, o camisola 21 não foi ainda titular numa única ocasião e, na maioria dos jogos, fica fora dos 18 -, Nuno Gomes continua a despertar o interesse de vários emblemas, nomeadamente de Itália, Médio Oriente e Estados Unidos.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:19

Novembro 04 2010

Esta será uma época de sucesso para Kardec. Essa é a convicção do seu empresário, Reinaldo Pita. "Ele é muito jovem, ainda vai crescer muito, mas parece-me que este será um ano bastante promissor para ele", prevê o agente do avançado, assegurando que o jogador brasileiro está no clube certo. "O Benfica está a criar toda a estrutura para ele crescer, está a dar todo o apoio necessário, e assim as coisas fluem. Ele está muito feliz, está confiante, e o treinador parece-me ser uma pessoa maravilhosa, que lhe dá muita personalidade e lhe inspira muita confiança. O Kardec tem estilo europeu e vai crescer muito esta época."

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:11

Novembro 04 2010

publicado por Benfica 73 às 08:05
Tags:

Novembro 04 2010

Uma vez pateta, pateta até morrer. O penteadinho da Foz, veio (mais uma vez) muito ridiculamente falar. Como sempre do Benfica. Entre outros despautérios, a propósito do presidente ter feito um apelo à não comparência da massa adepta do Benfica aos estádios, que não ao Estádio Sport Lisboa e Benfica (é este o nome do nosso Estádio).

Há muito, que dependo tal medida. “Morram à fome.” Escrevi-o no nosso Jornal e disse-o na BTV, no programa “Em Defesa do Benfica” feito em parceria com o grande benfiquista e amigo Alberto Miguéns.

Os milhões de benfiquistas, que vivem longe de Lisboa, principalmente os do Norte, se fizerem as contas dos euros gastos nos campos dos adversários, sai-lhes mais caro que vir de 15 em 15 dias a Lisboa. Por exemplo no Leixões 50 euros para ver atrás da baliza. Em Braga mais 50, Guimarães, Paços, Naval, Beira-Mar, etc., etc., dá para virem em excursão e o dinheirinho fica todo no nosso Benfica.

Mas, voltando ao penteadinho da Foz, era bom lembrar-lhe que há uma entrevista do protagonista dos filmes de corrupção do Youtube, dada ao jornal “A Bola” em que ele diz: “O Benfica é o único clube que me enche o estádio”. Será por isso que está aflito? É que os adeptos, do agora amigo Braga, pagaram 10 euros há umas jornadas. Não dá para o petróleo, não é? E a mama Olivedesportos pode acabar-se de um momento para o outro.

Que nenhum adepto do Benfica compareça no estádio do Andrade!

Em 85 inventaram o dragão, só que o animal chama-se Andrade. É nome de família.

PS. Para a semana o Tavares leva com a escuta de Valentim com LFV. Porque não a põem eles no Youtube, se é a “mais grave”?

publicado por Benfica 73 às 01:16

BENFICA 73
contador grátis
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...