Outubro 14 2010

O extremo argentino do Sport Lisboa e Benfica, Nico Gaitán, anteviu a partida frente ao Arouca para a Taça de Portugal. Em entrevista exclusiva à Benfica TV e ao Site Oficial do Clube, Gaitán afirmou que os “encarnados” querem vencer o troféu.

“Espero um jogo como todos os outros. Vai começar 0-0 e nós temos de ser inteligentes e fazer uma boa partida, para não termos nenhuma surpresa”, explicou o extremo “encarnado”.

Embora seja de um escalão inferior, o Arouca tem de ser levado a sério: “Hoje em dia já não existem jogos fáceis. Como já referi anteriormente, temos de ser pacientes, sobretudo se não marcarmos cedo. Cabeça fria e ter noção que temos 90 minutos para ganhar a eliminatória.”

A época passada, a equipa de Jorge Jesus foi eliminada precocemente da Taça de Portugal. Este ano a história tem de ser diferente: “Todas as competições são para ganhar. Não gostamos de perder, mas também sabemos que os nossos rivais querem ganhar, por isso temos de dar sempre o máximo.”

A integração no futebol europeu até nem começou muito bem, mas com o passar do tempo, o argentino vai-se afirmando: “Já sabia que não ia ser fácil e aos poucos vou-me sentido mais cómodo na equipa. Com o passar do tempo as coisas vão correndo melhor, até porque não comecei da melhor maneira.”

Nico Gaitán chegou do campeonato argentino no início da época e tem vindo a adaptar-se com a ajuda dos colegas benfiquistas. “Sem dúvida que o facto de ter colegas a falar espanhol ajuda a minha adaptação. Também me ajuda o facto de ter colegas com muita experiência no futebol, para me irem guiando pelo caminho certo”, afirmou o 20 do Benfica.

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, elogiou o atleta no final da vitória com o Sp. Braga, motivo que deixa Gaitán satisfeito: “Não sabia, mas estou cá para dar o meu melhor e o técnico tem de colocar os melhores em campo. Treino sempre no máximo para chegar ao dia do jogo e estar no onze titular.”

A polivalência tem sido um trunfo do argentino, que está pronto para jogar em qualquer posição: “No Boca Juniors jogava numa posição e aqui no Benfica estou noutra posição. Sinto-me bem na direita e não tenho problemas em jogar na esquerda, o mais importante é ajudar o técnico e a equipa.” As boas exibições valeram-lhe a chamada para integrar a selecção argentina, numa convocatória que apanhou o atleta de surpresa: “Não estava à espera! Como todos sabem, a Argentina tem grandes jogadores nos melhores clubes da Europa e não esperava, mas fiquei muito contente, embora não tenha jogado. Foi uma semana muito boa para mim e uma grande experiência.”

No final da entrevista, Nico Gaitán desejou contar com a presença dos adeptos frente ao Arouca: “Todos os jogos são importantes e os adeptos respondem sempre em todos os jogos. Espero que nos voltem a apoiar, como sempre, e nós vamos dar o máximo para conseguir a vitória para os adeptos.”

Os campeões nacionais estreiam-se na Taça de Portugal no sábado, dia 16 de Outubro, pelas 21 horas, no Estádio da Luz. O adversário é o Arouca da segunda Liga portuguesa.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 22:16

Outubro 14 2010

O lateral brasileiro Léo, que deixou boas recordações em Portugal pela sua passagem pelo Benfica, provocou autêntico susto no jogo da última madrugada entre Santos e Internacional (1-0).
Léo sofreu forte pancada no pescoço e saiu do relvado de maca, sendo transportado ao hospital. Os exames a que foi submetido descartaram qualquer problema grave, mas o jogador nem se lembra do lance...
«Cheguei a apagar por alguns instantes, mas depois recuperei a consciência e tive muitas dores», explicou Léo, que está agora em dúvida para o jogo deste domingo com o São Paulo.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:38
Tags: ,

Outubro 14 2010

O internacional uruguaio Maxi Pereira falhou o treino, desta quarta-feira, do Benfica. O lateral contraiu uma gastroenterite febril.
Para além de Maxi Pereira, Rúben Amorim e Óscar Cardozo também não participaram no treino. O médio português prossegue o tratamento no ginásio, por causa de uma tendinite rotuliana. Enquanto, o avançado paraguaio continua a recuperar da entorse no joelho esquerdo.
O extremo Javier Balboa fez corrida e trabalho individual, num apronto onde marcaram novamente presença Marc Zoro e Hélio Vaz.
O Benfica regressa ao trabalho na sexta-feira, às 10h30, numa sessão que será à porta fechada.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:17

Outubro 14 2010

O guarda-redes espanhol do Benfica acredita que o mau tempo e a grande pressão mediática já faz parte do passado. Para tal, garante, contribuiu as avaliações mais objectivas às suas prestações, assim como a sua própria melhoria de forma.

«Encontro-me num momento de forma bastante bom e acho que as pessoas já estão a conhecer o Roberto de que gosto», afirmou o guarda-redes, em entrevista à agência noticiosa EFE.

Roberto, que custou 8,5 milhões de euros ao Benfica no último defeso, lembrou então que o «ponto de viragem» foi o jogo com o V. Setúbal, no qual foi atirado para o banco de suplentes mas forçado a entrar para substituir Júlio César na baliza, fruto da expulsão do brasileiro. Ora Roberto defendeu de imediato uma grande penalidade.

Mas as críticas até essa altura eram muitas... «Passou rápido. Agora encontro-me num momento totalmente diferente. Estão a avaliar-me mais objectivamente», salientou, ao mesmo tempo que lamentou toda «a pressão mediática», referindo que superou as dificuldades «com muito trabalho diário».

Roberto mostra-se então mais adaptado à realidade do Benfica e do campeonato português, lembrando por exemplo que por jogo «apenas chegam uma ou duas bolas à baliza e temos de estar à altura».

A finalizar, o guarda-redes mostrou-se ainda «muito surpreendido» com o nível do campeonato português, assim como de alguns jogadores pouco mediáticos. Sobre a distância pontual de sete pontos para o líder FC Porto, diz que «o Benfica tem de pensar jogo a jogo, sem pensar mais do que os três pontos que estão em disputa». Entre elogios aos adeptos e à grandeza do clube da Luz, Roberto tem ainda tempo de considerar «exequível» a passagem aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:56

Outubro 14 2010

Na mesma semana em que se falou da possibilidade de o Atlético Madrid poder tentar recuperá-lo em Janeiro, o argentino Salvio, em entrevista ao jornal "O Benfica", garantiu estar feliz na Luz, explicando porque razão preferiu a equipa lisboeta.

"Em primeiro lugar pelo projecto que me apresentaram. Depois por ter jogadores argentinos de renome. É um grande clube, é um desafio interessante. Por isso aqui estou. E muito feliz!", assegurou o argentino, emprestado pelo Atlético Madrid até Junho.

Em Madrid, Salvio privou de perto com dois portugueses (Simão e Tiago) que alinharam na Luz, afirmando que ambos disseram muito bem do clube: "Quando se pôs a hipótese de eu vir para o Benfica ficaram muito contentes e apoiaram a minha vida. Disseram-me que seria uma boa escolha e que o clube é muito grande".

Chegado ao Benfica, o internacional das pampas admite que ficou encantado com a grandeza do Estádio da Luz. "É um estádio fantástico! E os adeptos são muito calorosos. Ter feito a estreia no Benfica-Vit. Setúbal com o estádio quase cheio foi incrível!", admitiu.

Quanto ao cenário que se vive na Liga ZON Sagres, Salvio admite que a equipa tem de continuar a vencer para poder sonhar com o título: "O importante em primeiro lugar é continuarmos a ganhar os nossos jogos. Só assim podemos pensar na recuperação. Mas claro que precisamos que o FC Porto perca pontos. E irá certamente perder. Até porque nós também vamos ao Dragão para ganhar".

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 20:48

Outubro 14 2010

O futebol ocupou uma posição tal na nossa sociedade que o faz ser mais temido do que o próprio Estado de onde emanam os governantes e as políticas a que nos sujeitam. Tome-se põe exemplo o caso ainda fresco do presidente da Associação Comercial do Porto que abandonou melodramaticamente, e em directo, um programa de televisão de debate sobre futebolistas porque se recusou, em nome dos bons princípios, a comentar escutas ordenadas por um juiz no âmbito de um processo de investigação criminal.

O processo em causa, com o folclórico e colorido nome de Apito Dourado, incidia sobre práticas desleais protagonizadas por um sem número de dirigentes, empresários e árbitros de futebol, sendo que o clube do presidente da Associação Comercial do Porto era, sem margem dúvida, aquele que protagonizava mais práticas desse quilate.

E Rui Moreira, que é o nome do presidente da Associação Comercial do Porto, sentiu-se de tal modo constrangido pela discussão do assunto, que se levantou da cadeira onde estava sentado e foi para casa ofendido.

Não deixa de ser curioso que, a 26 de Fevereiro deste mesmo ano de 2010, o mesmo Rui Moreira não se tenha sentido minimamente constrangido, em nome dos seus bons princípios, a responder a um inquérito do diário I que lançava a seguinte questão: Depois dos episódios recentes relacionados com as escutas e o caso Face Oculta. Mantém a confiança no primeiro-ministro?

Fiquem pois sabendo que o presidente da Associação Comercial do Porto não só não se recusou a responder como até deu uma opinião bastante assertiva e contundente: «O primeiro-ministro tem que ser um factor de confiança perante o exterior e agora acho que passou a ser um factor de desconfiança perante o exterior.»

Embrulha, Zé Sócrates!

Convém, por ser verdade, esclarecer que o presidente da Associação Comercial do Porto não foi o único a disponibilizar-se para comentar as escutas do processo Face Oculta. Foi apenas um de uma lista de 50 individualidades identificadas e com profissões e estatutos sociais tão importantes como os empresários, economistas, sociólogos, escritores, presidentes de associações cívicas, professores universitários, fiscalistas, banqueiros, historiadores, penalistas, médicos, cientistas, militares e, final e inevitavelmente, um psiquiatra que, por sinal, até teria muito a acrescentar à discussão se nos quisesse explicar as razões desta impotência de que padece tanta gente quando chamada a tratar do intratável.

Compreendem agora que não é disparate nenhum concluir que o futebol mete muito mais respeitinho aos seus transeuntes do que a política e os políticos aos seus cidadãos? Perante as belezas e os perigos dos vetustos monumentos da bola nacional e o respectivo cortejo de vénias e de salamaleques aos seus dons e aos seus doutores, qualquer primeiro-ministro não passa de um Zé.

Ah, valentes!

 

APROXIMA-SE o dia do FC Porto – Benfica, duas potências em conflito. O historial de desacatos, desordens e vandalismos que antecedem o jogo propriamente dito não deixa nenhum dos emblemas superiorizar-se moralmente ao outro.

Estamos nestes casos, sempre e tristemente, perante um caso de polícia sendo que a polícia, aparentemente, tem tanto medo destes delinquentes enfarpelados com as cores dos respectivos clubes, como certos intelectuais e empresários têm medo de comentar as escutas no Youtube, desde que as escutas digam respeito apenas ao emblema do seu coração.

Tendo frescos na memória os acontecimentos da última deslocação do Benfica ao Porto – em que o disparo de bolas de golfe para o relvado se acrescentou ao tradicional reportório de pedradas contra o autocarro da equipa -, Luís Filipe Vieira fez-se receber pelo ministro da Administração Interna e anunciou «uma grande surpresa» dando-se o caso do Vermelhão voltar a ser atacado.

A possibilidade de o Benfica dar meia volta e regressar a Lisboa foi imediatamente aventada e, depois, elogiada ou criticada conforme os afectos de cada um, o que é sempre o pior critério para avaliar situações deste género cívico e que nada têm a ver com a questão desportiva.

E lá voltamos nós à questão da impotência, agora do Estado, responsável pela segurança pública, quando o assunto mete o futebol e logo ao mais alto, ou ao mais baixo nível, como é precisamente o caso. Tal como num jogo de futebol a autoridade máxima é o árbitro, num país a autoridade máxima que vela pela ordem nas ruas, nas estradas e nas auto-estradas é a polícia.

Na noite de passada terça-feira, em Génova, deu-se um caso curioso e exemplar. Estava marcada a realização do jogo Itália – Sérvia, de qualificação para o Euro – 2012, mas o comportamento dos adeptos, nomeadamente os sérvios, foi de tal modo criminoso que o árbitro, um escocês chamado Craig Thomson, perante a incapacidade policial em dominar os vândalos, resolveu suspender o jogo aos 6 minutos por não estarem reunidas as condições de segurança indispensáveis a um espectáculo público.

Não é de crer que a UEFA á condenar o árbitro por ter tomado a resolução do bom senso. Se uma coisa destas acontecesse em Portugal, o árbitro Thomson estava tramado até ao fim dos seus dias...

 

COM Paulo Bento, a selecção nacional voltou à normalidade. E isto já é dizer muito.

 

O Sporting queixa-se de ser perseguido pela Comunicação Social que não dá tréguas às mais insignificantes ocorrências do universo de Alvalade. Não tem razão o Sporting porque não há clube em Portugal que se ponha mais a jeito para os comentários dos analistas e até dos humoristas que são sempre os que mais fazem doer.

José Eduardo Bettencourt esforçou-se na última semana a dar entrevistas à RTP e ao jornal oficial do clube e ainda foi a Castelo Branco discursar num núcleo de simpatizantes locais. À RTP repetiu que a equipa de futebol estava «a um clique de distância» do sucesso, o que veremos se vai ou não acontecer, e que, pelos menos, o Sporting «nunca tinha ficado uma vez em 6.º lugar», o que é verdade. Também é verdade que o Sporting nunca ficou 32 vezes em 1.º lugar...

Ao jornal oficial do clube, o presidente regozijou-se pelo facto de já não ver «pessoas a rirem-se com as derrotas no balneário», o que é estranho. E em Castelo Branco afirmou que não podia dizer o que queria «para não ser ridicularizado no exterior».

O que também é verdade. Uma grande verdade.

Autor: Leonor Pinhão

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:20

Outubro 14 2010

Maxi é o último dos internacionais a juntar-se ao grupo de Jorge Jesus, o que apenas acontecerá na sessão de hoje, que tem início marcado para as 17 horas. A reintegração tardia e o cansaço provocado pelas viagens fazem com que o sul-americano fique de fora do jogo de sábado com o Arouca, tal como acontecerá com outros elementos, já que quarta-feira há Liga dos Campeões.

O lateral-direito, de 26 anos, defrontou a China na terça-feira, em jogo particular da seleção do Uruguai, e não chegou a tempo da sessão vespertina realizada ontem, pelo que até à partida da Taça de Portugal apenas realizará dois treinos com os companheiros.

Além do mais, Maxi foi sujeito a um enorme desgaste nesta viagem da equipa uruguaia, já que esteve em Jacarta, onde jogou contra a Indonésia, tendo viajado depois para a China. Por tudo isto, o treinador dos encarnados vai poupar o defesa, de forma a estar nas melhores condições físicas para a deslocação a Lyon.

A escolha de Jesus para a direita da defesa, diante do Arouca, vai recair em Luís Filipe. Ruben Amorim não está disponível e, por isso, não é opção para o encontro da Taça de Portugal.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:53

Outubro 14 2010

Kardec vai tentar sábado à noite estrear-se a marcar pelo Benfica em solo português. Se o conseguir entreabre a porta da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal ao conjunto da Luz, embora o Arouca tenha, evidentemente, uma palavra a dizer quanto a este assunto.

Contratado em janeiro ao Vasco da Gama, o camisola 31 surge em Lisboa para colocar alguma pressão sobre Cardozo. No entanto, o paraguaio mantém a titularidade e ao brasileiro, de 21 anos, mais não resta do que cumprir o papel de sombra de Tacuara. Utilizado residualmente na Liga transata (79 minutos), Kardec vê-se assim impossibilitado de demonstrar no Velho Continente os créditos que fizeram o Benfica apostar nele.

Aproveitando a ausência de Cardozo, devido à participação no Campeonato do Mundo, Kardec torna-se o goleador de serviço do Benfica na pré-temporada, período em que faturou quatro tentos – em 6 dias (entre 13 de julho e 18 de julho) castigou o Aris, Groningen e V. Guimarães (bis).

O grande problema é que a ausência de Tacuara não é eterna e quando este regressou roubou-lhe imediatamente todo o protagonismo. Se a esse fator se aliar a lesão sofrida quando a equipa se preparava para sair dos blocos de partida na Liga... ficam reunidos os ingredientes para a época apagada que vem descrevendo.

O ponta-de-lança canarinho contabiliza somente dois desafios oficiais (correspondentes a 109 minutos de competição) até ao momento, realizados ambos após... Cardozo se ter lesionado. A estreia de Kardec tem lugar em Gelsenkirchen, diante do Schalke, tendo o camisola 31 entrado para o lugar do infeliz Tacuara. Fica em branco, situação que torna a verificar-se na receção ao Sp. Braga, que marca a estreia dele a titular nesta temporada.

O jogo com o Arouca pode agora proporcionar-lhe o final do jejum em Portugal. Kardec denota uma notória subida de forma e está plenamente consciente que lhe é exigida uma exibição... “à Cardozo”.

Fonte:Record

publicado por Benfica 73 às 10:50

Outubro 14 2010

Uma questão de oportunidades. É assim que João Martins, irmão de Carlos Martins, define o bom momento do internacional português. Para o jogador do Vizela, o benfiquista, além de ver as suas capacidades reconhecidas por Jorge Jesus e Paulo Bento, está diferente. É um médio de corpo inteiro, que não renega as tarefas defensivas.

A Record o jogador, de 22 anos, que está cedido pelo Sp. Braga aos vizelenses, garante não se surpreender por o camisola 17 das águias estar em alta. “Sempre acreditei que tinha valor para estar onde está. Não há segredo algum. O que acontece agora é que ele tem tido oportunidades. Tem demonstrado que merece e, ainda agora, na Selecção, mostrou ser boa opção. Precisava que alguém acreditasse nele.”

Diferenças

O médio do conjunto da 2.ª Divisão garante que as conversas que tem com Carlos Martins pouco versam o momento deste. A opinião pode, de resto, ser suspeita, mas João até assinala diferenças na forma de jogar do benfiquista, de 28 anos.

“Concordo em absoluto quando se diz que ele defende mais. É algo que o treinador lhe pede para fazer. Não há qualquer preparação específica. Isto é trabalhado por Jorge Jesus, deve-se muito ao treinador. Tem sido fundamental. Ele defende e ataca da mesma forma.”

A evolução não fica por aqui. Sustenta João Martins que o centro-campista dos encarnados apresenta outros argumentos do ponto de vista táctico. “É normal. Jorge Jesus é um treinador que privilegia esta vertente, tirando o melhor de cada jogador. E o Carlos Martins tem feito o que o treinador lhe pede. Faz o que outros fazem.”

Para João Martins, os efeitos desta mudança estão à vista. “Ele sempre jogou mais adiantando, como 10. É onde se sente melhor. Mas tem sido chamado a jogar na direita, sem deixar de fazer um bom trabalho. Isso tem a ver com a tal melhoria táctica.” Fruto disso, Carlos Martins tem superado a concorrência do reforço Salvio na ala direita do meio-campo.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:46

Outubro 14 2010

O presidente do Arouca, Carlos Pinho, recusa-se a atirar a toalha ao chão, mas reconhece o favoritismo do Benfica face à sua equipa, no confronto de sábado, a contar para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. O líder do clube está, portanto, mais preocupado com outros aspetos, como as questões financeiras, e por isso reconhece: “O Benfica era mesmo o adversário que desejávamos para esta fase da prova.”

Assumindo que o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, “é um amigo do Arouca”, Carlos Pinho não teceu grandes comentários sobre Luís Filipe Vieira, tendo apenas garantido que os encarnados “não queriam que o jogo tivesse transmissão televisiva”. Suspirando de alívio por essa questão ter sido ultrapassada da melhor maneira, no momento em que a Sport TV assegurou o direto da partida, o líder do Arouca defende que só a televisão vai dar lucro ao seu clube nesta eliminatória: “Pelo que tenho visto em casos anteriores, a receita da bilheteira, que é tripartida, nem sequer chega para pagar a despesa que vamos ter.”

Dinheiros à parte, Carlos Pinho prosseguiu sobre a deslocação da sua equipa ao Estádio da Luz e deixou o aviso: “Conhecemos as nossas limitações, sabemos o que podemos fazer, mas o Arouca não teme ninguém. Nesta região há muitos benfiquistas, como também há portistas, mas tenho falado com eles e posso garantir que este sábado vão estar todos a torcer por nós. Sei que uma possível vitória do Arouca seria uma enorme alegria para todos.”

Sem sair desta mesma linha de raciocínio, o presidente do Arouca garante que a sua equipa de futebol “é o orgulho de todos os arouquenses”, mas lembra que mais importante do que a Taça de Portugal é o campeonato. É nesse espaço competitivo que o clube centra atenções e, por isso, um dos jogadores mais experientes do plantel, o ex-Boavista Pedro Santos, não deve ser utilizado na deslocação à Luz, uma vez que ainda procura a sua melhor forma física, pois está em fase final de recuperação de uma lesão. Ainda assim, apesar de estar privado de algumas peças importantes, o Arouca vai à Luz sem pensar no descalabro. “É difícil ganhar lá, mas não é impossível. Temos que sonhar alto”, terminou Carlos Pinho.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:43

Outubro 14 2010

Salvio explica opção pelas águias em detrimento dos dragões e diz que está feliz na Luz. Crença na conquista do título apesar do atraso pontual. Garante que se sente cada vez melhor e está pronto para lutar por um lugar no onze.

Foi o último reforço a chegar à Luz, por empréstimo do Atlético Madrid, depois de uma acesa luta com o FC Porto. «Escolhi o Benfica pelo projecto que me apresentaram e por ter jogadores argentinos de renome. Além disso, é o maior clube de Portugal, é o actual campeão e participa na Champions, o que me permite ser visto por mais gente. Não me arrependo, de forma alguma. Valeu a pena a escolha e estou muito feliz», afirmou Salvio numa entrevista ao jornal O Benfica (nas bancas amanhã), da qual o nosso jornal publica alguns excertos.

O médio ofensivo argentino de 20 anos - deve ser titular no jogo da Taça de Portugal, com o Arouca - diz que, na hora de decidir, contou com «grande apoio de Simão, Tiago e Quique Flores».

Ainda não se impôs no onze, mas mostra-se tranquilo. «No primeiro jogo tive a infelicidade de sair cedo pela expulsão do Júlio César [n.d.r contra o V. Setúbal, na Luz]. Depois tive o azar da lesão, mas aos poucos estou a recuperar o ritmo e poderei jogar ao meu nível e tentar ganhar um lugar. Para quando o verdadeiro Salvio? Estou a trabalhar para que seja o mais rápido possível. Sou um jogador que quer ganhar sempre e que gosta de trabalhar para a equipa».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:39

Outubro 14 2010

Aimar está encantado na Luz e está mesmo disposto a dar uma nega ao River Plate - clube do coração, onde se formou, e que sonha há muito em fazê-lo regressar - para terminar a sua carreira de águia ao peito. Os milionários vão criar um fundo para tentar repatriar o internacional argentino, que fará em breve 31 anos, mas têm uma tarefa árdua pela frente. Tudo porque não será fácil convencer financeiramente o Benfica a libertar o jogador antes do fim do seu contrato, que termina em 2012, e também porque El Mago está tão feliz na Luz que, segundo apurou O JOGO, admite finalizar a sua carreira em Portugal.

A pouco mais de ano e meio do final da ligação entre o conjunto encarnado e o futebolista, altura em que Aimar já terá 32 anos, as partes ainda não encetaram negociações mas O JOGO sabe que o médio encara com bastante agrado a possibilidade de continuar de águia ao peito e prolongar assim o seu vínculo. Para já, clube e atleta estão concentrados em tentar a aproximação ao líder FC Porto e em fazer uma boa campanha na Champions, mas até ao final do ano é possível que os responsáveis encarnados e o seu representante iniciem contactos tendo em vista a renovação do contrato.

El Mago já anunciou por diversas vezes o seu desejo de regressar um dia à Argentina, mas em termos futebolísticos esse cenário está muito complicado. Desportiva e financeiramente, a continuidade na Europa é mais aliciante para o internacional argentino - se continuar a jogar em bom nível no Benfica pode até voltar a ser chamado à selecção, como revelou ao nosso jornal Sérgio Batista, actual seleccionador -, o que complica seriamente as aspirações de Daniel Passarella, presidente do River Plate.

O famoso emblema de Buenos Aires pretende tentar a contratação de El Mago, mas vive uma situação financeira muito grave. Por isso, o fundo aprovado recentemente pelo executivo de Daniel Passarella, de 20 milhões de dólares (equivalente a 14,3 milhões de euros), vai ser destinado prioritariamente para a reabilitação das finanças do clube.

O River Plate ainda não pagou os passes dos jogadores adquiridos esta temporada e tem até os ordenados do actual plantel em atraso. Assim, para tentar garantir o regresso de Aimar no final da temporada, objectivo estabelecido com a criação do fundo, terá de convencer Luís Filipe Vieira a deixar sair o atleta a um custo muito reduzido - algo difícil, até porque o clube da Luz pagou 6,5 milhões de euros ao Saragoça para adquirir o astro argentino - e ainda a fazer com que El Mago prescinda do elevado vencimento que poderá auferir se cumprir até ao fim o seu contrato com o Benfica.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 08:35

Outubro 14 2010

publicado por Benfica 73 às 08:15
Tags:

Outubro 14 2010

publicado por Benfica 73 às 01:21

Outubro 14 2010

A assembleia geral do Sporting ficou esta quarta-feira marcada por situações de violência entre apoiantes da direcção e críticos desta. Em causa a aprovação do projecto Roquette, que visa transformar o clube numa empresa e que levou à criação de uma Sociedade Anónima Desportiva para gerir o futebol profissional.

Fonte: Correio da Manhã

publicado por Benfica 73 às 01:09

BENFICA 73
contador grátis
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...