Outubro 04 2010

A história faz as pazes com o passado muitas vezes. E Paulo Bento, com a sua convocatória a Carlos Martins, inspirou o número 17 do Benfica. Cabeça fria e coração quente, é a receita do Sr. Tranquilidade para o confronto com a Dinamarca. Ontem à noite, só ligaram os 22 à tomada na segunda parte. Na entrada em campo, viu-se estratégia, manha e muita táctica. Servida a frio e com chuva: o Glorioso a jogar avançado no terreno e o Sp. Braga atrasado a apostar no contra-ataque; muita posse de bola para o Benfica, algumas jogadas rápidas e perigosas dos arsenalistas.

Foi um SLB irregular, o mesmo desta época, que jogou a noite passada. Mas com um Senhor Aimar e um Martins endiabrado, que fizeram o jogo e os três pontos. Grandes bisgas de Carlos Martins, na carreira de tiro. Aliás, este na ala direita, em rotação ao centro com Pablito, foi uma boa solução destra para esta partida. Bem dizia eu há uma semana que Coentrão tinha de recuar à defesa com o SCB, que este não era jogo para Peixotos (assobiado na entrada, a 5’ do fim). Mas Fábio ficou cá atrás, com uma parede bracarense a tapar-lhe as subidas. E sem ele, a velocidade ficou-se pelas pernas de Aimar que mete muita mecha nos primeiros 45’. Mas Carlos Martins compensou. É que cá atrás, Maxi continua a pagar a despesa física do Mundial e David Luiz continua muito nervoso. Já estávamos todos muito nervosos, aliás, quando, de pé canhoto, à oitava tentativa, um balázio de Martins dá 3 pontos. Saviola não concretiza, mas assiste como só ele.

Depois veio o turbilhão e 6 minutos de compensações. Quem é que Duarte Gomes queria compensar? Foram 6 para compensar os 5 pontos que Domingos queria levar de avanço, à saída da Luz? Paciência.

Kardec, tiveste a tua oportunidade de fazer de Tacuara. Continua à escuta e manda postais. Ai, escutas é que não.

Autor: MARTA REBELO
publicado por Benfica 73 às 20:49

Outubro 04 2010

O árbitro do Marítimo-Benfica recebeu má nota (2,4 – Insatisfatório - numa escala de 1 a 5) sendo penalizado nomeadamente por não ter assinalado uma grande penalidade sobre Javier Saviola e por ter mostrado, indevidamente, o cartão amarelo a Fábio Coentrão.

A actuação do árbitro João Capela, no Marítimo-Benfica da sexta jornada da Liga Zon-Sagres, foi classificada como «insatisfatória» pelo observador.

Numa escala de 1-5, João Capela recebeu 2,5, sendo-lhe imputados erros ao não assinalar uma grande penalidade cometida sobre Javier Saviola e ao mostrar indevidamente, por má interpretação, o cartão amarelo a Fábio Coentrão.

Recorde-se que ao árbitro Olegário-Benquerença, no V. Guimarães-Benfica, foi atribuída a nota de 2,3, correspondente a um «muito insatisfatório», numa partida que mereceu amargos reparos dos encarnados.

A classificação dos árbitros é feita nos seguintes parâmetros, de 1 a 5: 1 a 1,9 – Fraco; 2 a 2,4 – Muito Insatisfatório; 2,5 a 2,9 – Insatisfatório; 3 a 3,4 – Satisfatório; 3,5 a 3,9 – Bom; 4 a 4,4 – Muito Bom; 4,5 a 5 – Excelente.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:37

Outubro 04 2010

O extremo brasileiro revela que recebeu propostas para deixar o Vasco da Gama, onde actua por empréstimo do Benfica, mas afirma que pretende continuar no São Januário até ao final do contrato.

«Estou muito feliz aqui e não tenho motivos para sair. Quando um jogador se destaca, é normal que receba propostas mas estou com a cabeça no Vasco e não é o momento de voltar ao futebol europeu», referiu Éder Luís, que também mostrou disponibilidade para renovar o contrato de empréstimo com o Vasco da Gama: «Se o Vasco quiser falar com o Benfica para renovar, ficarei muito feliz. Tudo tem a sua hora. O certo é que ficarei até o fim do contrato.»

O jogador de 25 anos está a ser um dos destaques no campeonato brasileiro e já leva seis golos marcados e várias assistências que o levam a ambicionar a chamada à selecção: «Se continuar a trabalhar desta forma, quem sabe se não posso vir a ser chamado?»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:22

Outubro 04 2010

O Presidente de Timor-Leste, Ramos Horta, ficou impressionado com a imponência do estádio da Luz, naquela que foi a sua primeira visita ao recinto do Benfica - assistiu este domingo ao jogo entre as águias e o Sp. Braga.

"É um Estádio muito bonito. É grande, moderno… É impressionante”, afirmou à Benfica TV, em declarações publicadas esta segunda-feira no site oficial do clube encarnado.

Ramos Horta recordou ainda a recente visita de Luís Filipe Vieira a Timor-Leste.  “Foi o primeiro presidente de um grande clube de futebol mundial, não só português e europeu, mas mundial, que teve a gentileza de fazer uma viagem tão longe para nos visitar. Só por isso, quase que me leva a converter para o Benfica.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 14:10

Outubro 04 2010

Depois da conquista do Torneio das Vindimas, em Lamego, o Benfica arrebatou mais um troféu na pré-temporada, ao vencer o Torneio Internacional de Lisboa em voleibol.

A equipa comandada por José Jardim derrotou os espanhóis do Clube Volei de Vigo em três sets, pelos parciais de 25-20, 25-15 e 25-19.

No próximo domingo, dia 10 de Outubro, o Benfica recebe o Leixões, pelas 17h00, em jogo de estreia do campeonato A1 de voleibol época 2010/11.

Fonte: Sapo Desporto

publicado por Benfica 73 às 11:45

Outubro 04 2010

O Sport Lisboa e Benfica venceu o Sporting Braga, por 1-0, numa partida da sétima jornada da Liga portuguesa. Carlos Martins derrotou a muralha defensiva dos arsenalistas, com um golo espectacular de pé esquerdo.


Os primeiros cinco minutos de jogo demonstraram o que ia ser a primeira parte. Ascendente ofensivo por parte dos “encarnados”, com o Sp. Braga a defender com onze jogadores atrás da linha de meio-campo, sempre à espera de um contra-ataque venenoso.

O Benfica dominou a posse de bola e foi a equipa que criou as melhores ocasiões de golo. Aos sete minutos foi Carlos Martins que obrigou Felipe à primeira defesa da noite, num remate forte de fora da área.

Os campeões nacionais exibiram-se em bom plano e aos 17 minutos, Alan Kardec quase marcou. Na sequência do pontapé de canto, Carlos Martins voltou a rematar com muito perigo para as redes bracarenses. Aos 33 minutos, o inevitável número 17 voltou a rematar de longe e Felipe voltou a defender o esférico com alguma dificuldade. Um duelo à margem do jogo.

A pressão acentuou-se e aos 34 minutos, depois de uma excelente desmarcação de Pablo Aimar, Saviola rematou dentro da área para uma defesa de grande qualidade do guardião brasileiro do Sp. Braga.

A cinco minutos do intervalo, Carlos Martins e Felipe voltaram a encontrar-se. Livre lateral batido pelo médio recentemente convocado por Paulo Bento e Felipe volta defender. Luisão quase conseguiu o desvio vitorioso. Já em cima do apito para o recolher aos balneários, a equipa de Domingos obrigou Roberto à defesa da noite, na sequência de um pontapé forte de Elderson. Refira-se, a única vez, durante os primeiros 45 minutos que os arsenalistas chegaram com perigo à baliza “encarnada”.

No segundo tempo mais do mesmo. O Sporting de Braga recolhido ao seu meio-campo e o Benfica a pressionar. Com três minutos na segunda parte, Carlos Martins voltou a contribuir para o duelo com Felipe, mas atirou por cima. Aos 53 minutos o Benfica teve uma grande oportunidade para marcar e abrir as contas no Estádio da Luz. Maxi Pereira centrou no flanco direito, Kardec ganhou nas alturas à dupla de centrais bracarenses e Saviola sozinho dentro da área atirou por cima. Infelicidade do argentino.

O anti-jogo do Sp. Braga era cada vez mais notório. Os jogadores aproveitavam todos os segundos para cair, ou para não permitir livres marcados rapidamente e o maior exemplo disso foi a eternidade que Vandinho levou a ser assistido e a ser substituído… tudo isto sob o olhar complacente de Duarte Gomes.

Com 72 minutos jogados, o duelo da partida teve um justo vencedor: Carlos Martins fez um golo espectacular. Javier Saviola centrou para o segundo poste e depois de receber com o pé direito, o médio português utilizou o esquerdo para “fuzilar” Felipe e dar justiça ao resultado.

Os minhotos foram obrigados a abrir o jogo, mas a agressividade manteve-se. Que o diga Nico Gaitán, depois de uma entrada muito dura de Moisés. Não se percebe se o defesa bracarense confundiu a meia vermelha do argentino com o Mar Vermelho…

O árbitro Duarte Gomes concedeu seis minutos de tempo extra e Fábio Coentrão ainda teve uma grande oportunidade para fazer o segundo tento dos campeões nacionais, ao aparecer isolado. O remate acabou por sair ao lado da baliza.

No final da partida, o 1-0 é um resultado justo, mas há a lamentar a atitude defensiva da equipa de Domingos Paciência. O Sport Lisboa e Benfica somou a terceira vitória consecutiva na Liga portuguesa.

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, apresentou o seguinte onze: Roberto, Maxi Pereira, David Luiz, Luisão, Fábio Coentrão, Javi Garcia, Carlos Martins, Gaitán (César Peixoto 86’), Aimar, Saviola (Salvio 75’) e Kardec (Weldon 89’).

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 10:07

Outubro 04 2010

Os campeões nacionais alcançaram o objectivo ao derrotarem o Sp. Braga na Luz. Contudo, para iniciarem a recuperação, os encarnados aguardam pelo primeiro desaire do FC Porto que defronta hoje o V. Guimarães.

Aimar, que regressou ontem à titularidade, destaca os três pontos alcançados mas lembra que o Benfica não depende só de si: “Esperamos que o FC Porto escorregue. O principal é preocuparmo-nos com o nosso trabalho, mas como começámos mal estamos a depender dos outros. O Sp. Braga é sempre um oponente muito complicado, pois tem grandes jogadores. De qualquer forma procurámos sempre a vitória e até por números mais expressivo. Contudo, no cômputo geral, penso que o resultado se aceita.”

A série de três vitórias na Liga vai ser agora interrompida por mais uma paragem para os jogos das selecções. Questionado sobre os efeitos da paragem no conjunto da Luz, o internacional argentino, de 30 anos, mostra-se indeciso: “Pode ser bom para trabalharmos, mas não sei analisar se é positivo ou negativo para o Benfica. Tudo depende da forma como nos voltarmos a apresentar. Creio que é uma oportunidade para corrigir alguns erros que temos vindo a cometer neste início de temporada.”

Na conferência de imprensa que antecedeu a partida, o treinador dos minhotos mostrou-se convicto em deixar Lisboa com uma vitória. Por vezes os jogadores motivam-se com esta guerra de palavras que antecede os desafios, mas El Mago assegura que as declarações de Domingos Paciência não interferiram com o plantel encarnado. “Penso que as suas afirmações são normais. É perfeitamente natural que expresse o desejo de ter mais cinco pontos que o Benfica, pois é esse o interesse da sua equipa. Vontade de vencer é uma coisa que todos têm”, sublinha antes de elogiar o adversário: “O Sp. Braga é uma grande equipa e um dos nossos rivais directos.”

Para terminar, o sul-americano deixa uma mensagem: “Pode parecer que dizemos sempre o mesmo, mas para uma equipa grande como o Benfica todos os pontos são cruciais. Não há jogo que não tenhamos de ganhar.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:40

Outubro 04 2010

From: Domingos Amaral

To: Paulo Bento

Caro Paulo Bento

Como treinador, a tua sina parece ser a das missões impossíveis. No Sporting, trabalhaste quatro longos anos num clube sem cacau, e mesmo assim ainda conseguiste ganhar duas Taças de Portugal e duas Supertaças (o que, diga-se de passagem, são mais troféus do que Carlos Queiroz ganhou na sua carreira a treinar seniores). No último ano, e apesar da famosa promessa do recém-eleito presidente Bettencourt – “Paulo Bento forever” – duraste poucos meses, e logo que saíste, num milagre inexplicável, o dinheiro apareceu e o Sporting desatou a gastar o que nunca tivera enquanto lá estavas.

Agora, com a Selecção, aparece a “Missão impossível 2” da tua vida. Depois do desastre Queiroz, depois de um miserável empate contra o Chipre e de uma miserável derrota na Noruega, pedem-te que ganhes seis jogos de rajada, entre eles dois com a Dinamarca, contra quem Portugal perdeu e empatou a caminho do Mundial.

É evidente que isto é sina. Contudo, o que me parece notável em ti é que manténs viva a crença, a vontade de desafiar o fado, a motivação para alterar as circunstâncias, e isso já é muito bom para começar. Rommel dizia que, mais importante do que a vontade de ganhar batalhas era a gasolina para os tanques. Mas, o futebol não é bem uma guerra militar, e para unir os jogadores e o público as palavras contam muito. Se conseguires, como Scolari, criar um grupo de homens à tua volta disposto a tudo, talvez o impossível se torne possível.

publicado por Benfica 73 às 09:36

Outubro 04 2010

publicado por Benfica 73 às 08:41
Tags:

Outubro 04 2010

O Benfica venceu o Sp. Braga e já é segundo classificado na Liga. Jorge Jesus, treinador das águias, destacou a importância da vitória, mas realçou o papel dos jogadores nesta conquista.

 

«Os jogadores foram muito inteligentes em relação ao conhecimento da equipa do Sp. Braga e dos momentos decisivos do jogo. Nunca entrámos em ansiedade e também há jogadores que estão a aparecer. O Gaitán, por exemplo, já demonstrou mais valor, mais jogo e todo aquele talento que conheci antes de vir para o Benfica», disse Jesus na entrevista rápida na SportTV.

O treinador do Benfica admitiu que este era um jogo muito importante para a sua equipa: «Era importante vencer aqui o jogo com um rival directo que tinha dois pontos de avanço. Foi um grande jogo de ambas as equipas, com o Benfica a ser sempre mais equipa, sempre à procura do golo», disse

Jorge Jesus destacou também o facto de «Kardec estar a aparecer», considerando que o avançado brasileiro «também fez bom jogo depois do tempo que esteve parado».

O técnico das águias fez as contas e considerou que está a ganhar a todos os níveis: «Estamos a ganhar jogadores, pontos e temos uma classificação melhor. Isso vai ser importante para fazermos segunda volta melhor que a primeira, porque tem de ser».

Jorge Jesus destacou a qualidade do Sp. Braga e explicou que, em sua opinião, o adversário não está ainda afastado do título: «Fica a 10 pontos do primeiro classificado, mas há ainda muito campeonato».

Projectando a situação do Benfica, Jesus simplificou: «Compete-nos chegar rapidamente à segunda posição e depois estarmos sempre atentos ao que o adversário possa fazer. Pensar nos outros e depois não ganhar não vale a pena».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:12

Outubro 04 2010

«Era um jogo importante, com um adversário directo. Tivemos o jogo sempre controlado e podíamos ter marcado mais um ou dois, mas o 1-0 chega e os três pontos é que contam», começou por dizer Martins na flash-interview da SportTV.

Para o número 17 das águias, a equipa deu esta noite provas de estar no bom caminho: «Estamos de parabéns e mostrámos que estamos a crescer».

O médio goleador, explicou que apesar de ser destro, tenta «cutar com o pé esquerdo» sempre que a bola vai para o lado esquerdo e destacou o passe feito por Saviola no lance do golo.

Confrontado com as palavras de Domingos Paciência, que antes do jogo disse que o Sp. Braga iria ganhar na Luz e deixar o Benfica a cinco pontos, Carlos Martins cortou a conversa: «Pensamos só em nós. Sabíamos que era um jogo importante contra uma grande equipa, bem orientada e com grandes jogadores»

Perto do regresso à Selecção, Carlos Martins deixou bem claro que ultrapassou já os problemas que no passado teve com Paulo Bento, novo seleccionador nacional. «Sempre estive disponível para representar a Selecção. É motivo de grande orgulho e Vou com intuito de estar às ordens do mister. Se for chamado vou tentar corresponder. Como disse o seleccionador, o interesse do País sobrepõe-se a qualquer conflito».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:06

BENFICA 73
contador grátis
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...