Setembro 29 2010

"Sabíamos que era difícil, que iriam jogar no nosso erro. Fizemos um bom jogo, apenas manchado por duas falhas fatais. Mas foi uma partida em que a equipa demonstrou grande espírito e não merecíamos perder mas o futebol é assim".

 

"São momentos do jogo, em que toda a gente falha. Não digo isto para culpar ninguém, porque quando há uma falha esta é da equipa. Há que salientar a entrega e empenho dos jogadores".

 

"Agora resta-nos continuar a fazer o que fazemos sempre: entrar para vencer nos outros jogos. Sabemos que não jogamos sozinhos mas vamos dar tudo para vencer".

publicado por Benfica 73 às 23:56

Setembro 29 2010

O Sport Lisboa e Benfica perdeu esta quarta-feira frente ao Schalke 04 por 2-0, na segunda jornada do Grupo B da Liga dos Campeões. Os “encarnados” realizaram uma boa exibição, mas os alemães foram mais felizes.

Os jogadores do Sport Lisboa e Benfica marcaram presença muito cedo. No primeiro minuto, Cardozo apareceu em boa posição dentro da área, mas deixou-se antecipar. Assistiu-se a uma entrada autoritária em campo, com uma pressão muito alta, a não deixar os alemães saírem a jogar tranquilamente. O posicionamento dos “encarnados” obrigou o Schalke a encostar atrás.

Aos seis minutos, a equipa de Jorge Jesus criou muito perigo em dois cantos consecutivos. Primeiro com Luisão a aparecer no primeiro poste e a obrigar Neuer a defesa por instinto e no segundo, Carlos Martins colocou a bola no poste mais longínquo, criando dificuldades para o guardião alemão.

Na resposta o Schalke até conseguiu colocar a bola na baliza de Roberto, mas o lance já estava interrompido por fora-de-jogo. Boa decisão do árbitro italiano Gianluca Rocchi.

Aos 13 minutos surgiu a melhor oportunidade da partida até então. Saviola apareceu sozinho no segundo poste e não marcou por centímetros. Este remate do argentino congelou a Arena de Gelsenkirchen.

Com o passar dos minutos, a equipa de Felix Magath conseguiu “sacudir” a pressão do Benfica, mas os campeões nacionais tiveram sempre um maior ascendente ofensivo. Era notório o “pânico” dos alemães, sempre que os comandados de Jorge Jesus partiam para a frente, tanto em ataque organizado, como em contra-ataque.

Aos 40 minutos, Roberto foi gigante! Grande jogada de entendimento entre Jurado e Raúl, com o ex-jogador do Real Madrid a atirar ao poste e na recarga Roberto fez a defesa da noite a Rakitic. Uma defesa de grau muito elevado a demonstrar toda a qualidade do guardião do Benfica.

Ao intervalo era justo afirmar que o Benfica esteve por cima e que realizou uma exibição conseguida e muito adulta. Ficou, apenas, a faltar a cereja no topo do bolo.

Para o segundo tempo, Jorge Jesus apostou em Salvio para o lugar de Gaitán e cedo se viu que o argentino queria mostrar serviço. Nos primeiros minutos esteve em bons lances de ataque, demonstrando que a equipa queria manter a mesma postura dos primeiros 45 minutos.

Os primeiros vinte minutos trouxeram um jogo ligeiramente diferente a nível táctico. Ambos os meios-campos deram mais espaço e os jogadores deste sector não marcaram os adversários tão em cima como na primeira parte, o que deu azo a diversas jogadas rápidas pelos flancos. Com esta atitude, a partida ficou mais rápida e intensa e qualquer erro do sector defensivo podia ser fatal.

Aos 73 minutos o Schalke chegou ao golo. Contra a corrente de jogo, e na sequência de um centro do flanco esquerdo, Farfán recebeu a bola no segundo poste e inaugurou o marcador. Volvidos três minutos, Fábio Coentrão apareceu com perigo na esquerda, mas Kardec e Salvio não conseguiram responder ao centro do número 18 do Benfica.

Quando faltavam cinco minutos para o apito final, o Schalke fez o segundo golo por intermédio de Huntelaar, numa jogada de contra-ataque.

Esta derrota não belisca as aspirações do Benfica, em chegar aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na próxima jornada, os campeões nacionais deslocam-se ao Stade de Gerlain para defrontar o Olympique Lyon, no dia 20 de Outubro.

O Sport Lisboa e Benfica apresentou o seguinte onze: Roberto, Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, César Peixoto, Javi García, Gaitán (Salvio 45’), Carlos Martins, César Peixoto, Saviola (Aimar 62’) e Cardozo (Alan Kardec 70’).
Texto: Frederico da Costa Branco

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 23:47

Setembro 29 2010

No mesmo dia e à mesma hora em que o Benfica, jogando em casa, voltava à Champions e às vitórias das noites europeias na Luz, Olegário Benquerença assinava em Manchester mais uma prestação “desastrada”, lardeando “má forma e vista grossa”, para usar palavras do jornal “O Jogo”. Que quer isto dizer? Quer dizer que o Benfica, que está por direito na Champions, ganhou porque finalmente não teve que jogar contra 14, como tem acontecido na Liga portuguesa. E que Benquerença provou que se tivesse que disputar um torneio de apuramento pela competência jamais mereceria chegar à Champions e a Manchester.

Mas falemos do Benfica e do regresso do “Glorioso” ao lugar de que tem sido arredado por forças opacas que intervêm no futebol. Sir Alex Ferguson disse uma vez que em Portugal certo clube comprava campeonatos. Desde então houve uma novidade. Passaram também a comprar-se segundos e terceiros lugares. E um dos objectivos tem consistido em afastar o Benfica da competição em que o “Glorioso” fez história e que hoje rende bom pecúlio e uma montra aos participantes.

Mas eis o Benfica de volta à Liga dos Campeões, marcando regresso com uma vitória e com uma exibição que, ainda sem deslumbrar, teve pormenores de elevado empenho, concentração e até mesmo momentos de magia. E a esses momentos ficou associado o nome de Pablo Aimar. Que sorte a do Benfica, que tem um jogador de génio que não foi chamado ao Mundial! O canto atrasado para Carlos Martins, que culminou no fantástico remate para golo de Luisão, como o slalom a rasgar toda a defesa do adversário, foram momentos para uma antologia do futebol.

Isto vai. Assim o Benfica possa jogar.

publicado por Benfica 73 às 16:23

Setembro 29 2010

O Benfica é o primeiro grande a entrar em acção, recebendo o Sp. Braga na Luz, no próximo domingo. O pontapé de saída está marcado para as 20.15 horas.

Nomeações para a 7.ª jornada da Liga:
Sexta-feira
U. Leiria-Académica, Elmano Santos (Madeira)
Sábado
Olhanense-V. Setúbal, Cosme Machado (Braga)
Domingo
Nacional-Portimonense, André Gralha (Santarém)
Rio Ave-Marítimo, João Ferreira (Setúbal)
Naval-P. Ferreira, Rui Silva (Vila Real)
Benfica-Sp. Braga, Duarte Gomes (Lisboa)
Segunda-feira
Beira-Mar-Sporting, Paulo Baptista (Portalegre)
V. Guimarães-FC Porto, Carlos Xistra (Castelo Branco)

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 15:59

Setembro 29 2010

O Benfica vai ter hoje, nas bancadas do Arena AufSchalke, um espectador muito especial: Petit, que aos 34 anos, joga no Colónia e está a «apenas 50 minutos» do palco europeu da águia.

«Sim, sim, estou a pensar ir ver o jogo ao estádio, como benfiquista e como português, é claro! Rever amigos!», exclamou o médio, que representou os encarnados de 2002/03 a 2007/08, período em que conquistou o Campeonato Nacional (2004/05), usou a braçadeira de capitão e mereceu o carinho e admiração dos adeptos, pela qualidade e sobretudo pela personalidade combativa, que colocava em cada partida.

«O Benfica vai precisar estar muito atento... Na Bundesliga todas as equipas são perigosas. Sei que em Portugal não vêem muito os nossos jogos, mas o campeonato é muito competitivo», alertou o português, disparando uma breve análise à forma de jogar do Schalke 04. «Têm um ataque muito forte, muito rápido e com jogadores que podem resolver jogos a qualquer instante», garante, apesar da má época dos alemães, que lhes vale o penúltimo lugar na Liga, com mais um ponto (4) que o último, o Estugarda.

«É verdade que não têm estado bem... o Raúl, por exemplo, está a adaptar-se a uma forma de jogar muito diferente da que tem o Real Madrid. O Schalke, quando perde a bola, concentra a equipa a meio-campo e joga muito no erro do adversário, fica à espera e o Raúl muito sozinho, lá na frente. Mas é preciso, sempre, muito cuidado com ele!»

«Um estádio sempre cheio, um ambiente muito intenso». É isto que o Benfica pode esperar hoje no estádio, assegura sem dramas. Pois, afinal, «ambientes fortes não é nada a que o Benfica já não esteja habituado». Apesar de temer, pelo lado do Schalke, o que possam fazer jogadores de inegável qualidade, como Huntelaar ou Raúl, Petit aposta na vitória do Benfica. «Espero que ganhem! Têm qualidade para isso. É verdade que perderam bons jogadores, o Di María e o Ramires, sobretudo esses dois; e também é verdade que começaram mal a época, mas isto é Champions, é diferente...»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:14

Setembro 29 2010

Fábio Coentrão prolongou o vínculo contratual com o Benfica por mais uma temporada, mas a intenção dos encarnados em aumentar o valor da cláusula de rescisão do internacional português saiu frustrada por vontade do próprio atleta. Ao que Record apurou, a SAD benfiquista tencionava elevar em 10 milhões de euros o valor da “blindagem”, passando de 30 para 40 milhões de euros. O assédio que o jogador está a ser alvo no mercado e o aumentar do lote de interessados em consonância com as exibições cada vez mais preponderantes justifica a alteração no contrato. Contudo, o jogador manifestou-se indisponível para aumentar ainda mais uma verba que já considera “elevada” e assim dificultar ainda mais uma eventual transferência para um clube de outra dimensão e com outro poder económico. Ao olhar para as recentes saídas abaixo das cláusulas de Ramires e Di María, bem como a dificuldade que David Luiz (50 milhões) e Cardozo (60 milhões) vão sentir para sair da Luz originou que o valor de Coentrão se mantivesse nos 30 milhões.

Desta forma, a revisão contratual baseou-se apenas num aumento salarial significativo e a extensão por mais um ano da duração do contrato. Da parte da SAD encarnada existe também a clara convicção de que Fábio Coentrão só sai da Luz pelos 30 milhões de euros, não sendo possível baixar este valor, ao contrário do que sucedeu em casos recentes.

publicado por Benfica 73 às 09:12

Setembro 29 2010

Maxi Pereira é uma das prioridades da SAD encarnada nos próximos tempos, mas apenas como recompensa ao jogador, de quem os encarnados não têm a totalidade do passe. Ao que foi possível apurar, está colocada de parte a possibilidade de comprar os restantes 30% que estão na posse do empresário Paco Casal, persona non grata na Luz desde que desviou Cristian Rodríguez para o FC Porto.

Os responsáveis encarnados entendem que não há necessidade de proceder à compra da restante parte do passe, até porque dificilmente o lateral sul-americano terá um valor de mercado capaz de fazer com que chegue uma proposta tentadora à Luz. A intenção é ter o usufruto desportivo que tanto tem agradado no emblema encarnado e esse não está em causa com a percentagem do passe detida.

Assim sendo, Maxi irá ver premiado o empenho com um aumento salarial e a duração do contrato também deverá sofrer alterações, estando em análise se a prorrogação será feita por 1 ou 2 temporadas.

Maxi Pereira tem sido aposta forte quer de técnicos quer de dirigentes na Luz. Chegou em 2007 pela mão de José Antonio Camacho e depois de alguns jogos a médio-direito fixou-se como lateral na equipa encarnada, o que fez com que também ganhasse a titularidade na selecção uruguaia. A personalidade discreta é apreciada pelos dirigentes benfiquistas que, inclusive, o colocaram como um dos capitães de equipa logo a seguir a Nuno Gomes, Luisão e David Luiz.

Aos 28 anos, Maxi prepara-se para continuar na Luz por mais alguns anos, tendo o jogador manifestado aos dirigentes a sua vontade de continuar de águia ao peito, apesar de convites que recebeu muito tentadores no plano salarial.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:09

Setembro 29 2010

Felipe Menezes ainda não teve oportunidades de jogar esta temporada mas está entre os 21 convocados que Jorge Jesus trouxe para a Alemanha, com vista ao jogo desta noite com o Schalke 04. Mesmo tendo sido pouco utilizado na época passada e com a concorrência que enfrenta este ano na intermediária, Jorge Jesus recusou ceder o médio contratado no verão passado ao Góias.

Segundo o nosso jornal apurou, o jogador canarinho tinha várias propostas em carteira no último defeso, de modo a jogar com mais frequência. O maior número de convites chegou do Brasil, onde o jogador continua a ter muito mercado, mas as abordagens mais concretas para uma cedência a título de empréstimo apareceram de Fulham e Bolton, equipas da Premier League inglesa que pretendiam contar com Menezes esta época. A SAD benfiquista viu com bons olhos a possibilidade do jovem jogador actuar com maior regularidade num campeonato competitivo, mas Jorge Jesus vetou o empréstimo, afirmando que necessitava do contributo de Felipe Menezes para esta temporada. Os dirigentes atenderam, obviamente, à vontade do técnico.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:06

Setembro 29 2010

O Benfica pode fazer história esta noite ao vencer pela primeira vez em 106 anos de história em solo germânico. Os encarnados nunca derrotaram uma equipa alemã no seu reduto mas o que está efectivamente a preocupar Jesus não é o passado mas sim o poderio aéreo do adversário desta noite.

A preocupação com mais de metade da equipa alemã ter próximo de 1,90m de média de altura, pode levar o técnico benfiquista a optar por um sistema próximo daquele que utilizou frente ao Everton, em Liverpool, na época passada.

Assim sendo, a principal novidade deve residir no reforço do meio-campo, com a entrada de Airton, formando duplo pivô com Javi García. Com a equipa assente num 4x2x3x1, a Carlos Martis deverá ser confiada a ala direita e a Fábio Coentrão a esquerda, enquanto Saviola recua ligeiramente para 10, tal como aconteceu em Goodison Park. Neste cenário, a torre Cardozo mantém-se na frente. Já a defesa deve permanecer intocável, com César Peixoto no flanco esquerdo.

Esta é uma possibilidade de modo a combater pelo ar e também porque Aimar ainda não está nas condições físicas ideais. Resta saber que decisão tomará Jorge Jesus até à hora do encontro com o penúltimo classificado da liga alemã.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:04

Setembro 29 2010

Cinco anos depois, o Benfica está de regresso às competições europeias. Mas, para já, tem de ultrapassar uma qualificação de modo a ter acesso à fase regular da EuroChallenge, competição sob a égide da FIBA. O Ferro-ZNTU (Ucrânia) é o adversário dos bicampeões nacionais em duas mãos.
Da última vez que a equipa da Luz esteve nestas andanças, em 2004/05, saiu vergada a 10 derrotas na EuroCup.
O presente é completamente diferente e a hegemonia das águias na Liga portuguesa (bicampeões) legitima o regresso aos contactos internacionais, mesmo que a porta de entrada seja a última escada - a EuroLiga e a EuroCup reúnem os melhores emblemas do Velho Continente. E com a obrigação de fazer dois jogos prévios.
O Ferro ZNTU foi terceiro classificado da Superliga da Ucrânia, após ter cumprido a fase regular no segundo posto. Perdeu dois dos seus jogadores mais importantes (o base Steve Burtt e o extremo Charles Thomas), mas o seu poderio económico facilmente pode recolocar peças de tão boa ou melhor qualidade. O basquetebolista mais conhecido desta equipa da cidade de Zaporozhye é o norte-americano Christian Burns, que há duas temporadas representou o FC Porto. Na primeira jornada do seu campeonato, o Ferro perdeu, em casa, com o BC Donetsk (70-91).
«É uma equipa forte, que não conhecemos muito, mas conhecemos alguns jogadores ucranianos que jogam lá e sabemos que têm grande nível. Também têm quatro americanos muito fortes, portanto vai ser uma tarefa muito complicada, embora ache que temos condições», anteviu Henrique Vieira em declarações à Benfica TV. «Lamentamos ter o Sérgio Ramos doente e o Diogo Carreira ausente por motivos de saúde, mas vamos ser dez e dar a melhor resposta. Tenho a certeza», expressou o técnico bicampeão nacional.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:00

Setembro 29 2010

A caminhada do Benfica em direcção à conquista da primeira Taça dos Campeões Europeus começou há precisamente 50 anos, o que não pode deixar hoje de servir como fonte de inspiração em Gelsenkirchen.

A 29 de Setembro de 1960 a equipa da Luz actuou em Edimburgo, diante do Hearts, a contar para a primeira mão da eliminatória inicial da prova. E entrou com o pé direito, vencendo o adversário escocês, por 2-1, tendo os golos benfiquistas pertencido a José Águas e José Augusto. Estava dado o pontapé de saída para uma fantástica campanha europeia em 1960/61.

A equipa dirigida pelo húngaro Bela Guttmann viria posteriormente a eliminar o Ujpest (2.ª elim.), o Aarhus (“quartos”), o Rapid (“meias”), batendo ainda o Barcelona (final), em Berna. José Águas foi o melhor marcador, tendo somado 11 remates certeiros. José Augusto finalizou a prova com 7 tentos.

Não satisfeito com a proeza, o Benfica repetiu a façanha na temporada seguinte, já com Eusébio a tempo inteiro (o Pantera não realizou qualquer partida na primeira vitória do Benfica nesta competição).

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 08:56

Setembro 29 2010

O director desportivo do Benfica foi multado pela Comissão Disciplinar da Liga em 750 euros, devido ao seu comportamento no decorrer do jogo do passado sábado, diante do Marítimo.

O comunicado divulgado pela Liga aponta infracção ao artigo 19.º do Regulamento de Competições, que diz respeito ao dever de «os dirigentes, delegados, jogadores, técnicos e funcionários manterem comportamento de urbanidade e correcção entre si, bem como para com os representantes da Liga e da FPF, os árbitros e árbitros assistentes».

Além de ter de pagar os 750 euros de multa, Rui Costa foi ainda alvo de advertência por parte do órgão da Liga.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 06:27

Setembro 29 2010

publicado por Benfica 73 às 06:18
Tags:

Setembro 29 2010

As regras existem para terem excepções, algo que o Benfica irá tentar provar esta noite em Gelsenkirchen, frente ao Schalke 04, em jogo da segunda jornada da Liga dos Campeões. Os encarnados irão jogar pela 18ª vez em casa de um adversário alemão nas provas europeias e tentar o que nunca conseguiram, nem nos tempos de Eusébio ou Chalana: vencer.

A maldição começou em 1961/62, época em que o clube da Luz conquistou a segunda Taça dos Campeões Europeus da sua história. A visita a Nuremberga terminou com uma derrota por 1-3, ultrapassada três semanas mais tarde em Lisboa com um triunfo por 6-0. Mas foi a primeira cena de um filme de terror que já dura há quase 50 anos. No total, o Benfica soma seis empates e 11 derrotas em solo germânico, algumas delas por números bem embaraçosos, como os 0-5 em Dortmund em 1963/64 e os 1-5 em Munique, em 1975/76. Os total de golos também é claramente desfavorável às águias: 15 marcados e 44 sofridos.

Curiosamente, a Alemanha tem sido um destino habitual em épocas recentes. O jogo com o Schalke é o quarto consecutivo em território germânico, depois de três visitas consecutivas na Taça UEFA/Liga Europa. Do mal o menos, pois as equipas de Camacho, Quique Flores e Jesus regressaram a Lisboa com empates. Algo que não seria de desdenhar esta noite.

As culpas mais óbvias são dos sempre temíveis adversários alemães, mas parece que o problema nem é só esse. E até quando o Benfica foi à Alemanha para defrontar uma equipa que nem era alemã se deu mal: a final da Taça dos Campeões Europeus de 1988, perdida no desempate por penáltis frente aos holandeses do PSV Eindhoven, foi disputada em... Estugarda.

Vamos lá a nova tentativa, a 18ª, para dar à regra aquilo que precisa: uma excepção.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 04:57

BENFICA 73
contador grátis
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...