Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Traição - João Malheiro no jornal O Benfica

01.07.10, Benfica 73

Toni recebeu um convite de Eriksson. São amigos, foram cúmplices de muitos momentos de glória no Benfica. O treinador sueco quis que Toni auxiliasse na observação dos adversários da Costa do Marfim no Mundial. Eriksson sabe o que faz, sabe o que quer. Toni sabe muito de futebol, sabe ter olho perspicaz para a função.

Colocava-se um problema, problema maior num País pejado de chagas menores. A Costa do Marfim era adversária de Portugal na fase inicial do certame da África do Sul. Toni, em tempo útil, até avisou Carlos Queiroz. Fê-lo e fê-lo bem. De resto, não consta que Toni fosse alguma vez convidado pela nossa Federação para desempenhar tarefas semelhantes, não obstante a sua reconhecida competência. Sabida a coisa, dispararam as críticas ao antigo treinador do nosso Clube. Valeu tudo e mais alguma coisa. Toni foi rotulado de espião, de anti-patriota, de mais uma série de disparates. Então o brasileiro Otto Glória não dirigiu a Selecção Nacional no Mundial de 66? Luiz Felipe Scolari não fez o mesmo recentemente? O próprio Carlos Queiroz não orientou, há tempos, a equipa nacional da África do Sul? O italiano Capello não é responsável pela formação inglesa? E onde é que nasceram Deco, Pepe ou Liedson?

Toni é um cidadão exemplar, Toni é um patriota convicto, Toni é um profissional competente, Toni ama o futebol como poucos. Toni tem todo o direito de fazer as opções que entender na sua carreira. Toni não traiu, jamais trairia o país pelo qual suspira. Os seus detractores, esses sim, traem o espírito da bola, traem os especialistas da bola, traem a própria bola.

Autor: João Malheiro

Rodrigo: «Espero definir o meu futuro até domingo»

01.07.10, Benfica 73

Rodrigo Moreno, avançado vinculado ao Real Madrid cuja contratação o Benfica tem praticamente acertada com os merengues, quer garantir a transferência até domingo. Nesse dia, o jogador vai integrar o estágio de preparação da seleção espanhola Sub-19 para o Campeonato da Europa da categoria, que terá lugar em França, entre 18 de 30 de julho.

Regressado a Madrid, depois de ter gozado um período de férias no Brasil, o avançado hispano-brasileiro, de 19 anos, garante: "Espero definir o meu futuro até domingo, Pretendo ir tranquilo para o Europeu."

O processo relacionado com a contratação de Rodrigo pelas águias decorreu paralelamente ao da transferência de Di María da Luz para Madrid. O negócio está quase fechado, mas o esquerdino ainda não o dá como terminado.

"Conheço o interesse do Benfica, mas não sei exatamente como está o processo", assinala o jovem, nascido no Rio de Janeiro, que se mostra entusiasmado com a perspetiva de representar o emblema da águia. "O Benfica é um grande clube, o campeão de Portugal. Deixa-me orgulhoso saber que uma grande equipa europeia tem seguido o meu trabalho."

Adaptação fácil
Rodrigo remete a decisão para os merengues. "O Real Madrid vai decidir o que é melhor para o clube e para mim", sublinha, frisando que nada pode adiantar "até que o acordo seja oficial". "Estou supertranquilo relativamente ao que possa acontecer", refere ainda.

O brasileiro naturalizado espanhol, que há um ano trocou o Celta Vigo pelo Real, garante, ainda, assim, que a adaptação a Portugal, caso se confirme a transferência, não será difícil. "Falo a mesma língua. E sei que em Portugal há uma grande colónia brasileira. Quando estava em Vigo, deslocava-me muitas vezes ao Porto e reparei que havia muitos restaurantes brasileiros", observa Rodrigo, realçando que jogar no Benfica ou no Real são duas possibilidades que o deixam "contente".

Fonte: Record

Cardozo pediu para marcar o último penalty

01.07.10, Benfica 73

O seleccionador do Paraguai, Gerardo Martino, revelou que Óscar Cardozo pediu para marcar o último penaltie frente ao Japão. O avançado do Benfica garante que não sentiu «qualquer pressão» na altura de converter a grande penalidade que garantiu o apuramento da “albirroja” para os quartos-de-final.

«Quando terminou o prolongamento, Cardozo veio ter comigo e pediu-me não apenas para marcar um penalty, mas especificamente para ser o quinto. Quando um jogador faz isto e depois converte a grande penalidade com a serenidade com que ele o fez, só podemos tirar-lhe o chapéu», disse o seleccionador paraguaio, lembrando que Takuara não é ainda um jogador preponderante na selecção como é no seu clube.

Em entrevista ao site oficial da FIFA, Cardozo voltou a frisar que apontou «o golo mais importante» da sua carreira: «Não tinha nada no pensamento. Não senti qualquer pressão. Foi como marcar uma grande penalidade num jogo na minha rua. É um momento alto para todos nós, a nossa selecção nunca atingiu nada assim.»

Fonte: A Bola

Jorge Jesus - «Seremos Bicampeões»

01.07.10, Benfica 73

 

"É difícil chegar ao topo e é difícil mantermo-nos lá. Vamos partir para a nova época, este ano, com a convicção de que seremos bicampeões!"

 

“É bonita a camisola e é bonito os jogadores. Tudo é bonito no Benfica. Está à altura das expectativas e das nossas convicções”, afirmou sobre o novo equipamento alternativo, que se mostrou confiante para a nova época: “De certeza que vamos ter mais um ano com muita magia. O Benfica vai ter novamente uma equipa forte.”

A saída de Di María foi anunciada na terça-feira, mas Jorge Jesus está plenamente confiante no jogador que vai ocupar a sua posição. “Já temos substituto para o Di María. É o Gaitán. O Di María já justificou e por isso vai para o Real Madrid. O Gaitán vai ter de provar todo o seu potencial e tudo aquilo que acredito nele. Por isso, fomos contratá-lo”.

Relativamente a Fábio Coentrão, o treinador não se mostrou surpreendido com as exibições do atleta no Mundial. “Foi aquilo que previ. Antes de começar o Campeonato do Mundo, disse num programa de televisão que o Fábio ia ser a revelação e que ia ser um dos melhores laterais do mundo. Cada vez mais tenho essa convicção e o Fábio demonstrou de facto que é um lateral-esquerdo com um nível muito alto”, afirmou Jorge Jesus, remetendo uma eventual saída do atleta para Luís Filipe Vieira: “Essa área pertence ao presidente, não passa por mim.”

«Queremos repetir a conquista do título!» - Nuno Gomes

01.07.10, Benfica 73


«Queremos repetir a conquista do título nacional. As expectativas são essas, é esse o objectivo. Este ano com responsabilidades acrescidas, pois somos os actuais campeões. Temos mais responsabilidade na luta pelo título nacional.
Os adeptos do Benfica habituaram-se, ao longo da História do clube, a serem vencedores. Seguramente que gostaram muito da época passada e estão contentes com aquilo que o clube fez. Espero que durante esta próxima época possam acompanhar a equipa como acompanharam o ano passado».

Pág. 30/30