Julho 23 2010

O jogo de apresentação do Benfica é já este sábado frente ao AS Mónaco. A partida tem início marcado para as 20h15, mas a apresentação individual dos atletas da equipa de futebol sénior vai começar uma hora antes do início do encontro. Por isso, venha o mais cedo possível para o Estádio da Luz, de forma a acompanhar a par e passo a festa dos campeões nacionais.

A abertura das portas vai acontecer duas horas antes do início do jogo com o AS Mónaco, ou seja, às 18h15. Para não perder nada da festa de apresentação, venha o mais cedo possível para o recinto do Maior Clube do Mundo.

Antes do início da partida, o CNID vai proceder à entrega dos prémios referentes às categorias de melhor treinador do ano (Jorge Jesus), de futebolista do ano (David Luiz) e de revelação do ano (Fábio Coentrão). Referir que o pontapé de saída vai ser dado por Emílio Augusto Andrade Júnior, um dos sócios mais antigos do Clube da Luz.

SL Benfica-AS Mónaco, dia 24 de Julho, Estádio da Luz:

18h15 – Abertura de portas

19h15 – Início da apresentação individual dos jogadores do plantel
- Final da apresentação com pirotecnia
- Actuação de Pacman no relvado

20h15 – Início do Benfica-Mónaco

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 20:23

Julho 23 2010

O central brasileiro David Luiz afirmou que a equipa do Benfica está em constante crescimento, com o objectivo de apresentar-se tão ou mais forte que na época passada, de forma a conseguir revalidar o título.

«As perspectivas são sempre as melhores possíveis. Estamos a crescer a nível físico, técnico e em termos de equipa. Ainda não temos connosco todos os nossos companheiros, mas estamos a tentar tornar o Benfica forte a cada dia que passa, tal como aconteceu na época passada», vincou David Luiz, em declarações à .

Em relação aos objectivos para a próxima época, o defesa destacou que o principal objectivo «é ser, sem dúvida, bicampeão». «O Benfica vai entrar em todas as competições para ser campeão e esses são os meus desejos. Temos um grupo muito feliz e conseguimos levar isso para dentro de campo. Estamos a fazer tudo com prazer e, portanto, estamos no bom caminho», reforçou.

Já sobre a apresentação oficial dos «encarnados» aos sócios e adeptos, frente ao Mónaco, no próximo sábado, o central sublinhou que a equipa quer «demonstrar um bom trabalho», mas também minimizou a importância do desafio, considerando que «é mais um passo» na preparação das águias para a época que se avizinha.

«[O Mónaco] é uma equipa de respeito no futebol europeu. “O Mónaco teve uma queda nos últimos anos, mas é uma equipa muito forte. Vamos ter que estar à altura para responder da melhor maneira», acrescentou.

publicado por Benfica 73 às 20:14

Julho 23 2010

O «capitão» do Benfica, Nuno Gomes, vincou que espera que o encontro com o Mónaco, referente à apresentação aos adeptos este sábado, seja um grande espectáculo de futebol e que os “encarnados” vençam, mas salienta que será, «acima de tudo, mais um jogo-treino».

«Espero que seja uma grande festa porque é um jogo de apresentação, já histórico, digamos assim, de todas as pré-épocas. Acima de tudo, será mais um jogo-treino para a nossa equipa estar o mais rapidamente possível em forma, mas queremos ganhar e dar essa alegria aos adeptos», atirou o avançado, em declarações à Benfica TV.

Nuno Gomes comentou o jogo da SuperTaça com o FC Porto, que considera ser «o primeiro grande objectivo do Benfica». O segundo é mesmo «revalidar o título». «O campeonato está à porta e, como é óbvio, temos enormes expectativas», reforçou.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:12

Julho 23 2010

A contratação de Eduardo pelo Génova e o interesse em Fucile por parte de um conjunto de emblemas importantes da Europa fazem prova de que as incidências do campeonato português não têm grande expressão nem marcam pontos no mercado internacional ao mais alto nível.

Eduardo fez uma época excelente na defesa das redes do Sporting de Braga e foi, sem dúvida, um dos maiores responsáveis pela inusitada classificação final da equipa de Domingos Paciência, vice-campeão nacional. Mas teve de esperar por outros palcos mais espampanantes, como os da África do Sul, com o mundo todo a ver, para se afirmar como um guarda-redes com valor no mercado e para poder dar o merecido salto para uma Liga com outro tipo de prestígio, andamento e exposição.

Fucile sendo um caso parecido é, no entanto, um caso inverso. Foi o belíssimo Mundial que fez ao serviço da selecção do seu país, o Uruguai, que chamou para si a atenção dos empresários e «despertou a cobiça pelo lateral-esquerdo do FC Porto de vários clubes europeus, como o Schalke 04», tal como referia ontem A BOLA. Que sorte teve Fucile em jogar numa liga invisível, como é a portuguesa!

Na última temporada, o uruguaio não foi particularmente feliz ao serviço do FC Porto e as suas prestações no jogo com o Arsenal, em Londres, para a Liga dos Campeões, e com o Benfica, no Algarve, na final da Taça da Liga, foram de tal modo desastradas que o próprio Jesualdo Ferreira se viu na obrigação de dar a Fucile um descanso forçado pelo bom senso para poupar ao julgamento impiedoso das bancadas do Dragão.

E assim se explica, também, a dificuldade que os clubes portugueses têm vindo a encontrar para colocar os seus mais valiosos activos nas grandes Ligas europeias e em fazer bater as respectivas cláusulas de rescisão. No caso de Di María, por exemplo, valeu ao Benfica o treinador do Real Madrid ser português e, nessa condição, ter sido um espectador relativamente atento da Liga interna de 2009/2010 onde o jovem orelhitas encantou desmedidamente a espaços.

Ainda que o brilho de Di María tenha sido intenso no percurso do Benfica até ao título, também não deixa de ser verdade que a sua produção não foi um exemplo de regularidade. E, também no seu caso, foi necessária a prova dos nove do Mundial da África do Sul, onde Di María foi cem por cento regular em termos de mediania, para o Real Madrid lutar pelo preço certo e não embarcar nos valores inicialmente pretendidos pelo Benfica.

Em termos de mercado, o Mundial funcionou como um palco regulador dos preços. Perante plateias de biliões de espectadores - … ou biliões de olheiros por conta própria – seria praticamente impossível vender gato por lebre ou comprar lebre por gato.

Faça-se justiça ao FC Porto que, com mérito e visão estratégica, assinou, em proveito próprio, o melhor negócio europeu deste defeso. E nem sequer precisou do Mundial para o fazer.

Incluído no negócio Moutinho, que tinha uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros, o FC Porto conseguiu levar o ex-capitão do Sporting por 11 milhões, pagando os restantes 29 milhões devidos com a venda de Nuno André Coelho à equipa de Costinha e de Bettencourt.

E não digam que não é obra vender Nuno André Coelho, um jogador invisível de um campeonato invisível, por 29 milhões de euros!

 

SEGUNDO o seu treinador, o Benfica ainda está «a quilómetros» do verdadeiro Benfica projectado por Jorge Jesus. Esse facto, aliás bastante visível do meio campo para trás, não impediu os campeões nacionais de conquistarem o primeiro troféu em que se viram envolvidos nesta pré-temporada.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Benfica ganhou o Torneio de Guimarães e, como toda a gente sabe, nesta fase de preparação, ganhar é sempre muito melhor do que perder, pelo ânimo que fornece internamente e pelo desânimo que pode provocar nos rivais directos. Ainda no ano passado, Paulo Bento explicou muito claramente, quando saiu do Sporting, que uma das maiores contrariedades com que se deparou na pré-temporada foi ter de gerir em Alvalade, perante os seus jogadores e perante os adeptos do clube, os efeitos psicologicamente devastadores da empolgante pré-temporada do Benfica.

Mas o que lá vai, lá vai, e este ano, para já, a música é outra. Os rivais do Benfica estão animados com as exibições de Roberto, guarda-redes do Benfica, do que estão desanimados com a conquista do primeiro troféu pelos encarnados e com as provas superiormente dadas em campo por Kardec, Gaitán, Airton e Jara.

No jogo de apresentação aos sócios, em Alvalade, contra o Lyon, tendo por referência o estado psicológico do espanhol Roberto nas redes do Benfica e para, por contraste, dar moral aos seus guarda-redes e satisfação aos adeptos, Paulo Sérgio confiou a baliza do Sporting aos três guarda-redes do plantel, dando a cada um a oportunidade de jogar 30 minutos.

Foi feliz Paulo Sérgio nesta sua decisão, porque o Sporting não sofreu golos e, assim, Rui Patrício, Tiago e o jovem brasileiro Victor Golas saíram com entraram, isto é, sem mancha!

Fosse Paulo Sérgio um treinador mais ousado e teria, certamente, colocado também em campo no jogo com o Lyon os três guarda-redes da equipa de juniores e outros quatro guarda-redes das equipas de juvenis. Num total de dez guarda-redes a dividir por 90 minutos, caberia a cada um jogar 9 minutos e as hipóteses de moralizar um vasto conjunto de guardiões seria, sem dúvida, muito maior.

 

Os dois argentinos que o Benfica foi buscar lá longe têm vindo a dar boas provas nesta fase da preparação. O que é, sem dúvida, uma boa notícia. Gaitán é um virtuoso com a bola e quando se adaptar à rispidez e à alta voltagem europeia poderá ser um elemento importante na equipa. Jara marca golos e enquanto o futebol se decidir com golos, a valia de um concretizador nunca será desvalorizada.

Em Guimarães, Jara foi o autor do quarto golo do Benfica, por sinal bem bonito e de difícil execução. Mas o que mais impressionou no quarto golo do Benfica de Jorge Jesus ao Vitória de Guimarães de Manuel Machado não foi, propriamente, a beleza artística do lance.

Foi o facto de, desta vez, Jorge Jesus, que nutre por Machado um desamor correspondido, ter-se coibido de mostrar os quatro dedos ao treinador que estava sentado, ou de pé, no banco do adversário. Fez bem Jorge Jesus em ter-se aguentado.

E que se guarde para a próxima.

Autor: Leonor Pinhão

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:03

Julho 23 2010

Brasileiro está há muito prometido ao futebol inglês. Benfica sabe desde o início que seria apenas uma ponte.

Desde o verão de 2009, quando se transferiu do Cruzeiro para o Benfica, que o internacional brasileiro Ramires tem guia de marcha para o futebol inglês. Esse era um dos pressupostos do negócio, que, recorde-se, envolveu parcial investimento do clube da Luz e o restante de investidores particulares, representados pelo conhecido empresário Kia Joorabchian, anglo-iraniano de 39 anos.

Na altura, Ramires só veio, aliás, para o Benfica por tão baixo preço (7,5 milhões de euros quando a sua cotação de mercado já parecia ir nos 15 milhões) pela intervenção daquele empresário e de um outro, Giuliano Bertolucci, ambos com excelentes relações com o presidente encarnado, Luís Filipe Vieira. Perder Ramires agora pode ser bom em termos financeiros, mas mau, muito mau, desportivamente. Jorge Jesus que o diga.

O Benfica é, desde o início, a ponte para Ramires chegar ao futebol inglês, para o qual está prometido há um ano. Podia transferir-se já este ano, no máximo em 2011. Ramires precisaria, porém, de ganhar maior número de internacionalizações pelo Brasil (tem agora 16) e mostrar a titularidade quase indiscutível num clube europeu para mais facilmente conquistar o work permit, autorização de trabalho, em Inglaterra, país no qual são muitas, e boas, as relações de Kia Joorabchian.

Não admira, portanto, que o jogador esteja muito perto de se transferir para o Chelsea (clube que leva vantagem sobre outros eventuais interessados, como Manchester City, na negociação com aquele empresário) por um valor bem acima do que custou há um ano. Ramires não é só um jogador interessante do ponto de vista das suas características; é muito jovem (23 anos) e tem à sua frente muitos anos de selecção do Brasil. Vale muito bem os 25 milhões de que se fala.

O Benfica tem sempre uma palavra a dizer no negócio, mas não pode, porém, impedi-lo, de acordo com o estabelecido há um ano, quando garantiu os direitos sobre o jogador com um investimento mínimo (o jogador custou 7,5 milhões de euros, mas a grande parte do investimento, tipo empréstimo bancário, foi assegurado pelos investidores particulares).

Desde o princípio que os encarnados sabem que só naquelas condições contariam, naquele momento, com um jogador da qualidade de Ramires. Mais: sabiam que teriam retorno desportivo (pelo menos por um ano, como tiveram) e financeiro (como vão acabar por ter).

Claro que não cai bem perder Ramires. Nem agora, nem nunca. Muito menos numa altura em que Jorge Jesus organiza a sua equipa a contar com o médio internacional brasileiro.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:58

Julho 23 2010

O futuro de Shaffer pode ficar definido no próximo fim-de-semana. O Rosario Central está interessado em contar com o argentino, de 24 anos, e já ofereceu ao Benfica cerca de 190 mil euros pelo empréstimo do jogador, válido pelo período de um ano.

Entre o atleta e o emblema sul-americano está tudo acertado. Aliás, o lateral-esquerdo já manifestou a vontade de prosseguir a carreira no seu país natal, depois de ter sido dispensado por Jorge Jesus, que nunca se mostrou convencido pelo potencial do jogador contratado ao Racing por 1,5 milhões de euros.

Segundo foi possível apurar, o principal obstáculo para a conclusão das negociações prende-se com uma divergência que existe entre o Benfica e o Rosario Central, originado pela transferência de Di María. As relações entre os dois clubes ficaram afetadas e podem dificultar ou fazer abortar o negócio.

Na América do Sul, por outro lado, só se aguarda a resposta do Benfica para oficializar o vínculo. Depois de ter representado o Banfield nos últimos seis meses, Shaffer não se mostra muito entusiasmado em regressar ao futebol europeu, onde já mostrou problemas de adaptação em duas ocasiões.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 08:55

Julho 23 2010

publicado por Benfica 73 às 08:42
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...