Abril 27 2010

 

O Benfica sagrou-se campeão europeu de futsal, houve depois uma festa imensa, conseguiu dormir?

Pouco.

Pela emoção ou por falta de tempo?

Por tudo. Pelos festejos, pela emoção… por tudo. Estou a desfrutar mais agora do que nas horas que se seguiram ao final do jogo. Só agora tenho a noção exacta do que fizemos.

O que significaram aquelas lágrimas no final do jogo?

Não sei explicar, foi um repente. Deve ter sido também da emoção, do nervosismo, de ter perseguido muitas vezes este título e ter sido sempre contrariado pelo Interviú. Tive a sensação que foi uma final perfeita. Parece que nada acontece por acaso e esta final no Pavilhão Atlântico, com quase 10 mil pessoas, contra a melhor equipa do Mundo, foi incrível. Foi muito intenso, muito difícil, mas superámo-nos.

Entrar na história obrigou-o a chorar, a sofrer…

Só assim é que se consegue. Tinha dito antes da final four que não havia jogos fáceis. Ganhamos 8-4-ao Luparense, mas foi complicado. Com o Interviú só conseguimos vencer no prolongamento, apesar de achar que não foi justo esse tempo extra, que poderíamos ter vencido no tempo regulamentar. Mas também foi um prémio, não só para os ex-campeões, como para os milhares de pessoas que estavam nas bancadas.

Dizia-se que o Interviú não perde quando se consegue colocar em vantagem. Isso passou-lhe pela cabeça?

Tudo me passou pela cabeça… que se repetia o QUASE éramos campeões. Felizmente que desta vez quase que deu… para o Interviú. Senti na conferência de Imprensa que eles estavam com a estrela, mesmo durante o jogo parecia que a estrela de campeão era deles. Mas foi incrível como lhes conseguimos roubar essa estrela. Agora só espero que não seja tão difícil tirarem-nos essa estrela como foi para nós termos conseguido.

Já tinha sofrido tanto?

Sim. Nos jogos difíceis, mesmo que seja em Portugal também se sofre. Este tinha uma emoção diferente por tudo o que envolvia, por ser a possibilidade de conquistar uma taça da Europa pela primeira vez na história de Portugal, por jogarmos num pavilhão cheio, por nunca nenhuma modalidade ter movido tanta gente. Só isso.

Agora que já ganhou, teve noção do que prometeu no início de época, quando disse que chegara a hora de conquistar a Europa?

Sim. Ganhando o que já ganhámos internamente, olhando para estes jogadores que estiveram numa final de um Campeonato da Europa de selecções, não poderíamos exigir menos. Corríamos o risco de entrar no comodismo, no… ‘ah! Vamos ser campeões nacionais e isso basta’. Temos de querer sempre mais. Sabíamos que muito dificilmente teríamos uma oportunidade como esta, não só o treinador como também os jogadores. Se calhar o treinador é jovem e até pode voltar ao mesmo mas alguns deles não, sentiram que era o momento e agarraram-se à esperança com grandeza, com coração, com qualidade. Conseguiram! O trabalho é todo deles, o mérito é todo deles. São grandes campeões, têm uma grande alma.

Prometer de forma quase desabrida que conquistaria enquanto treinador o que não conseguiu como jogador não foi arriscado?

Uma vez, quando perdi um campeonato em Loures, disse no final do jogo com grande emoção que seria campeão dez anos seguidos. Disseram que era arrogância, falta de humildade. Pelo contrário, são objectivos que interiorizo, não é falta de respeito por ninguém… poderia ter dito que queria 20 ou 30. O certo é que três anos passados… ganhei três.

Já sentiu que vivemos mesmo num país onde o sucesso incomoda?

Claro que incomoda, mas temos de saber viver com isso. Fui crítico o ano passado, sou-o este ano e sê-lo-ei no próximo. Convivo bem com a crítica, só me incomoda quando é maldosa. Enquanto jogador foi aos inimigos que fui buscar motivação e assim continuará. Motivam-me. Nunca baixarei as minhas armas, o meu escudo. Continuem.

Qual o momento mais especial desta noite de glória?

Já tinha ligado à minha mãe e subi as escadas para receber a Taça. Quando voltei senti alguém a agarrar-me no braço, a puxar-me para o meio da multidão e quando levantei a cabeça vi a cara do meu pai e dos meus irmãos. Foi lindo.

Vai jogar com o Alpendorada 48 horas depois da final. Tinha de ser assim?

Não. Mas parece que falta sensibilidade às pessoas do futsal quando tanta gente diz que luta para ser modalidade melhor. Isto foi uma grande vitória do futsal português, não só do Benfica. Não sei qual é o objectivo, mas se é fragilizar-nos terá o efeito contrário. Vamos apresentar-nos na máxima força. Talvez isso tenha irritado estes campeões e não os queiram ver irritados…

Primeiro pensamento – O jogo acabou e pensei na minha mãe, no meu pai, nos meus oito irmãos. Dedico-lhes este título. A minha mãe chora sempre que me vê na TV. Só eles sabem a dificuldade que tive para chegar aqui…

Mais responsabilidade – Ganhei uma, quero a segunda, a terceira ou a quarta se for possível. Não tenham a mínima dúvida. Agora há a outra face da moeda, a responsabilidade. Para o ano o Benfica é candidato outra vez.

Descompressão – Não vou deixar. Não pensem que vamos deixar fugir o campeonato. Temos de continuar a lutar pelo melhor lugar na fase regular porque o principal objectivo é sempre o campeonato…

publicado por Benfica 73 às 12:01

Abril 27 2010

publicado por Benfica 73 às 08:41
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11




subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...