Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Benfica 3 -1 Paços de Ferreira

08.03.10, Benfica 73

 

Sabendo dos resultados dos nossos adversários, o Benfica não podia claudicar, era obrigatória uma vitória para reforçar a nossa liderança. Perante 43 mil espectadores, o Glorioso arrancou uma bela exibição, vencendo os castores por 3-1.

 

À semelhança do último jogo, Jorge Jesus manteve Airton no meio-campo e nos lugares de Ramires e Aimar jogaram Rúben Amorim e Carlos Martins.

 

Era importante entrar desde o primeiro minuto ao ataque, e foi isso mesmo que aconteceu. Aos 13 minutos o primeiro golo, jogada de muita insistência de Cardozo, a bola sobrou para a cabeça de Ruben Amorim que colocou a bola no fundo das redes. O Paços de Ferreira nem tempo teve para respirar, pois passados três minutos o Benfica voltava a marcar. Di Maria com um excelente passe desmarca Saviola, e este depois de tirar um defesa da frente rematou à baliza e estava feito o segundo da noite. Apesar da vantagem, o Benfica não desacelerou, continuou a criar oportunidades. No total foram seis oportunidades perdidas, duas por Di Maria, mais duas por Saviola e ainda outras duas por Cardozo. O golo do Paços surge em cima do intervalo, numa jogada em que a defesa do Benfica fica mal na fotografia.

 

Na segunda parte o Benfica volta a entrar muito forte, teve várias oportunidades. Rúben Amorim viu o seu remate ser defendido, Cardozo, isolado não conseguiu uma vez mais ultrapassar o guarda-redes do Paços e Di María a rematar à barra. Após tanta ameaça, finalmente, chega o golo da tranquilidade. Cardozo à entrada da área, remata, a bola ressalta num defesa do Paços e ainda bate na trave antes de entrar. Se o Paços de Ferreira sonhava em alcansar o empate, com o terceiro golo do Benfica perdeu todas as esperanças e em toda a segunda parte não foi capaz de rematar à baliza do Benfica. Até ao final do jogo, Cardozo podia ter feito o quarto golo. Contornou o guarda-redes e rematou já com um ângulo reduzido, mas a bola não entrou nas redes pacenses.

 

O destaque deste jogo vai naturalmente para Di Maria, está em grande forma, desiquilibra qualquer defesa. Boas exibições de Carlos Martins, Rúben Amorim e David Luiz. Começo a gostar de Airton, segundo jogo e segunda boa prestação e de registar que ainda não o vi falhar um passe.

 

Ao Benfica pedia-se uma vitória e toda a equipa correspondeu com uma bela exibição e a soma de mais três pontos. A jogar assim, seremos campeões, mas temos de manter este nível. Ainda não ganhamos nada.

 

Nota final para o arbitro, como é possível num jogo fácil de apitar, conseguir ser tão incompetente e parcial?. Simplesmente anedótico.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.