Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Jorge Jesus só venceu FC Porto por três vezes

21.09.11, Benfica 73

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, conta apenas três vitórias no seu histórico de confrontos com o FC Porto, em vésperas do 26.º embate, marcado para sexta-feira, no Dragão, para a sexta ronda da Liga Zon Sagres.

Em 22 anos de carreira como treinador - começou no Amora, em 1989 -, Jesus defrontou o FC Porto em 25 ocasiões, divididas por nove clubes diferentes, somando 17 derrotas, cinco empates e apenas três triunfos, todos alcançados ao serviço do Benfica.

Até chegar à Luz, em 2009, o melhor que o atual técnico dos encarnados conseguiu frente aos "azuis e brancos" foi somar cinco igualdades, ao serviço de Felgueiras (1995/96), Estrela da Amadora (1998/99), Moreirense (2004/2005), Belenenses (2007/2008) e Sporting de Braga (2008/2009).

O primeiro triunfo surgiu na Liga 2009/2010, quando o Benfica recebeu e venceu os dragões por 1-0, com um golo de Saviola, para, três meses depois, voltar a derrotar o FC Porto, na final da Taça da Liga (3-0), no Algarve.

A terceira e última vitória - única na casa dos dragões - aconteceu em fevereiro deste ano, um triunfo 2-0, no encontro da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal da temporada passada.

Apesar da vitória, a eliminatória acabaria por pender para o lado azul e branco, já, que dois meses depois, o FC Porto triunfou por 3-1 na partida da segunda mão, realizada no Estádio da Luz, e que lhe daria acesso à final do Jamor, em que goleou o Vitória de Guimarães (6-2).

Dos 12 encontros realizados no reduto dos portistas, Jorge Jesus conheceu o sabor da derrota em nove ocasiões, a primeira das quais em fevereiro de 1996, quando orientava o Felgueiras e foi ao antigo Estádio das Antas perder por 6-2.

A última aconteceu na época transata e será, possivelmente, a de pior memória para o treinador de 57 anos: à 10.ª jornada, o Benfica visitava o Dragão, depois de um início de época dececionante, e saia vergado a uma pesada derrota por 5-0, naquela que foi o maior triunfo na prova dos dragões sobre o rival lisboeta.

Além dos nove desaires e da solitária vitória na casa portista, o técnico das águias soma ainda dois empates, ao serviço de Belenenses (2007/2008) e Sporting de Braga (2008/2009).

Fonte: Record

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.