Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Shaffer, golo de 30 metros para mostrar a Jorge Jesus

14.09.11, Benfica 73

Defesa argentino estreou-se a marcar. Foi em Aveiro, remate imparável que deu a primeira vitória à equipa agora treinada por Vítor Pontes. À atenção do treinador do Benfica...
Nem um passo atrás, nem para ganhar impulso. Foi precisamente o que Shaffer fez, anteontem, em Aveiro, pontapé canhão, pontapé no destino deste argentino repetidamente proscrito na Luz, primeiro golo na carreira do lateral-esquerdo e logo num momento decisivo da vida do UD Leiria, amorfo, apático nas três jornadas anteriores. 
Até que... até que o defesa que Jorge Jesus teima em não querer decidiu ligar-se à corrente e disparar, sem balanço, uma bomba, a 30 metros da baliza de Rui Rego, selando a primeira vitória da equipa agora da marinha Grande. Foi um tiro na escuridão que Shaffer espera, anseia, lhe ilumine o caminho para a luz, para o Estádio da Luz. 
Pergunta-se, pois, se aquele remate electrizante que saiu do pé foi o de alguém que sente ter algo a provar. Shaffer responde. 
«Em momentos como aquele, não se pensa em mais nada, não há tempo para raciocinar. Tenta-se e pronto, pode ser que resulte. Tive sorte mas o meu remate estava carregado de fé. No entanto, sinceramente, importante não foi ter sido eu o marcador do golo da nossa primeira vitória, verdadeiramente importante foi o Leiria ter ganho, ter-se relançado numa altura particularmente delicada, quando já muita gente se começava a preparar para nos encomendar o funeral», sublinha o jogador, uma vez mais emprestado pelas águias, depois de passagem dolorosa pelo Rosario. 
«Estive quase cinco meses sem jogar. Não foi fácil estar tanto tempo parado...»

Fonte: A Bola