Agosto 03 2011

Transferência do guardião para um clube falido gerou contestação em Espanha. O Saragoça foi obrigado a explicar a origem dos 8,6 milhões de euros.

O dia seguinte à oficialização da transferência de Roberto do Benfica para o Saragoça, a troco de 8,6 milhões de euros, não foi de consagração para os espanhóis, que foram atacados de todas as frentes por causa dos valores envolvidos na transacção e atendendo a que se trata de um clube falido. 

A reacção dos credores do Saragoça e dos principais organismos do futebol espanhol foi de tal forma violenta que o antigo emblema de Pablo Aimar foi obrigado a fazer um comunicado em que procura justificar o investimento e afastar a ideia de que será da sua responsabilidade pagar o negócio.

Roberto chegou, pois, ao Saragoça com a ajuda de um fundo de investimento e do agente FIFA português Jorge Mendes, que conduziu o negócio e estará a colaborar com o emblema espanhol na construção do plantel. Esse fundo terá assumido o pagamento de uma parte dos 8,6 milhões e cedido os direitos desportivos do guardião ao Saragoça, que poderá utilizá-lo e lucrar com uma pequena percentagem em futura venda. Tudo isto está mais ou menos expresso no comunicado do Saragoça - e dizemos mais ou menos porque o clube nunca centraliza as explicações em Roberto, mesmo que seja o motivo dos esclarecimentos. 

Verbas relativas aos ordenados que Roberto teria de receber pelos restantes quatro anos de contrato que mantinha com o Benfica, assim como valores ainda não liquidados respeitantes à compra de Aimar ao Saragoça poderão, de acordo com os espanhóis, ter entrado também no bolo.

No país vizinho o negócio foi mal recebido por credores e organismos oficiais, uma vez que o Saragoça está falido e tem dívidas que ascendem a 110 milhões de euros. O clube está mesmo a ser gerido por administradores judiciais, responsáveis pelo controlo e renegociação dessa dívida. Mais: a Comissão Delegada da Liga Espanhola, grupo de clubes que engloba os pesos pesados do futebol espanhol, como Real Madrid e Barcelona, não vai, afinal, empenhar-se em resolver o problema do Saragoça em relação aos credores, tudo por causa da aquisição de Roberto. E o Corunha, que vendeu Lafita ao Saragoça por 1,5 milhões de euros, e ainda não recebeu, reclama inclusivamente a descida de divisão do Saragoça, que lhe possibilitaria o regresso ao principal campeonato de Espanha.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:11

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

BENFICA 73
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...