Fevereiro 01 2010

 

Eram esperadas algumas dificuldades perante este V. Guimarães, não fosse a única equipa que tinha vencido na Luz. De assinalar o centésimo jogo no Estádio da Luz para o campeonato nacional, e os 52616 espectadores que marcaram presença formando aquele tsunami que felizmente vai sendo habitual tanto na Luz como em qualquer estádio.


Com Fábio Coentrão a defesa esquerdo e Carlos Martins no lugar de Ramires, o Benfica entrou determinado em chegar cedo ao golo. Cardozo no primeiro minuto dispõe de uma boa situação após passe do Javi. O golo acabaria por chegar aos 17 minutos, Pablo Aimar aproveitou um ressalto de bola para fugir para a área contrária, isolado, não falhou diante Nilson. O golo acentuava a superioridade do Benfica, e quando marcamos cedo todos ficamos a pensar que o rolo compressor está à porta. À passagem da meia hora fomos surpreendidos num contra-ataque conduzido e finalizado por Nuno Assis, aproveitando assim para fazer o golo do empate, primeiro remate do Vitória na partida. O Benfica teve uma boa reacção ao golo, pressionando bastante o adversário e criando situações para voltar a marcar.

A segunda parte foi diferente, entramos novamente bem, aos cinco minutos Carlos Martins aproveitou para marcar, remate colocado a passe de Aimar na direita. Sete minutos depois aparece o terceiro golo, mais uma vez Carlos Martins, jogada de ataque do Benfica e espectacular remate, bastante longe, resultando num golaço para ver e rever. A esta altura o Vitória tentava jogar de igual para igual, e não fosse a expulsão de Carlos Martins (segundo amarelo por mão na bola), a esta hora falava-mos de mais uma goleada. Em desvantagem numérica o Vitória passou a ter mais posse de bola, mas pertenceu ao Benfica as duas oportunidades flagrantes para aumentar a vantagem. Cardozo isolado desde o meio campo após passe do Di María, falhando o golo de forma inacreditável (só visto porque contado ninguém acredita), permitindo a defesa a Nilson. E depois, outra vez Nilson, defesa fantástica a remate de Éder Luís, levando a bola ainda à trave.
O Carlos Martins mesmo com a expulsão foi melhor jogador do Benfica. No oposto, Tacuara Cardozo, lento nas decisões e muito individualista.

 

Quanto ao árbitro, a mesma merda de sempre, dualidade de critérios, penalty por assinalar, expulsões perdoadas e tudo contra o Glorioso. Novamente catorze não chegaram para travar este rolo compressor chamado BENFICA.

publicado por Benfica 73 às 04:26

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12

14
15
16
17
18

21
22
23
25
26



comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...