Julho 13 2010

O Benfica despediu-se da Suíça com vitória folgada (4-1) frente ao Aris Salónica. Águias saíram para o intervalo empatadas a um golo, voando para o triunfo com exibição convincente na etapa complementar.

Recorde aqui as incidências da partida

Terceiro jogo no estágio de pré-temporada, segunda vitória para o Benfica. Depois do triunfo (3-0) frente ao FC Monthey e da derrota (1-2) com o Sion, os encarnados impuseram-se à equipa grega do Aris mercê da prestação convincente na segunda parte.

Os primeiros 45 minutos não deixaram saudades. A defesa mostrou-se intranquila e Javi García foi uma unidade em sub-rendimento no meio-campo. Pablo Aimar e Saviola destacaram-se – Gaitán também o fez, a espaços -, emprestando alguma magia ao futebol encarnado.

E seria El Mago a inaugurar o marcador em Nyon – com alguma felicidade, é certo –, na transformação de um livre directo. A bola desviou na barreira e deixou Sifakis fora do lance. A igualdade surgiria poucos minutos depois, com um golo de Cesarec apontado em posição irregular.

O golo do empate animou a equipa helénica e Roberto foi chamado a intervir em duas ocasiões para evitar nova viagem ao fundo das redes. Primeiro, travando junto ao relvado remate “venenoso” de Calvo; depois, com saída rápida dos postes para frustrar a tentativa de “chapéu” de Nafti – entrou na área como faca quente em manteiga.

Na etapa complementar, tudo foi diferente. Para melhor para o Benfica – mais pressionante e dinâmico –, e para pior para o Aris – não teve argumentos para contrariar a subida de produção do adversário. Jorge Jesus lançou Airton no recomeço e o brasileiro exibiu-se bem melhor que Javi Garcia.

Saviola recolocou as águias na frente à passagem do minuto 52, concluindo lance de entendimento com Kardec. O brasileiro esteve em bom plano, mostrou que poderá ser opção no ataque e coroou a sua boa exibição com o terceiro golo das águias, na marcação de um livre directo tirado a papel químico do que valera o tento a Aimar.

A fechar, tempo para Franco Jara – entrara para o lugar de Saviola – fazer o gosto ao pé e fixar o marcador em 4-1.

Benfica: Roberto; Luís Filipe, Sidnei, David Luiz e César Peixoto; Javi Garcia (Airton, 46); Carlos Martins (Felipe Menezes, 61), Aimar (Fábio Faria, 75) e Gaitán; Saviola (Jara, 66) e Kardec (Weldon, 75)

Aris: Sifatikis; Darcy Neto (Vangeli, 62), Ronaldo (Oriol, 69), Lazaridis (Kouloucheris, 77) e Michel; Mehdi Nafti, Mendrinos (Georgios, 67), Koke e Calvo; Javito e Cesarec (Humberto Ruiz, 69).

Marcadores: 1-0, Aimar (17); 1-1, Cesarec (25); 2-1, Saviola (52); 3-1, Kardec (65); 4-1, Jara (84)

Resultado final: 4-1

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:59

BENFICA 73
contador grátis
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...