Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Do sucesso quase garantido à fase de... aprendizagem

05.06.11, Benfica 73

Rui Costa assumiu o cargo de director-desportivo e de administrador da SAD logo após terminar a carreira de futebolista e fê-lo com total poder e autonomia. Porém, após algum tempo, o presidente Luís Filipe Vieira entendeu que esta fórmula devia ser alterada, passando ele próprio a impor mais a sua liderança, situação que acabou por retirar algum destaque ao antigo Maestro, dedicado então sobretudo a um "processo de aprendizagem".

No momento da apresentação de Rui Costa, Vieira prometeu-lhe "total apoio e solidariedade", acreditando que o ex-10 era "a melhor garantia de um projecto desportivo sustentado". Ciente do seu poder e das enormes expectativas que o rodeavam, o director-desportivo não se poupou a esforços para fortalecer a equipa. Assumiu a escolha de Quique Flores para treinador e apostou em nomes fortes, como Aimar, que herdou a sua camisola. Porém, as coisas não correram bem, e Vieira, frustrado com a época 2008/09, decidiu então ser ele a escolher o novo técnico, optando por Jorge Jesus, que já estaria na Luz no ano anterior não fosse... Rui Costa (observação feita pelo presidente em entrevista), que entretanto ganhou destaque também pelas polémicas em que se viu envolvido, tendo mesmo sido suspenso - por três vezes - por injúrias e presença em zonas de acção a que estava proibido.

O presidente das águias explicou, já no ano passado, que o ex-jogador estava ainda "em fase de aprendizagem", pelo que só ficava a conhecer algumas decisões "a posteriori", retirando-lhe assim determinado espaço de intervenção no futebol, até à nova reformulação.

Fonte: O Jogo