Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Benfica joga qualificação na Eurochallenge

07.07.10, Benfica 73

O Benfica vai pagar a factura da ausência de equipas portuguesas masculinas das competições europeias nos últimos anos, não entrando na fase regular da Eurochallenge (prova em que teve direito a inscrever-se), nem sequer sendo cabeça-de-série na qualificação.

A selecção feita pela FIBA Europa tem em conta um ranking estabelecido pelas pontuações alcançadas pelos clubes de cada país nas provas além-fronteiras. Os campeões nacionais são, assim, obrigados a disputar uma eliminatória a duas mãos, frente a um adversário a conhecer no sorteio a realizar esta quinta-feira, em Barcelona (Espanha).

O opositor dos encarnados sairá de um pote onde constam 14 clubes cabeças-de-série desta fase — têm o benefício de disputarem a segunda partida no seu terreno. Okapi Aalstar (5.º na Liga da Bélgica), Keravnos Keo (4.º, Chipre), Sluc Nancy (5.º, França), Artland Dragons (9.º, Alemanha), Maccabi Haifa (5.º, Israel), CSU Asesoft Ploiesti (campeão da Roménia), Enisey Krasnoyarsk (9.º, Rússia), Triumph Lyubertsy (6.º, Rússia), Pinar Karsiyaka (6.º, Turquia), Trefl Sopot (4.º, Polónia), Ferro-ZNTU (3.º, Ucrânia) e BK Prostejov (2.º, República Checa) são os candidatos a defrontar o Benfica a 29 de Setembro, no Pavilhão Império Bonança, e a 6 de Outubro, no estrangeiro.

Tudo equipas com orçamentos superiores — ou muito superiores... — aos bicampeões nacionais e de campeonatos mais competitivos do que o português. A missão avizinha-se complicada.

Entretanto, os 14 apurados da fase de qualificação juntam-se a oito emblemas a relegar da Europa Cup e a outros 10 conjuntos, estes já conhecidos: Base Oostende (3.º, Bélgica), KK Zadar (2.º, Croácia), Tartu Rock (campeão da Estónia), BCM Gravelines (4.º, França), Telekom Baskets Bonn (5.º, Alemanha), Barak Netanya (4.º, Israel), BK Ventspils (4.º, Letónia), Lokomotiv Kuban (5.º, Rússia), KRKA (campeão da Eslovénia) e Turk Telekom (5.º, Turquia).

Fica, desta forma, completo o leque de 32 formações que vão participar na fase regular da Eurochallenge, que tem início agendado para 16 de Novembro próximo.

Estrangeiros? Não é uniforme...

Fica a curiosidade relativamente à utilização de jogadores estrangeiros ou comunitários na Eurochallenge. A FIBA Europa determina que os clubes respeitem apenas as normas em vigor nas respectivas ligas, pelo que nos jogos não haverá uniformidade entre os diversos participantes.

Apesar de a Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB) não ter regulamentação vigente sobre esta matéria – o que poderia abrir uma janela de inúmeras oportunidades... -, ao que tudo indica, o Benfica deverá apoiar-se, unicamente, em três atletas estrangeiros, conforme a regra oficiosa na Liga nacional, decorrente de um acordo de cavalheiros alcançado pelos dirigentes.

Fonte: A Bola