Julho 17 2015
Rui Vitória falou com cada um dos jogadores que deixou de fora da digressão à América do Norte. O treinador fez questão de explicar os motivos que o levaram a decidir desta forma, não deixando ninguém com dúvidas.A exceção, neste caso, é Ruben Amorim, médio que está dispensado dos trabalhos pela SAD de forma a encontrar um clube, decisão que estava tomada há muito tempo.

Os jogadores que agora não fazem parte da primeira escolha do novo treinador serão seguidos atentamente nos próximos meses, segundo garantia dada pelo próprio treinador, e podem até regressar, caso o clube assim o entenda. Isto é, pelo menos, o que se passa com a maioria dos que agora ficaram de fora.


Fator humano

Rui Vitória vai aproveitar o estágio/digressão a Canadá, Estados Unidos e México para conhecer melhor os jogadores, não só em termos técnicos e táticos, como também humanos. Esta é uma vertente fundamental para o treinador, que não dissocia o desportista do homem.


O treinador dos bicampeões nacionais já mostrou publicamente – até no livro que editou – que é sensível ao momento das dispensas e do emagrecimento do plantel, sabendo que esta é uma altura delicada para os profissionais de futebol.


Também por isto, Rui Vitória deu a cara e falou com os jogadores; Derley foi o primeiro a deixar o Seixal [ainda esteve com os companheiros na quarta-feira] e ontem houve mais despedidas.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:47

Julho 17 2015

ng091FEF0E-2421-458D-9920-FAB10DC229AE.jpg

Águias partilharam no twitter fotos do interior do charter personalizado, onde não faltou boa disposição. O Benfica chega esta sexta-feira a Toronto, onde disputa o primeiro jogo da pré-temporada, diante do Paris SG.

Ver fotos aqui

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:24

Julho 06 2011

Muitos jogadores consideram a pré-época fundamental para conquistar a titularidade na equipa. Esta temporada, no Benfica, a estadia em Nyon vai funcionar como um exame às capacidades dos jogadores pois, dos 31 chamados, só 16 têm permanência assegurada. Refira-se que as contas de Jorge Jesus ainda podem ficar mais baralhadas caso cheguem mais propostas milionárias a Lisboa, como já aconteceu com Fábio Coentrão.

Logo na baliza pois a contratação de Artur veio obrigar a uma saída. À partida Júlio César é o elo mais fraco mas o regresso de Roberto a Madrid não está descartado. Na defesa JJ viu-se obrigado a recorrer aos préstimos de Miguel Vítor e Roderick mas a aposta na prata da casa ainda pode não vingar.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:21

Agosto 30 2010

Logo após a derrota com o FC Porto, em Aveiro, Jorge Jesus não hesitou em apontar um dos problemas que estiveram na base do desaire encarnado: o Mundial. Pela primeira vez na sua carreira, o técnico de 56 anos teve de lidar com a situação de começar a temporada no dia 2 de julho sem seis internacionais. A este elevado número de ausências há ainda a acrescentar as chegadas tardias de Salvio, cuja contratação só foi assegurada há duas semanas, e a participação de Roderick no Europeu de Sub-19.

As palavras do treinador no dia 7 de agosto perderam alguma força por terem sido proferidas após um desfecho negativo. Contudo, se levarmos em conta o plano de trabalho das águias e o compararmos com a temporada transata, podemos encontrar algumas diferenças significativas que ajudem a explicar o mau arranque dos campeões nacionais.

Em relação ao número de sessões de trabalho é possível verificar uma ligeira diminuição, que pode ser facilmente explicada pelo facto de a nova época ter começado mais cedo devido à disputa na Supertaça. O que de facto preocupa JJ é o trabalho desenvolvido pelos internacionais e, neste aspeto, Luisão pode ser o ponto de referência. O central, que em 2009 disputou a Taça da Confederações, participou em 23 sessões de treino durante a pré-época... Este ano só marcou presença em 12, praticamente metade. Este problema também atingiu Ramires, entretanto transferido para o Chelsea, e foi mais relevante em Maxi Pereira, que nem defrontou os dragões, pois tinha menos de uma semana de trabalho nas pernas a 7 de agosto. Coentrão e Amorim, com mais treinos, têm conseguido disfarçar as dificuldades físicas que sentem.

Além das dificuldades em trabalhar o aspeto tático, o técnico também não pode descurar as lesões que costumam surgir quando o trabalho no estágio não é o mais satisfatório. Luisão acabou por ser a primeira vítima, ao sofrer uma lesão muscular no duelo com a formação nortenha. Na Luz, nunca uma paragem no campeonato foi tão bem recebida.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 09:16

Abril 29 2010

 

Um a um iremos ter todos os jogadores disponiveis para domingo.Rolo compressor na máxima força.

 

publicado por Benfica 73 às 06:13

BENFICA 73
Janeiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


subscrever feeds
comentários recentes
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...
Tanto quanto narra a história a Cinderela saiu ven...
Fosse eu a tratar deste assunto e se este está a d...

contador visitante